Por Cleber Aguiar – Verdão defende boa fase no Pacaembu e liderança contra Bragantino

Fonte: Gazetaesportiva.net

O retorno ao Pacaembu fez bem ao Palmeiras, que acumula duas goleadas no estádio desde que foi liberado a jogar no local nesta Série B. Assim, tendo o campo como trunfo, o Verdão volta a campo nesta sexta-feira, às 19h30 (de Brasília), para defender a liderança em jogo contra o Bragantino.

Sem perder desde a retomada da competição após a Copa das Confederações, o Verdão seguirá como líder em caso de vitória, já que a segunda colocada, Chapecoense, só joga no sábado.

“Quando as coisas vão bem, tudo melhora e você sente confiança. Precisamos ter consciência de que trabalhamos muito para atingir os números atuais e temos de continuar trabalhando para sempre melhorar”, afirmou o goleiro Fernando Prass, que é a principal dúvida da equipe para a partida.

Fernando Dantas/Gazeta Press

Valdivia deve voltar a ser titular, depois de ter começado no banco de reservas na rodada passada

Destaque da rodada passada por ter defendido um pênalti, o arqueiro sofreu uma entorse no tornozelo direito e ficará como dúvida até momentos antes do confronto. Se não conseguir se recuperar, o titular cederá sua vaga a Bruno.

Desde o retorno da Série B, o Palmeiras venceu quatro adversários (Oeste, ABC, Figueirense e Icasa) e empatou apenas uma vez (Guaratinguetá). Destes cinco confrontos, apenas dois foram no Pacaembu: 4 a 1 contra o ABC e 4 a 0 sobre o Icasa, já que antes o time cumpriu punição imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

Apesar do bom retrospecto, o lateral direito Luis Felipe tem cuidado com o adversário desta sexta. “O Bragantino é um time que tem muita experiência e conheço alguns jogadores de lá. Nos últimos anos, eles ficaram muito conhecidos pela bola parada. Trabalhamos isso nesta semana e estamos preparados para este tipo de situação também”, afirmou o garoto.

O time do técnico Gilson Kleina tem 25 pontos, na dianteira isolada da competição, mas ainda possui um jogo a mais do que a vice-líder Chapecoense, que tem 23 e joga no sábado contra o Sport. Para se manter na ponta, o treinador só tem dúvida com Fernando Prass, mas deve manter a base da equipe que goleou na rodada passada, com o retorno do Valdivia, que entrou apenas no segundo tempo contra o Icasa.

Já o atacante Alan Kardec, autor de dois gols na goleada da rodada anterior, deve esperar mais um pouco pela vaga de titular, ficando no banco de reservas, assim como Mendieta, que cede sua vaga para o retorno do Mago.

Arte GE.Net

No Bragantino, a ordem é recuperar fora de casa os pontos que deixou escapar ao empatar com o Paraná Clube em Bragança Paulista, na rodada passada. O técnico Vágner Benazzi tem novidades importantes para escalar o time do interior.

O atacante Léo Jaime está recuperado de lesão na coxa esquerda e deve atuar improvisado na ala esquerda, ganhando a posição de Rafael Costa. Já Tiaguinho cumpriu suspensão automática e assume o lugar de Cesinha, formando a dupla de frente com Lincom.

Porém, o treinador tem outros dois problemas. O volante Preto e o zagueiro André Vinícius sentiram lesões e podem ficar fora do confronto desta sexta-feira. Carlinhos e Raphael Andrade são as opções para seus respectivos lugares.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS X BRAGANTINO

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 2 de agosto de 2013, sexta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima (SP)
Assistentes: Celso Barbosa de Oliveira e Daniel Luis Marques (ambos de SP)

PALMEIRAS: Fernando Prass (Bruno); Luis Felipe, Vilson, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Charles, Wesley e Valdivia; Leandro e Vinicius
Técnico: Gilson Kleina

BRAGANTINO: Leandro Santos; Raphael Andrade, Álvaro e Kadu; Diego Macedo, Elias, Carlinhos, Gustavo e Léo Jaime; Tiaguinho e Lincom
Técnico: Vágner Benazzi

Por Cleber Aguiar – Lembra Dele? Ex-Peixe, Claudiomiro foi personagem contra Barça em 98

