ICFUT – Em São Bernardo, São Paulo tenta primeira vitória fora de casa

Fonte: Gazetaesportiva,net

Tossiro Neto

Invicto no Morumbi – mas não mais 100%, depois do empate com a Portuguesa, no sábado -, o São Paulo tentará no ABC paulista conquistar sua primeira vitória fora de casa no Campeonato Paulista. O adversário será o São Bernardo, às 21 horas (de Brasília) desta quinta-feira.

Em três partidas como visitante na competição, o time treinado por Muricy Ramalho não somou nem um ponto sequer. Foi derrotado por Bragantino, Palmeiras e Ponte Preta.

Até a rodada passada, os resultados como mandante bastavam para deixar a equipe na liderança do grupo A. Mas o empate com a Portuguesa a derrubou para a segunda colocação, agora com 13 pontos, apenas três acima do Linense, que aparece em terceiro lugar.

Também por isso, o primeiro triunfo longe do Morumbi é essencial nesta quinta-feira. Caso contrário, Muricy e seu elenco vão pressionados para o duelo de domingo, contra o Santos. Mesmo o jogo sendo em seus domínios, o São Paulo não vence um clássico há 11 jogos.

Fernando Dantas/Gazeta Press

Muricy Ramalho ainda não levou sua equipe a um triunfo como visitante nesta edição do Campeonato Paulista

Duas mudanças na escalação são certas. O lateral esquerdo uruguaio Álvaro retorna de suspensão e retoma o lugar de Reinaldo. Pelo mesmo motivo, Rodrigo Caio está de volta, mas possivelmente não na defesa, setor em que Roger Carvalho deverá ser mantido ao lado de Antônio Carlos, e sim como volante, na vaga de Wellington, que recebeu o terceiro cartão amarelo.

“Temos que vencer, não só porque perdemos os três jogos que fizemos fora, mas porque temos obrigação de vencer para recuperar a primeira posição, de passar em primeiro para o mata-mata”, cobrou Álvaro Pereira, a exemplo do que já havia feito o zagueiro Antônio Carlos.

Segundo colocado do grupo C, com dois pontos à frente da Ponte Preta, o São Bernardo já venceu o Corinthians e certamente também buscará três pontos diante do São Paulo. Ainda mais no ABC.

“Enfrentaremos uma grande equipe, que sai para o jogo e pode abrir espaço para chegarmos ao ataque. Precisamos manter a mesma forma de jogar, com marcação firme e velocidade nos contra-ataques, assim poderemos conquistar um grande resultado contra outro grande”, receitou o lateral direito Rafael Cruz.

Arte GE.Net

FICHA TÉCNICA
SÃO BERNARDO X SÃO PAULO

Local: Estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo (SP)
Data: 20 de fevereiro de 2014, quinta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Alessandro Darcie
Assistentes: Anderson José de Coelho e Leandro Matos Feitosa

SÃO BERNARDO: Wilson Júnior; Rafael Cruz, Luciano Castán, Fernando Lombardi e Eduardo; Dudu Lima, Marino, William Favoni e Bady; Careca e Gil
Técnico: Edson Boaro

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Luis Ricardo, Roger Carvalho, Antônio Carlos e Álvaro Pereira; Rodrigo Caio, Souza, Ganso e Pabon; Ademilson e Luis Fabiano
Técnico: Muricy Ramalho

Por Cleber Aguiar – Amigo de Özil desde a infância, Neuer diz saber como meia cobra os pênaltis

Fonte: Globo.com

Jogadores de Bayern e Arsenal estudaram na mesma escola quando crianças em Gelsenkirchen: ‘Sabia que ele iria esperar bastante até decidir em qual canto cobrar’

 

Ao que as evidências indicam, o pênalti perdido por Mesut Özil – e defendido por Manuel Neuer – não foi mera coincidência. Os jogadores de Arsenal e Bayern de Munique, que se enfrentaram na última quarta-feira, com vitória para os bávaros, por 2 a 0, pelo jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, na verdade se conhecem desde a infância (veja os lances no vídeo acima).
Neuer e Özil estudaram na mesma escola em Gelsenkirchen quando ainda eram crianças. Depois, atuaram na base do Schalke, cresceram nas seleções de base da Alemanha e, por fim, chegaram praticamente juntos na principal. Os dois são nomes certos no elenco do técnico Joachim Löw para a Copa do Mundo.

