Por Cleber Aguiar – Movimento de jogadores ganha símbolo e lança campanha na internet

Fonte: Portal Uol

Distintivos do Bom Senso F.C. no Facebook

  • Distintivos do Bom Senso F.C. no Facebook

O movimento de jogadores criado para discutir reprogramação do calendário de jogos ganhou forma e nome. O grupo se intitula “Bom Senso FC” e ganhou escudo semelhante aos usados pelos clubes de futebol. Mais de 70 atletas estão ligados ao movimento, que não tem a adesão de sindicatos e outras entidades esportivas.

Além do símbolo, foi criada uma página no Facebook e Twitter para explicar a ideologia do movimento “Bom Senso FC”.

Em mensagem postada nas redes sociais, o movimento entende que há necessidade de maior comprometimento dos jogadores nos assuntos ligados à categoria. O Bom Senso FC planeja encontro com a CBF para sugerir maiores intervalos entre os jogos.

“Devido ao curto período de preparação proposto e ao elevado número de jogos em sequência, decidimos nos reunir, de forma inédita e independente, para discutir melhorias em prol do futebol e da qualidade do espetáculo apresentado por nós a milhões de torcedores. Queremos ser uma parte mais efetiva deste movimento que se faz extremamente necessário e, para tanto, solicitamos uma reunião com a entidade que administra o futebol brasileiro (CBF) para tratar de questões propositivas e de comum interesse”, apresenta o movimento Bom Senso FC.

Lançado com mais pressa que os seus participantes gostariam, o movimento de atletas em prol do futebol brasileiro quer crescer nos próximos dias. No primeiro dia após o anúncio de suas intenções, o grupo gostou da repercussão positiva, já ampliou sua rede de contatos e quer atrair mais medalhões como Seedorf, Ronaldinho Gaúcho e Fred.

Os três nomes foram algumas das ausências mais sentidas na lista de signatários do Bom Senso F.C., lançado na última terça com 75 participantes. Dois motivos, segundo os líderes do movimento, explicam o fato deles estarem fora da carta que pede uma reunião com a CBF para tratar do calendário do futebol brasileiro.

O lançamento de um grupo composto por jogadores desagradou a Federação Nacional dos Atletas. A entidade se diz excluída pelos jogadores, entende que deveria ser acionada por eles e comunica que sempre defendeu os interesses da categoria.

Sobrou para o zagueiro Paulo André, que encabeça o grupo dos jogadores insatisfeitos.

“Eu espero que haja uma mudança de comportamento deste grupo no sentido de procurar as entidades. Eu acho que o Paulo André fala demais e desconhece as conquistas das entidades. Se o jogador tem passe livre, direito de arena, horário de jogos no verão a partir de 17h, foram conquistas de sindicato, e não de jogadores”, disparou o presidente em exercício da federação, Alfredo Sampaio, à rádio ESPN.

JUCA CHAMA SINDICATO DE ‘OPORTUNISTA’; BIRNER PEDE MENOS JOGOS

  • JUCA KFOURI – Como era de se esperar, os acomodados “sindicalistas do futebol” que há décadas fazem de seus cargos meros cabides de empregos, agora surgem radicalizando, propondo até greve e querendo tomar para si as conquistas trabalhistas dos atletas que jamais tiveram o dedo deles.
  • VITOR BIRNER – A reformulação do calendário do futebol brasileiro é muito importante. Se houver menos jogos, a qualidade deles aumentará. Com os atletas mais bem preparados na parte física, o nível técnico das partidas ficará mais alto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s