Por Cleber Santista – Narrador Luciano do Valle morre após passar mal em Uberlândia

Fonte: G1

band

Narrador esportivo estava na cidade para cobrir jogo do Brasileirão.
Informação foi confirmada pela Band, emissora para quem trabalhava.
Fernanda Resende, Gullit Pacielle

O narrador esportivo Luciano do Valle, de 70 anos, morreu na tarde deste sábado (19) em Uberlândia, depois de passar mal e ser internado em um hospital particular da cidade. Ele saiu de São Paulo (SP) e foi socorrido ainda no aeroporto do município mineiro, pelo Corpo de Bombeiros. A morte do narrador foi confirmada pela Band, emissora para a qual ele prestava serviços.
O narrador chegava a Uberlândia para cobrir o jogo entre Atlético-MG e Corinthians, que acontece no domingo (20) no Estádio Parque do Sabiá, pela 1ª rodada do Campeonato Brasileiro (Brasileirão).
Segundo assessoria da Infraero, o apresentador estava no voo da TAM (3244), de Congonhas-Uberlândia. Ele passou mal ainda no avião, que pousou às 14h30 na cidade. A Infraero disponibilizou um desfibrilador e bombeiros do aeroporto, que o conduziu até o hospital. Um médico que estava no voo auxiliou nos primeiros socorros.
De acordo com assessoria de imprensa do Hospital Santa Genoveva, o narrador deu entrada às 15h10 com parada respiratória e foi direto para Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O óbito foi confirmado às 16h15 .
saiba mais
Atlético-MG e Corinthians estreiam no Brasileirão em Uberlândia
Cruzeiro enfrenta São Paulo em Uberlândia pelo Brasileirão 2014
O jornalista da TV Globo Marco Aurelio Souza estava no mesmo voo do narrador e contou ao GloboEsporte.com o que se passou no avião. “Ele não se sentiu bem durante o voo. Não teve nenhum rebuliço no avião. Ele só comunicou à comissária que não se sentia bem e pediu que, quando o avião descesse, chamassem um médico. Estava na primeira fileira. Todos os passageiros saíram, mas ele permaneceu. Quando eu saía, o comandante já tinha saído da cabine e conversava com ele indicando que tinha chamado um médico. A gente ficaria no mesmo hotel. Quem me relatava as coisas era o Fernando Fernandes, da Band. O Luciano já foi muito mal para o hospital. Meia hora depois, o Fernando me ligou para dizer que ele tinha morrido de um problema do coração”, relatou o jornalista.

Histórico Luciano do Valle

Luciano do Valle Queiroz era natural de Campinas e trabalhava atualmente na TV Bandeirantes. Ele foi narrador esportivo da TV Globo por onze anos. Era considerado um dos principais profissionais da imprensa do país, transmitindo Fórmula 1, Fórmula Indy Olimpíadas, Copa do Mundo, e também apresentador do tradicional Globo Esporte.
Torcedor da Ponte Preta, Luciano iniciou a carreira aos 16 anos na Rádio Central de Campinas, e ganhou destaque trabalhando na Rádio Nacional, em São Paulo. Em 2003, ele também fez parte da equipe esportiva da TV Record, que acompanhou o acesso do Palmeiras para a Série A do Campeonato Brasileiro. Neste ano ele completaria 51 anos de carreira.

Por Cleber Santista – Novos reforços são apresentados na Chapecoense

Fonte: Lancenet.com

Camilo e Alemão deverão reforçar a Chape na Copa do Brasil e no Campeonato Brasileiro

A Chapecoense apresentou, nesta última terça-feira, dois novos reforços: o meia Camilo e o atacante Alemão. Na Arena Condá, os recém-contratados falaram sobre a expectativa por reforçar a Chape na Copa do Brasil e no Campeonato Brasileiro.

– Recebi propostas de outros clubes, mas optei pela Chapecoense por que me falaram super bem do clube e da cidade. É um clube que está crescendo – destacou Alemão, que estava na Ponte Preta.