Neuer e Özil estudaram na mesma escola (Foto: Reprodução)

 

Quando crianças, Neuer e Özil estudaram na mesma escola em Gelsenkirchen (Foto: Reprodução)

Após o jogo, Neuer foi instigado sobre o amigo. Ele afirmou saber como Özil costuma cobrar as penalidades – o lance ocorreu quando o placar ainda estava 0 a 0 e antes de o goleiro Szczesny ser expulso por cometer pênalti em Robben.
– Eu sei como Özil cobra pênaltis. Sabia que ele esperaria bastante antes de decidir em qual canto bater. Mas é claro que ele poderia ter escolhido qualquer lugar – revelou a muralha alemã, que caiu para o lado esquerdo e fez a defesa no alto.

Arsenal x Bayern (Foto: Reuters)Özil cobra mal, e Neuer defende: Arsenal não marcou e se complicou na Liga dos Campeões (Foto: Reuters)

Por Cleber Aguiar – Jogador também é músico e dentista. Adivinhe qual profissão paga menos?

Fonte: Portal Uol

1

Thales Verissimo se desdobra para dar conta de três profissões. De manhã e à noite ele dá expediente em seu consultório dentário. À tarde, o jovem de 24 anos participa de treinos e jogos do Vitória/ES, time que disputa a elite do Campeonato Capixaba. Já as noites de sexta e sábados são reservadas para a música: Thales é saxofonista de uma banda que toca em festas e casamentos.

A rotina diária é puxada. O jogador dentista trabalha cerca de 13 horas diárias. E o futebol é o que tem dado o menor retorno financeiro. São dois meses de salário atrasado.

Para amenizar o drama financeiro dos jogadores de time, Thales Veríssimo decidiu fazer o tratamento dentário de todo o elenco sem cobrar nada. O atendimento gratuito também inclui técnico e funcionários do Vitória/ES.

“A situação do futebol está horrível no Espírito Santo. Os clubes não têm dinheiro para pagar os jogadores. Eu resolvi atender os jogadores no consultório de forma voluntária. É uma maneira de ajudar esse grupo que está sem receber. Se eu fosse cobrar do clube por todo os atendimentos seria uma fortuna”, diz Thales, que ganhou dos jogadores o apelido de “doctor”.

São realizadas restaurações, tratamentos de reparação e prevenção de cáries, canais, entre outros serviços dentários.

As três profissões somadas geram no fim do mês cerca de R$ 5.500 na conta de Thales.

Como dentista, ele ganha cerca de R$ 2.000 mês. Com a música, fatura de R$ 1.500 a R$ 2.500. Já no futebol, o salário é de pouco mais de R$ 1.500.

A paixão pelo futebol e o sonho de atuar em um clube grande fazem com que o atleta siga no esporte, apesar dos atrasos salariais.

“Eu ganharia mais no fim do mês se eu ocupasse o horário da tarde com consultas, em vez de treinar no Vitória. Mas o dinheiro não é tudo na vida. O importante é a realização profissional e pessoal. Batalhei para chegar até aqui. Vou até onde Deus permitir”.

Músico aos fins de semana

Thales jura que nunca se atrasou ou precisou de “dublês” para conseguir executar algumas das tarefas. Quando tem jogo marcado para sábado à noite, Thales sacrifica os shows de sua banda.

Facilita o fato de o Vitória/ES não realizar concentrações dias antes das partidas. Isso possibilita Thales de tocar sax na noite de sábado, indo a campo no domingo à tarde.

Nos dias de jogos na quarta-feira, ele não faz atendimento noturno na clínica.

“A minha namorada às vezes reclama por eu nunca ter tempo. Mas ela entende meu esforço e vem comigo nos shows de fim de semana. Aí eu toco e ainda fico com ela à noite. É bom porque que eu resolvo duas coisas de uma vez só. É o jeito”, sorri.

Inspiração no Doutor Sócrates

No tempo em que cursou Odontologia, Thales diversas vezes pensou em desistir do curso diversas vezes. O meio-campista diz ter como referência o ex-jogador Sócrates, falecido em dezembro de 2011, que era formado em medicina.