Fonte: Globo.com

Ex-volante teve gol anulado no fim e desperdiçou pênalti no Joan Gamper
há 15 anos, quando enfrentou catalães no dia em que completava 27 anos

Por Flávio Meireles e Fernando Prandi Santos, SP

Todo 25 de agosto é especial para Claudiomiro Salenave Santiago. Ele acorda, repassa os acontecimentos dos últimos 365 dias e, enfim, comemora mais um ano de vida. Mas o aniversário de 27 anos foi o mais especial de todos: no auge da carreira, com a camisa que um dia vestiu o maior jogador de futebol da história, diante de um dos mais tradicionais clubes do mundo. Não tinha como ser diferente. Não tinha mesmo como esquecer.

Naquele 25 de agosto de 1998, Claudiomiro, um volante voluntarioso, mais conhecido pelo jogo duro que a posição exige do que pelas virtudes ofensivas, foi personagem do último duelo entre Santos e Barcelona no Camp Nou. Quase 15 anos depois, o Bombeiro, como era chamado pela torcida – era uma espécie de curinga que resolvia os problemas nas posições – confessou: guarda todas as recordações possíveis daquele momento.

– Marcou muito enfrentar o Barcelona com todas aquelas feras: Giovanni, Rivaldo, Figo, Luis Enrique, além dos holandeses. Até hoje guardo aquela camisa do Barça – contou o agora ex-jogador, prestes a completar 42 anos.

Claudiomiro camisa Barcelona (Foto: Arquivo pessoal)Claudiomiro exibindo a camisa do Barça que ganhou de Giovanni no amistoso de 1998 (Foto: Arquivo pessoal)

A partida em questão era válida pelo Troféu Joan Gamper, o mesmo que Peixe e Barça disputarão na sexta-feira, às 16h30m, novamente no Camp Nou, na segunda aparição de Neymar com a camisa do gigante espanhol – provavelmente, a primeira ao lado de Messi.

Em 1998, o jogo entre Santos e Barcelona terminou empatado por 2 a 2. O lateral-direito Anderson Lima abriu o placar para o Peixe. Rivaldo e Figo viraram para o Barça. Adiel deixou tudo igual para o time brasileiro.

Mas foi um lance antes do apito final que fez de Claudiomiro o personagem daquele confronto. Anderson Lima, o dono de todas as bolas paradas daquele Santos, bateu escanteio, e o volante, que tinha o cabeceio como uma de suas principais qualidades, desviou na primeira trave, vencendo o goleiro holandês Hesp. Gol! Gol? Não.

– Fiz um gol que foi anulado. As imagens mostram que o zagueiro tirou de dentro do gol – comentou o gaúcho de Santana do Livramento, cidade distante quase 500 quilômetros da capital Porto Alegre.

‘Foi vergonhoso’

Quinze anos depois, Claudiomiro parece levar na boa a anulação do gol que daria a vitória ao Santos. Argel, xerife daquele time, não.

Argel Claudiomiro dupla RB Brasil (Foto: Murilo Borges)Argel e Claudiomiro estão trabalhando juntos novamente, agora fora de campo  (Foto: Murilo Borges)

– O Claudiomiro fez um gol de cabeça no fim. A bola entrou um metro. O jogador do Barcelona acabou tirando depois. Foi vergonhoso. Acho que o juiz não quis dar, até porque a partida valia um troféu – reclamou o hoje técnico do América-RN.

Sem o gol de Claudiomiro, a partida terminou empatada, e o Troféu Joan Gamper teve que ser decidido nos pênaltis. E, como em um roteiro de filme onde o mocinho acaba levando a pior no fim, coube ao volante bater e perder o pênalti que praticamente deu a taça ao Barcelona – após o erro do santista, Luis Enrique cobrou e converteu a sua penalidade.

– O goleiro do Barcelona (Hesp) era muito grande. Quando fui bater, ele abriu os braços, pensei: ‘Vixe! E agora?’ – recordou o ex-jogador.

Nem tão ruim assim

Apesar do gol anulado e do troféu perdido, Argel guardou boas lembranças daquela partida contra o Barcelona e da boa fase que o Santos vivia na época.

