Por Cleber Aguiar – Por retomada de títulos, Santos mira dois atacantes de ponta para 2014

Fonte: Globo.com

De acordo com Zinho, elenco atual já tem qualidade, mas, com ao menos dois reforços no ataque, pode brigar por conquistas na próxima temporada

Por GLOBOESPORTE.COM Santos, SP

Zinho, gerente de futebol do Santos (Foto: Ricardo Saibun/Divulgação Santos FC)Segundo Zinho, Peixe mira ao menos dois reforços
para o ataque  (Foto: Ricardo Saibun / Santos FC)

Depois de seis títulos nos últimos três anos, o Santos caminha para encerrar 2013 sem conquistas. Para voltar à rotina de troféus, o Alvinegro já deu início ao planejamento da próxima temporada. Na pauta, a contratação ao menos dois atacantes “de ponta”.

– Nosso time já tem, por posição, dois jogadores ou mais que dão conta do recado. Mas, com dois atacantes de ponta, com nível de Seleção, o Santos vai brigar por títulos em 2014 – explicou Zinho, gerente de futebol santista, em entrevista ao programa “Baixada Esporte”, da Santa Cecília TV, de Santos.

A busca por atacantes não chega a ser uma novidade. Na última janela de transferências, o Santos foi atrás de nomes como Nilmar (Al-Rayyan, do Catar), Ignacio Scocco (ex-Newell’s Old Boys, da Argentina, defende o Internacional), Kleber (Grêmio), Robinho (Milan, da Itália) e Thiago Ribeiro, mas só fechou com o último, ex-Cagliari, da Itália.

O dirigente, porém, negou que um dos nomes em vista seja o de Eduardo Vargas, do Grêmio. O responsável pelo futebol santista, inclusive, desmentiu ter declarado interesse no atacante, que pertence ao Napoli, da Itália, e no meia Bruno César, do Al-Ahli, da Arábia Saudita. Zinho havia se manifestado a respeito deles após a vitória por 2 a 1 sobre a Ponte Preta, há duas semanas.

– Fui perguntado sobre o que achava deles. Falei que eram bons jogadores, mas nunca disse que o Santos tinha interesse – resumiu.

Atualmente, o elenco santista conta com oito atacantes: Thiago Ribeiro, Everton Costa, Willian José, Victor Andrade, Gabriel, Giva, Geuvânio e Neilton. Este último interessa ao Sevilla, da Espanha, e tem contrato com o Peixe até maio de 2014, mas a renovação está emperrada e o jogador pode deixar a Vila Belmiro.

ICFUT – CAMPEONATO BRASILEIRO 2013 – SÉRIE A

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LINK 1 – JOGOS  AO VIVO – CLIQUE AQUI !

LINK 2 – JOGOS AO VIVO– CLIQUE AQUI !

Clube PG J V E D GP GC SG A%
Cruzeiro-MG 65 31 20 5 6 65 29 36 69,9
Botafogo-RJ 53 31 15 8 8 45 35 10 57,0
Grêmio-RS 53 31 15 8 8 37 30 7 57,0
Atlético-PR 52 31 14 10 7 48 39 9 55,9
Goiás-GO 49 31 13 10 8 40 34 6 52,7
Vitória-BA 47 31 13 8 10 45 44 1 50,5
Atlético-MG 45 31 12 9 10 34 30 4 48,4
Santos-SP 44 31 11 11 9 40 32 8 47,3
São Paulo-SP 43 31 12 7 12 33 31 2 46,2
10º
Internacional-RS 42 31 10 12 9 47 45 2 45,2
11º
Flamengo-RJ 41 31 10 11 10 36 36 0 44,1
12º
Corinthians-SP 41 31 9 14 8 24 19 5 44,1
13º
Coritiba-PR 40 31 10 10 11 37 39 -2 43,0
14º
Portuguesa-SP 39 31 10 9 12 45 43 2 41,9
15º
Bahia-BA 37 31 9 10 12 32 39 -7 39,8
16º
Fluminense-RJ 36 31 9 9 13 35 40 -5 38,7
17º
Ponte Preta-SP 33 31 9 6 16 33 44 -11 35,5
18º
Vasco da Gama-RJ 33 31 8 9 14 41 51 -10 35,5
19º
Criciúma-SC 32 31 9 5 17 41 56 -15 34,4
20º
Náutico-PE 17 31 4 5 22 20 62 -42 18,3