O baixo índice de boleiros com diploma no Brasil se deve à falta de interesses dos jogadores, opina Thales.

“Eu noto que os jogadores com quem converso ficam interessados em estudar. Mas na semana seguinte já não falam mais nisso. Com um pouco de esforço, dá para fazer um curso técnico ou faculdade. As oportunidades aparecem, mas são poucos os que vão atrás”.

Teoria sobre lesões

Thales explorou um tema comum do futebol, as lesões, para realizar trabalho de conclusão de curso da faculdade de Odontologia. O jogador/dentista afirma que a cura de contusões no esporte só será plena caso a saúde bucal esteja em dia.

Ele acredita que Alexandre Pato, por exemplo, superou os problemas de lesões musculares depois que tratou os dentes.

“As células de defesa do nosso corpo migram para as regiões da cabeça e do pescoço. Isso significa que não adianta querer resolver lesão na perna se a pessoa apresenta problemas na boca. Eu atendi um jogador que tinha cáries e que necessitava de tratamento de canal e restauração. Assim que os dentes foram tratados, sua recuperação muscular na coxa foi muito mais rápida”.

ICFUT – Juiz indicia o Barcelona, que será investigado por caso Neymar

Fonte: globo

Responsável por apurar o ex-presidente Sandro Rosell, Pablo Ruz agora também envolverá o clube catalão nas investigações. Suspeita é de fraude de R$ 30 milhões

Após pedido do Ministério Público da Espanha, o juiz Pablo Ruz indiciou o Barcelona nesta quinta-feira, por suspeita de divergências entre o valor declarado e o valor real da transferência de Neymar, envolvendo o clube na investigação já aberta – que apura a participação do ex-presidente do clube, Sandro Rosell. O pedido foi feito pelo promotor José Perals através de documento que cita a existência de “contratos simulados” que poderiam enganar a Fazenda espanhola. O Barça, na última quarta, colocou-se à disposição para esclarecimentos.

– A atuação do clube foi, em todo o momento, com respeito a esta operação e de acordo com a informação de que se dispõe, plenamente conforme a ordem jurídica vigente. Nos próximos dias se apresentará, por advogado e procurador, diante do quinto Juizado Central de Instrução, para a adequada defesa de seus direitos e interesses. Mesmo assim, expressa sua total disposição para colaborar com a Administração da Justiça neste procedimento, como esteve atendendo desde o primeiro momento, ou em qualquer outro que seja requerida sua intervenção – afirmou o comunicado oficial do Barça.

Neymar com Sandro Rosell presidente do Barcelona apresentação (Foto: EFE)Rosell e Neymar em sua apresentação: polêmica com valor de transferência fez presidente renunciar (Foto: EFE)

A suspeita é de que, independentemente da atuação individual de Rosell, o clube tenha gestão irregular, fazendo com que a pessoa jurídica possa ser responsabilizada pelo delito. A partir de agora, o clube terá que escolher um advogado para representá-lo, enquanto serão solicitados documentos à Agência Tributária para dar base à investigação.

O MP acredita que cerca de € 9,1 milhões (R$ 30,1 milhões) foram fraudados na contratação de Neymar, tirando como base o total de € 37,9 milhões (R$ 125,4 milhões) pagos pelo jogador – o adiantamento de € 10 milhões (R$ 33,1 milhões) em 2011 e o restante, € 27,9 milhões (R$ 92,3 milhões), no ano passado. Como trata-se de um possível crime de pessoa jurídica, a princípio, ninguém tem o risco de ser preso – o clube, entretanto, pode levar uma alta multa.

No fim de janeiro, Sandro Rosell deixou a presidência do Barcelona por estar sendo investigado pela Justiça espanhola e, segundo o próprio, sendo ameaçado. O cargo agora é ocupado pelo ex-vice, Josep Maria Bartomeu, que seguirá na posição até 2016.

ICFUT – ESTADUAIS 2014

oficial

SOUND CLOUD ICFUT – CLIQUE AQUI

PAGUE A SÉRIE B

LINK 1 – AO VIVO  DOS ESTADUAIS – CLIQUE AQUI !
LINK 2 – AO VIVO DOS ESTADUAIS – CLIQUE AQUI!