– Foi uma semana fantástica para o Santos. Ganhamos do São Paulo no Morumbi (3 a 1). Viajamos, jogamos terça contra o Barcelona e empatamos o jogo – só perdemos nos pênaltis. Na quinta, jogamos em Roma e vencemos por 3 a 2, sendo que o primeiro tempo terminou 3 a 0. Depois, retornamos ao Brasil e vencemos do Internacional, por 2 a 0, no fim de semana – relembrou, com riqueza de detalhes.

Para Claudiomiro, nem mesmo o pênalti perdido foi capaz de apagar o caráter especial daquele dia.

– Só de estar lá (no Camp Nou) no dia do meu aniversário já foi incrível. Que presente melhor eu poderia receber? À noite, depois do jantar, o Anderson Lima, o Argel e os outros jogadores pediram um bolo e cantaram os parabéns.

Menos de dois meses depois, o Bombeiro se redimiu. No primeiro jogo da final da Copa Conmebol, o volante marcou o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Rosario Central (veja o vídeo ao lado), na Vila Belmiro. Na partida de volta, o Peixe segurou o 0 a 0 no Gigante de Arroyito e se tornou campeão do torneio.

Outros tempos

Há 15 anos, o futebol era outro. No Brasil e no mundo. No Barça que derrotou o Santos nos pênaltis, por exemplo, José Mourinho – hoje no Chelsea e com um currículo vitorioso na Europa – fazia parte da comissão técnica, mas não como treinador ou auxiliar.

– Uma coisa que chamou atenção era que o intérprete do Van Gaal (técnico holandês que comandava o Barcelona) era o José Mourinho. Olha que interessante – comentou Argel.

Os tempos são outros, é bem verdade. Mas o favoritismo, assim como foi em 1998, está com o Barcelona também em 2013. Quem afirma é Claudiomiro, que hoje trabalha como auxiliar técnico de Argel pelos clubes que o ex-zagueiro comanda.

Argel pelos clubes que o ex-zagueiro comanda.

Cartaz para jogo Barcelona Santos (Foto: Divulgação/ Barcelona)Cartaz do jogo de sexta: estrelas do Barça são exaltadas por ex-jogadores (Foto: Divulgação/ Barcelona)

– O nível técnico do Barcelona hoje é maior. Os jogadores do time atual são muito rápidos e habilidosos. Portanto, mais difíceis de marcar. Além disso, tem o Neymar. Meu Deus! Na hora que ele entrar na equipe, vai se tornar o melhor do mundo! O Santos está muito abaixo. Mas o time espanhol está vindo de pré-temporada. O Peixe pode até surpreender, porque o futebol sempre nos apresenta uma novidade.

Camisa 10 daquele Santos, Jorginho concordou com Claudiomiro e aponta o Barcelona como favorito no duelo de sexta-feira.

– Esse Barcelona de Neymar e Messi é um pouco melhor, embora aquele time (que venceu o Santos nos pênaltis em 1998) fosse fantástico. A equipe atual tem Xavi, Iniesta, Messi e Neymar. Se deixar essa turma no mano a mano com a defesa adversária é rezar para Deus ou tentar parar com uma metralhadora.

barcelona 2 (5) x (4) 2 santos
Hesp, Nadal, Abelardo, Celades (Roger) e Sergi; Okunowo, Cocu, Giovanni (Oscar) e Figo; Luis Enrique e Rivaldo (Zenden). Técnico: Van Gaal Zetti, Anderson, Argel, Jean (Sandro) e Athirson (Gustavo Nery); Claudiomiro, Narciso, Jorginho (Adiel) e Lúcio (Fernandes); Viola (Elder) e Aristizábal (Alessandro). Técnico: Émerson Leão
Técnico: Van Gaal Técnico: Emerson Leão
Gols: no primeiro tempo, Anderson, aos 32, Rivaldo, aos 39, Luis Figo, aos 41, e Adiel, aos 47min.
Pênaltis: Na segunda série, Claudiomiro desperdiçou a sua cobrança, e Luis Enrique decretou a vitória do Barcelona.
Local: Camp Nou, em Barcelona, Espanha. Renda: 8.000 pesetas. Público: 25.000 pessoas.

publicidade

ICFUT – Esposa de Leo Moura desabafa nas redes sociais e responde ofensa de torcedor

Fonte: Yahoo

Camila Silva ainda reclamou da arbitragem na partida contra o Bahia

A derrota do Flamengo para o Bahia por 3 a 0, na última quarta-feira, na Arena Fonte Nova, deixou a esposa do lateral-direito Leonardo Moura bastante contrariada. Nas redes sociais, Camila Silva demonstrou insatisfação com a arbitragem e discutiu com um torcedor que ofendeu seu marido.
images“#Lambança, #roubo, #injustiça… torno a dizer, contra o Flamengo é sempre assim”, escreveu.

