Por Cleber Aguiar – Milan diz que enviou contraproposta ao Santos para negociar Robinho

Fonte: Folha Online

297418-970x600-1

O vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, afirmou que o atacante Robinho não irá permanecer no clube para a próxima temporada. De acordo com o dirigente, a equipe italiana já enviou uma contraproposta ao Santos, que tem interesse na contratação do jogador.

“Ontem à noite enviamos nossa última proposta ao Santos e o jogador já aceitou uma redução do seu salário”, disse Galliani durante a apresentação do novo patrocinador do clube italiano, o Banco Popolare di Milano.

“Se Robinho for embora, chegará um outro atacante. Honda? Não, eu não o considero um grande craque”, afirmou. O Milan ainda não confirmou a contratação do meia-atacante japonês, que pertence ao CSKA Moscou.

Na quinta-feira, o vice-presidente do Santos, Odílio Rodrigues, confirmou que o atacante Robinho baixou o seu pedido salarial. O clube negocia com a representante do atleta no Brasil, Marisa Ramos, após o agente italiano Mino Raiola ter apresentado valores elevados pelo jogador.

“A Marisa está em Milão para saber o preço que o Milan deseja. Inicialmente, tínhamos apenas a proposta dos 10 milhões de euros [R$ 29,17 milhões]. Por esses valores, o Santos não tem condições. Sendo assim, vamos analisar este novo pacote, com contrato de três anos. Sabemos que a torcida do Santos deseja o Robinho e iremos ver se o desejo pode ser atendido”, disse o vice-presidente.

ICFUT – CAMPEONATO BRASILEIRO 2013 – SÉRIE B

Brasileiro Série B 2013 – ASA 0 x 2 Chapecoense – 05-07-2013
America MG 2 X 2 Parana Serie B 05/07/2013
Bragantino 0 x 1 América-RN – Série B Brasileiro 2013
Icasa 1 x 0 Ceará – Série B Brasileiro 2013
São Caetano 0 x 0 Avaí – Série B Brasileiro 2013
Joinville 2 x 3 Sport – Série B Brasileiro 2013
ABC 0 x 1 Atlético-GO – Série B Brasileiro 2013
Palmeiras 4 X 0 Oeste – OS GOLS – Campeonato Brasileiro Série B
Figueirense 3 x 0 Boa Esporte 7ª Rodada
Paysandu 4 x 3 Guaratinguetá – Campeonato Brasileiro
Clube PG J V E D GP GC SG A%
Chapecoense-SC 19 7 6 1 0 18 5 13 90,5
Joinville-SC 15 7 5 0 2 16 7 9 71,4
Palmeiras-SP 15 7 5 0 2 12 3 9 71,4
Figueirense-SC 13 7 4 1 2 14 10 4 61,9
América-MG 13 7 4 1 2 13 12 1 61,9
Sport-PE 12 7 4 0 3 12 10 2 57,1
Paraná-PR 11 7 3 2 2 6 5 1 52,4
Icasa-CE 10 7 3 1 3 12 11 1 47,6
Bragantino-SP 10 7 3 1 3 6 6 0 47,6
10º
Atlético-GO 10 7 3 1 3 6 9 -3 47,6
11º
São Caetano-SP 9 7 2 3 2 7 4 3 42,9
12º
Paysandu-PA 8 7 2 2 3 10 10 0 38,1
13º
Avaí-SC 8 7 2 2 3 9 11 -2 38,1
14º
Boa Esporte-MG 8 7 2 2 3 6 11 -5 38,1
15º
Oeste-SP 8 7 2 2 3 8 14 -6 38,1
16º
ASA-AL 7 7 2 1 4 6 11 -5 33,3
17º
Ceará-CE 7 7 1 4 2 6 7 -1 33,3
18º
América-RN 6 7 1 3 3 8 12 -4 28,6
19º
Guaratinguetá-SP 4 7 1 1 5 9 17 -8 19,0
20º
ABC-RN 2 7 0 2 5 3 12 -9 9,5

