Por Cleber Aguiar – Corinthians acerta retorno de Elias

Fonte: Globo.com

Volante assina contrato de três anos com o Timão, mas só poderá estrear em julho, quando reabre a janela de transferências da Europa para o Brasil

Elias fecha com o Corinthians (Foto: Reprodução/Facebook)

O Corinthians acertou, nesta segunda-feira, a contratação do volante Elias, do Sporting, após longa novela envolvendo os dois clubes.O contrato é de três anos.

O clube português publicou em seu perfil no Facebook os valores da negociação: o Timão pagou 4 milhões de euros por 50% dos direitos econômicos. Com a transferência, o Sporting afirma que economizará 8 milhões de euros entre salários e direitos de imagem. O contrato de Elias em Portugal se encerraria em 30 de junho de 2016.

Durante a negociação, o Sporting chegou a acusar o Corinthians de estar “fazendo marketing”, já que o clube alvinegro não teria dinheiro para bancar a compra de Elias, que está com 28 anos. Foi quando o Timão rebateu, dizendo que a proposta ainda estava de pé.

Elias, que não vem sendo aproveitado no time principal do Sporting, vice-líder do Campeonato Português, só poderá estrear depois do dia 14 de julho, quando reabre a janela de transferências da Europa para o Brasil. Até lá, ficará só treinando com o time comandado por Mano Menezes, sem jogar, e com um salário chamado de “simbólico”, de R$ 50 mil reais mensais – ou seja, 10% do estipulado em contrato, a partir de julho.

– Infelizmente ele não pode jogar agora, tem que esperar o próximo período de transferência – disse o pai do jogador, Eliseu Trindade.

– A vontade dele era voltar a jogar pelo Corinthians o mais rápido possível – emendou.

Elias terá salário ‘simbólico’ de
R$ 50 mil até poder estrear pelo Timão

Será a segunda passagem de Elias pelo Corinthians. Entre 2008 e 2010, também sob o comando de Mano, fez 24 gols em 154 jogos pelo Timão. Com o treinador, Elias chegou à seleção brasileira. Os dois trabalharam juntos também no Flamengo, ano passado, durante a breve passagem do técnico pelo clube carioca.

– Quem honra o manto em campo e ainda vai até Buenos Aires pra empurrar o Timão na final da Libertadores tem valor! #BemVindoElias – escreveu o departamento de comunicação do Corinthians, no Twitter, lembrando que o volante esteve na final da Libertadores de 2012, na Bombonera, para apoiar o clube alvinegro.

No Corinthians, Elias conquistou os títulos da Série B do Campeonato Brasileiro, em 2008, e do Paulistão (invicto) e da Copa do Brasil, em 2009.

* Com informações de Diego Ribeiro, Marcelo Braga e Martín Fernandez

Corinthians anuncia volta de Elias pelo Twitter (Foto: Reprodução/Twitter)Corinthians anuncia volta de Elias pelo Twitter (Foto: Reprodução/Twitter)

Por Cleber Aguiar – ‘Cristiano Ronaldo não vai resolver todos os problemas’, diz técnico de Portugal

Fonte: O Estado de São Paulo

Paulo Bento se rende ao craque do Real Madrid, mas avisa que não adianta esperar que o atacante jogue sozinho

Raphael Ramos – O Estado de S.Paulo

SÃO PAULO – Alvo de uma brincadeira de 1.º de abril do jornal Record, que publicou que a lista de convocados para a Copa foi esquecida num guardanapo de restaurante, o técnico português Paulo Bento faz mistério sobre quem serão os 23 escolhidos. Só há uma certeza: para fazer a sua melhor campanha no Mundial, superando o terceiro lugar de 1966, Portugal depende – e muito – de Cristiano Ronaldo. Mas o treinador evita colocar tanta responsabilidade nas costas do melhor jogador do mundo. “Ninguém pode esperar que faça as coisas sozinho”, diz em entrevista ao Estado.

Paulo Bento está otimista com Portugal - Brian Snyder/Reuters

ESTADO – Portugal possui grande número de torcedores no Brasil. Como isso pode ajudar a seleção?
PAULO BENTO –
Os portugueses sentem-se em casa no Brasil, tal como os brasileiros se sentem em casa em Portugal. Isso deve-se não só à grande comunidade de portugueses e brasileiros que vivem no chamado “país irmão”, mas também porque há ligações históricas e culturais fortíssimas entre os dois povos. É normal que por isso estejamos muito entusiasmados com o apoio que acreditamos que vamos ter no Mundial, não só dos portugueses e descendentes, mas também dos brasileiros que obviamente vão torcer pela sua seleção acima de tudo, mas que por certo nos vão acolher. Já temos sentido esse carinho e esse apoio nas visitas que fizemos ao Brasil.

ESTADO – Na sua opinião, quem são as seleções favoritas ao título?
PAULO BENTO –
Num Mundial tudo pode acontecer, mas acho que pela qualidade futebolística, pela tradição e pela história, podemos afirmar que Brasil, Alemanha, Espanha e Argentina têm alguma dose de favoritismo.