Após a primeira publicação, não demorou muito para um torcedor mais exaltado mandar um recado para Camila Silva e Leonardo Moura.

“Vai tomar no vi esse seu marido, é um medra (sic), manda ele se aposentar.”

Indignada com a reclamação do torcedor e as ofensas ditas, Camila Silva não poupou palavras para defender o jogador do Flamengo.

“Te garante que é o melhor ali… e o mais velho! Não venha xingar aqui, se não vai levar um block! Se ele aposentar continuará sendo ídolo e garanto que você sentirá falta do lateral que fez e faz há oito anos a alegria do seu time! Respeite! Ele não pode levar o time nas costas e nem resolver nada sozinho! Ah… 3.4 sendo titular em todos os jogos! Bota quem no lugar? Fica com Deus!”, respondeu.

No Flamengo há oito anos, Leonardo Moura vem enfrentando uma pequena resistência da torcida. Aos 34 anos, o rendimento do lateral já não é o mesmo de outros tempos. O contrato do jogador com o clube carioca vai até o fim de 2013.

 

aA

421963-256358734447590-1680069283-n-jpg_192005

 

Camila-Silva-quarto-333x500

 

Por Cleber Aguiar – Europeus dominam maiores médias de público, e americano surpreende

Fonte: Globo.com

Europeus dominam maiores médias de público, e americano surpreende

Dortmund segue com melhores números, e Seattle Sounders tem mais apoio entre times fora do Velho Continente. Timão é o melhor brasileiro

Por GLOBOESPORTE.COM Rio de Janeiro

898 comentários

O Borussia Dortmund mostrou a força de sua torcida durante a participação na última edição da Liga dos Campeões, quando chegou à decisão. E, na temporada passada, o clube alemão teve a maior média de público do mundo pelo segundo ano consecutivo, de acordo com ranking elaborado pela Pluri Consultoria: são 80.558 torcedores no estádio por jogo da equipe.

Atrás do Borussia vem o Manchester United, com média de 75.530, e, depois, o Barcelona, com 71.681. Os três clubes mantiveram sua posição com relação ao ranking da temporada 2011/12. Já o Bayern de Munique ganhou uma colocação, ultrapassando o Real Madrid. Os bávaros agora têm média de 71 mil torcedores, enquanto os espanhóis recebem o apoio de 69.262 fãs por jogo.

Torcida Borussia Dortmund (Foto: AFP)Torcida do Borussia impressionou durante a Champions (Foto: AFP)

Inclusive, são os clubes alemães que apresentaram maior crescimento na presença da torcida nos estádio. O Eintracht Frankfurt, por exemplo, teve crescimento de 29% em sua média de público e passou da 37ª posição para a 13ª. O Fortuna Düsseldorf, por sua vez, teve aumento de 44% e deixou a 57ª colocação para a 16ª.

Europeus dominam, e americano surpreende. Timão é o melhor brasileiro

Os clubes europeus dominam a lista de maiores públicos, com 77 equipes entre as 100 melhores médias. Fora do Velho Continente, o clube com maior apoio é, surpreendentemente, o Seattle Sounders, dos EUA. O time americano tem média de 43.104 torcedores por jogo, com taxa de 100% de ocupação. Outro não-europeu que aparece bem posicionado é o Tigres, do México, com média de 41 mil.

Atrás de equipes de China, Japão, Equador, Suíça, Argentina e até Irã, os brasileiros não têm grande destaque no ranking. O clube nacional melhor posicionado é o Corinthians, que aparece na 91ª colocação, com média de público de 25.222 torcedores por jogo – tendo caído de 65º para 91º com relação à temporada passada. O Santa Cruz aparece em 95º (foi o 39º no ano passado), enquanto o São Paulo é o 98º.