9 GOLS
Chapecoense –
Bruno Rangel

6 GOLS
Figueirense – Rafael Costa
Joinville – Lima

7ª RODADA
02/07 – 21h00 Paysandu-PA 4 x 3 Guaratinguetá-SP
02/07 – 21h00 Bragantino-SP 0 x 1 América-RN
05/07 – 21h00 América-MG 2 x 2 Paraná-PR
05/07 – 21h00 ASA-AL 0 x 2 Chapecoense-SC
06/07 – 16h20 Palmeiras-SP 4 x 0 Oeste-SP
06/07 – 16h20 Joinville-SC 2 x 3 Sport-PE
06/07 – 16h20 São Caetano-SP 0 x 0 Avaí-SC
06/07 – 16h20 ABC-RN 0 x 1 Atlético-GO
06/07 – 21h00 Icasa-CE 1 x 0 Ceará-CE
06/07 – 21h00 Figueirense-SC 3 x 0 Boa Esporte-MG
8ª RODADA
09/07 – 21h00 Oeste-SP x Boa Esporte-MG
09/07 – 21h00 Paysandu-PA x São Caetano-SP
12/07 – 21h00 Atlético-GO x Figueirense-SC
12/07 – 21h00 Palmeiras-SP x ABC-RN
13/07 – 16h20 Joinville-SC x Chapecoense-SC
13/07 – 16h20 América-RN x Sport-PE
13/07 – 16h20 Avaí-SC x Paraná-PR
13/07 – 16h20 América-MG x Bragantino-SP
13/07 – 21h00 Guaratinguetá-SP x Icasa-CE
13/07 – 21h00 Ceará-CE x ASA-AL

LINK 1 – CAMPEONATO BRASILEIRO 2013 – SÉRIE B – CLIQUE AQUI !

LINK 2 – CAMPEONATO BRASILEIRO 2013 – SÉRIE B – CLIQUE AQUI !

Por Cleber Aguiar – Ney Franco é demitido pelo São Paulo; Muricy é favorito para assumir

Fonte: Globo.com

Com aproveitamento de 58,6%, treinador é demitido no dia em que completa um ano no Tricolor. Muricy, que está parado, pode voltar

Por Alexandre Lozetti e Marcelo PradoSão Paulo

Relação ruim com alguns jogadores, time sem padrão tático, críticas ferrenhas da torcida. Longe de ser uma unanimidade, Ney Franco não resistiu à derrota para o Corinthians por 2 a 1, na última quarta-feira, pela Recopa Sul-Americana, e, nesta sexta-feira, dia em que completou um ano no São Paulo, foi demitido. O anúncio foi feito em entrevista coletiva no CT. A decisão não foi unânime. O diretor de futebol Adalberto Baptista era contra a demissão, mas acabou sendo voto vencido.

Ney Franco, Adalberto Baptista, João Paulo de Jesus Lopes (Foto: Marcelo Prado)Ney Franco, Adalberto Baptista e João Paulo de Jesus Lopes , em coletiva (Foto: Marcelo Prado)

Ney Franco sai com um título (Copa Sul-Americana) e fracassos no Paulistão e na Libertadores. Sob seu comando, o time disputou 79 partidas, conquistou 41 vitórias, 16 empates e 22 derrotas – aproveitamento de 58,6%. Com ele, sai Éder Bastos (auxiliar-técnico).

No clássico contra o Santos, domingo, no Morumbi, o auxiliar técnico Milton Cruz comandará a equipe interinamente.  A diretoria já corre atrás de um substituto e Muricy Ramalho, tricampeão brasileiro pelo tricolor, em 2006, 2007 e 2008, é o nome mais cotado.

Desentendimentos e falta de padrão tático

Substituto de Emerson Leão, Ney Franco teve sua contratação anunciada no dia 5 de julho do ano passado. Chegou respaldado pelo bom trabalho na seleção brasileira sub-20, onde conquistou os títulos sul-americano e mundial da categoria. Foi considerado a peça ideal para dar uma nova cara ao time e ainda trabalhar com os garotos revelados no CT de Cotia.

Durante todo o período, o treinador não conseguiu dar padrão de jogo à equipe. O crescimento no segundo semestre ocorreu muito mais por causa do ótimo momento de alguns jogadores, como Jadson, Osvaldo e Lucas, do que por crescimento tático. Além do mais, logo no começo do seu trabalho, o técnico se envolveu em polêmica com o capitão Rogério Ceni. Em partida contra a LDU de Loja, do Equador, pela Copa Sul-Americana, o capitão, gesticulando bastante, pediu a entrada de Cícero. O treinador não gostou, colocou Willian José e ainda mandou o recado na entrevista coletiva realizada na ocasião:

– Eu sou o treinador, quem decide sou eu.

Logo depois, o goleiro deu uma entrevista e minimizou a polêmica. Desde então, a relação entre eles se tornou apenas profissional.

Ney Franco conversa com jogadores do São Paulo em treino (Foto: Site Oficial / saopaulofc.net)Ney Franco não conseguiu fazer a equipe mostrar bom futebol em 2013 (Foto: Site Oficial / saopaulofc.net)

Taticamente, Ney Franco demorou meses para perceber que a equipe necessitava de mais um volante. Quando se rendeu às evidências e colocou Wellington, o Tricolor se encontrou, foi o melhor time do segundo turno do Campeonato Brasileiro e conquistou a Copa Sul-Americana.