16 GOLS
Atlético-PR – Éderson

14 GOLS
Ponte Preta – William
Portuguesa
– Gilberto

13 GOLS
Flamengo – Hernane

31ª RODADA
26/10 – 18h30 Botafogo-RJ 1 x 0 Atlético-MG
26/10 – 18h30 Cruzeiro-MG 5 x 3 Criciúma-SC
27/10 – 16h00 Corinthians-SP 1 x 1 Santos-SP
27/10 – 16h00 Portuguesa-SP 0 x 0 Flamengo-RJ
27/10 – 16h00 Bahia-BA 1 x 1 Atlético-PR
27/10 – 16h00 Internacional-RS 2 x 3 São Paulo-SP
27/10 – 16h00 Ponte Preta-SP 2 x 1 Vasco da Gama-RJ
27/10 – 18h30 Náutico-PE 0 x 2 Goiás-GO
27/10 – 18h30 Fluminense-RJ 2 x 3 Vitória-BA
27/10 – 18h30 Coritiba-PR 4 x 0 Grêmio-RS
32ª RODADA
02/11 – 19h30 Goiás-GO x Botafogo-RJ
02/11 – 19h30 São Paulo-SP x Portuguesa-SP
02/11 – 21h00 Atlético-MG x Náutico-PE
03/11 – 17h00 Santos-SP x Cruzeiro-MG
03/11 – 17h00 Vitória-BA x Corinthians-SP
03/11 – 17h00 Vasco da Gama-RJ x Coritiba-PR
03/11 – 17h00 Grêmio-RS x Bahia-BA
03/11 – 19h30 Criciúma-SC x Ponte Preta-SP
03/11 – 19h30 Flamengo-RJ x Fluminense-RJ
03/11 – 19h30 Atlético-PR x Internacional-RS

Por Cleber Aguiar – Arsenal vence e mantém liderança do Inglês, Manchester pena para ganhar em casa

Fonte: Folha Online

O Arsenal venceu o Crystal Palace por 2 a 0, no Selhurst Park, fora de casa, e manteve a liderança do Campeonato Inglês com 22 pontos. Os gols da partida foram marcados por Arteta e Giroud no segundo tempo.

O primeiro foi de pênalti. Logo no início da etapa final, Gnabry foi derrubado na área e o espanhol Arteta converteu a infração. Aos 20min, o próprio espanhol foi expulso e deixou o Arsenal com apenas dez jogadores. Mesmo com um homem a menos, a equipe conseguiu chegar ao segundo gol com o francês Giroud, que completou um cruzamento de cabeça.

Na próxima rodada, o Arsenal recebe o Liverpool, em um confronto direto pela liderança. Já o Crystal Palace visita o West Bromwich.

MANCHESTER UNITED SOFRE; LIVERPOOL GOLEIA

O Manchester United sofreu, mas conseguiu vencer o Stoke City por 3 a 2, neste sábado, no Old Trafford, pela nona rodada do Campeonato Inglês.

Van Persie, Rooney e Chicharito anotaram os gols dos mandantes. Crouch e Arnautovic marcaram para os visitantes. O Stoke City chegou a ficar duas vezes à frente do placar.

Apesar do triunfo, o Manchester continua longe dos líderes do Campeonato Inglês, ocupando o modesto oitavo lugar, com 14 pontos. Já o Stoke é o 17º, com seis pontos a menos.

Outro time que venceu na rodada foi o Liverpool. A equipe goleou o West Bromwich por 4 a 1, no Anfield Road.

O polêmico uruguaio Luis Suarez fez três gols. Sturridge também balançou as redes para o Liverpool. Morrison, de pênalti, descontou para o West Bromwich.

Com a vitória, o time comandado por Brendan Rodgers chegou aos 20 pontos e está na vice-liderança da competição, a dois pontos do Arsenal.