Reprodução PLURI Ranking público clubes pelo mundo (Foto: Reprodução)Ranking da Pluri levou em conta apenas campeonatos nacionais (Foto: Reprodução)

ICFUT – Musa ‘Padrão Fifa’ é presa após participar de assalto no Distrito Federal

Fonte: Yahoo

Rita Christina Camargo foi detida em flagrante

 

torcedor18986_040713_092028Modelo do ensaio sensual realizado pelo Brasiliense no mês de julho, Rita Christina Camargo, a ‘Musa Padrão Fifa’, foi detida após participar do assalto a uma agência bancária no Hospital de Base do Distrito Federal.

Ao lado de um outro criminoso, Rita tentou fazer com que a funcionária do banco realizasse uma transferência no valor de R$ 80 mil. A quantia seria depositada numa conta no Rio de Janeiro, local onde estava o mandante. A musa e o bandido, que ficariam com R$ 20 mil, ameaçaram explodir a agência caso a ação não fosse concretizada.

Após ser presa em flagrante, Rita Christina Camargo, de 29 anos, foi encaminhada para o presídio de Gama, região administrativa do Distrito Federal.

Em nota divulgada em seu site oficial, o Brasiliense disse não se responsabilizar com a vida pessoal de suas modelos.

df09d863-08bd-4fe0-aac7-4d702a143cbf_musapadraofifa4

839a34fa-ac7e-482d-94f4-dd15f3b64838_musapadraofifa2

Por Cleber Aguiar – Em crise, Band SP demite comentarista Mauro Beting

Fonte: Futebolinterior.com.br

Na emissora ele foi eleito oito vezes o melhor profissional

01dez2012---mauro-beting-jornalista-esportivo-exibe-placa-em-homenagem-a-seu-pai-joelmir-beting-1354400067680_956x500

A Rádio Bandeirantes de São Paulo atravessa uma grande crise financeira e por conta disso iniciou um processo de restruturação.

Nesta quinta-feira, sobrou até para o comentarista Mauro Beting, que foi comunicado hoje de sua demissão. Na página oficial de Mauro Beting no facebook, ele comentou sua saída da emissora, onde trabalhou por 10 anos. “Saio da Rádio Bandeirantes. Mas ela continua comigo. Meu pai deixou a rádio por mal conseguir falar saindo do hospital semanas antes de morrer. Eu mal consigo escrever agora minutos depois de ser cortado pelas contas que não fecham. Volto em breve. Muito breve. A este FB. Ao AM 840. Até daqui a pouco”, disse.

Mauro Beting é considerado hoje um dos mais respeitados e conhecidos comentaristas do Brasil. Apesar de palmeirense assumido, Mauro se destaca pela sua imparcialidade e a facilidade em interagir com os colegas de emissora, entre eles, o amigo Milton Neves, com quem fez várias dobradinhas em jogos, atingindo muitas vezes um alto índice de audiência.

Tanto conhecimento, fez de Mauro Beting um dos profissionais mais premiados dos últimos tempos, nos últimos oito anos seguidos, ele foi eleito pelo voto popular, o melhor comentarista de rádio em atividade no Brasil. Recebendo o importante prêmio da Aceesp (Associação dos cronistas esportivos do Estado de São Paulo).

Nesta semana, o Grupo Bandeirantes anunciou também a reestruturação de seu departamento de jornalismo. Na última quarta, o narrador Hugo Botelho e o repórter e produtor Vanderlei Lima foram dispensados da rádio Bradesco Esportes, que não fará mais transmissões de futebol e apenas entrará em cadeia com a BandNews, outra emissora que pertence ao grupo.

A demissão de Mauro Beting se deve ao alto salário que recebia na emissora. “Meu corte chega a ser natural, pois a empresa precisava cortar custos”, disse.

Fora da rádio, Mauro Beting se ocupa com outras atividades como TV Bandeirantes, Esporte Interativo, além de seus projetos pessoais como a produção de livros e documentários. “A demissão dói muito, pois é um lugar que frequento desde os nove anos e onde tive a oportunidade de trabalhar ao lado do meu pai (Joelmir Beting) por oito anos”, completa.

Além de Beting, foram demitidos Adriana Cury, editora, e o locutor Walker Blaz.