HUMOR ICFUT – FUTEBOL PORTUGUÊS DE PORTUGAL

Fonte: Jacarebanguela.com.br

Organizada do Sporting é suspeita de tentar sequestrar revelação do clube

Empresário do atacante Bruma acredita que medida seria uma forma de manter o jogador de 19 anos no clube. Atleta é alvo do rival Porto

Eles querem sequestrar o jogador para que ele não mude de time. A torcida do Santos tentou fazer o mesmo para manter o Neymar aqui, mas para ele foi fácil fugir de 5 velhinhos encapuzados.

O difícil é liberar ele do cativeiro nos dias de jogo e sequestrá-lo novamente após o fim da partidaaté o fim do campeonato.

Por Cleber Aguiar – Acampamento atleticano aumenta à espera do ingresso para finalíssima

Fonte: Portal UOL

Bernardo Lacerda 

Nem mesmo a indefinição quanto ao local do jogo da segunda partida da final da Libertadores, nem a falta de data para o início da venda de ingressos para o duelo desanimam o torcedor do Atlético-MG, que vai aumentando a cada dia a área de acampamento na porta da sede administrativa do clube, no Bairro de Lourdes, na Zona Sul da cidade, para tentar adquirir o ingresso para a finalíssima.

A fila se iniciou ainda na madrugada de quarta-feira, dia do segundo jogo da semifinal da Libertadores, contra o Newells Old Boys. Assim que o Atlético se classificou para a decisão, vencendo por 3 a 2 a cobrança de pênaltis, torcedores foram para a porta da sede já garantir o seu lugar na tentativa de comprar o ingresso da segunda partida da final.

  • Bernardo Lacerda/UOLApesar da indefinição sobre a venda de ingressos para o segundo jogo decisivo da Libertadores, aumenta o número de barracas no acompamento atleticano no Bairro de Lourdes, na capital

Neste sábado, três dias depois da fila começar a se formar, o corredor de barracas, colchões no local já dava volta na esquina entre as ruas Bernardo Guimarães e Rio Grande do Sul, já passando pela porta da loja oficial do clube. Mais de 500 pessoas acampam na tentativa do ingresso.

Nos primeiros lugares da fila, Dona Geralda reveza com seu filho, Diego, ns períodos de vigília pelo ingresso. “Chegamos depois do jogo de quarta-feira e não sabemos até que dia teremos de ficar. A gente vai dando um jeito, revezando, cada hora fica um, é o jeito”, disse a senhora.

  • Bernardo Lacerda/UOLGabriel Souza: “Sei que esta semana vai vender, vamos ver mais quantos dias ficarei aqui na fila”

A indefinição quanto ao local da partida de volta da final vem atrasando o planejamento de venda de ingressos por parte do Atlético. O clube, que conta com a ajuda da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para tentar reverter decisão da Conmebol e transferir o duelo do Mineirão para o Independência, só decidirá a data do começo da venda e valores após esse acerto final.

Neste sábado, o presidente da CBF, José Maria Marin divulgou comunicado oficial em que revela o pleito junto à diretoria da Conmebol para que o segundo jogo da decisão da Libertadores seja disputado no Independência, que é a “casa” do Atlético.

Na fila, sem muitas notícias, os torcedores esperam para saber quando poderão voltar para casa. “Vamos esperar, a gente pergunta para os funcionários do clube, mas tem de esperar. Só sei que esta semana vai vender, vamos ver mais quantos dias ficarei aqui na fila”, comentou o torcedor Gabriel Souza, que foi sozinho para a fila na sexta-feira.

Caso a partida seja remarcada para o Independência, como deseja a diretoria atleticana, torcedores que estão no final da fila poderão ficar sem ingressos, ou terão de se voltar para as entradas com preços mais caros, já que os sócios torcedores Galo na Veia Prata terão preferência na retirada dos ingressos.

Ampliar

Torcedores compram ingresso para final da Libertadores, no Paraguai

 

Por Cleber Aguiar – Marquinhos, ex-Corinthians, é vendido pela Roma ao PSG em transação milionária

Fonte: O Estado de São Paulo

Negócio de R$ 104 milhões é o quarto mais caro no ranking que lista contratações de zagueiros

Luís Augusto Monaco – O Estado de S. Paulo

SÃO PAULO – O jovem Marquinhos, revelado pelo Corinthians, foi vendido pela Roma para o Paris Saint-Germain a peso de ouro. Para contar com o jogador de 19 anos, o clube francês aceitou pagar 35 milhões de euros (o equivalente a R$ 104 milhões).

