Por Edgar – Invicto no Bernabéu, Pep teme CR7, Benzema, Di María e Bale juntos

Técnico do Bayern de Munique, que nunca perdeu no estádio do Real, acredita que chave da vitória está na boa marcação do veloz quarteto dos donos da casa 

Pep Guardiola nunca perdeu no Santiago Bernabéu para o Real Madrid quando era treinador do Barcelona. O desejo do técnico é sair mais uma vez ileso do estádio, desta vez no comando do Bayern de Munique, que disputa nesta quarta-feira o primeiro jogo da semifinal contra os merengues, às 15h45 (de Brasília) –

Além de falar aos jornalistas em quatro línguas com perfeição – alemão, inglês, espanhol e catalão – mostrou bom humor e humildade. Com quase um ano de Bayern, Pep acredita que ainda tem muito com o que se adaptar à cultura e à língua alemã e, com isso, aumentar o nível de atuação de sua equipe.

guardiola bayern munique (Foto: Reuters)Guardiola jamais perdeu no Santiago Bernabéu (Foto: Reuters)
Apesar da marca impressionante de sete jogos – cinco vitórias e dois empates – sem ter sido derrotado pelo Real Madrid em seu estádio, Guardiola lembra que nunca foi fácil e faz questão de enaltecer a força dos merengues. Para o treinador do Bayern, não importa ano ou época: o Real sempre tem “algo de especial”. Atualmente, ele considera a velocidade de seu quarteto de ataque como a maior força dos madrilenhos.

– Não sei como fazem, mas eles sempre tem gente que corre muito. Agora é Benzema, Di María, Cristiano e Bale. Não é fácil se defender contra eles.

Será um duelo de grandes treinadores. Do outro lado, Ancelotti nunca perdeu para o Bayern de Munique quando treinava o Milan, em seis partidas. Guardiola está preparado para um duelo tático e diz que vem estudando o Real Madrid e suas possibilidades há um tempo. O catalão credita ao trabalho do italiano a grande fase vivida pelos merengues

– O Real evoluiu porque todo treinador precisa de tempo, e o Ancelotti está o tendo para fazer as mudanças. Serão um rival muito forte. Se não têm Ronaldo, têm o Isco, mudam as posições, mas a equipe continua tendo muita capacidade.

Bom retrospecto fica no passado

O treinador do clube bávaro também preferiu deixar para trás a invencibilidade no Santiago Bernabéu que construiu nos tempos de Barcelona, mantendo uma postura cautelosa para o jogo desta quarta-feira

– A estatística era com outro clube, em outro tempo e outra situação. Não tem nada a ver. Teremos que fazer um jogo muito bom para ganhar. Isso é necessário sempre diante do Real Madrid e ainda mais e uma semifinal – afirmou.

Retirado de http://globoesporte.globo.com/futebol/liga-dos-campeoes/noticia/2014/04/guardiola-afasta-favoritismo-por-seu-historico-no-bernabeu-outro-tempo.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s