Por Cleber Aguiar – Pesquisa Estado escolhe os melhores do esporte em 15 categorias

Fonte: O Estado de São Paulo

Neymar ganha destaque como o principal jogador brasileiro ao longo do ano

SÃO PAULO – Pelo 36º ano consecutivo o Estado ouviu jornalistas para saber quais foram os destaque do esporte ao longo do ano de 2013. Nesta edição foram 138 votos e a coroação de Neymar como o melhor jogador brasileiro em atividade. Em um ano que antecede a Copa o atacante não deu chances ao concorrentes e arrebatou a preferência amparado pelo título da Copa da Confederações, fora a boa chegada ao Barcelona.

A eleição também escolheu os melhores em outras 12 categorias e formou duas seleções: os melhores do futebol brasileiro e a seleção brasileira ideal, que inclusive está parecida com as escolhas do técnico Luiz Felipe Scolari. Na edição deste domingo do Estado estão os detalhes completos do levantamento:

SELEÇÃO DO ANO
O futebol mineiro dominou o Brasil em 2013 e isso ficou evidente na Pesquisa Estado. Com quatro jogadores do Cruzeiro (Fábio, Dedé, Nilton e Éverton Ribeiro), campeão nacional, e dois do Atlético (Marcos Rocha e Diego Tardelli), vencedor da Libertadores, a dupla de Minas tomou conta da equipe ideal da temporada. O fato de nenhum outro time ter mais de um jogador na seleção mostra que 2013 foi mesmo ano de Raposa e Galo.

Fábio (Cruzeiro) – 54 votos
Marcos Rocha (Atlético-MG) – 67 votos
Dedé (Cruzeiro) – 80 votos
Gil (Corinthians) – 66 votos
Nilton (Cruzeiro) – 93 votos
Alex Telles (Grêmio) – 93 votos
Nilton (Cruzeiro) – 93 votos
Elias (Flamengo) – 93 votos
Everton Ribeiro (Cruzeiro)- 124 votos
Seedorf  (Botafogo) – 31 votos
Walter (Goiás) – 67 votos
Diego Tardelli (Atlético-MG) – 46 votos

SELEÇÃO BRASILEIRA IDEAL
Os jornalistas que votaram na Pesquisa Estado não têm motivos para reclamar de Luiz Felipe Scolari. Afinal de contas, a seleção brasileira escalada por eles é praticamente igual à utilizada pelo treinador na campanha vitoriosa na Copa das Confederações. A única diferença é a presença de Bernard no lugar de Hulk, mas assim mesmo é uma diferença pequena – o jovem mineiro é um “quase titular” da equipe de Felipão.

Julio Cesar (Queens Park Rangers) – 63 votos
Daniel Alves (Barcelona) – 68 votos
Thiago Silva (Paris Saint-Germain) – 128 votos
David Luiz (Chelsea) – 106 votos
Marcelo (Real Madrid) – 122 votos
Luiz Gustavo (Wolfsburg) – 65 votos
Paulinho (Tottenham) – 127 votos
Oscar (Chelsea) – 114 votos
Bernard (Shakhtar Donetsk) – 29 votos
Neymar (Barcelona) – 123 votos
Fred (Fluminense) – 81 votos

87037

JOGADOR – NEYMAR
Para Neymar, o ano de 2013 foi inesquecível. Ele conseguiu acabar com dois estigmas que o perseguiam: o de que não conseguia ser decisivo na seleção brasileira (ele liderou o time na conquista da Copa das Confederações) e o de que não seria capaz de brilhar na Europa. A transferência para o Barcelona deu a Neymar a chance de jogar entre os melhores e ele a aproveitou. Escolhido o melhor jogador do ano com 123 votos, o craque parece não ter limites.

TÉCNICO – MARCELO OLIVEIRA
Marcelo Oliveira chegou ao Cruzeiro debaixo de pesada desconfiança, já que passou boa parte de sua carreira de jogador no Atlético-MG. O tempo, no entanto, jogou a favor do treinador, que recebeu 62 votos na eleição, e ele não só conquistou o afeto da torcida cruzeirense como conquistou também o Campeonato Brasileiro. Com isso, Marcelo, que já havia feito ótimo trabalho no Coritiba, consolidou-se como um dos melhores técnicos do País.