Os dois jogadores ainda não poderão estreiar no sábado, contra o Coritiba. O atacante, que também já passou por Santos e Udinese, ainda não tem a documentação regularizada para jogar. E Camilo, vindo do Botafogo-SP, está se recuperando de uma lesão muscular.

– Sou um meia dinâmico, participo bastante do jogo e gosto de atuar em velocidade, chegando ao ataque. Acredito que a partir da terceira rodada do Brasileiro poderei ajudar o time – finalizou o meia.

ICFUT – CAMPEONATO BRASILEIRO 2014 – SÉRIE A – LINKS AO VIVO !

icfutbrasi

 LINK 1 – JOGOS  AO VIVO CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE A – 2014 – CLIQUE AQUI !

 

LINK 2 – JOGOS AO VIVO CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE  A  – 2014 – CLIQUE AQUI !

 

Sábado
18h30 – Fluminense x Figueirense
18:30 Internacional x Vitória
21 horas – Chapecoense x Coritiba

Domingo
16 horas – Atlético-MG x Corinthians
16 horas – Atletico-PR x Grêmio
16 horas – São Paulo x Botafogo-RJ
16 horas – Bahia x Cruzeiro
18h30 – Santos x Sport
18h30 – Flamengo x Goiás
18h30 – Criciuma x Palmeiras

Por Cleber Santista – Ofuscado pela Copa, Campeonato Brasileiro começa neste sábado

Fonte: Gazetaesportiva.net

Encerrados os principais campeonatos estaduais do país, as atenções se voltarão para o Campeonato Brasileiro a partir deste fim de semana, quando terá início a 58ª edição da competição. Inseridos na fórmula de disputa por pontos corridos, estabelecida em 2003, os 20 clubes da Série A começarão a briga pelo título neste sábado.

Em suas primeiras rodadas, o Brasileirão conviverá com a ansiedade pela abertura da Copa do Mundo. Por causa do Mundial, serão disputadas apenas nove rodadas até o primeiro fim de semana de junho, quando o Nacional será paralisado. A 10ª rodada será realizada mais de um mês depois, a partir do dia 16 de julho.

O atual campeão, Cruzeiro, entra na disputa com o objetivo de alcançar uma façanha histórica: nunca um time de Minas Gerais conseguiu conquistar o título em dois anos consecutivos.

Promovidos à primeira divisão, Palmeiras, Figueirense e Sport voltam a figurar na elite do futebol nacional em 2014. Vice-campeão da Série B do ano passado, a Chapecoense disputará pela primeira vez em sua história a Série A.

Ameaçado pela Justiça, o início do campeonato promete ser marcado por liminares e tentativas de paralisar a competição. Rebaixada após julgamento do STJD que lhe tirou quatro pontos pela escalação irregular do meia Héverton, a Portuguesa ainda luta para jogar na elite. Quinto colocado da Série B do ano passado, o Icasa faz o mesmo, sob a alegação de que o Figueirense – que ficou em quarto – escalou um jogador que não estava com a documentação regular.

Arte GE.Net

“Esvaziado” por Copa do Mundo e Libertadores, Campeonato Brasileiro será paralisado após a nona rodada

Corinthians

Comandado por Mano Menezes desde o início do ano, o Corinthians ainda tenta superar a saída de Tite e reconstruir o caminho das vitórias. Eliminada logo na primeira fase do Campeonato Paulista, a equipe tem como trunfo o fato de estar apeans treinando há quase um mês.

Ao menos cinco dos principais jogadores que compuseram o time no Brasileirão do ano passado já não estão mais no clube de Parque São Jorge: o zagueiro Paulo André, o lateral direito Alessandro, o meia Douglas e os atacantes Pato e Emerson. As principais novidades são o volante Elias e o meia Jadson.

Campeão pela última vez em 2011, o Corinthians teve desempenho modesto no ano passado, quando somou 50 pontos e terminou na 10ª colocação.