Com Lancepress

Phil Noble/Reuters
Luis Suárez exibe a bola após fazer três gols contra o West Bromwich
Luis Suárez exibe a bola após fazer três gols contra o West Bromwich

CONFIRA OS RESULTADOS E JOGOS DA NONA RODADA

SÁBADO

Crystal Palace 0 x 2 Arsenal
Aston Villa 0 x 2 Everton
Norwich City 0 x 0 Cardiff City
Liverpool 4 x 1 West Browich
Manchester United 3 x 2 Stoke City
Southampton 2 x 0 Fulham

DOMINGO

Sunderland x Newcastle
Chelsea x Manchester City
Swansea City x West Ham
Tottenham x Hull City

ICFUT – CAMPEONATO BRASILEIRO 2013 – SÉRIE B

 

icfut1

LINK 1 – JOGOS DA  SULAMERICANA AO VIVO – CLIQUE AQUI !

LINK 2 – JOGOS DA SULAMERICANA AO VIVO – CLIQUE AQUI !

Clube PG J V E D GP GC SG A%
Palmeiras-SP 70 33 21 7 5 61 25 36 70,7
Chapecoense-SC 61 33 17 10 6 55 29 26 61,6
Sport-PE 56 33 18 2 13 57 48 9 56,6
Icasa-CE 53 33 16 5 12 45 47 -2 53,5
Avaí-SC 53 33 15 8 10 47 41 6 53,5
Joinville-SC 52 33 15 7 11 50 36 14 52,5
Paraná-PR 51 33 14 9 10 47 30 17 51,5
América-MG 51 33 13 12 8 44 37 7 51,5
Ceará-CE 50 33 13 11 9 52 41 11 50,5
10º
Figueirense-SC 49 33 15 4 14 54 48 6 49,5
11º
Boa Esporte-MG 44 33 11 11 11 27 37 -10 44,4
12º
Oeste-SP 42 33 11 9 13 34 46 -12 42,4
13º
Guaratinguetá-SP 41 33 11 8 14 37 43 -6 41,4
14º
América-RN 40 33 10 10 13 41 50 -9 40,4
15º
Bragantino-SP 39 33 11 6 16 31 39 -8 39,4
16º
ABC-RN 36 33 10 6 17 39 55 -16 36,4
17º
Atlético-GO 35 33 9 8 16 34 43 -9 35,4
18º
Paysandu-PA 35 33 9 8 16 35 50 -15 35,4
19º
São Caetano-SP 31 33 8 7 18 39 52 -13 31,3
20º
ASA-AL 26 33 8 2 23 36 68 -32 26,3
33ª RODADA
01/11 – 19h30 Joinville-SC 4 x 2 Paysandu-PA
01/11 – 21h00 Icasa-CE 1 x 0 Boa Esporte-MG
01/11 – 21h00 América-MG 1 x 0 ASA-AL
01/11 – 21h50 Atlético-GO 1 x 3 Ceará-CE
02/11 – 16h20 Paraná-PR 1 x 1 Palmeiras-SP
02/11 – 16h20 Guaratinguetá-SP 0 x 0 Chapecoense-SC
02/11 – 17h20 Sport-PE 3 x 0 São Caetano-SP
02/11 – 17h20 ABC-RN 3 x 3 América-RN
02/11 – 21h00 Oeste-SP 2 x 0 Bragantino-SP
03/11 – 17h00 Avaí-SC 0 x 4 Figueirense-SC
34ª RODADA
05/11 – 21h00 Chapecoense-SC x América-RN
05/11 – 21h00 São Caetano-SP x América-MG
08/11 – 19h30 Bragantino-SP x Atlético-GO
08/11 – 21h00 ASA-AL x Avaí-SC
08/11 – 21h50 Boa Esporte-MG x Paraná-PR
09/11 – 16h20 Palmeiras-SP x Joinville-SC
09/11 – 17h20 ABC-RN x Icasa-CE
09/11 – 17h20 Paysandu-PA x Oeste-SP
09/11 – 17h20 Ceará-CE x Sport-PE
09/11 – 21h00 Figueirense-SC x Guaratinguetá-SP

Por Cleber Aguiar – De virada, Bayern vence o Hertha e mantém a liderança do Alemão

Fonte: Folha Online

O Bayern de Munique venceu o Hertha Berlim por 3 a 2, neste sábado, na Allianz Arena, pela 10ª rodada do Campeonato Alemão.

