Por Cleber Aguiar – Filme sobre Democracia Corintiana estreia 50 anos após Golpe Militar

Fonte: Gazetaesportiva.net

Bruno Ceccon

30936_20110720195739

O golpe que derrubou o então presidente João Goulart, aplicado no dia 1º de abril de 1964, marcou o início do regime militar. Em 1984, o movimento Diretas Já, encabeçado por esportistas, artistas e políticos, teve participação decisiva para encerrar o período de governo autoritário. Em meio às duas efemérides, estreia o filme Democracia em Preto e Branco, selecionado para a edição de 2014 do É Tudo Verdade, maior festival de documentários da América Latina.

“Apesar de ser uma grande coincidência, o fato de o documentário estrear nessa época pode ser um fato importante para a divulgação do trabalho, já que tratamos de assuntos ligados aos anos de chumbo. Se pensarmos que, além disso, o país vive uma convulsão parecida com a de 1984, quando as pessoas resolveram sair às ruas para se manifestar, não resta dúvida de que o filme, embora trate de um tema ocorrido há 30 anos, é super atual”, disse Pedro Asbeg, diretor do documentário.

O cineasta concedeu entrevista à Gazeta Esportiva  diante do painel que homenageia a Democracia Corintiana no memorial do clube, localizado no Parque São Jorge. Os protagonistas do movimento estão entre os principais entrevistados da obra, mas a ideia foi explorar o contexto geral da época, marcado pelas Diretas Já e pelo surgimento de bandas como Barão Vermelho, Titãs e Ultraje a Rigor, ícones do chamado Rock Brasil.

“Quando comecei esse trabalho, a ideia era fazer um filme apenas sobre a Democracia Corintiana. Acredito que seja possível, porque é um tema grande o suficiente. Por outro lado, o próprio movimento ganha em força se você contextualiza a época em que aconteceu. Ou seja, quando percebi que deveria falar também sobre ditadura, cultura e outras coisas que estavam acontecendo no Brasil, o filme mudou”, explicou o cineasta, formado na Westminster University.

A intenção de ampliar o espectro do documentário, narrado pela cantora Rita Lee, fica evidente na escolha dos cerca de 30 personagens. Além de Sócrates, Casagrande e Wladimir, líderes da Democracia Corintiana, foram entrevistados músicos como Frejat, Dado Villa-Lobos, Edgar Scandurra e Paulo Miklos. Assim como os jornalistas Marcelo Rubens Paiva, Marcelo Tas e Serginho Groisman. Os ex-presidentes Lula e Fernando Henrique Cardoso também participam.

“Os movimentos Rock Brasil e Democracia Corintiana têm ligação no que diz respeito à necessidade de se expressar e à busca por liberdade. Não queria que o documentário fosse só para quem gosta de futebol. Desejo que alguém que nunca tenha ouvido falar dessa história se admire com o que aquelas pessoas fizeram. Não é um filme de nicho, um filme do Corinthians. Você não precisa gostar de futebol e, principalmente, não precisa ser corintiano para gostar do documentário”, explicou Asbeg.

O ex-jogador Sócrates, ídolo do Corinthians com passagem pelo Flamengo, time de coração do diretor do documentário, foi entrevistado em 2010, alguns meses antes da série de internações que precedeu sua morte, ocorrida em dezembro de 2011. Ele participou ativamente das Diretas Já e, no dia 16 de abril de 1984, diante de mais de 1 milhão de pessoas no Vale do Anhangabaú, chegou a prometer que permaneceria no Brasil caso a emenda Dante de Oliveira fosse aprovada, o que não aconteceu.

“O Sócrates é o condutor do filme junto com o Casagrande. O depoimento do Magrão foi realmente especial, porque ele estava em um dia muito legal, tranquilo e inspirado. A entrevista durou quase 2 horas, mas pareceu 20 minutos. Até hoje, quando vejo o vídeo, fico impressionado: ‘que coisas incríveis ele se permitiu dizer a mim’. Infelizmente, foi uma das últimas entrevistas que o Sócrates concedeu. De alguma forma, é um registro ainda mais valioso”, declarou Asbeg.