Barcelona estava de olho no jogador, mas foi mais lento que o PSG - Divulgação
Divulgação
Barcelona estava de olho no jogador, mas foi mais lento que o PSG

 

De acordo com um levantamento feito pela empresa Pluri Consultoria, especializada em negócios do futebol, trata-se da quarta maior transação envolvendo um zagueiro da história do futebol. Apenas Rio Ferdinand, Thiago Silva e Lilian Thuram custaram mais caro do que o ex-corintiano. O primeiro trocou o Leeds United pelo Manchester United por 46 milhões de euros, em 2002, o segundo foi vendido pelo Milan para o PSG por 42 milhões de euros, no ano passado, e o terceiro custou 41,5 milhões de euros à Juventus, em 2002, quando jogava no Parma.

Um dos melhores jogadores do Corinthians na conquista da Copa São Paulo de Futebol Júnior do ano passado, Marquinhos foi integrado ao time profissional logo depois do torneio – ele fez parte do elenco campeão da Libertadores da América. Porém, o zagueiro disputou poucas partidas pela equipe e logo foi vendido para a Roma.

Na Itália, o desempenho de Marquinhos foi impressionante. Apesar da pouca experiência, ele se adaptou muito rapidamente ao futebol do país e logo se tornou titular indiscutível da Roma. Sua categoria para sair da defesa com a bola nos pés foi a qualidade que mais chamou a atenção dos italianos. E também dos dirigentes do Barcelona, que cogitaram a hipótese de contratá-lo, mas foram superados pelo PSG. 

Por Cleber Aguiar – Jogo do Juventus é paralisado porque torcedor quebrou a perna ao comemorar gol

Fonte: Folha Online

VINÍCIUS BACELAR
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

O publicitário Vinicius Hijano de Souza, 27, quebrou a perna esquerda ao comemorar o gol do Juventus, no estádio da rua Javari, durante a vitória por 1 a 0 sobre o Joseense.

A partida marcou a estreia dos dois clubes na Copa Paulista –torneio que dá vaga ao campeão para a Copa do Brasil -2014.

Hijano tentou pular por cima de um corrimão para celebrar o tento feito pelo meio-campista Rafael, aos 29min do segundo tempo. Ao encostar o pé no corrimão, ele escorregou, caiu, fraturou a tíbia e a fíbula –ossos da canela.

“Ainda dói muito. Estou melhor agora porque fui medicado. Vou ser operado amanhã e não tenho previsão de alta”, disse o publicitário à Folha

Depois do incidente, o torcedor foi levado pela ambulância do clube ao Hospital Municipal Dr. Ignácio de Proença Gouveia, na Mooca, mas não recebeu atendimento no local.

Como o estádio ficou sem ambulância, o jogo ficou paralisado por volta de dez minutos.

Segundo o inciso IV do artigo 16 do Estatuto do Torcedor “é dever da entidade responsável pela organização da competição: disponibilizar uma ambulância para cada dez mil torcedores presentes à partida”. Havia um pouco mais de 800 espectadores na Javari.

Hijano foi levado por dois amigos ao Hospital Villa Lobos, também na Mooca. O convênio do publicitário cobrirá as despesas da cirurgia.

Vinícius Bacelar/Folhapress
Torcida do Juventus na Rua Javari
Torcida do Juventus na Rua Javari

ICFUT – CAMPEONATO BRASILEIRO 2013 – SÉRIE A

7ª RODADA
13/07 – 18h30 Santos-SP x Portuguesa-SP
13/07 – 18h30 Fluminense-RJ x Internacional-RS
13/07 – 21h00 Ponte Preta-SP x Bahia-BA
14/07 – 16h00 Corinthians-SP x Atlético-MG
14/07 – 16h00 Vitória-BA x São Paulo-SP
14/07 – 16h00 Grêmio-RS x Botafogo-RJ
14/07 – 16h00 Coritiba-PR x Atlético-PR
14/07 – 18h30 Criciúma-SC x Goiás-GO
14/07 – 18h30 Vasco da Gama-RJ x Flamengo-RJ
14/07 – 18h30 Cruzeiro-MG x Náutico-PE

