Por Cleber Aguiar – Na contramão do Corinthians, Walter saboreia 2013 até o final

Fonte: Gazetaesportiva.net

Marcos Guedes

O segundo semestre parece interminável para a maior parte dos jogadores do Corinthians, sem grandes objetivos nas sete rodadas finais do Campeonato Brasileiro – a não ser uma muito distante vaga na Copa Libertadores. Walter não se enquadra na maioria e está tão na contramão que vem jogando bem.

O goleiro de 25 anos vive uma temporada marcante. Depois de rodar por times do Paraná e fazer um bom Campeonato Paulista pelo União Barbarense, o jauense chegou ao clube do Parque São Jorge e, há três semanas, assumiu a vaga do titular Cássio, contundido.

“Minha vida mudou desde o jogo em que entrei, contra o Criciúma”, disse o interiorano, agora com três partidas pela equipe alvinegra. “Quando o professor falou que eu jogaria contra o Grêmio, até virei de ponta-cabeça, mas tinha que ficar de pé rápido. Aqui, a gente trabalha todo dia sob pressão, mas isso é muito bom. Cresce o foco, cresce o trabalho.”

Foco é algo que Tite tem cobrado frequentemente do novo titular. O treinador viu um Walter deslumbrado na chegada ao Corinthians, em maio, e espera que o jogador não se perca com o novo momento. “Eu vou ao mercado buscar alguma coisa e tenho o reconhecimento. É legal, fico feliz com isso.”

Divulgação/Agência Corinthians

Walter pensou no passado em times menores antes dos pênaltis contra o Grêmio (foto: Daniel Augusto Jr.)

Por enquanto, resto do time à parte, tudo vai bem. Como Cássio provavelmente só retornará de lesão na coxa direita na próxima temporada, o camisa 27 terá mais oportunidades até o final do ano para mostrar seu trabalho e curtir a fase nova da carreira.

“Vim do União Barbarense, joguei em times menores, mas estou trabalhando da mesma forma que fiz nos outros lugares. Acho que por isso estou aqui, Deus está me honrando. Claro, se eu tivesse umas partidas a mais, seria bom, poderia ajudar, mas o foco são essas sete partidas mesmo”, disse o goleiro.

Por Cleber Aguiar – Santos tenta contratar meia Marlone, do Vasco

Fonte: O Estado de São Paulo

Clube usa parceiro e outro investidor para negociar a vinda do jogador

Sanches Filho

Marlone, revelação do Vasco no Campeonato Brasileiro, é o jogador que o Santos tenta contratar com a ajuda de investidores. O presidente Odílio Rodrigues Filho anunciou na terça-feira, durante uma reunião do Conselho Deliberativo, que o clube, com a participação de seu parceiro, o fundo de investimentos Teisa, e de outro investidor negocia a contratação de um reforço, sem revelar o nome. O Estado apurou que se trata do meia de 21 anos, um dos poucos a se salvar do naufrágio vascaíno no torneio nacional.

Marlone é um dos destaques do Vasco no Brasileirão - Marcelo Sadio/Divulgação
Marcelo Sadio/Divulgação
Marlone é um dos destaques do Vasco no Brasileirão

Um dos obstáculos que o Santos enfrentará para contratar Marlone será a forte concorrência, já que há vários outros clubes interessados no jogador, que conquistou um lugar no time titular do Vasco durante o Brasileiro. Autor de três gols na competição, ele se destaca pelas assistências – foram duas só na vitória por 3 a 1 sobre o Inter, há um mês, uma das últimas do time no campeonato.

MUDANÇA
Sem Cicinho e Cícero, que se recuperam de lesões leves, Claudinei Oliveira adiou para hoje o coletivo que vai decidir o time que enfrentará o Cruzeiro no domingo. A tendência é que ele escale Victor Andrade na vaga de Willian José, que não foi bem contra o Corinthians.

