Por Cezar Alvarenga – Santos anuncia a venda do goleiro Rafael ao Napoli.

Fonte: MSN Esportes

O Santos confirmou, no início da tarde desta quarta-feira, a venda do goleiro Rafael pelo valor é de 5,2 milhões de euros, pouco mais de R$ 15 milhões. Um dos principais alvos do futebol italiano, o atleta acertou transferência para o Napoli, clube que defenderá a partir do início da temporada europeia.

Desfalque na vitória por 2 a 0 do último domingo contra o São Paulo, em pleno Morumbi, Rafael dependia apenas da confirmação oficial da diretoria para anunciar a negociação com o clube italiano. O goleiro é a segunda grande perda santista nesta atual janela de verão na Europa – anteriormente, o time alvinegro havia negociado a cessão de Neymar ao Barcelona.

Em entrevista nesta quarta-feira, o vice-presidente do Santos, Odílio Rodrigues, confirmou que o Napoli direcionará os 70% do valor do negócio (pouco mais de R$ 10 milhões) em duas parcelas; a primeira agora, a segunda em 2014. Os 30% são divididos entre a Teisa e o próprio atleta.

Revelado pelo próprio Santos, Rafael ganhou espaço aos poucos, especialmente após a queda de rendimento de Felipe, e não perdeu mais a posição de titular. Fundamental nas últimas conquistas santistas, principalmente na Libertadores de 2011, o goleiro chegou até a seleção brasileira com Mano Menezes.

Rafael conquistou a confiança do antigo treinador, durante a preparação para a disputa dos Jogos Olímpicos de Londres, e ocupou a vaga de titular na meta nacional. Contudo, uma lesão às vésperas do evento na capital britânica tirou o goleiro do torneio, no qual o Brasil perdeu a decisão por 2 a 1 para o México, em Wembley, e terminou com a medalha de prata.

Por Cezar Alvarenga – Santos desiste de contratar o atacante Robinho.

Fonte: MSN Esportes

Santos não chega a acordo e descarta contratação de Robinho

O Santos desistiu oficialmente de tentar repatriar o atacante Robinho, do Milan. Nesta quarta-feira, o time alvinegro publicou em seu site oficial que os altos valores atrapalharam a negociação.

“O Santos informa que não chegou a um acordo para a contratação do atleta Robinho nesta janela. Clube, jogador e o Milan tentaram chegar aos valores e condições que possibilitassem a transferência, mas, mesmo com o esforço de todos os lados, não foi possível alcançar os números. A soma da operação, entre pagamento ao time italiano e os salários do atleta, ainda está distante da realidade do futebol brasileiro”, escreveu o clube da Baixada.

Por Cezar Alvarenga – Dorival Júnior é o novo técnico do Vasco.

Fonte: MSN Esportes

Vasco anuncia volta de Dorival como técnico; apresentação será nesta quinta

Um dia depois de Paulo Autuori deixar o clube, o Vasco já achou um substituto para o cargo de técnico. Nesta quarta-feira à tarde, o clube cruzmaltino anunciou que Dorival Júnior está de volta ao comando do time, e a apresentação oficial será nesta quinta, às 14h30, em São Januário.

Dorival chegou ao Rio de Janeiro na manhã desta quarta e se reuniu com a diretoria cruzmaltina. O técnico comandou o Vasco em 2009 na campanha que deu o título da Série B ao clube. Desde aquela época, o clube tinha um débito de R$ 750 com ele, mas na negociação atual esta pendência foi resolvida.

Em sua comissão técnica, Dorival chega ao Vasco com seu filho e auxiliar Lucas Silvestre, o auxiliar Ivan Izzo e o preparador físico e braço direito Celso de Rezende.

Desde que Roberto Dinamite assumiu a presidência vascaína, em julho de 2008. 12 técnicos já passaram pelo time. Dorival foi um dos que treinou o Vasco neste período de cinco anos e, juntamente com Ricardo Gomes e Cristóvão Borges, fugiu à regra das passagens rápidas e ficou no cargo por mais tempo.

No treino desta quarta pela manhã, em São Januário, o auxiliar Jorge Luíz comandou a atividade pelo segundo dia consecutivo. Depois da derrota para o Inter por 5 a 3 no último domingo, o Vasco volta a campo no próximo domingo, diante do Flamengo, em Brasília, e Dorival vai dirigir o clube pela primeira vez após o seu retorno. O adversário é justamente o rubro-negro, última equipe que o treinador dirigiu e foi demitido em março deste ano.

Por Cezar Alvarenga – Grupo Sonda entra na Justiça contra Barcelona e Neymar.

Fonte: MSN Esportes

Sob a acusação de ter usado estratégias para “mascarar” e diminuir o valor pago pelo Barcelona na compra de Neymar ao Santos, a DIS, braço esportivo do grupo Sonda e empresa que detinha 40% dos direitos econômicos do jogador, entrou na Justiça contra o craque e o clube catalão.

Temendo não receber os valores a que tem direito, cobra ter acesso a quatro contratos que teriam sido firmados por ocasião da maior transação do futebol dos últimos tempos.

A ação foi movida no dia 18 de junho, na Justiça de São Paulo, três dias depois da primeira partida de Neymar pela seleção brasileira na Copa das Confederações.

Entre as argumentações, a DIS afirma ter sabido da venda do jogador pela imprensa e acusa o Barcelona de ter mentido:

Um dos documentos juntados ao processo é uma carta enviada pelo diretor geral do Barcelona, Antoni Rossich Terme, à DIS, datada de dezembro de 2011. Nela, o dirigente nega que estivesse em negociação com o Santos ou que tivesse firmado qualquer forma de pré-acordo por Neymar. Fato que foi desmentido pelo próprio clube, na apresentação do craque.

Como argumentação, a empresa traz para si parte da responsabilidade pelo sucesso de Neymar. Diz que foi responsável pelo contrato do jogador com o clube paulista quando o craque era “apenas um atleta das categorias de base do Santos”.

De acordo com o contrato entre a DIS, Neymar e o Santos, a empresa deveria ter sido informada formalmente de qualquer negociação do jogador com 48 horas de antecedência. Segundo o processo, isso não ocorreu.

Na ação, a empresa pede que a Justiça determine o aceso ao contrato da venda de Neymar firmado entre o Santos e o Barcelona, ao termo que teria acertado a realização de dois amistosos entre os clubes espanhol e brasileiro, ao contrato de aquisição de direitos sobre jogadores da base e ao pré-contrato entre o Barcelona e o Santos.

Entenda a transação:

Em 2009, Neymar, então atleta da base do Santos negocia novo contrato com o clube, sob intermediação da DIS, que fica com 40% dos direitos do jogador. Por esta “fatia” no passe do atleta, paga R$ 5 milhões.

Em 2011, movida por rumores de que Neymar teria firmado um pré-contrato com o Barcelona, a DIS envia uma carta ao clube catalão perguntando se eram verídicos os boatos. O clube nega.

Em maio de 2013, Neymar é vendido pelo Santos ao Barcelona por 57 milhões de euros. E o clube confirma que havia um pré-contrato no valor de 10 milhões de euros.

Em junho de 2013, a DIS, que por contrato com o Santos e com Neymar deveria receber 40% do valor total da venda, entra na Justiça.