Por Cleber Aguiar – Insatisfeito com atacantes, Chelsea pode contratar brasileiros

Fonte: O Estado de São Paulo

O tecnico do time inglês, José Mourinho, manifesta desejo de ter Hulk e também Diego Costa

Pelo jeito, Demba Ba, Samuel Eto’o e Fernando Torres não estão correspondendo ao técnico José Mourinho, do Chelsea, que já manifestou sua vontade de contar com dois atacantes para a próxima temporada. De acordo com o jornal Metro, o atacante da seleção brasileira Hulk, do Zenit, e o brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa do Atlético de Madrid, são os nomes que mais agradam ao português para compor o elenco azul, que também conta com Ramires, Oscar, Willian e David Luiz.

Hulk deve Copa do Mundo pelo Brasil - Alex Silva/Estadão

Fã do futebol brasileiro, o técnico tenta segurar o zagueiro da seleção de Felipão por mais um ciclo, já que David Luiz têm seu nome constantemente especulado no Barcelona. As cifras elevadas da multa rescisória de Hulk parecem não assustar os dirigentes da equipe de Londres. O Zenit afirmou que só libera o jogador se tiver os R$ 157 milhões pagos integralmente. O Chelsea vem namorando com o atacante desde sua transferência do Porto para o clube russo, em 2012. Os agentes do brasileiro já informaram que Hulk deu sinal verde para a negociação, pois deseja disputar o Campeonato Inglês.

DIEGO COSTA
Com grandes atuações no Campeonato Espanhol e na Liga dos Campeões, o atacante recém naturalizado espanhol, Diego Costa também está sendo cogitado na equipe de Mourinho. Segundo o jornal Metro, da Inglaterra, o Chelsea prepara uma oferta de R$ 100 milhões para levá-lo de Madri para Londres no próximo verão europeu.

Por Cleber Aguiar – Paulistão: Lusa recusa primeira parcela da cota de TV da Série B

Fonte: Futebolinterior.com.br

imagesO clube não assinou a liberação do pagamento. “Nossa intenção é disputar a Série A. Vamos continuar lutando pelos nossos direitos”, disse Orlando Cordeiro de Barros, vice-presidente jurídico da Lusa. O valor total a que o clube tem direito é de R$ 2,7 milhões (descontados os impostos).

No dia 18 de fevereiro, uma reunião do Conselho Deliberativo do clube decidiu por unanimidade entrar na Justiça comum para tentar reverter o rebaixamento definido no julgamento do STJD no final no ano passado. A Portuguesa perdeu quatro pontos pela escalação irregular no meia Héverton e o Fluminense acabou permanecendo na Série A.

De acordo com o dirigente, o clube deve finalmente concretizar essa decisão e entrar na Justiça comum na semana que vem.

“Dedicamos esse período, desde a reunião do Conselho, para a análise técnica do documento em relação à jurisprudência”, afirma Orlando.

“A entrada na Justiça comum é fato consumado. Dependemos apenas na área jurídica”, disse o presidente Ilídio Lico.

Mesmo sofrendo uma crise financeira aguda, agravada pela execução de uma dívida de R$ 43 milhões do Banco Banif, no final do ano passado, Ilídio Lico, assegura que não assinará acordos na Série B antes que se esgotem as possibilidades de permanência na Série A. Em 2013, o clube recebeu R$ 18 milhões dos direitos de televisão pela presença na elite.

ICFUT – Furacão vence fora de casa e Grêmio só empata na Arena.