Por Cleber Aguiar – CBF vai bancar excursão de luxo à Bahia para os seus eleitores

Fonte: Folha Online

SÉRGIO RANGEL

O sorteio dos grupos da Copa do Mundo de 2014 vai chamar a atenção do mundo do futebol para a Bahia no dia 6 dezembro. Representantes das 32 seleções vão se reunir para conhecer seus adversários, as datas dos jogos e as cidades das partidas durante o torneio no Brasil.

Em meio a tanta badalação, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) vai usar o evento para agradar os presidentes das 27 federações estaduais, que são maioria no colégio eleitoral da entidade.

Quatro meses antes de escolherem o substituto do atual presidente da CBF, José Maria Marin, os cartolas vão assistir ao sorteio na Costa do Sauípe com tudo bancado pela confederação.

Há cerca de uma semana, a diretoria da entidade convidou os cartolas para uma excursão de luxo no complexo hoteleiro próximo de Salvador, com direito a assentos privilegiados na cerimônia da Fifa, que organiza a Copa.

Pela programação da CBF, os dirigentes poderão ficar por quatro dias num dos mais sofisticados pontos turísticos da Bahia. Eles ainda terão direito a levar um acompanhante ao evento, que a Fifa estima transmitir para cerca de 500 milhões de pessoas em todo o planeta.

Divulgação
Vista aérea de hotel da Costa do Sauípe, no litoral norte da Bahia
Vista aérea de hotel da Costa do Sauípe, no litoral norte da Bahia

A cerimônia acontecerá 11 dias depois de o presidente da Federação Paulista de Futebol, Marco Polo Del Nero, ter sua candidatura lançada oficialmente por Marin.

A Folha revelou quarta-feira que a festa de fim de ano da CBF servirá de palco para o lançamento da candidatura do dirigente paulista. Todos os 47 eleitores já foram convidados.

A eleição da entidade será realizada em abril. No pequeno colégio eleitoral da CBF, apenas os 27 presidentes de federações e os 20 clubes que disputam a Séria A do Campeonato Brasileiro deste ano têm direito a voto.

O custo da estada dos cartolas na Costa do Sauípe deve superar R$ 500 mil.

Além dos convites para festas e viagens, os cartolas das federações estaduais são bem tratados financeiramente por Marin desde o início do seu mandato, que começou em março de 2012 após Ricardo Teixeira renunciar.

No seu primeiro ano, ele abriu os cofres da confederação e repassou oficialmente R$ 27 milhões para as federações. O valor é 62,79% superior ao enviado por Teixeira aos mesmos cartolas em 2011.

A participação dos representantes das federações estaduais no sorteio é uma forma de o presidente da CBF exibir o seu prestígio político e ajudar a campanha de Del Nero, também vice da CBF.

Para conseguir que a candidatura de seu candidato seja viabilizada, Marin precisa do apoio de sete federações e cinco clubes, o que não será difícil. Além de comandar a CBF, ele preside o COL (Comitê Organizador Local da Copa do Mundo).

A oposição ainda não definiu seu candidato. Andrés Sanchez, ex-presidente do Corinthians, e Francisco Novelletto, presidente da Federação Gaúcha de Futebol, são os mais cotados.

Por Cleber Aguiar – Torcedor do Atlético-PR planeja levar ‘Carol Portaluppi’ para Porto Alegre

Fonte: Globo.com

Após sucesso da brincadeira no jogo de ida, Renato Carpinski quer levar a imagem da filha de Renato Gaúcho para a Arena do Grêmio

Fernando Freire

Torcida do Atlético-PR com 'Carol Portaluppi' (Foto: Fernando Freire)Torcida atleticano com a imagem da filha de
Renato Gaúcho na Vila (Foto: Fernando Freire)

O atleticano Renato Carpinski queria apenas provocar o xará Renato Gaúcho com uma imagem da filha do técnico durante o jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil, quarta-feira, na Vila Capanema. A brincadeira, porém, tomou proporções inesperadas.

