ICFUT – Copa do Brasil – 2014

 

 

Artilharia:

4 GOLS
Brasiliense-DF – Luiz Carlos Imperador

3 GOLS
Atlético-GO – Júnior Viçosa
Caldense-MG – Luiz Eduardo
CRB-AL – Tozin
Fluminense-RJ Fred
Paraná-PR
Giancarlo

Segunda Fase
1ª RODADA
22/04 – 19h30 Paraná-PR 1 x 1 Ponte Preta-SP
23/04 – 22h00 CRB-AL 2 x 1 São Paulo-SP
23/04 – 22h00 Tupi-MG 0 x 3 Fluminense-RJ
24/04 – 15h15 Santa Rita-AL x Potiguar-M-RN
30/04 – 19h30 Caldense-MG x Coritiba-PR
30/04 – 20h30 ABC-RN x Atlético-GO
30/04 – 22h00 Nacional-AM x Corinthians-SP
30/04 – 22h00 Treze-PB x Vasco da Gama-RJ
01/05 – 19h30 Cuiabá-MT x Internacional-RS
01/05 – 21h50 Londrina-PR x Grêmio Barueri-SP
07/05 – 19h30 ASA-AL x Avaí-SC
07/05 – 22h00 Sampaio Corrêa-MA x Palmeiras-SP

Por Cleber Aguiar – CEARENSE: Sob olhar do Fenômeno, Ceará conquista tetracampeonato

Fonte: Futebolinterior.com.br

O Ceará jogou com o regulamento debaixo do braço na noite desta quarta-feira e comemorou o 43º título do Campeonato Cearense, sendo o quarto seguido. Em uma Arena Castelão lotada, inclusive contando com a presença de Ronaldo Fenômeno, o Vozão segurou o empate sem gols com o Fortaleza e, por ter feito melhor campanha no Hexagonal Final e nas semifinais, ergueu o troféu. O Leão do Pici viu o jejum aumentar para cinco anos.

Na semana passada, também em confronto realizado na Arena Castelão, os dois times protagonizaram um jogo bastante truncado e que também terminou empatado sem gols. Como tinha a vantagem de dois resultados iguais, o Ceará valorizou a posse de bola e se preocupou mais em se defender, enquanto o Fortaleza pressionou, principalmente no primeiro tempo, mas não conseguiu furar a barreira adversária.

A decisão contou com uma presença ilustre na Arena Castelão. Chamado para dar o ponta pé inicial, Ronaldo Fenômeno foi bastante aplaudido pelos torcedores e não deixou de elogiar a presença maciça das duas torcidas, que lotaram, mais uma vez, o estádio. Outro fator positivo foi o clima de paz demonstrado nas arquibancadas.

Como precisava da vitória para ficar com o título, o Fortaleza dominou o primeiro tempo e criou pelo menos quatro grandes chances para abrir o placar, mas sem sucesso. Ausente na partida de ida, Marcelinho Paraíba chegou a acertar a trave de Luís Carlos, que fez três lindas defesas. O Ceará se preocupava mais em se defender, mas também levou perigo, tanto que acertou a trave em finalização de Sandro.

Diferente do primeiro tempo, a etapa final foi mais equilibrada e com o Ceará criando as melhores oportunidades, já que o Fortaleza mostrava nervosismo por correr contra o relógio, tanto que o zagueiro Max Ferreira foi expulso aos 26 minutos. O Vozão também viu Samuel Xavier ir embora antes para o chuveiro aos 38. Nos minutos finais, o Leão do Pici partiu com tudo para cima do rival, que se segurou de todas as formas.

Por Edgar – Real joga fechado e marca no contra ataque e leva 1×0 para Alemanhã

Gol único da partida, marcado por Benzema, sacramenta sucesso da tática de Carlo Ancelotti, e supera esquema dominante armado por Pep Guardiola

O Real Madrid precisou ser caça e caçador para sair na frente do Bayern de Munique e vencer por 1 a 0 o primeiro duelo da semifinal na Liga dos Campeões da Europa. No início, o que parecia uma situação desesperadora, quando os alemães empurravam os merengues para sua linha de fundo com passes perfeitamente sincronizados e posse de bola impressionante, se mostrou um plano perfeitamente executado para capturar o adversário.

Foi como Guardiola temia que o Real Madrid saiu de sua toca para conseguir a importante vitória no primeiro jogo decisivo entre os rivais históricos. Um dia antes da partida, o técnico alertava para os perigos da velocidade do contra-ataque dos merengues, que precisaram de apenas quatro toques impecáveis na bola para se recuperarem de um ataque dos visitantes e chegarem a Neuer, batido por Benzema, autor do único gol da partida. A jogada fulminante definiu o placar.

O garbo e a elegância dos técnicos Ancelotti e Guardiola foram repetidos em campo por seus jogadores com os pés. Os esquemas montados pelos dois fizeram desta primeira semifinal um duelo marcado por suas mentes brilhantes. Ainda que o treinador do Bayern não tenha conseguido fazer seu time marcar um gol, teve sucesso ao conseguir dominar o Real Madrid em sua própria casa. Mas o ritmo determinado pelos pupilos de Ancelotti foi determinante na definição do vencedor do duelo desta noite.

Um tabu foi quebrado. Guardiola perdeu pela primeira vez em oito jogos no Santiago Bernabéu e precisará incendiar sua equipe para igualar o nível apresentado pelo Real Madrid e superar a desvantagem desta quarta-feira. A partida de volta acontece na próxima terça, às 15h45 (de Brasília), em Munique. Repetição do placar leva a decisão da vaga para a prorrogação. Jogando pelo empate, os merengues podem até perder por diferença mínima se balançarem a rede.

benzema gol, Real Madrid x Bayern de Munique (Foto: AP)