PAULISTA  – A-1

9ª RODADA
18/02 – 19h30 Rio Claro 3 x 1 Botafogo
18/02 – 19h30 Mogi Mirim 1 x 1 XV de Piracicaba
19/02 – 15h00 Osasco Audax 1 x 0 Bragantino
19/02 – 19h30 Ponte Preta 1 x 0 Linense
19/02 – 19h30 Penapolense 2 x 1 Portuguesa
19/02 – 22h00 Oeste 1 x 2 Corinthians
19/02 – 22h00 Palmeiras 1 x 0 Ituano
20/02 – 19h30 Santos x Atlético Sorocaba
20/02 – 19h30 Comercial x Paulista
20/02 – 21h00 São Bernardo x São Paulo

PAULISTA –  A-2

8ª RODADA
19/02 – 15h00 Monte Azul 2 x 1 São Caetano
19/02 – 15h00 São José 2 x 1 Grêmio Osasco
19/02 – 15h00 Santo André 0 x 0 Mirassol
19/02 – 20h00 Catanduvense 3 x 0 Itapirense
19/02 – 20h00 União Barbarense 1 x 2 Marília
19/02 – 20h00 Capivariano 1 x 0 Guaratinguetá
19/02 – 20h00 Batatais 1 x 0 Grêmio Barueri
19/02 – 20h30 Guarani 2 x 1 Ferroviária
19/02 – 20h30 Rio Branco 2 x 3 Red Bull
19/02 – 20h30 Velo Clube 0 x 2 São Bento

PAULISTA – A-3

6ª RODADA
19/02 – 15h00 Santacruzense 0 x 1 São Carlos
19/02 – 15h00 Juventus 3 x 3 Rio Preto
19/02 – 15h00 Flamengo 2 x 2 Sertãozinho
19/02 – 15h00 Taubaté 3 x 1 Francana
19/02 – 15h00 Cotia 3 x 1 Guaçuano
19/02 – 20h00 Matonense 3 x 3 Novorizontino
19/02 – 20h00 Tupã 1 x 2 Votuporanguense
19/02 – 20h00 Independente 0 x 0 Água Santa
20/02 – 20h00 América x Noroeste
20/02 – 20h00 Internacional x São José “B”

GAÚCHO

9ª RODADA
18/02 – 21h00 Internacional 2 x 1 Juventude
19/02 – 19h00 Novo Hamburgo 0 x 1 Cruzeiro
19/02 – 19h00 Passo Fundo 3 x 2 Pelotas
19/02 – 20h30 São Paulo 1 x 1 São Luiz
19/02 – 20h30 Lajeadense 0 x 1 Veranópolis
19/02 – 20h30 São José 2 x 1 Aimoré
19/02 – 22h00 Caxias 2 x 3 Grêmio
20/02 – 20h30 Brasil x Esportivo

CARIOCA

9ª RODADA
19/02 – 16h00 Resende 1 x 3 Duque de Caxias
19/02 – 16h00 Bangu 0 x 2 Vasco da Gama
19/02 – 19h30 Macaé 0 x 1 Fluminense
19/02 – 19h30 Friburguense 1 x 0 Nova Iguaçu
19/02 – 22h00 Flamengo 2 x 0 Madureira
20/02 – 16h00 Audax x Boavista
20/02 – 19h30 Botafogo x Volta Redonda
20/02 – 19h30 Cabofriense x Bonsucesso

Por Cleber Aguiar – Santos enfrenta Atlético Sorocaba para apagar última goleada

Fonte: O Estado de São Paulo

Ainda sob efeitos dos 4 a 1 para o Penapolense, missão do Alvinegro é vencer e voltar ao normal

Sanches Filho – O Estado de S. Paulo

94778

SANTOS – Oswaldo de Oliveira trabalhou pesado na quarta-feira para que o Santos apague no jogo desta quinta diante do Atlético Sorocaba, às 19h30, na Vila Belmiro, a impressão negativa que ficou da goleada por 4 a 1 sofrida diante do Penapolense, domingo.