“O Campeonato Brasileiro é muito disputado, todas as equipes têm um elenco bom. Será uma competição difícil, sabemos disso. Mas o Corinthians tem investido nos jogadores, e tem um elenco com qualidade. Pretendemos começar com o pé direito. Uma vitória sobre o Atlético-MG será muito importante para dar confiança, para que a gente possa começar bem”, disse o meia Jadson.

Palmeiras

De volta à elite após conquistar a Série B, o Palmeiras buscará o título para coroar os 100 anos de sua história, que serão comemorados no dia 26 de agosto. Dos quatro grandes paulistas, o Verdão é o que está há mais tempo sem levantar o troféu da principal competição nacional: 20 anos.

Gestor da equipe que conquistou o título em 1994, sob o comando do técnico Vanderlei Luxemburgo, o atual diretor executivo de futebol, José Carlos Brunoro, foi um dos responsáveis por montar o elenco que tentará reposicionar o Palmeiras no topo.

Reforçado principalmente pelo pentacampeão Lúcio e o meia Bruno César, o time comandado por Gilson Kleina manteve a base que conquistou o acesso à primeira divisão nacional.

“A perspectiva do Palmeiras é boa. Tivemos duas semanas para trabalhar e recuperar quem deveria ser recuperado. Temos que começar bem o Brasileiro, que será dividido em duas etapas por causa da Copa do Mundo. É importante largar bem para ter tranquilidade depois”, afirmou o goleiro Fernando Prass.

Arte GE.Net

Os clubes paulistas se reforçaram principalmente com jogadores que disputaram o último Campeonato Brasileiro

Santos

Finalista do Campeonato Paulista nos últimos seis anos, o Santos não tem conseguido manter, ao longo do Campeonato Brasileiro, o fôlego do início da temporada. A última conquista da equipe da Vila Belmiro aconteceu há 10 anos, quando Vanderlei Luxemburgo era o treinador.

Vice-campeões estaduais, os jogadores do Peixe garantem que a perda do título paulista para o Ituano, nos pênaltis, não atrapalhará o time na sequência da temporada.

“Acredito que sempre que existe uma derrota, você procura absorver as coisas para aprender. Como o título (paulista) não veio, nossa equipe ficará mais madura e experiente para entrar no Campeonato Brasileiro com condições de lutar pelo título”, disse o atacante Thiago Ribeiro.

Em relação à equipe do ano passado, que terminou o Brasileiro com a melhor campanha entre os paulistas – na 7ª colocação -, as mudanças foram poucas. No time titular, Neto e David Braz ganharam a condição de titular porque Edu Dracena e Gustavo Henrique se lesionaram gravemente. Contratação mais cara da história do Santos, o centroavante Leandro Damião é a principal novidade.

São Paulo

Seriamente ameaçado de rebaixamento no campeonato do ano passado, o São Paulo foi salvo pelo técnico Muricy Ramalho, o responsável por conduzir o Tricolor à conquista de seu último título nacional: o tricampeonato brasileiro, em 2008. Mantido no cargo, Muricy terá a oportunidade de comandar a equipe desde o início da competição.

Esta será a última vez que um grande ídolo da torcida tricolor, Rogério Ceni, disputará o Campeonato Brasileiro. Titular nas conquistas de 2006, 2007 e 2008, o goleiro anunciou que se aposentará no final do ano.

Reforçado pelo uruguaio Alvaro Pereira, o volante Souza o colombiano Pabon e o ex-corintiano Alexandre Pato, o São Paulo entra na competição disposto a certificar a fama de Muricy Ramalho na Era dos pontos corridos. Além do tricampeonato com o Tricolor, o treinador foi campeão pelo Fluminense, em 2010.

“Tenho certeza de que nós vamos fazer um campeonato muito bom. Temos um supercampeão, todos sabem como ele (Muricy Ramalho) é. Ele cobra muito dos jogadores. Conhece muito bem o campeonato, muito mais do que nós”, disse o atacante Alexandre Pato.

