Por Cleber Aguiar – Em retorno à Vila, ex-promessa passa despercebida e sequer deixa o banco

Fonte: Globo.com

Badalado na base, Jean Chera deixou Santos em 2011 rachado com a diretoria. Pelo Oeste, meia reencontrou o ex-clube no domingo, mas foi pouco notado pela torcida

Por Lincoln Chaves e Guilherme Lucio*Santos, SP

Jean Chera Santos Oeste (Foto: Guilherme Lucio)

Neymar, Gabriel e Jean Chera. Após o sucesso de Robinho e Diego, o Santos investiu pesado na base, trazendo o trio, ainda muito jovem, para ser lapidado em casa. O primeiro, como se sabe, é ídolo. O segundo dá os primeiros passos como profissional e curte o bom momento, sendo titular e um dos artilheiros do Peixe no Campeonato Paulista aos 17 anos. E o terceiro? Ele retornou à Vila Belmiro no domingo, mas em uma situação diferente da que se esperava antes: no banco de reservas do Oeste, que briga contra o rebaixamento no estadual.

Jean seguiu a carreira longe da Baixada. Deixou o Alvinegro Praiano brigado com a diretoria, em 2011, passando, sem sucesso, por Genoa, da Itália, Flamengo, Atlético-PR e Cruzeiro, até chegar ao Oeste. A badalação de antes, quando era chamado de “novo Neymar” do Peixe, já não existe mais. Mesmo com a “novela” que marcou sua saída e a expectativa nele depositada, ele foi pouco notado pelos cerca de seis mil torcedores que estiveram na Vila Belmiro.

O nome do meia (identificado somente como “Jean”) apareceu no placar eletrônico do estádio, mas praticamente não causou reações na torcida. A aparição da atacante Waguininho, nascido em Cubatão (SP) e que já defendeu o São Vicente, clube da cidade vizinha a Santos, da quarta divisão paulista, causou mais burburinhos que o do ex-Menino da Vila.

Jean Chera Gabriel Santos Oeste (Foto: Reprodução / PFC)

– É um sentimento bom (voltar à Vila Belmiro), rever os amigos. Eu queria muito construir uma história aqui, mas por circunstâncias não aconteceu. Agora, é pensar no jogo – disse Jean, antes do jogo começar, à Super Rádio São Paulo.

Ele não foi a campo. Meninos que atuaram com Jean Chera no Santos, como Gabriel e o lateral Emerson, foram cumprimentá-lo antes da partida começar. Gabigol, aliás, deu um forte abraço no amigo, com quem fez uma das principais duplas da base brasileira até o meia deixar o Peixe.

Do banco, ele viu o Oeste ser goleado pelo ex-clube por 4 a 1, com gols de Thiago Ribeiro (2), Leandro Damião e Diego Cardoso. Não foi o retorno esperado.

* Com supervisão de Alexandre Lopes

Por Cleber Aguiar – Botafogo chega ao Equador com foco na liderança da Libertadores

Fonte: O Estado de São Paulo

Lodeiro garante que os efeitos da altitude de Quito não vão surpreender o time

GUAYAQUIL – Já no Equador para o seu terceiro compromisso no Grupo 2 da Copa Libertadores, o Botafogo vai entrar em campo na próxima quarta-feira com o objetivo de se manter na liderança da chave. Além disso, o meia uruguaio Nicolás Lodeiro garantiu que os efeitos da altitude de Quito, local do duelo de quarta-feira com o Independiente del Valle, às 19h45 (horário de Brasília), não vão surpreender o time.

Jogadores do Botafogo no aeroporto - Divulgação

 

“Estivemos aqui recentemente e sabemos como é jogar na altitude, não é nenhuma novidade. Queremos continuar na liderança do nosso grupo e vamos brigar por isso”, afirmou Lodeiro no saguão do aeroporto de Guayaquil, onde a equipe desembarcou, lembrando o duelo com o Deportivo Quito pela fase preliminar da Libertadores.

 

Apesar desse discurso, o Botafogo só vai para Quito horas antes do jogo com o Independiente del Valle. Os jogadores do time carioca, inclusive, vão treinar nesta terça-feira em Quito, no Centro de Treinamento Ciudad Desportiva, viajando apenas na manhã de quarta-feira.

O Botafogo lidera o Grupo 2 da Libertadores com quatro pontos. O San Lorenzo é o vice-líder com três, a Unión Española soma dois e o Independiente del Valle conquistou apenas um nas duas primeiras rodadas da chave.

Por Cleber Aguiar – Com festa e histeria, São Paulo chega a Maceió: ‘É lindo’, diz Pato

Fonte: Globo.com

Mais de 300 recepcionaram o Tricolor nesta terça-feira, em Maceió. Tricolor treina à tarde no estádio Rei Pelé. Partida contra o CSA será na quarta-feira, às 22h

Por Carlos A. Ferrari, Leonardo Freire e Viviane LeãoMaceió, AL

Apoio da torcida alagoana não faltará ao São Paulo na partida contra o CSA, nesta quarta-feira, às 22h, no estádio Rei Pelé, pela primeira fase da Copa do Brasil. Nesta terça-feira, mais de 300 torcedores recepcionaram a delegação do Tricolor, no aeroporto Zumbi dos Palmares, em Maceió.

A polícia precisou montar um cordão de isolamento do portão de desembarque até o ônibus que transportou os jogadores. Luis Fabiano e Rogério Ceni, como de costume, foram os mais incentivados. Quando Alexandre Pato apareceu no saguão, algumas meninas furaram o bloqueio para tentar contato com o atacante, que estreará pelo clube na partida.

– É lindo ser recebido aqui com esse carinho. Agora, vamos trabalhar para retribuir com a vitória – afirmou Pato.

Depois da passagem dos atletas, a aglomeração se dirigiu até o ônibus, com mais gritos de apoio aos atletas. O veículo deixou o aeroporto com escolta policial para furar o trânsito, bastante complicado na capital alagoana nesta terça-feira.

Pato na chegada a Maceió (Foto: Leonardo Freire/GloboEsporte.com)Pato tira foto com a garotada em Alagoas. Atacante fará sua estreia no Tricolor (Foto: Leonardo Freire/GloboEsporte.com)

Os jogadores seguiram diretamente para o hotel, na região da praia de Pajuçara para almoçar e descansar. No fim da tarde, o elenco fará o reconhecimento do gramado do estádio Rei Pelé. Por conta do desgaste físico dos últimos jogos, o técnico Muricy Ramalho deve comandar apenas um trabalho recreativo.

A escalação do Tricolor só deve ser divulgada minutos antes da partida. Muricy mantém o mistério sobre quem perderá o lugar no time para a estreia de Alexandre Pato. O mais provável é que Osvaldo deixe a equipe. Assim, o atacante formaria o trio ofensivo com Pabón e Luis Fabiano.

Desembarque São Paulo (Foto: Viviane Leão/GloboEsporte.com)Torcida do São Paulo lotou o aeroporto Zumbi dos Palmares, em Maceió (Foto: Viviane Leão/GloboEsporte.com)