ESTADO – O senhor acredita que teremos alguma inovação tática ou técnica na Copa do Mundo?
PAULO BENTO –
As equipes que estão no Mundial chegaram à competição através de um processo. Para se qualificarem, esse processo teve de ser bem-sucedido. Por isso, acho pouco provável que os técnicos mudem em pouco tempo processos que porventura estão treinados e preparados há bastante tempo. Mas como na preparação para o Mundial vamos ter entre três a quatro semanas de trabalho, o que só acontece antes da Eurocopa e da Copa do Mundo, é possível que sejam introduzidas algumas inovações ou aperfeiçoamentos táticos.

ESTADO – Na sua opinião, Neymar está no mesmo nível de Messi e Cristiano Ronaldo e poderá ser eleito o melhor jogador do mundo?
PAULO BENTO –
Essas classificações fazem mais sentido como fruto do interesse jornalístico e mediático. Os momentos de forma ditam muito o trabalho das equipes nas quais os jogadores estão integrados. Até lesões ou problemas físicos podem influir em classificações e rankings. O fundamental é que todos sabemos que o Brasil tem, com certeza, alguns dos melhores jogadores do mundo.

ESTADO – O senhor enfrentou recentemente Camarões, adversário do Brasil na Copa do Mundo. Quais foram as suas impressões sobre o time de Camarões?
PAULO BENTO –
O resultado foi muito favorável (5 a 1), mas não quer dizer que Camarões seja uma equipe menos forte. Têm valores individuais de grande qualidade e consegue criar dificuldades a qualquer adversário.

ESTADO –Portugal disputará dois jogos às 13h. O calor preocupa?
PAULO BENTO –
As condições serão iguais para as duas equipes em campo. Estou confiante que saberemos estar preparados para todas as condições que viermos a encontrar. Há locais mais quentes, mais úmidos, outros mais frescos e secos, mas, sejam quais forem as condições, temos de estar preparados para dar o máximo, estando concentrados naquilo que podemos e devemos fazer.

ESTADO – Além do senhor, mais dois treinadores portugueses estarão na Copa. O desempenho de Portugal, Grécia (Fernando Santos) e Irã (Carlos Queiroz) pode transformar os treinadores portugueses em referência mundial?
PAULO BENTO –
É um motivo de satisfação e orgulho para os portugueses que três técnicos do nosso país estejam no Mundial. Somos treinadores de gerações diferentes, com ideias diferentes, mas que demonstramos que os treinadores portugueses têm muita qualidade e são reconhecidos em todo o mundo. Espero que sejamos felizes na nossa participação.

ESTADO – Portugal enfrentou dificuldades nas Eliminatórias e se classificou apenas na repescagem. Em qual nível a seleção chegará à Copa do Mundo?
PAULO BENTO –
Espero que consigamos chegar nas melhores condições possíveis. Vamos ver como chegam os jogadores ao estágio de preparação, que começa no fim de maio. Depois vamos estabelecer um plano para que todos consigam chegar em condições ótimas à competição, tendo pelo meio três amistosos.

ESTADO – O que os torcedores podem esperar de Cristiano Ronaldo?
PAULO BENTO –
É natural que esperem muito porque ele é um jogador capaz de fazer coisas fantásticas, mas sempre tenho dito que apesar de ele ser extremamente importante para nós, não espero e ninguém pode esperar que faça as coisas sozinho. Temos de jogar como uma equipe que pode e deve aproveitar as melhores qualidade de cada um.

ESTADO – O senhor concorda com a avaliação de que o futuro de Portugal na Copa depende de Cristiano Ronaldo?
PAULO BENTO –
Repito o que disse anteriormente. Ele é muito importante para nós, mas não esperamos que resolva todos os problemas que os adversários nos vão colocar.

ESTADO – Qual é a sua expectativa para a estreia com a Alemanha, uma seleção que conta com uma das melhores gerações de sua história e está cotada para o título?
PAULO BENTO –
Vai ser um jogo muito difícil, contra umas das sempre candidatas ao título. Já jogamos contra eles no primeiro jogo da Eurocopa de 2012 e, apesar de termos perdido por 1 a 0, fizemos uma boa exibição. Esperamos repetir a boa partida, mas desejamos que o resultado não nos seja desfavorável desta vez.

Por Cleber Aguiar – Curtinha: torcida do Flamengo faz fila por ingresso para duelo contra o León

Fonte: Globo.com

Até domingo tinham sido vendidos 42 mil ingressos para o jogo da Libertadores

O Maracanã deverá estar completamente lotado para o decisivo confronto do Flamengo contra o León, nesta quarta-feira, às 19h45m, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores. Nesta manhã de segunda-feira, havia grandes filas nos pontos de venda desde cedo.

Até a noite de domingo, já tinham sido vendidos 42 mil bilhetes. Foi o primeiro dia de comercialização aberta para quem não é sócio-torcedor. Os bilhetes ficam à venda até as 17h em todos os postos. A venda prossegue nesta terça-feira.