Com o resultado, a equipe do técnico Pep Guardiola manteve a liderança da competição, com 26 pontos –um a mais do que o vice-líder, Borussia Dortmund, que ganhou do Schalke 04 por 3 a 1, fora de casa.

O Bayern começou atrás no placar. Aos 4min, Adrian Ramos, de cabeça, abriu o placar. Ainda na etapa inicial, o croata Mandzukic empatou o confronto.

No segundo tempo, o Bayern fez dois gols em dez minutos. Aos 6min, Mandzukic virou o marcador. Três minutos depois, Gotze marcou o terceiro. Anis Ben-Hatira ainda descontou para os visitantes aos 14min.

Christof Stache/AFP
Mandzukic comemora gol feito na vitória do Bayern de Munique
Mandzukic comemora gol feito na vitória do Bayern de Munique

CONFIRA OS RESULTADOS DO 10ª CAMPEONATO ALEMÃO

SEXTA-FEIRA
Stuttgart 1 x 1 Nuremberg

SÁBADO
Bayer Leverkusen 2 x 1 Augsburg
Hannover 96 1 x 4 Hoffenheim
Mainz 2 x 0 Eintracht Braunschweig
Bayern de Munique 3 x 2 Hertha Berlim
Schalke 1 x 3 Borussia Dortmund
Wolfsburg 3 x 0 Werder Bremen

DOMINGO

Freiburg x Hamburgo
Borussia Mönchengladbach x Eintracht Frankfurt

Por Cleber Aguiar – Sampaio Corrêa empata em Macaé e retorna à Série B do Brasileiro

Fonte: Gazetaesportiva.net

ÍndiceO Sampaio Corrêa está de volta à Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado, a Bolívia Querida empatou com o Macaé, no estádio Cláudio Moacyr, pelo placar de 1 a 1, e garantiu a vaga na segunda divisão nacional. Porém, os torcedores maranhenses passaram sufoco. O Alvianil Praiano, precisando reverter o placar de 5 a 3, sofrido em São Luís, saiu na frente com gol do centroavante William, no primeiro minuto da segunda etapa. Mas Eloir, aos 11, marcou o tento do acesso tricolor, após uma grande jogada de Cleitinho. Agora, os comandados de Flávio Araújo, já garantidos nas semifinais da competição, esperam o vencedor de Treze-PB e Vila Nova-GO. No jogo de ida, o Alvinegro de Campina Grande venceu por 1 a 0. A partida de volta será neste domingo, às 19 horas, no estádio Serra Dourada em Goiânia.

O jogo – Logo aos 30 segundos, após cruzamento na área, William escorou de peito para Ziquinha, mas o experiente atacante foi travado na hora da finalização. Aos oito minutos, novamente em bola aérea, o capitão Gedeil se desvencilhou da marcação e testou firme, mas mandou a bola à direita da trave maranhense.

Aos 10 minutos, o técnico da Bolívia Querida, Flávio Araújo, reclamou de maneira veemente com o árbitro, o mineiro Ricardo Marques Ribeiro, do quadro da Fifa, após um lance duvidoso: o veloz Lucas Silva recebeu na ponta esquerda, driblou a marcação, invadiu a área e cruzou rasteiro. Para conter a investida, o zagueiro Cléber Carioca deu um carrinho, mas acabou interceptando a assistência com o braço. Na visão do juiz, sem intenção.

Com 22 jogados, o Macaé voltou a assustar a meta de Rodrigo Ramos: Marcelo arriscou da intermediária e, caprichosamente, mandou a bola rente à trave esquerda. Aos 33, em novo ataque perigoso, o Sampaio Corrêa ficou na reclamação de um pênalti, desta vez mais evidente: o centroavante Leandro Kivel dominou a bola na área e levou uma entrada forte de Laerte, em sua perna direita. Porém, a falta ríspida foi ignorada pelo árbitro.