Cariocas

Após o fracasso em seu retorno à Copa Libertadores, o Botafogo passou por mudanças para tentar repetir a campanha de sucesso no Campeonato Brasileiro do ano passado, quando, sob o comando de Oswaldo de Oliveira, terminou a competição na quarta colocação. Eduardo Hungaro deu lugar a Vágner Mancini, e Emerson Sheik, tricampeão brasileiro (2009, 2010 e 2011), foi contratado por empréstimo.

Também eliminado logo na primeira fase da Libertadores, o Flamengo deixou a disputa do Brasileiro em segundo plano no ano passado, quando priorizou a Copa do Brasil. Novamente comandado por Jayme de Almeida, o Rubro-Negro se reforçou com os experientes Elano e Alecsandro e um dos destaques do Nacional de 2013: o meia-atacante Everton, ex-Atlético-PR.

Rebaixado dentro de campo, o Fluminense permaneceu na Série A por causa da punição imposta à Portuguesa. Preocupada em não repetir o desempenho do ano passado, a diretoria tricolor demitiu Renato Gaúcho após a eliminação no Campeonato Carioca e contratou Cristóvão Borges. O argentino Darío Conca, ídolo da torcida, e o ex-gordinho Walter, destaque do Goiás no ano passado, são as principais novidades.

Arte GE.Net

Botafogo e Flamengo tentam se recuperar da eliminação traumática na Libertadores; Flu não quer repetir campanha vexatória do ano passado

Gaúchos

Vice-campeão em 2013, o Grêmio não concentrará sua atenção nas primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro. Classificado às oitavas de final da Libertadores, o time treinado por Enderson Moreira deve priorizar a competição sul-americana, que conquistou pela última vez há quase 20 anos. Para voltar a ser campeão brasileiro – o que não acontece desde 1996 -, os gremistas mantiveram a base do ano passado e se reforçaram com o experiente Edinho e os jovens Dudu e Luan – o último, prata da casa.

Motivado pela conquista do título gaúcho sobre o arquirrival, o Internacional confia no currículo vencedor de Abel Braga para brigar pelo título brasileiro. Campeão da Libertadores e do Mundial pelo Colorado, o treinador retornou ao Beira-Rio disposto a atender as expectativas que cercam a equipe em todo início de ano. Reformulado, o elenco reforçado por Dida e Wellington Paulista ainda tem o argentino D’Alessandro como referência.

Arte GE.Net

Enquanto o Internacional aposta na experiência de Dida, Grêmio deposita as fichas na juventude de Luan

Mineiros

Outro remanescente brasileiro na Libertadores, o Atlético-MG tenta renovar o título sul-americano para tentar voltar ao Mundial. A exemplo do que ocorreu no ano passado, quando foi apenas o oitavo colocado no Campeonato Brasileiro, o Galo deve concentrar seus esforços na competição internacional à medida que for avançando. Sem grandes novidades, a principal contratação do Galo foi o zagueiro argentino Otamendi, que estará disponível apenas nas primeiras rodadas do Nacional, pois seu contrato termina na metade do ano.

Detentor do título nacional, o Cruzeiro também começará a disputa do Brasileirão focado na Libertadores. Campeão com larga vantagem em 2013 – 11 pontos sobre o segundo colocado -, o time celeste manteve a vitoriosa base comandada por Marcelo Oliveira e ainda trouxe reforços. O lateral esquerdo paraguaio Samudio, os meio-campistas Willian Farias e Marlone e o centroavante Marcelo Moreno foram contratados.

Arte GE.Net

Ainda com a cabeça na Libertadores, os mineiros apostaram na manutenção de suas bases vencedoras

 

Por Cleber Santista – BOMBA! STJD confirma CRAC na vaga do Ipatinga na Série C

Fonte: Futebolinterior.com.br

0002048179162_img

Com o Betim/Ipatinga rebaixado para a Série D do Campeonato Brasileiro, nada menos do que quatro equipes pleitearam, ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), a vaga em aberto na Série C, a terceira divisão. A decisão foi proferida na noite desta quinta-feira, com vitória do CRAC, de Catalão (GO), sobre Metropolitano-SC, Brasiliense e Tiradentes-CE .

