Por Cleber Aguiar – Fifa divulga lista e garante Fernandinho no Mundial de Clubes

Fonte: O Estado de São Paulo

Atlético-MG aguardava confirmação do atleta, cuja participação estava ameaçada por um imbróglio no registro do jogador

ZURIQUE – A Fifa divulgou nesta quinta-feira a lista completa com os 160 jogadores inscritos no Mundial de Clubes, que será disputado entre os dias 11 e 21 deste mês, no Marrocos. A relação oficial confirma que o Atlético Mineiro, campeão da Copa Libertadores, poderá contar com o atacante Fernandinho na competição. O clube aguardava confirmação do atleta, cuja participação no Mundial estava ameaçada por um imbróglio no registro do jogador. Fernandinho havia sido contratado pelo Atlético após a disputa da Libertadores, o que gerava dúvida sobre seu vínculo, se havia sido assinado antes ou depois da data permitida pela Fifa para transferências internacionais.

Fernandinho está confirmado no Mundial - Bruno Cantini/Divulgação
Bruno Cantini/Divulgação
Fernandinho está confirmado no Mundial

O Atlético chegou a ganhar o aval do secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, antes de divulgar sua lista final de jogadores para o Mundial. Mas ainda aguardava a ratificação desta decisão pela entidade. A oficialização enfim saiu nesta quinta, com a divulgação da lista completa de inscritos na competição.

Fernandinho é um dos 23 jogadores que o Atlético vai levar ao Marrocos. E um dos 28 brasileiros que disputarão o torneio. Além dos atleticanos, há cinco atletas do Brasil em outros três times. O Monterrey, do México, contará com o meia Lucas Silva, com passagens por Botafogo e Olaria.

O Guangzhou Evergrande, da China, terá Elkeson, outro ex-Botafogo, e Muriqui, que já defendeu o Atlético-MG. Pelo Bayern de Munique, os brasileiros que entrarão em campo são o zagueiro Dante e o lateral Rafinha.

Grande favorito ao título, o time alemão ainda conta com Arjen Robben na sua lista oficial, embora o holandês tenha sido cortado do Mundial nesta quinta. Ele sofreu lesão no joelho na quarta e precisará ficar seis semanas afastado dos gramados.

Por Cleber Aguiar – Retirada de ingressos da Copa começa em 18 de abril

Fonte: Folha de São Paulo

BERNARDO ITRI
MARCEL RIZZO
SÉRGIO RANGEL
ENVIADOS ESPECIAIS À COSTA DO SAUIPE

A Fifa anunciou nesta quarta-feira que a retirada dos ingressos para a Copa começa no dia 18 de abril de 2014 e termina em 13 de julho, data da final.

A entrega será feita em centros de distribuição nas 12 cidades-sede que receberão os jogos e, provavelmente, também em aeroportos.

Haverá um centro em dez cidades (Manaus, Cuiabá, Curitiba, Porto Alegre, Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife, Natal e Salvador), dois em São Paulo e dois no Rio.

A Fifa negocia com o governo federal para que haja retirada também nos 12 aeroportos das cidades-sedes. A princípio, essa facilidade será somente para passageiros.

Na Copa das Confederações, em junho, houve reclamações de pessoas que chegavam às cidades no dias de jogos, precisavam sair do aeroporto, ir ao centro de distribuição pegar o ingresso e depois se dirigir ao estádio.

Filipe Coutinho – 15.jun.2013/Folhapress
Fila de torcedores para retirar os ingressos para o jogo de abertura da Copa das Confederações
Fila de torcedores para retirar ingressos para o jogo de abertura da Copa das Confederações, em Brasília

O torcedor poderá receber o bilhete em casa. O valor cobrado será de R$ 59, para qualquer lugar do Brasil.

MENOS ENTRADAS

O atraso em algumas obras fará com que os ingressos para esses estádios tenham venda reduzida no início da segunda fase. No domingo, às 9h (de Brasília), será aberta nova etapa com bilhetes para as 64 partidas do Mundial.

“Precisamos que todos os assentos estejam colocados para saber exatamente a capacidade do estádio. Para esses que estão com atraso, não vamos disponibilizar todos os ingressos que poderíamos. Haverá uma contingência, que será liberada só em etapas posteriores”, disse Thierry Weil, diretor de marketing da Fifa.

A entidade não divulga o número de bilhetes que serão disponibilizados de 8 de dezembro a 30 de janeiro. Estima-se que seja algo em torno de 1,1 milhão, mesmo número vendido na primeira fase.

Como nessa etapa volta o sorteio para decidir quem ficará com os ingressos em jogos mais concorridos, a contingência de bilhetes em alguns estádios diminuirá a chance dos torcedores.