87033

TIME – CRUZEIRO
A disputa pelo título de melhor equipe do ano foi uma briga entre mineiros e levou a melhor quem brilhou por último. Com sua campanha espetacular no Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro recebeu 68 votos e superou o arquirrival Atlético-MG, campeão da Libertadores da América. A equipe celeste exibiu no torneio nacional um futebol criativo, com bastante agressividade no ataque, e não deu a menor chance aos adversários.

87032

JOGADOR INTERNACIONAL – CRISTIANO RONALDO
O português, que recebeu expressivos 113 votos, parecia condenado à eterna condição de “segundo melhor do mundo”, mas as coisas mudaram um pouco em 2013. Ao menos nesta temporada, o português do Real Madrid brilhou mais intensamente e com mais regularidade do que Lionel Messi, o rei do futebol nos tempos atuais. É verdade que as lesões musculares de Messi “ajudaram” Cristiano, mas também é verdade que o português foi avassalador no clube espanhol e também na seleção portuguesa. Contra a Suécia, na repescagem das Eliminatórias para a Copa de 2014, Cristiano teve uma das melhores atuações da carreira.

DESTAQUE FEMININO – RAFAELA SILVA
Após ser desclassificada dos Jogos de Londres por ter aplicado um golpe irregular, a judoca Rafaela Silva cogitou abandonar o esporte, mas felizmente continuou lutando. A recompensa surgiu no Mundial do Rio, em que, na categoria até 57 kg, ela garantiu a medalha de ouro. A alegria da carioca foi maior ainda porque ela ajudou o Brasil a conquistar a inédita medalha de prata na competição por equipes. A volta por cima rendeu a Rafaela 54 votos.

REVELAÇÃO – MARCELO (ATLÉTICO-PR)
O atacante Marcelo foi um dos principais responsáveis pela ótima campanha do Atlético-PR no Brasileirão. Com sua velocidade e faro de gol, o jogador já despertou o interesse de vários dos principais clubes do Brasil e recebeu 68 votos na Pesquisa Estado.

TÉCNICO INTERNACIONAL – JUPP HEYNCKES
Jupp Heynckes encerrou a carreia de treinador de uma maneira gloriosa: com os títulos da Liga dos Campeões, do Campeonato Alemão e da Copa da Alemanha. A torcida do Bayern de Munique certamente não o esquecerá. O alemão foi eleito com 57 votos.

87038

ÁRBITRO – PAULO CÉSAR DE OLIVEIRA
Paulo César de Oliveira tem muitos críticos, mas uma coisa nem eles podem negar: o árbitro está entre os principais do País há muitos anos. Por esse motivo, e também por ter evitado grandes confusões nesta temporada, o paulista foi eleito com 33 votos.

87031

DESTAQUE INTERNACIONAL – BAYERN DE MUNIQUE
O Barcelona começou 2013 com o status de melhor time do planeta, mas o perdeu para o Bayern de Munique, campeão europeu, alemão e da Copa da Alemanha. A surra que o Bayern deu no Barça na Liga dos Campeões (7 a 0 na soma de dois jogos) já está na história do futebol. O time recebeu 126 votos.

87029

DIRIGENTE – ALEXANDRE KALIL
O desbocado presidente do Atlético-MG foi certeiro ao montar o elenco que fez história ao ganhar a primeira Libertadores da América da história do clube, especialmente pela contratação de Ronaldinho Gaúcho. O mineiro recebeu 46 votos.

DESTAQUE INTERNACIONAL MASCULINO – SEBASTIAN VETTEL
Aos 26 anos, o piloto alemão acumulou feitos que poucos conquistaram na Fórmula 1. Foi tetra consecutivo e, na reta final da temporada, igualou o feito de Michael Schumacher e Alberto Ascari: nove vitórias consecutivas. Por isso, foi eleito com 39 votos.

DESTAQUE INTERNACIONAL FEMININO – SERENA WILLIAMS
Ninguém tem dúvidas de que Serena Williams é a melhor jogadora de tênis do mundo, e uma das melhores da história. Neste ano, a norte-americana, que foi escolhida com 57 votos, acrescentou mais dois títulos de Grand Slam à sua já invejável coleção.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s