Por Cleber Aguiar – Em Conselho Técnico, FPF define o Pacaembu como estádio das finais

Fonte: Site FPF

santos-ituano-ao-vivo

Após se classificarem para a final do Paulistão Chevrolet 2014, Santos e Ituano reuniram-se juntamente com a Federação Paulista de Futebol para o Conselho Técnico da Fase Final da competição.

Na reunião, ficou decidido que os locais das partidas será o Pacaembu. Por ter melhor campanha, o Santos realiza o primeiro jogo como visitante e faz a grande final como mandante.

Os jogos acontecem nos domingos 6 e 13 de abril, ambos às 16h. Em caso de igualdade em pontos e no saldo de gols, o campeão será definido nas cobranças de pênaltis.

Por Edgar – Liverpool atropela Tottenham por 4×0 e assume ponta do Inglês restando 6 rodadas.

Uma 32ª rodada praticamente perfeita mostrou ao Liverpool que o sonho do primeiro título do Campeonato Inglês após 24 anos é real. Os Reds, dono de elenco inferior numericamente a Manchester City e Chelsea, aproveitaram-se dos tropeços dos rivais e conseguiram voltar à liderança com uma exibição de gala. Azar do Tottenham, atropelado por 4 a 0, no Anfield, em mais uma jornada especial de Luis Suárez.

O uruguaio não apenas deixou a sua marca. Ele infernizou a defesa dos Spurs, aterrorizada e com dose alta de responsabilidade pelo resultado. Chegou aos 29 gols na Premier League, tornando-se o maior artilheiro do Liverpool desde que o torneio passou a ser organizado, em 1992. Ainda restam seis rodadas, o que permite ao camisa 7 almejar também o recorde de Andy Cole (1993/94) e Alan Shearer (1994/95), ambos com 34 gols. Não custa lembrar que o atacante também é o líder de assistências – 11 ao todo.

texto: globoesporte.com

Por Edgar – Palmeiras volta a ser Palmeiras e decepciona de novo frente a sua torcida.

Tudo o que poderia prejudicar o Palmeiras na noite deste domingo prejudicou. O Ituano, que nada tem a ver com o drama alviverde, conseguiu uma vitória histórica, por 1 a 0, no Pacaembu, e assegurou uma vaga na final do Campeonato Paulista. Vai enfrentar o Santos nos próximos dois domingos – a Federação Paulista de Futebol define os locais nesta segunda-feira. Ironia ou não, o gol responsável por eliminar o Verdão na primeira chance de título de seu centenário foi de um ex-corintiano: Marcelinho, atacante, campeão da Copa São Paulo em 2009 pelo maior rival palmeirense.

O Ituano, agora, tem a chance de buscar seu segundo título paulista após campanha histórica. Com a melhor defesa do campeonato (dez gols sofridos na primeira fase), o Galo quer repetir a façanha de 2002, em uma edição que não tinha os quatro maiores clubes do estado, que disputaram uma versão turbinada Torneio Rio-São Paulo.

Ao Palmeiras, resta juntar os cacos na primeira frustração de seu centenário. A festa tinha tudo para ser alviverde no Pacaembu, que recebeu o maior público do campeonato (29.166 pagantes). O clube comemorava o aniversário do técnico Gilson Kleina e não perdia no estádio desde o ano passado – a última derrota foi para o Tijuana, na Libertadores. Terminou o jogo sem Alan Kardec e Fernando Prass, machucados, com Valdivia e Bruno César jogando no sacríficio e sem a vaga na decisão estadual.

Agora, restou a Copa do Brasil. Quarta-feira o Verdão enfrenta o Vilhena, no Pacaembu, no jogo de volta da primeira fase. Como venceu em Rondônia, por 1 a 0, o Alviverde joga pelo empate.

Texto: globoesporte.com

 

Por Edgar – Santos passa sufoco mas vence Penapolense e encara Ituano na Final

No dia em que o time mais empolgante do Campeonato Paulista esteve longe de suas melhores atuações, Oswaldo de Oliveira fez o papel de craque e ajudou a colocá-lo na decisão. Em um jogo tenso, que parecia fácil e se tornou duríssimo, o técnico promoveu mudanças cruciais no segundo tempo e viu o Santos fazer 3 a 2 no Penapolense, neste domingo, na Vila Belmiro, pela semifinal. Guaru e Douglas Tanque marcaram para a equipe do interior; Cícero, Leandro Damião e Yuri garantiram o triunfo do Peixe, que chega a sua sexta final consecutiva no estadual.

O Alvinegro vai enfrentar o Ituano, que surpreendeu o Palmeiras, e também está na decisão, que será disputada em duas partidas, nos próximos domingos. Duas batalhas na luta pelo 21º título paulista. Batalhas que quase não aconteceriam, pois o time ficou atrás no placar por boa parte do segundo tempo. Oswaldo agiu: colocou Rildo, e ele cruzou para Leandro Damião empatar a partida. Lançou o garoto Stéfano Yuri, e ele marcou o gol da classificação.

Texto: Globoesporte.com