No final da partida, os comandados de Gérson Andreotti se lançaram ao ataque. Aos 40, Ziquinha foi lançado em velocidade, livrou a marcação e bateu da intermediária, mas o goleiro Rodrigo Ramos segurou sem sustos. No lance, o centroavante William, livre, pedia a bola na meia esquerda. Um minuto mais tarde, ignorando o fair play, o Macaé não devolveu a bola para o Sampaio Corrêa e por muito pouco não inaugurou o marcador: Marco Goiano alçou a bola na área e Marcelo testou à esquerda da meta maranhense. Após a conclusão do lance, houve muito tumulto entre os jogadores.

Ainda houve emoção reservada para o último segundo da etapa inicial: Marcelo arriscou da meia direita e viu Rodrigo Ramos defender com os pés, fazendo com que o Sampaio Corrêa fosse aos vestiários em vantagem.

No intervalo, Gérson Andreotti sacou o zagueiro Laerte e promoveu a entrada do centroavante Sérgio Júnior. A mudança surtiu efeito imediato e fez com que o Macaé chegasse ao primeiro gol, logo no minuto inicial da etapa complementar: aproveitando cruzamento da ponta direita, realizado por Daniel, o centroavante William, livre de marcação, testou com firmeza e venceu o goleiro Rodrigo Ramos.

A primeira chance de gol do Sampaio Corrêa no segundo tempo veio aos 11 minutos: em finalização colocada da intermediária, o meia Cleitinho, por muito pouco não acertou o ângulo esquerdo de Luís Henrique. Porém, três minutos mais tarde, a defesa do Macaé não conseguiu evitar uma nova investida do habilidoso camisa 10 tricolor, que construiu a jogada do empate maranhense: Cleitinho avançou pela ponta esquerda, driblou Gedeil e tocou para trás. Bem posicionado, Eloir finalizou de canhota e mandou a bola no canto esquerdo do arqueiro macaense, deixando o marcador na igualdade.

Precisando de dois gols, o Macaé seguiu pressionando. Aos 21 minutos, o meia Nórton arriscou da intermediária e levou perigo a Rodrigo Ramos. No contragolpe, Lucas avançou em velocidade, invadiu a área, ganhou a dividida do goleiro Luís Henrique mas conduziu a bola com o braço antes de concluir a bola pro gol. O segundo tento maranhense foi bem anulado pelo assistente Altemir Hausmann, também do quadro da Fifa.

Aos 32 minutos, o Macaé voltou a criar uma boa chance de perigo com a sua principal arma: os chutes potentes de Marcelo. O camisa 7 arriscou da intermediária e um desvio na zaga fez com que a finalização, por pouco, não encobrisse Rodrigo Ramos. Com 40 jogados, Marco Goiano aproveitou um escanteio da ponta esquerda e finalizou de primeira, obrigando o arqueiro visitante a espalmar a bola para escanteio.

Por Cleber Aguiar – Botafogo se recupera de eliminação e vence o Atlético-MG

Fonte: Gazetaesportiva.net

Com um gol de Julio Cesar, o Botafogo derrotou por 1 a 0 o Atlético-MG neste sábado, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. Assim, a equipe de General Severiano não deixou a ressaca da eliminação da Copa do Brasil atrapalhar a campanha na Série A.

Com o resultado, os cariocas chegaram a 53 pontos e igualaram a pontuação do Grêmio, vice-líder, seguindo firme na luta para estar no G-4. Já o Atlético-MG continuou com 46 pontos, preparando-se para o Mundial de Clubes.

O primeiro tempo do confronto entre alvinegros até começou movimentado, mas caiu de rendimento com o passar dos minutos. No entanto, na etapa final, o Botafogo veio com mais vontade e chegou à vitória com gol de Julio Cesar em boa jogada pela esquerda.

Na próxima rodada, o Botafogo terá confronto direto por uma vaga no G-4 contra o Goiás, no domingo, no Serra Dourada. Já o Atlético-MG voltará a campo no sábado, contra o Náutico, no Independência.

Divulgação/Botafogo F. R.

Julio Cesar marcou o gol da vitória que recuperou o Botafogo após a frustração contra o Flamengo

O jogo – A partida começou movimentada, com as duas equipes buscando o ataque. Tanto é que, logo com quatro minutos, o Botafogo criou a primeira chance de marcar. Em contra-ataque rápido, a bola chegou a Seedorf, que acertou belo chute, mas para fora. Dois minutos depois, foi a vez de Alex receber na área e finalizar à esquerda de Victor. O Atlético-MG também chegava próximo à área adversária, mas parava na defesa carioca.