 

O treinador decidiu escalar o meia Leandrinho no lugar do volante Alan Santos, que cumprirá suspensão pelo terceiro amarelo, substituição que deixará o time mais ofensivo. Com a ausência de Gustavo Henrique (expulso em Penápolis), Jubal formará a dupla de zagueiros com Neto.

Oswaldo abriu o dia às 9h, com uma palestra de uma hora e 10 minutos, no anfiteatro do hotel Recanto dos Alvinegros. Falou das falhas que o time já havia apresentado nos jogos anteriores e que foram maiores no domingo, e do perigo que representa um adversário teoricamente fácil como o de hoje.

No campo, foram duas horas de ensaio de jogadas pelas laterais – Geuvânio e Cicinho na direita e Leandrinho e Thiago Ribeiro pela esquerda –, finalizações e cobranças de pênaltis. Oswaldo fez questão de destacar que a Vila oferece as condições ideais para que o Santos volte a jogar em alto nível.

“É flagrante a diferença de qualidade de campo e luz entre a Vila e alguns estádios do interior. Os gramados são irregulares e lentos e não dá para jogar como na Vila. A velocidade é outra. Tivemos jogos semelhantes ao de Penápolis contra Ituano e Linense e só não perdemos porque saímos na frente no marcador e ficamos com os 11 jogadores o tempo inteiro”, disse.

O Atlético de Sorocaba é o último colocado do Grupo A, com cinco pontos. O time tem saldo negativo de nove gols (sofreu 17 gols e marcou oito).

YURI RENOVA
O Santos renovou o contrato do atacante Stefano Yuri até dezembro de 2017. O atacante de 19 anos, 1m87 de altura, mineiro de Sete Lagoas, chegou ao clube há dois anos e se destacou nas conquistas da Copa Brasil Sub-20 do ano passado e nas edições de 2013 e 2014 da Copa São Paulo. Nos próximos dias, os atacantes Gabriel e Geuvânio também devem renovar.

SANTOS – Aranha; Cicinho, Jubal, Neto e Mena; Arouca, Cícero, Geuvânio e Leandrinho; Thiago Ribeiro e Leandro Damião.
Técnico: Oswaldo Oliveira

ATLÉTICO SOROCABA – Deola; Danilo Santos, Tiago, João Paulo e Ivan; Fernando, Douglas Packer, Marcinho e Matheus; Michel e Danilo Alves
Técnico: Roberto Cavalo

Juiz: Leandro Bizzio Marinho
Local: Vila Belmiro, em Santos
Horário: 19h30
Na TV: Pay-per-view

Por Cleber Aguiar – Polícia cumpre mandados de prisão contra invasores; três são presos

Fonte: Globo.com

Ação foi iniciada na madrugada desta quinta-feira. Invasão foi no dia 1º de fevereiro. Dois foram identificados e presos pela invasão, e um foi detido por estar armado

Diogo Venturelli

A polícia prendeu três torcedores do Corinthians durante uma ação na manhã desta quinta-feira, em São Paulo. De posse de cinco mandados de prisão e outros de busca e apreensão, os policiais saíram às ruas da capital paulista, ainda durante a madrugada, atrás dos torcedores que no início do mês invadiram o CT do Timão provocando tumulto, agredindo jogadores e funcionários e furtando telefones celulares. Vinte deles tinham sido identificados depois que o clube disponibilizou imagens do circuito interno de segurança. Sedes de três torcidas uniformizadas foram visitadas pela polícia. Durante as buscas, 13 torcedores acabaram detidos para averiguação. Três deles foram presos. Dois pela invasão e um deles em flagrante, portando de maneira ilegal um revólver calibre 38.

-Fizemos uma investigação com transparência, que nos originou 11 mandados de busca e prisões (seis de apreensão e cinco de prisão). Já procedemos a prisão de dois integrantes e mais um por porte ilegal de arma. Nós sabemos que tem mais. Mas estamos com 90 policiais nas ruas à procura dos outros torcedores identificados – declarou Elisabete Sato, diretora do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

A ação começou por volta das 4h30. Dez corintianos foram detidos na quadra da Camisa 12, sendo um preso por porte ilegal de arma. Na Pavilhão 9, outra uniformizada, mais um foi conduzido ao distrito policial. Por fim, na Gaviões da Fiel, a maior torcida organizada do clube, os policiais detiveram mais duas pessoas e apreenderam uma quantia de 3,3 mil dólares (equivalente a R$ 7,2 mil) em dinheiro. Os nomes dos detidos e dos presos ainda não foram divulgados. Todos foram levados ao DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa) no centro da cidade. Computadores e documentos também foram capturados.

