ICFUT – Reforço de peso da base do Timão exalta talento na bola parada

Fonte: lancenet

Aos 17 anos de idade, Gabriel Almeida tem uma década de experiência nas divisões inferiores de grandes times da Europa, entre eles, Sporting (POR) e Manchester City (ING)

Gabriel Almeida - Corinthians (Foto: Arquivo pessoal)
Gabriel assinou contrato de três anos com o Timão (Foto: Arquivo pessoal)

Autor de 24 gols na última temporada pela equipe sub-20 do Manchester City (ING), o jovem meia Gabriel Almeida, de 17 anos, contratado pelo Corinthians na última quarta-feira, prefere deixar a fama de artilheiro de lado para se tornar o mais novo garçom da base do Timão.

– Sou um jogador mais preocupado com o toque de bola. Penso primeiro em ajudar os colegas a marcar o gol, só depois penso em fazer o meu. Na verdade, o meu gol é uma consequência. Fiz muito gols de falta na Inglaterra – declarou Almeida, que é fã do craque Ronaldinho Gaúcho.

Natural de Santos, o novo reforço corintiano morou na Europa dos seis aos 16 anos de idade. Lá, defendeu Sporting (POR), Tottenham (ING) e Manchester City (ING). Antes de fechar com o Corinthians, com quem assinou contrato por três temporadas, ele ainda treinou alguns meses no West Ham (ING) para aprimorar a forma física. Rosto de garoto, bagagem de jogador experiente.

– Como estou desde pequeno na Europa, aprendi muito de tática. A tática é muito importante lá fora. Acho que a tática é tão importante para um jogador quanto a habilidade. Eu deixei o Brasil muito cedo e, por incrível que pareça, tenho que me readaptar. Espero que isso aconteça o mais rápido possível, não vejo a hora de entrar em campo pelo Corinthians – explicou.

– É uma oportunidade única poder defender o Corinthians, estou muito feliz com o acerto. Mesmo de longe, eu sou brasileiro. Sei o tamanho do Corinthians. A pressão é normal, quero usar ela da melhor maneira possível – complementou Gabriel Almeida, que tem cidadania portuguesa.

REFORÇO ESTÁ FORA DA COPINHA

Por conta do término da data-limite para inscrições de jogadores, Gabriel Almeida não poderá defender o Corinthians na Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2014. Somente atletas que foram registrados no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF até o dia 19 de setembro poderão participar do principal torneio de categorias de base do Brasil.

ICFUT–COPA SUL-AMERICANA: Ponte bate o Vélez e agora vai pegar o São Paulo

Fonte: lancenet

No primeiro torneio internacional de sua história, Macaca fez seu primeiro jogo oficial no país dos hermanos e despacha o tradicional clube de Buenos Aires. Então, que venha o Tricolor!

Velez x Ponte Preta (Foto: Daniel Garcia/ AFP)
Ponte Preta levou a melhor sobre o Vélez Sarsfield (Foto: Daniel Garcia/AFP)

A campanha histórica da Ponte Preta na Copa Sul-Americana vai ter, ao menos, mais dois capítulos. Nesta quinta-feira, a Macaca disputou sua primeira partida oficial na Argentina e venceu o tradicional Vélez Sarsfield por 2 a 0, no segundo duelo das quartas de final da competição. Como o jogo de ida terminou 0 a 0, o time campineiro foi à semifinal no primeiro torneio internacional de sua história.

O próximo adversário da Ponte será o São Paulo. Os times estavam em chaves diferentes, mas o regulamento da competição força o confronto de clubes do mesmo país em caso de classificação para as semifinais. Com isso, a Macaca e o Tricolor serão protagonistas de duelo brasileiro.

Quem esperava uma Ponte fechada no começo do jogo se surpreendeu. A Macaca tomou a iniciativa no início da partida, trocando passes no campo de ataque e atuando de maneira franca. A melhor chance do time campineiro veio aos 27 minutos, quando Elias bateu falta e Artur cabeceou com perigo, exigindo boa defesa do goleiro Sosa.

O lance, no entanto, acordou o Vélez, que mandou no jogo por todo o fim da primeira etapa. O lance mais perigoso do time argentino veio em cabeçada de Rescaldani, que recebeu cruzamento da direita de Lucas Pratto e cabeceou com perigo. Mas o zero não saiu do placar até o intervalo.

Logo no primeiro lance do segundo tempo, Pratto, após receber passe de Rescaldani, assustou ao bater da entrada da área, mas foi travado. Porém, foi a Ponte que tirou o grito de gol da garganta da torcida. Aos dois minutos, Elias e Rildo puxaram o contra-ataque. Perto da área, o atacante serviu o meia, que tocou com classe na saída do goleiro e abriu o placar.

Rildo e Elias comemoram gol da Macaca (Foto: Daniel Garcia/AFP)

A partir daí, foi pressão do Vélez. Aos oito minutos, Cesar salvou em cima da linha após finalização de dentro da pequena área de Canteros. Aos 15, perto da marca do pênalti, Uendel travou Rescaldani na hora "H", quando o atacante estava pronto para concluir. Aos 32, Insúa teve boa oportunidade em falta perigosa, mas parou na barreira. E aos 40, o zagueiro campineiro cortou, tirou a bola da mão do goleiro Roberto e acertou a trave, assustando a torcida. Mas o valente time paulista ainda marcou o segundo com Fernando Bob, nos acréscimos, após chapéu sobre o goleiro, para dar números finais ao jogo e garantir a classificação histórica.

Com a vaga nas mãos, a Ponte agora terá de voltar suas atenções para outra competição. A Macaca volta a campo no domingo, pelo Campeonato Brasileiro. A equipe, que ocupa a 18ª colocação e luta contra o rebaixamento no nacional, recebe o Vitória no Moisés Lucarelli, às 17h (de Brasília).