Cada um dos clubes tinha o seu argumento. O Tiradentes alegava ter sido o quinto colocado geral da Série D, enquanto o Metropolitano ponderava que foi o melhor dentre os times eliminados nas quartas-de-final. Assim, havia sido o quinto colocado e primeiro na fila dos que deveria subir. O Brasiliense afirmava que, dentre os times rebaixados para a Série D, era o de melhor campanha na Serie C e, por isso, deveria ficar com a vaga em aberto.

Caio Cesar Rocha, vice-presidente interino do STJD, porém, deu ganho de causa ao CRAC em seu despacho. Na avaliação dele, os clubes que disputaram a Série D brigavam por quatro vagas no acesso e que, em nenhum momento, ponderou-se que o quinto colocado poderia subir.

Candangos e goianos
A briga, assim, ficou entre Brasiliense e CRAC, com vantagem para os goianos porque, no entender de Rocha, a equipe estava no mesmo grupo do Betim e, assim, ficou à frente dos mineiros quando estes foram rebaixados por decisão do próprio STJD. O Brasiliense, ponderou o auditor, estava num grupo que teve mais equipes e, por isso, teve a chance de somar mais pontos.

A CBF até já divulgou a tabela da Série C com a inclusão do Betim. A competição começa no próximo dia 27, com os goianos visitando o Cuiabá em Lucas do Rio Verde. A equipe está no Grupo A, com Botafogo-PB, CRB, Fortaleza, Treze-PB, Águia de Marabá, Salgueiro-PE, ASA e Paysandu.

Punição
A queda do Betim, adiada pela decisão em 1º grau, havia sido determinada pelo STJD em novembro do ano passado. O tribunal punira o time por causa do não pagamento de uma dívida ao The Strongest, da Bolívia, referente à transação do atacante Pablo Escobar. A sanção, prevista no Código Disciplinar da Fifa, fora confirmada pelo Pleno do STJD em fevereiro deste ano.

O clube, então, acionou a Justiça comum e a 4ª Vara Cível de Betim concedeu decisão favorável ao clube mineiro. A CBF acatou a determinação e, em fevereiro, divulgou a tabela da Série C com a presença do Betim. O STJD, contudo, não aprovou a decisão e decidiu pela suspensão das tabelas tanto da Série C quanto da Série D.

Depois desta decisão, o tribunal recuou e decidiu liberar a publicação da tabela da terceira divisão, confirmando a inclusão do Betim. No entanto, a permanência do time na Série C foi vetada pelo TJ no fim do mês passado.

ICFUT – CAMPEONATO BRASILEIRO 2014 – SÉRIE B

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LINK 1 – JOGOS  AO VIVO CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE B – 2014 – CLIQUE AQUI !

LINK 2 – JOGOS AO VIVO CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE B – 2014 – CLIQUE AQUI !

Clube PG J V E D GP GC SG A%
América-RN 3 1 1 0 0 3 1 2 100,0
Paraná-PR 3 1 1 0 0 2 0 2 100,0
Ceará-CE 3 1 1 0 0 1 0 1 100,0
Bragantino-SP 1 1 0 1 0 2 2 0 33,3
Náutico-PE 1 1 0 1 0 2 2 0 33,3
ABC-RN 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
América-MG 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
Atlético-GO 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
Boa Esporte-MG 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
10º
Icasa-CE 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
11º
Ponte Preta-SP 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
12º
Santa Cruz-PE 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
13º
Vasco da Gama-RJ 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
14º
Luverdense-MT 1 1 0 1 0 0 0 0 33,3
15º
Vila Nova-GO 1 1 0 1 0 0 0 0 33,3
16º
Joinville-SC 0 0 0 0 0 0 0 0 0
17º
Portuguesa-SP 0 0 0 0 0 0 0 0 0
18º
Oeste-SP 0 1 0 0 1 0 1 -1 0,0
19º
Avaí-SC 0 1 0 0 1 1 3 -2 0,0
20º
Sampaio Corrêa-MA 0 1 0 0 1 0 2 -2 0,0

