ICFUT – Com golaço e expulsão, Verdão vence o Oeste e volta a abrir 17 pontos do 5º

Fonte: lancenet

Leandro fez o gol e recebeu o vermelho na vitória do líder da Série B; time manteve os dez pontos de vantagem para a vice-líder Chapecoense e se aproxima do retorno para a elite

Oeste x Palmeiras (Foto: Celio Messias/ LANCE!Press)
Leandro comemora após marcar pelo Verdão (Foto: Celio Messias/LANCE!Press)

O Palmeiras deu um novo importante passo para voltar à Série A do Campeonato Brasileiro. Nesta terça-feira, em São José do Rio Preto, o Verdão enfrentou o Oeste e venceu por 2 a 0. Leandro foi um dos principais protagonistas do jogo, válido pela 26ª rodada da divisão de acesso: marcou um golaço no primeiro tempo e foi expulso no segundo, após receber dois amarelos – o goleiro Fernando Leal, na confusão, também levou o vermelho. Serginho fechou o placar.

Com o resultado, construído basicamente nos primeiros 15 minutos de partida – já que, após o gol, o Verdão passou a administrar a vantagem adquirida contra um rival que teve dificuldades para entrar na área -, o time de Gilson Kleina chegou aos 59 pontos. Na liderança, o Verdão segue com dez pontos mais do que a Chapecoense, vice-líder, e voltou a abrir 17 pontos para o quinto colocado, agora o Joinville.

Depois do seu 18º triunfo no Brasileiro, o Alviverde dará sequência à série de jogos fora da capital – contando este contra o Oeste, são seis longe do Pacaembu. No sábado, o time enfrentará o ABC-RN, em Natal, e depois terá uma sequência de dois jogos em Londrina (PR), onde mandará duas partidas após ser punido pela briga entre duas organizadas no jogo contra o Guaratinguetá. O Rubrão, por sua vez, pega o Boa-MG na sexta-feira.

O JOGO

De volta ao esquema com três volantes, o Palmeiras deixou Valdivia com total liberdade para se aproximar de Leandro, este mais pela esquerda, e Alan Kardec, centralizado, mas que também caía pelo lado direito para trabalhar com Wendel. O Oeste, por sua vez, iniciou no esquema com três zagueiros e se destacou por conta da pegada: com 15 segundos de jogo, Everton Dias foi advertido com o cartão amarelo após entrada no chileno no meio de campo.

Apesar do maior volume no campo de ataque, o time de Gilson Kleina demorou nove minutos para finalizar a primeira: após tiro de meta de Fernando Prass, Alan Kardec ganhou de dois marcadores e invadiu a área. O camisa 14, porém, chutou sem força, para a defesa sem rebote do goleiro Fernando Leal.

O lance iniciou a pressão alviverde sobre o Rubrão. Valdivia, em lance brigado com a marcação, obrigou o arqueiro rival a fazer importante defesa. Logo depois, Kardec de cabeça viu seu desvio passar muito perto da trave esquerda. O gol alviverde estava se aproximando. E saiu aos 15 minutos. Leandro fez a tabela com o Mago, que dividiu com a marcação e caiu dentro da área.

Enquanto tentava se levantar, o camisa 10 tocou com a mão na bola e deu um lindo passe para o atacante. Ele driblou Fernando Leal, passou por Eric e rolou com tranquilidade no canto direito para marcar um golaço e abrir o placar em São José do Rio Preto. Os jogadores do Oeste ainda reclamaram com a arbitragem, mas o juiz preferiu confirmar o lance.

Leandro comemora com Valdivia após abrir o placar (Foto: Célio Messias/LANCE!Press)

Como tem sido característica do Palmeiras nas últimas rodadas, o time diminuiu muito o ritmo e não incomodou o rival como nos primeiros 15 minutos. O Oeste, por sua vez, também era tímido para chegar. Wesley, de fora da área, acertou a trave aos 34, e o Verdão voltou a assustar apenas perto dos acréscimos: com pouco espaço, Valdivia chutou cruzado e a bola saiu muito perto do canto esquerdo.

Para o segundo tempo, Ivan Baitello tirou Piauí, que tinha tomado o amarelo, e escalou Arnaldo. A impressão era de que o time de Itápolis (SP) iria tentar pressionar mais o Palmeiras. Porém em contra-ataque aos quatro minutos, Valdivia deu bom passe para Wesley, que dominou e bateu no canto baixo, para a defesa de Fernando Leal.

A temperatura da partida começou a subir e Leandro foi o protagonista em dois lances ríspidos. No primeiro, ele acertou um chute no rival e recebeu o amarelo. Três minutos depois, o atacante chutou para o gol em lance já parado por impedimento e Fernando Leal foi para cima do jogador. O árbitro Marcelo Aparecido de Souza decidiu dar o segundo amarelo ao camisa 38 e expulsá-lo, junto do goleiro, que recebeu o vermelho direto.

Depois do entrevero, Gilson Kleina aproveitou para mexer no time e colocar Vinicius e Eguren no time. Serginho, aos 38, entrou no lugar de Alan Kardec, e vinha realizando jogo discreto. Aos 47 minutos, o atacante recebeu de Wesley e só teve o trabalho de tocar no canto esquerdo: 2 a 0 para o Verdão, cada vez mais próximo da primeira divisão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s