São Paulo, Cuiabá, Curitiba e Porto Alegre, as arenas atrasadas, serão afetadas com menos ingressos disponíveis do que seria possível.

INGRESSOS DA COPA

2ª fase de vendas

8.dez a 30.jan.2014
Período de venda por sorteio

  • Fifa reabrirá a venda de ingressos para todos os jogos do Mundial
  • Os interessados em adquirir bilhetes para os jogos da Copa devem se cadastrar no site fifa.com/ingresso e fazer seu pedido
  • Os ingressos para jogos em que a procura for maior que o número de entradas disponíveis serão sorteados

26.fev.2014 a 1.abr.2014
Período de venda por ordem de chegada

  • Os ingressos restantes serão colocados a venda

3ª fase de vendas

18.abr.2014 a 13.jul.2014 (fim da Copa)

  • Retirada dos ingressos
  • Os ingressos restantes serão colocados a venda por ordem de chegada

Por Cleber Aguiar – Com mosaico e estádio lotado, Ponte Preta honra trocadilho: ‘Macacaembu’

Fonte: Globo.com

Massa alvinegra de 28 mil torcedores lota estádio, sente-se em casa para fazer festa e ajuda a Macaca a arrancar empate dos argentinos do Lanús nesta quarta, em SP

Por Marcello CarvalhoSão Paulo

Um sonho. Foi o que motivou aproximadamente 28 mil pontepretanos a deixarem Campinas e invadirem o Pacaembu na histórica noite de quarta-feira. Na primeira partida da decisão da Copa Sul-Americana, contra os argentinos do Lanús, a torcida da Macaca fez bonito na capital e empurrou a equipe para arrancar o empate que ajudou a manter viva a esperança alvinegra de faturar o primeiro título em 113 anos de história.

Desde as primeiras horas da tarde, a torcida já tomava a Praça Charles Miller com faixas, camisas, bandeiras e os incessantes hinos que foram tema da Macaca durante a competição.

torcida Ponte Preta jogo Sul Americana final no Pacaembu (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)Torcida da Macaca lota o Pacaembu: quase 30 mil torcedores na capital (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)

 

O metalúrgico Elias Júnior esteve na Colômbia, quando a Macaca enfrentou o Deportivo Pasto nas oitavas de final, e também na segunda partida das quartas de final, contra o Vélez Sarsfield, em Buenos Aires. No Pacaembu, o pontepretano conta os dois objetivos ainda pendentes para o final de 2013: viajar novamente para Buenos Aires, para acompanhar o que pode ser o primeiro título da Ponte Preta, e ‘fechar o braço’ de tatuagem, para cumprir uma promessa feita quando a Alvinegra atingiu as semifinais da competição.

– Minha história na Sul-Americana se mistura com a história da Ponte. Eu viajei para a Colômbia, para a Argentina, passei algumas dificuldades, perdi o voo, mas pela Ponte Preta tudo vale a pena. Agora eu vou para a Argentina e vou fechar o braço de tatuagem, ainda não sei qual vai ser o desenho, mas vai ter uma estrela, para simbolizar a conquista da Ponte Preta – disse o metalúrgico.

Já o torcedor Pedro Nico ficou impressionado com o mosaico organizado pela torcida da Ponte Preta no momento em que o time entrou em campo. O estudante se encantou diante das letras AAAP formadas pela multidão pontepretana na arquibancada do Pacaembu.

Ele já comprou passagem para Buenos Aires e, assim como toda torcida pontepretana no Pacaembu, estava apreensivo até o gol de Fellipe Bastos, que renovou as esperanças da torcida para conquistar o primeiro título e fez 28 mil torcedores explodirem de felicidade.

– Eu estava muito preocupado com o resultado até o Felipe Bastos empatar o jogo. Agora com esse resultado de 1 a 1 eu tenho certeza que vamos conquistar o título. Vai ser o dia mais feliz da minha vida e o dia mais importante da história da Ponte Preta. Já comprei passagem e tenho certeza que chegou a hora da Macaca.

Já rebaixada, a Macaca agora cumpre tabela contra o Internacional, em Caxias do Sul, e volta todas as suas atenções para o segundo jogo da final da Sul-Americana, na próxima quarta-feira, em Lanús, cidade a 20km da capital Buenos Aires. Para isso, a Alvinegra precisa vencer o jogo por qualquer placar. Empate por qualquer resultado leva o jogo para a prorrogação, seguida de pênaltis, e uma vitória do Lanús dará o título para a equipe argentina.

torcida comemoração jogo Ponte Preta final Lanus Sul-Americana (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)Faixas no Pacaembu incentivam jogadores da Ponte Preta durante a decisão (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)