Artilharia

2 GOLS
América-RN – Max

1 GOL
ABC – Dênis Marques
América-MG – Obina
América-RN – Rodrigo Pimpão
Atlético-GO – Jorginho
Avaí – Roberto
Boa Esporte – Marinho Donizete
Bragantino – Léo Jaime e Tássio
Ceará – Tadeu
Icasa – Felipe Klein
Náutico – Hugo e Leleu
Paraná – Edson sitta e Paulinho
Ponte Preta – Edno
Santa Cruz – Betinho
Vasco – Reginaldo

1ª RODADA
18/04 – 19h30 Sampaio Corrêa-MA 0 x 2 Paraná-PR
18/04 – 19h30 Vila Nova-GO 0 x 0 Luverdense-MT
18/04 – 19h30 Joinville-SC x Portuguesa-SP
18/04 – 21h50 Ponte Preta-SP 1 x 1 Icasa-CE
19/04 – 16h20 Bragantino-SP 2 x 2 Náutico-PE
19/04 – 16h20 Santa Cruz-PE 1 x 1 ABC-RN
19/04 – 16h20 Boa Esporte-MG 1 x 1 Atlético-GO
19/04 – 16h20 Vasco da Gama-RJ 1 x 1 América-MG
19/04 – 21h00 América-RN 3 x 1 Avaí-SC
19/04 – 21h00 Ceará-CE 1 x 0 Oeste-SP
2ª RODADA
22/04 – 21h50 Avaí-SC x Bragantino-SP
25/04 – 19h30 Icasa-CE x Sampaio Corrêa-MA
26/04 – 16h20 Portuguesa-SP x Santa Cruz-PE
26/04 – 16h20 Luverdense-MT x Vasco da Gama-RJ
26/04 – 16h20 Atlético-GO x Ponte Preta-SP
26/04 – 16h20 Oeste-SP x América-RN
26/04 – 16h20 Náutico-PE x Vila Nova-GO
26/04 – 16h20 Paraná-PR x Joinville-SC
26/04 – 21h00 América-MG x Ceará-CE
26/04 – 21h00 ABC-RN x Boa Esporte-MG

ICFUT – CBF sinaliza nova punição à Lusa após abandono de campo em Joinville

Joinville x Portuguesa (Foto: Carlos Junior/Folhapress)
Portuguesa resolveu tirar o seu time de campo (Foto: Carlos Junior/Folhapress)

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) se pronunciou oficialmente na noite desta sexta-feira sobre a interrupção da partida entre Portuguesa e Joinville, na Arena Joinville, válida pela primeira rodada da Série B do Brasileirão. Em nota lida no “Jornal Nacional”, da Rede Globo, a enditade afirmou que o abandono de campo por parte dos jogadores lusitanos será julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportivo (STJD).

Os jogadores da Lusa saíram de campo aos 17 minutos do primeiro tempo, com o jogo empatado por 0 a 0, por conta de uma liminar que devolve o clube temporariamente à Série A do Campeonato Brasileiro.

VEJA ABAIXO A NOTA DIVULGADA PELA CBF:

“O ato apresentado ao delegado do jogo não tem nenhum eficácia jurídica pois foi proferido por juíza incompetente e que descumpriu determinação do Superior Tribunal de Justiça, que decidiu que o juiz competente é a 2ª vara civil, da Barra da Tijuca, do Rio de Janeiro, que proferiu decisão contrária. A Portuguesa, apesar de advertida pelo juiz da partida, que deveria ter dado continuidade à partida, optou por não voltar, o que configura abandono de jogo ou WO, que será apreciado e julgado pelo STJD.”

 

Fonte: Lancenet