4 GOLS
Atlético-PR – Éderson
Bahia – Fernandão
Ponte Preta – William
Vitória – Maxi Biancucchi

Clube PG J V E D GP GC SG A%
Botafogo-RJ 13 6 4 1 1 9 5 4 72,2
Coritiba-PR 12 6 3 3 0 8 5 3 66,7
Bahia-BA 11 7 3 2 2 8 9 -1 52,4
Vitória-BA 10 6 3 1 2 10 6 4 55,6
Fluminense-RJ 9 6 3 0 3 9 7 2 50,0
Cruzeiro-MG 9 6 2 3 1 12 7 5 50,0
Internacional-RS 9 6 2 3 1 13 10 3 50,0
Corinthians-SP 9 6 2 3 1 5 3 2 50,0
Grêmio-RS 9 6 2 3 1 6 5 1 50,0
10º
São Paulo-SP 8 7 2 2 3 9 7 2 38,1
11º
Santos-SP 8 6 2 2 2 6 6 0 44,4
12º
Goiás-GO 8 6 2 2 2 5 9 -4 44,4
13º
Atlético-MG 7 6 2 1 3 6 7 -1 38,9
14º
Vasco da Gama-RJ 7 6 2 1 3 8 13 -5 38,9
15º
Portuguesa-SP 7 6 1 4 1 6 6 0 38,9
16º
Ponte Preta-SP 6 6 2 0 4 8 10 -2 33,3
17º
Criciúma-SC 6 6 2 0 4 8 13 -5 33,3
18º
Flamengo-RJ 6 6 1 3 2 7 7 0 33,3
19º
Atlético-PR 6 6 1 3 2 12 13 -1 33,3
20º
Náutico-PE 4 6 1 1 4 4 11 -7 22,2

Por Cleber Aguiar – Contra Lusa, Léo entra na lista de dez jogadores com mais jogos pelo Peixe

Fonte: Globo.com

Experiente lateral-esquerdo se junta a um timaço formado por Pelé,
Pepe, Zito, Lima, Dorval, Edu, Clodoaldo, Tite, Coutinho e Carlos Alberto

Por Flávio MeirelesSantos, SP

O lateral-esquerdo Léo está muito perto de escrever mais um capítulo na história do Santos. Único remanescente do time campeão brasileiro em 2002, ele entrará para a lista dos 10 jogadores que mais vezes vestiram a camisa do clube em partidas oficiais quando entrar em campo neste sábado, contra a Portuguesa, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

Titular do renovado Santos de Claudinei Oliveira, Léo chegará à marca de 445 partidas pelo alvinegro e se igualará a Carlos Alberto Torres, décimo jogador que mais vezes entrou em campo pelo Santos.

Léo - Santos (Foto: divulgação / Santos FC)Léo está perto de escrever mais um importante capítulo na sua história no Santos (Foto: Divulgação / SFC)

Chegar ao Top 10 dos jogadores que mais vezes vestiram a camisa do Santos é uma conquista dupla de Léo. Além de se juntar a um grupo formado por jogadores como Pelé, Pepe, Zito, Lima, Dorval, Edu, Clodoaldo, Coutinho e Carlos Alberto Torres, o lateral-esquerdo colocará o nome da família mais uma vez na história do Peixe: Tite (Augusto Vieira de Oliveira), seu tio, também é um dos recordistas de jogos pelo alvinegro – disputou 475 partidas e marcou 151 gols.

Por enquanto, Léo tem números mais “modestos”. Em 444 partidas pelo Santos, ele marcou 23 gols. Um deles, porém, não sai da cabeça dos santistas: o terceiro da vitória por 3 a 2 sobre o Corinthians no segundo e decisivo jogo da final do Campeonato Brasileiro de 2002, que deu ao Peixe o título daquele ano.

Recordistas de jogos pelo Santos
1º Pelé 1.116 jogos
2º Pepe 750 jogos
3º Zito 727 jogos
4º Lima 696 jogos
5º Dorval 612 jogos
6º Edu 584 jogos
7º Clodoaldo 510 jogos
8º Tite 475 jogos
9º Coutinho 457 jogos
10º Carlos Alberto 445 jogos

– Léo é um jogador que marcou história no clube. Não à toa muitos o colocam na lateral esquerda do Santos de todos os tempos. Isso fala por si só. É muito aguerrido e se doa ao máximo pelo time, embora não tenha mas o vigor de um jogador de 20 anos. É um exemplo para todos os jovens dentro do clube – elogia Claudinei Oliveira.

História

Léo fez sua estreia com a camisa do Santos em agosto de 2000, em um clássico contra o Palmeiras, na Vila Belmiro, válido pela Copa João Havelange. O primeiro jogo com a camisa alvinegra, porém, acabou com derrota por 3 a 2. Desde então, fez mais 444 partidas vestindo o preto e branco do uniforme santista nas duas passagens pelo clube – a primeira se estendeu até 2005; a segunda teve início em 2009.

O Guerreiro da Vila, como é chamado pela torcida santista, também é um dos jogadores mais vitoriosos da história do clube. Com a camisa do Peixe, ele conquistou uma Libertadores (2011), uma Copa do Brasil (2010), dois Brasileiros (2002 e 2004) e três Paulistas (2010, 2011 e 2012). Além disso, ainda foi vice-campeão do Mundial de Clubes em 2011.