– Na quadra da Gaviões foram capturados alguns dólares, que vieram da sub-sede no Japão e também uns R$ 2 mil de dinheiro de ingresso. Além de computadores e cheques. Os membros trazidos para averiguação foram o tesoureiro e uma senhora que cuida das caravanas da torcida – declarou Ricardo Cabral, advogado da organizada mais famosa do Corinthians.

Ação da polícia na sede da torcida organizada do Corinthians (Foto: Hélio Torchi / Agência Estado)Torcedor do Corinthians é detido pela polícia na manhã desta quinta-feira (Foto: Hélio Torchi / Agência Estado)
polícia torcida organizada do Corinthians prisão (Foto: Hélio Torchi / Agência Estado)Viatura da polícia chega à sede da torcida Camisa 12 ainda durante a madrugada (Foto: Hélio Torchi / Agência Estado)

 

No último dia 1º de fevereiro, um sábado, cerca de 100 torcedores do Corinthians invadiram o CT Joaquim Grava, na zona leste de São Paulo, e aterrorizaram funcionários, jogadores e diretores do Timão. Apesar da presença da Polícia Militar, nenhum dos vândalos foi preso naquele dia.

Membros da diretoria do clube alvinegro ainda tentaram conversar com alguns líderes das uniformizadas, mas não houve muito papo. Os corintianos que ali estavam queriam bagunça. E conseguiram. Três celulares foram roubados, sendo um deles do meio-campista Luiz Ramirez. Os jogadores precisaram se esconder em quartos do alojamento e em outras salas. O atacante Paolo Guerrero e o médico Joaquim Grava, que dá nome ao centro de treinamento, foram agredidos pelos invasores. Mais cinco funcionários também sofreram agressões.

Mosaico invasão CT Corinthians polícia (Foto: Editoria de Arte)

 

O clima de tensão se instalou no clube. O presidente Mário Gobbi prometeu ajudar nas investigações, cedendo informações e imagens à polícia. Mas diversas imagens das câmeras de segurança do CT não foram gravadas. Há uma perícia em andamento.

– Presume-se que houve uma questão técnica, uma falha. A delegada me relatou que vai fazer uma perícia na máquina. É essa perícia que vai dizer se alguém tentou burlar ou se realmente se confirma a falha técnica – declarou o presidente corintiano.

Por outro lado, estão com a polícia 13 fotos que retratam o que ocorreu depois das agressões e depredações. E algumas imagens de vídeo que não se perderam. Ao todo, o CT tem 22 câmeras de monitoramento. O clube diz que entregou entregou tudo o que tinha. Com base no material, a polícia identificou 20 torcedores e expediu os primeiros mandados de prisão. Eles responderão por diversos crimes, entre eles dano ao patrimônio e formação de quadrilha.

Depois dessa invasão, três jogadores foram embora do Corinthians: o meia Douglas foi para o Vasco, o zagueiro Paulo André seguiu para o Shangai Shenhua, da China, e o atacante Alexandre Pato acabou envolvido numa troca com Jadson e agora é jogador do São Paulo.

Documento invasão CT Corinthians polícia (Foto: Reprodução)Documento de três páginas que o Corinthians encaminhou ao Ministério Público após a invasão do CT

 

Após seis jogos sem vencer, o Timão voltou a reencontrar a vitória na última quarta-feira, quando bateu o Oeste – de virada – por 2 a 1, em São José do Rio Preto. Mesmo assim, a equipe ainda é a última colocada no grupo B no Campeonato Paulista, com 11 pontos, quatro atrás da zona de classificação para a próxima fase do estadual.

polícia torcida organizada do Corinthians prisão (Foto: Hélio Torchi / Agência Estado)Policial em frente a sede de uma das torcidas organizas (Foto: Hélio Torchi / Agência Estado)