Depois do início corrido, o confronto caiu de rendimento. O Botafogo errava muito no setor ofensivo e permitia os contra-ataques do Atlético-MG. Contudo, os visitantes também não aproveitavam as oportunidades e pouco incomodavam o goleiro Jéfferson. Somente aos 36 minutos, os donos da casa conseguiram incomodar. Em cobrança de falta, Edílson quase acertou o ângulo de Victor.

Na parte final, os cariocas melhoraram e esboçaram uma pressão. Quase abriram o placar após falta cobrada na área, que Bolívar escorou, mas viu Leonardo Silva salvar os visitantes antes da chegada de Gegê. Assim, o duelo foi empatado para o intervalo no Maracanã.

Na etapa final, o Botafogo veio mais empenhado e não demorou para fazer o gol. Aos seis minutos, Julio Cesar tabelou com Gabriel e recebeu em frente para Victor. O lateral esquerdo viu o goleiro atleticano defender a sua primeira finalização, mas o rebote ficou no seu pé e ele só teve o trabalho de tocar para a rede.

Somente após o revés, o Atlético-MG conseguiu avançar com mais perigo. Os visitantes tiveram a chance de empatar aos 12 minutos, em chute de Diego Tardelli, que passou próximo do gol de Jéfferson. A resposta do Botafogo veio sete minutos depois, em boa troca de passes que culminou em finalização de Julio Cesar. A bola passou à esquerda do gol de Victor.

Depois disso, o duelo voltou a ficar movimentado. Os mineiros buscavam o empate e obrigaram Jéfferson a executar grande defesa aos 28 minutos. Após cobrança de falta na área, Jô cabeceou, mas parou no goleiro carioca. O lance animou os visitantes, que chegaram com perigo em seguida, em chute cruzado de Fernandinho. A conclusão saiu pela linha de fundo, perto da trave.

Nos minutos finais, o Atlético-MG buscou o empate de todas as formas, mas parou na marcação do Botafogo, que não conseguiu concretizar os contra-ataques que teve. Mesmo assim, a torcida presente no Maracanã saiu feliz com o apito final do árbitro e a vitória dos donos da casa.

 

Por Cleber Aguiar – Em jogo de 8 gols, Cruzeiro sofre virada, reage e vence o Criciúma

Fonte: Folha Online

Depois de abrir 2 a 0 em início arrasador, o Cruzeiro sofreu a virada ainda no primeiro tempo e, com um jogador a mais, reagiu na etapa final, ao vencer o Criciúma, por 5 a 3, neste sábado, no Mineirão.

Com o resultado, o Cruzeiro chegou a 65 pontos na liderança e abriu vantagem de 12 pontos para o Grêmio, que enfrenta o Coritiba, no domingo, fora de casa.

O Cruzeiro abriu o placar aos 13min. Everton Ribeiro aproveitou uma sobra na área e chutou forte no canto esquerdo de Gallato. Em seguida, Borges esteve perto de ampliar, mas desperdiçou chance incrível. Depois de um rebote do goleiro, o atacante finalizou e acertou a trave.

O time mineiro manteve a pressão e ampliou aos 19min. Everton Ribeiro tocou com categoria para Dagoberto chutar de primeiro e acertar o canto direito de Gallato. Dois minutos depois, Borges voltou assustar, mas dessa vez parou no goleiro catarinense.

O Criciúma diminuiu aos 34min em cobrança de falta de João Vitor, que mandou a bola no canto esquerdo de Fábio. Assim que o jogo foi reiniciado, o Cruzeiro quase ampliou com Everton Ribeiro. Gallato fez grande defesa e evitou o gol celeste.

Quando a partida se caminhava para o intervalo, o Criciúma empatou a partida aos 41min. Depois de boa jogada pela esquerda, Marlon cruzou para a área e a bola sobrou para Lins finalizar no canto direito. A virada veio aos 46min com Ricardinho, que aproveitou cruzamento rasteiro e bateu no canto esquerdo de Fábio.