Na terceira posição do Grupo 7 com sete pontos conquistados, o Rubro-Negro precisa vencer o León para avançar às oitavas de final. Se empatar a equipe estará eliminada do torneio.

Filas Fla x León no Engenhão (Foto: Gustavo Rotstein)Torcedores do Flamengo fazem enorme fila na bilheteria do Engenhão (Foto: Gustavo Rotstein)

Por Cleber Aguiar – Com arbitragem confusa, Liverpool vence e volta à ponta

Fonte: O Estado de São Paulo

103078

Gerrard marca duas vezes de pênalti

Sob olhares de Carlos Alberto Parreira, que estava nas tribunas do Upton Park, o Liverpool voltou à ponta do Campeonato Inglês neste domingo e segue dependendo apenas de suas próprias forças para garantir o título desta temporada. Em dia de arbitragem muito confusa de Anthony Taylor, a equipe derrotou o West Ham por 2 a 1, mesmo fora de casa, com dois gols de pênalti de Steven Gerrard, sendo o segundo mal marcado. Demel, também em lance irregular, marcou o dos mandantes.

O resultado levou a equipe a 74 pontos, dois à frente do vice-líder Chelsea e quatro à frente do Manchester City, que tem dois jogos a menos. City e Liverpool ainda duelarão no campeonato. Por outro lado, o West Ham faz campanha mediana e é apenas o 11.º colocado, com 37 pontos.

A primeira chance neste domingo foi do Liverpool. Philippe Coutinho cobrou lateral rapidamente para Luis Suárez, que aproveitou a desatenção da zaga e tocou por cobertura, mas a bola bateu no travessão. A resposta do West Ham saiu na sequência, com Diamé. Ele recebeu, girou sobre a marcação e bateu por cima.

Mas o primeiro gol do jogo foi mesmo do Liverpool. Aos 43 minutos, Suárez recebeu na área, tentou o drible e só foi parado porque Tomkins colocou a mão na bola. O árbitro viu e marcou pênalti, que Gerrard bateu com categoria, deslocando o goleiro para marcar.

O empate, no entanto, não demorou a sair. Aos 47 minutos, após escanteio da direita, Andy Carroll subiu para dividir com Mignolet e acertou um tapa em seu rosto. A bola, que estava sob controle do goleiro, caiu nos pés de Demel, que marcou. O auxiliar viu a infração e assinalou falta, mas Anthony Taylor ignorou e confirmou o gol, para revolta dos visitantes.

Talvez querendo compensar, Anthony Taylor voltou a errar, dessa vez a favor do Liverpool. Aos 25 minutos, Lucas Leiva tocou para Henderson. O meia tentou driblar o goleiro Adrián, que saiu bem e tocou na bola. O árbitro, no entanto, assinalou outro pênalti. Gerrard, novamente, bateu bem e marcou. Suárez, minutos depois, quase marcou um golaço, mas voltou a acertar o travessão.

Por Cleber Aguiar – Vasco e Flamengo empatam a primeira final .

FICHA TÉCNICA
VASCO 1 X 1 FLAMENGO

Local:  Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 6 de abril de 2014 (Domingo)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Público: 20.844 pagantes
Assistentes: Wagner de Almeida Santos (RJ) e Jackson Loureiro dos Santos (RJ)
Cartões Amarelos: Everton Costa, André Rocha, Douglas, Felipe Bastos(Vasco); Felipe, Léo, Samir, Everton(Flamengo)
Gols:
VASCO: Rodrigo, aos 11 minutos do primeiro tempo
FLAMENGO: Paulinho, aos 15 minutos do segundo tempo

VASCO: Martin Silva, André Rocha, Luan, Rodrigo e Marlon; Guiñazú, Pedro Ken e Douglas(Bernardo); Everton Costa, Edmilson(Thales) e Reginaldo(Felipe Bastos)
Técnico: Adilson Batista

FLAMENGO: Felipe, Léo(Negueba), Wallace, Samir e Frauches(Everton); Amaral, Luiz Antonio, Márcio Araújo e Lucas Mugni(Gabriel); Paulinho e Alecsandro
Técnico: Jayme de Almeida

Por Cleber Aguiar – Ituano segura o Santos no Pacaembu.

FICHA TÉCNICA
ITUANO 1 X 0 SANTOS

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 6 de abril de 2014 (domingo)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo
Público: 27.114 pagantes
Renda: R$ 1.459.355,00
Cartões amarelos: Dick, Jackson Caucaia (Ituano); Neto (Santos)
Gol: ITUANO: Cristian, aos 20 minutos do primeiro tempo

ITUANO: Vágner; Dick, Alemão, Anderson Salles e Dener; Josa, Paulinho (Marcelinho), Jackson Caucaia e Cristian (Claudinho); Rafael Silva (Gercimar) e Esquerdinha
Técnico: Doriva

SANTOS: Aranha; Bruno Peres, Neto, David Braz e Emerson; Arouca, Cícero e Gabriel (Rildo); Geuvânio (Stéfano Yuri), Leandro Damião e Thiago Ribeiro (Alan Santos)
Técnico: Oswaldo de Oliveira