Antes mesmo da partida, fora do estádio, vários outros torcedores pediram para tirar foto com a montagem de Carol Portaluppi – com um biquini rubro-negro. Já dentro da Vila, Renato Carpinski e seus amigos ficaram atrás do banco de reservas adversário, provocando o técnico tricolor. A brincadeira repercutiu:

– A ideia era levar para dar uma ‘zuada’, só brincar com os meus amigos. Mas tomou uma proporção muito grande. Teve bastante gente comentando, pedindo para tirar foto e entrando na brincadeira. Foi divertido, algo diferente. Eu não esperava que desse tanta repercussão – falou o torcedor em entrevista por telefone ao GloboEsporte.com.

Até por isso, Renato Carpinski pretende repetir a brincadeira no jogo de volta – na próxima quarta-feira, às 21h50m (horário de Brasília), na Arena do Grêmio.

– Quero levar ela para Porto Alegre. Preciso ver se consigo ajustar minha agenda, mas a intenção é essa. Se eu for, vou ter o desafio de entrar com ela lá na Arena. Aí, de duas uma: ou vou apanhar ou a brincadeira vai fazer ainda mais sucesso. Mas é uma brincadeira sadia. O torcedor é criativo e provavelmente vai criar uma resposta. A sorte é que o Vagner Mancini não tem uma filha linda e famosa como a filha do Renato Gaúcho – completou o bem-humorado torcedor.

A curiosidade é que a Carol Portaluppi “original” já confirmou, através das redes sociais, que estará presente na partida de quarta-feira – o que pode dar ainda mais combustível à brincadeira.

carol portaluppi filha renato gaúcho grêmio arena (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)Carol Portaluppi estará na Arena tricolor no jogo de volta (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Por Cleber Aguiar – Copa Verde: CBF confirma torneio e clubes brigam com Federações para participarem

Fonte: Futebolinterior.com.br

Após a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) confirmar a disputa da Copa Verde no início de 2014, alguns clubes entraram em guerra com suas Federações para conseguirem uma vaga na competição. Com 16 clubes de onze Estados diferentes, a Copa Verde dará a oportunidade do campeão disputar a Copa Sul-Americana de 2015.

Segundo melhor clube do estado, segundo ranking da CBF, o Águia-PA deve ficar de fora da competição. Segundo relatório enviado pela Federação Paraense de Futebol à CBF, disputarão a Copa Verde os três clubes melhores posicionados no último estadual, ou seja, Paysandu, Paragominas e Remo. A ação gerou ira dos torcedores do Águia, que contavam com a participação do clube.

No Mato-Grosso, a Federação utilizou o mesmo critério utilizado no Pará e, portanto, Mixto e Cuiabá disputariam a Copa verde. O problema é que o Dourado pretende focar o seu planejamento apenas na disputa do Campeonato Mato-Grossense e da Série C de 2014 e deve rejeitar o convite. Com isso, o Luverdense, 3º colocado no estadual deste ano, deve herdar a vaga.

A Copa Verde
Criada para substituir a extinta Copa Centro-Oeste, a Copa Verde veio para ser uma espécie de Copa do Nordeste com os clubes do Norte, do Centro-Oeste (menos Goiás), mais o Estado do Espírito Santo (que disputava a Copa centro-Oeste). No total, 16 clubes de onze Estados estarão na disputa.

A competição terá o mesmo formato da Copa do Brasil, com confrontos sendo decididos pelo mata-mata.
Na primeira edição da Copa Verde, jogarão 16 clubes de 11 Federações estaduais: Paysandu, Remo e Paragominas (Pará), Nacional e Princesa do Solimões (Amazonas), VEC (Rondônia), Náutico (Roraima), Oratório (Amapá), Cuiabá ou Luverdense e Mixto (Mato Grosso), Cene (Mato Grosso do Sul), Interporto (Tocantins), Desportiva (Espírito Santo), Brasília e Brasiliense (Distrito Federal) e Plácido de Castro (Acre).