Clube PG J V E D GP GC SG A%
Grupo 1
The Strongest-BOL 6 3 2 0 1 3 1 2 66,7
Vélez Sarsfield-ARG 6 3 2 0 1 3 2 1 66,7
Atlético-BRA 6 3 2 0 1 2 2 0 66,7
Universitario-PER 0 3 0 0 3 0 3 -3 0,0
Grupo 2
Botafogo-BRA 4 3 1 1 1 4 3 1 44,4
Independiente del Valle-EQU 4 3 1 1 1 4 4 0 44,4
San Lorenzo-ARG 4 3 1 1 1 2 3 -1 44,4
Unión Española-CHI 3 3 0 3 0 4 4 0 33,3
Grupo 3
Deportivo Cali-COL 6 3 2 0 1 3 2 1 66,7
O’Higgins-CHI 5 3 1 2 0 3 2 1 55,6
Cerro Porteño-PAR 4 3 1 1 1 5 4 1 44,4
Lanús-ARG 1 3 0 1 2 2 5 -3 11,1
Grupo 4
Atlético-BRA 7 3 2 1 0 5 3 2 77,8
Nacional-PAR 4 3 1 1 1 4 5 -1 44,4
Santa Fe-COL 3 3 1 0 2 5 5 0 33,3
Zamora-VEN 3 3 1 0 2 2 3 -1 33,3
Grupo 5
Defensor Sporting-URU 6 3 2 0 1 6 2 4 66,7
Universidad de Chile-CHI 6 3 2 0 1 4 6 -2 66,7
Cruzeiro-BRA 3 3 1 0 2 6 5 1 33,3
Real Garcilaso-PER 3 3 1 0 2 4 7 -3 33,3
Grupo 6
Grêmio-BRA 7 3 2 1 0 4 0 4 77,8
Newell’s Old Boys-ARG 4 3 1 1 1 4 1 3 44,4
Atlético Nacional-COL 4 3 1 1 1 3 5 -2 44,4
Nacional-URU 1 3 0 1 2 2 7 -5 11,1
Grupo 7
Emelec-EQU 6 3 2 0 1 5 5 0 66,7
Flamengo-BRA 4 3 1 1 1 6 5 1 44,4
León-MEX 4 3 1 1 1 4 4 0 44,4
Bolívar-BOL 2 3 0 2 1 4 5 -1 22,2
Grupo 8
Santos Laguna-MEX 7 3 2 1 0 4 1 3 77,8
Arsenal-ARG 6 3 2 0 1 4 1 3 66,7
Deportivo Anzoategui-VEN 2 3 0 2 1 2 5 -3 22,2
Peñarol-URU 1 3 0 1 2 1 4 -3 11,1
4ª RODADA
A Definir Lanús-ARG x Deportivo Cali-COL
A Definir Cerro Porteño-PAR x O’Higgins-CHI
18/03 – 19h45 Nacional-URU x Atlético Nacional-COL
18/03 – 19h45 Universidad de Chile-CHI x Real Garcilaso-PER
18/03 – 22h00 Vélez Sarsfield-ARG x The Strongest-BOL
18/03 – 22h00 Santa Fe-COL x Zamora-VEN
18/03 – 22h00 Botafogo-BRA x Independiente del Valle-EQU
19/03 – 00h15 Santos Laguna-MEX x Deportivo Anzoategui-VEN
19/03 – 19h45 Atlético-BRA x Nacional-PAR
19/03 – 19h45 Peñarol-URU x Arsenal-ARG
19/03 – 22h00 León-MEX x Emelec-EQU
19/03 – 22h00 Bolívar-BOL x Flamengo-BRA
19/03 – 22h00 Newell’s Old Boys-ARG x Grêmio-BRA
20/03 – 17h30 Atlético-BRA x Universitario-PER
20/03 – 22h00 Unión Española-CHI x San Lorenzo-ARG
20/03 – 22h00 Cruzeiro-BRA x Defensor Sporting-URU
5ª RODADA
A Definir Real Garcilaso-PER x Defensor Sporting-URU
A Definir Botafogo-BRA x Unión Española-CHI
A Definir Emelec-EQU x Flamengo-BRA
25/03 – 20h30 Zamora-VEN x Nacional-PAR
26/03 – 19h45 Nacional-URU x Newell’s Old Boys-ARG
26/03 – 22h00 Deportivo Cali-COL x O’Higgins-CHI
26/03 – 22h00 Atlético-BRA x Vélez Sarsfield-ARG
26/03 – 23h00 Santos Laguna-MEX x Peñarol-URU
27/03 – 00h15 León-MEX x Bolívar-BOL
27/03 – 18h30 Lanús-ARG x Cerro Porteño-PAR
27/03 – 20h45 Independiente del Valle-EQU x San Lorenzo-ARG
28/03 – 23h00 Vélez Sarsfield-ARG x The Strongest-BOL
28/03 – 23h00 Deportivo Anzoategui-VEN x Arsenal-ARG
02/04 – 22h00 Atlético Nacional-COL x Grêmio-BRA
02/04 – 23h15 Santa Fe-COL x Atlético-BRA
03/04 – 21h00 Universidad de Chile-CHI x Cruzeiro-BRA