No início do segundo tempo, o Criciúma sofreu uma baixa e ficou com dez jogadores em campo. Sueliton fez falta em Willian, levou o segundo cartão amarelo e foi expulso.

Logo depois, o técnico Marcelo Oliveira promoveu duas mudanças no Cruzeiro. Julio Baptista entrou no lugar do volante Henrique, enquanto Ceará deu lugar ao jovem lateral Mayke.

O Cruzeiro empatou a partida aos 13min. Depois de bola cruzada na área, Borges finalizou para deixar tudo igual no Mineirão. O atacante voltou a marcar aos 31min, de cabeça, depois de cruzamento de Elber, e selou a virada celeste. O centroavante extravasou, tirou a camisa e chorou após o feito.

O time celeste ampliou aos 40, em cobrança de pênalti de Dagoberto, que selou a vitória suada do líder isolado do Brasileiro.

Por Cleber Aguiar – Neymar ofusca Messi e CR7, faz gol, dá assistência, e Barça vence Real

Fonte: Globo.com

Brasileiro deixa o campo aplaudido de pé por ótima atuação. Chileno Sánchez marca um golaço em bela cavadinha. Time catalão abre seis pontos para o arquirrival

Lençol, dribles, empurrões, dor, assistência e um belo gol. Neymar iniciou a sua trajetória em duelos contra o Real Madrid com o pé direito. Fez o que Romário, Rivaldo, Ronaldo e Ronaldinho Gaúcho não conseguiram: balançar a rede do rival logo na primeira vez em que enfrentou os merengues no “El Clássico”. Neste sábado, com um gol do camisa 11 e outro de Alexis Sánchez, por cobertura, o Barcelona derrotou o time da capital por 2 a 1, no Camp Nou, chegou aos 28 pontos e abriu seis de diferença para a equipe branca, que seguiu na terceira colocação do Campeonato Espanhol. O Atlético de Madrid permaneceu na segunda posição na tabela de classificação, com 24. Jesé descontou para os visitantes nos acréscimos após passe de CR7.

No gol do chileno, Neymar deu uma bela assistência para o companheiro marcar um golaço. Uma bela cavadinha para vencer Diego López e deixar Casillas perturbado no banco de reservas do time merengue. Na próxima rodada do Espanhol, o Barcelona vai visitar o Celta de Vigo, em Balaídos. O Real Madrid receberá o Sevilla, no Santiago Bernabéu. Os dois confrontos são válidos pela 11ª rodada da competição nacional.

Neymar comemoração gol do Barcelona jogo Real Madrid (Foto: Getty Images)Neymar é abraçado por Daniel Alves e Fábregas, e Piqué, Adriano e Xavi chegam para comemorar (Foto: Getty Images)

Neymar abre o placar para o barç

Antes mesmo do apito inicial, o prenúncio era de festa para o Barcelona. Desde a homenagem a Tito Vilanova, estampada com a mensagem “Força, Tito” no belo mosaico que coloriu o Camp Nou (o ex-treinador do time catalão está em tratamento de um câncer), ao hino do clube cantado a plenos pulmões nas arquibancadas. Tudo conspirava a favor de uma boa atuação dos donos da casa. E ela não demorou a aparecer em campo.

mosaico torcida Barcelona x Real Madrid (Foto: AFP)Mosaico da torcida do Barcelona faz homenagem ao ex-treinador da equipe Tito Vilanova (Foto: AFP)

O Barça realmente foi melhor do que o rival na etapa inicial. Neymar chamava a responsabilidade, pedia a bola, queria jogo. Às vezes, não tinha o pedido atendido, como num lance de Adriano, que resultou em uma roubada de bola do Real Madrid. Mas sempre que foi acionado, deu trabalho. Primeiro para Carvajal. Depois para Varane e Khedira. E ainda irritou Sergio Ramos, que apelou diante do camisa 11 com uma cotovelada e levou amarelo.

Até que a boa atuação do brasileiro foi premiada. Aos 18, Neymar recebeu passe de Iniesta já dentro da área. O brasileiro deu um corte para dentro e bateu colocado. A bola desviou em Varane, passou por baixo das pernas de Pepe e entrou no cantinho de Diego López: 1 a 0. Com um largo sorriso no rosto, o camisa 11 vibrou com os companheiros como se tivesse marcado o primeiro gol de sua carreira.