A Copa Verde vai ser realizada no período de 19 de janeiro a 16 de fevereiro. O clube campeão ganhará uma vaga na Copa Sul-Americana de 2015.

Por Cleber Aguiar – Empresário quer rever contrato de Paulinho, valorizado no Fla: ‘Superou expectativas’

Fonte: Globo.com

Diogo Dantas

Não foi só o assédio da torcida que aumentou. A boa fase de Paulinho em campo também fez crescer a expectativa do atacante e seus representantes por uma valorização no Flamengo.

O clube tem até maio de 2014 para pagar R$ 1 milhão ao XV de Piracicaba por 60% dos direitos econômicos do jogador. Bem antes disso, Paulinho, 24 anos, que ganha R$ 70 mil, deve ter o seu salário reajustado.

Um novo acordo por três anos já está previsto no contrato de empréstimo até dezembro, com o valor do aumento pré-fixado. Mas o atual procurador, Eduardo Uram, quer renegociar.

— O Paulinho gostaria de ter a segurança de um contrato mais bem construído. Quanto mais rápido puder consolidar isso dará mais tranquilidade para ele render no campo — disse o empresário, que começou a trabalhar com o atleta esse ano.

Segundo Uram, agora não é o momento de tratar do assunto, mas passada a fase final da Copa do Brasil as conversas vão acontecer.

— Vamos ver se consegue antecipar pelo lado do jogador. Já deixar conversado. Existe uma coisa estabelecida , mas ele superou as expectativas — acredita.

Flamengo
Flamengo Foto: Marcelo Theobald / Agência O Globo

Pelo lado do Flamengo, a tranquilidade de ter feito um bom negócio é grande. O diretor Paulo Pelaipe usa de sua experiência para ignorar a pressão, se garantindo em uma multa rescisória alta para interessados do exterior.

A outra parte envolvida, o XV de Piracicaba, que detém 40% do jogador, anda insatisfeita, especialmente após a chegada do novo procurador. Já Paulinho é só alegria.

— Fico feliz pelo assédio, é importante, é bom, venho jogando bem, e minha felicidade está refletindo em campo — disse o camisa 26, que experimentou a sensação pela primeira vez quando marcou o gol da vitória sobre o Vasco.

Em ótima fase e feliz com a sequência nas mãos de Jayme de Almeida, o jogador não faz questão de ser poupado, mesmo após sentir um incômodo na coxa.

— Não foi lesão, deu um choque na coxa e preferi sair, estou normal, sem dor, 100% se precisar jogar — avisa.

Brocador ofuscado

Se antes o Flamengo estava carente de jogadores adorados pela torcida, se multiplicam os candidatos em meio a fase decisiva da Copa do Brasil e do Brasileiro. Hernane, o Brocador, artilheiro do século, já divide atenção com outros companheiros.

Além de Paulinho, que ofuscou o centroavante no desembarque do time ontem no Rio, Chicão, Wallace, Leo Moura e André Santos revezam partidas destacadas, com participações decisivas. Sem falar no técnico Jayme de Almeida, que colocou o grupo no rumo certo e também é alvo de carinho dos torcedores.

Será dele a decisão de colocar o melhor que o Flamengo tem em campo contra o Fluminense, no domingo, ou não. A tendência é que jogadores desgastados, como Elias, Leo Moura e até Paulinho, sejam poupados, assim como aconteceu contra o Atlético-PR.

A segurança para a partida de volta das semifinais, quarta-feira, contra o Goiás, também abriria espaço para outros jogadores que não vem tento oportunidades aparecerem, como Val e Bruninho, contratados esse ano.

Por Cleber Aguiar – Ponte Preta 0 x 0 Vélez Sarsfield – Foi bom e ruim ao mesmo tempo

Fonte: Futebolinterior.com.br

A segunda partida internacional da Ponte Preta, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, não foi do jeito que os mais de 12 mil torcedores sonhavam. Numa partida sonolenta e sem nenhuma emoção, ficou no empate por 0 a 0, com o Vélez Sarsfield, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana. Este jogo foi transmitido, ao vivo, pela RÁDIO FUTEBOL INTERIOR com narração vibrante de Ednaldo Vince, as reportagens trepidantes de Thiago Farias e comentários de Rodolfo Farias, “o fino dos comentaritas”.

Na próxima quinta-feira, no jogo de volta, que será realizado no Estádio José Amalfitano, em Buenos Aires, um empate com gols garante a Ponte na semifinal. Se o duelo tiver um vencedor, este garantirá a vaga, agora, se houver um empate sem gols, a decisão será nos pênaltis.

A Ponte não teve no time titular o meia Adrianinho, que foi poupado pela comissão técnica. Sem William, lesionado, o ataque da Macaca pouco trabalhou, com o jovem Ratão sentindo a pressão do jogo e pouco criando. Já o Vélez pouco criou no campo de ataque.

O resultado pode ser analisado de duas maneiras. A positiva, de que a Ponte não sofreu gol em casa e até com um empate com gol na Argentina fica com a vaga nas semifinais. A vitória por 1 a 0, por exemplo, seria excelente resultado para a Macaca. Ela agora terá que evitar a derrota em Buenos Aires.

“É fechar a casinha (a defesa) e chutar a bola para a frente”, comentou com a doce sabedoria de um jovem, o atacante Ratão.

Que feio….
O jogo começou muito brigado, catimbado, sem grandes jogadas ofensivas. A Ponte criou apenas duas chances no primeiro tempo. A primeira foi aos 14 minutos, com Leonardo. Ratão fez boa jogada e lançou para o atacante, que bateu colocado, com um grande efeito, obrigando Sosa a fazer uma linda defesa.

O Velez tinha mais posse de bola, mas não era perigoso, trocando passes no meio-campo, sem muita objetividade, já que a linha de defesa da Ponte estava bem armada. Por sua vez, quando tinha a bola, a Macaca também não conseguia entrar na defesa argentina.

No entanto, num momento de emoção do jogo, a Macaca teve a segunda chance. Aos 37 minutos, Leonardo recebeu na área e cruzou na cabeça de Ratão, que testou para mais uma boa defesa de Sosa. A resposta argentina foi aos 40. Após rebote, Romero bateu de primeira, rente a trave de Roberto.

Poucas jogadas…
O segundo tempo começou um pouco mais emocionante, do que foi o primeiro. Aos três, Leonardo recebeu e de fora da área bateu rente a trave de Sosa. A resposta argentina foi no ataque seguinte. Após falha da defesa, a bola sobrou para Allione, que chutou cruzado, muito perto do gol de Roberto.

A torcida pediu e aos 15 minutos, Jorginho Campos colocou o meia Adrianinho na vaga de Chiquinho. Mas, pouca coisa mudou em campo, o jogo era preso, sem grandes emoções. Aos 24, o Vélez teve sua melhor chance. Após cruzamento, Cabral recebeu no meio da área, mas pegou mal e isolou por cima do gol de Roberto.

As mudanças na Ponte pouco surtiram efeito, com isto, o time ficou preso, sem criar jogadas ofensivas, enquanto, o Vélez tentava, com mais posse de bola, mas não era perigoso e parecia estar contente com o empate por 0 a 0. Aos 46, Lucas Pratto teve uma chance excelente. Após cruzamento, ele subiu sozinho e testou para fora, perdendo uma chance incrível.

Próximos jogos
No final de semana, os times voltam suas atenções para os campeonatos nacionais. A Ponte Preta enfrenta o Criciúma, domingo, em Criciúma. No mesmo dia, o Vélez encara o Quilmes.