A desvantagem no placar desestruturou o Real, e o Barça quase marcou o segundo. Messi foi lançado, invadiu a área e finalizou para fora na saída de Diego López. A bola saiu por muito pouco.

Mas, se Neymar estava bem, o outro camisa 11 em campo, o do Real, apareceu pouco. Gareth Bale, o “homem de € 100 milhões” (cerca de R$ 300 milhões), parecia perdido pelo lado esquerdo do ataque merengue. Pegou pouco na bola, mas pelo menos tentou duas finalizações. Ambas por cima do gol de Valdes.

E como não poderia ser diferente, Neymar encerrou a primeira etapa aplaudido pelo torcedor no Camp Nou. Além do gol, seu esforço em recuperar uma bola na lateral do campo pouco antes do apito final da etapa animaram ainda mais os catalães.

real melhora, mas sánchez mata o jogo para o barça

O Barça até voltou para o segundo tempo com o mesmo ímpeto, mas não com domínio semelhante sobre o rival. Neymar quase marcou o segundo aos oito. Foi lançado em profundidade dentro da área, ganhou do adversário na corrida e finalizou em cima de Diego López.

A partir daí, Carlo Ancelotti começou a mexer no time. Tirou Sergio Ramos para a entrada de Illarramendi. Em seguida, tirou Gareth Bale e colocou Benzema. As alterações surtiram efeito, e o Real subiu de produção. Foram três chances claras de deixar tudo igual no Camp Nou. Duas com Benzema e uma com Cristiano Ronaldo. No lance do português, aos 12, Valdes defendeu o chute rasteiro. Na primeira do francês, cabeçada para fora. Na outra oportunidade, aos 26, uma bomba do camisa 9 no travessão. O goleiro catalão já estava batido. Em lance polêmico, CR7 ainda reclamou de um pênalti não marcado pelo árbitro, após entrar na área e cair depois da chegada do marcador por trás.

Alexis Sanchez comemoração Barcelona x Real Madrid (Foto: AP)Alexis Sánchez comemora o golaço marcado no clássico contra o Real Madrid, neste sábado (Foto: AP)

Disposto a garantir logo a vitória, o Barça buscava os contra-ataques. E foi assim que aumentou a vantagem. Pelo meio, Neymar lançou para Alexis Sánchez, que avançou marcado, parou fora da área e percebeu Diego López adiantado. Deu uma bela cavadinha e encobriu o goleiro do Real.

Com mais tranquilidade, o Barça seguiu atuando com rapidez nas retomadas de bola. Daniel Alves deu por baixo das pernas de Cristiano Ronaldo, que estava marcando na lateral esquerda defensiva, invadiu a área, mas acabou finalizando mal diante do goleiro rival. Aos 39, o Camp Nou ficou de pé para a saída de Neymar. O atacante foi substituído por Pedro e saiu aplaudido.

Já nos acréscimos, Cristiano Ronaldo lançou para Jesé, que invadiu a área e finalizou com força. A bola passou por baixo de Valdes e estufou a rede. Nada que estragasse a festa catalã.

Neymar comemoração Barcelona jogo Real Madrid (Foto: Reuters)Neymar deixa o campo aplaudido de pé e retribui o carinho: estreia de gala no ‘El Clásico’ (Foto: Reuters)

Por Cleber Aguiar – Há 10 anos, Palmeiras dava a primeira volta por cima

Fonte: Estadao.com.br

O time comandado por Jair Picerni venceu o Sport e voltou à Série A do Brasileiro

O primeiro retorno do Palmeiras à Série A do Campeonato Brasileiro aconteceu em 22 de novembro de 2003. O jogo decisivo foi contra o Sport no Estádio Gigante do Agreste, em Garanhuns. O Palmeiras bateu o time pernambucano por 2 a 1. Neste sábado, o Palmeiras garantiu a volta a Série A em um empate com o São Caetano.

O Estado de S. Paulo – 23/11/2003

O Estado de S. Paulo – 23/11/2003

O Estadao de S. Paulo – 24/11/2003