O time que havia terminado 2012 voando iniciou 2013 em ritmo de tartaruga. Com uma curta pré-temporada, os tricolores atingiram o objetivo inicial e passaram pela fase preliminar da Libertadores ao despacharem o Bolívar, da Bolívia. Na fase de grupos, porém, a campanha foi muito ruim. Em seis jogos, o time venceu duas partidas, empatou uma e perdeu três. Classificou-se como pior segundo colocado e, nas oitavas de final, foi atropelado pelo Atlético-MG, com direito a goleada de 4 a 1 no Independência.

Meia Ganso, do São Paulo (Foto: Divulgação/ Site Oficial do São Paulo)Ganso não deslanchou com Ney Franco
(Foto: Divulgação/ Site Oficial do São Paulo)

O ‘pepino’ Ganso

A contratação de Paulo Henrique Ganso se tornou um enorme pepino para o treinador, que sofria com a pressão da torcida e da diretoria para escalar o meio-campista que, dentro de campo, não rendia o esperado. A cada jogo, Ney alternava esquemas táticos por causa da instabilidade do meia. Insatisfeito com os titulares, passou a improvisar bastante, a ponto de escalar o lateral-direito Douglas como ponta esquerda no jogo contra o Atlético-MG, que ocasionou a eliminação na Libertadores.

No Campeonato Paulista, o time não ganhou nenhum clássico, mas terminou com a melhor campanha da fase de classificação. Na semifinal, derrota nos pênaltis para o Corinthians e nova eliminação.

Muito pressionado pela torcida, Ney Franco era respaldado pelo diretor de futebol Adalberto Baptista, que convenceu o presidente Juvenal Juvêncio a dar uma nova chance ao comandante. Na ocasião, sete jogadores foram afastados:Fabrício, Cortez, João Filipe, Luiz Eduardo, Henrique Miranda, Cañete e Wallyson. Isso azedou ainda mais a relação do treinador com o elenco, já que Fabrício era muito querido pelos companheiros. O experiente volante foi afastado porque se queixou da falta de oportunidades.

Nada fez o São Paulo se encontrar. Antes da parada do Campeonato Brasileiro para a Copa das Confederações, o time perdeu para o Goiás por 1 a 0, no Morumbi, e o treinador escutou a torcida pedir a volta de Muricy Ramalho. Após intertemporada realizada no CT de Cotia,o Tricolor fez um amistoso e perdeu por 1 a 0 para o Flamengo, em Uberlândia. O último ato de Ney Franco foi a derrota por 2 a 1 para o Corinthians, resultado que complicou bastante a conquista da Recopa Sul-Americana.

Insatisfação com auxiliar-técnico

Além da insatisfação com o treinador, o elenco do São Paulo tinha sérias restrições ao auxiliar do técnico, Éder Bastos, responsável pela maioria dos treinos realizados no CT da Barra Funda. Ney Franco também não tinha boa relação com Milton Cruz, funcionário do clube há 15 anos e que é o responsável pelas contratações. Milton é amigo pessoal de Muricy Ramalho, que deverá voltar com tapete vermelho estendido com a missão de colocar a casa em ordem.

Ney Franco jogo Santos x São Paulo (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)Éder Bastos (à esq) era muito criticado pelos jogadores do São Paulo (Foto: Marcos Ribolli)

Por Cleber Aguiar – Santos sai cauteloso de reunião, mas prepara anúncio da venda de Rafael

Fonte: Globo.com

Vice-presidente diz que ainda faltam alguns detalhes para sacramentar negócio com o Napoli, mas prepara entrevista coletiva de despedida

Por Fernando PrandiSantos, SP

 
Rafael, goleiro do Santos (Foto: Divulgação/Santos FC)Rafael não vai enfrentar o São Paulo, no domingo
(Foto: Divulgação/Santos FC)

Após uma reunião no início da noite desta quinta-feira, na Vila Belmiro, a diretoria do Santos praticamente sacramentou a venda do goleiro Rafael Cabral para o Napoli, da Itália, por cerca de R$ 16 milhões. Segundo o vice-presidente Odílio Rodrigues, foram feitas apenas algumas correções na minuta do contrato, e assim que o clube italiano aceitar as mudanças, o anúncio será feito, o que deve ocorrer nesta sexta-feira. Há a possibilidade até mesmo de uma entrevista coletiva, no CT Rei Pelé, para que o goleiro possa se despedir.

– Recebemos a minuta do contrato de venda, fizemos algumas correções, e mandamos de volta para a Itália. Vamos esperar – afirmou, cauteloso, Odílio Rodrigues.

Rafael também esteve presente na reunião, mas evitou falar que já tenha sido vendido. O goleiro, no entanto, não deve nem sequer jogar contra o São Paulo, domingo, no Morumbi. Ele já estaria de malas prontas para a Itália.

Enquanto a reunião ocorria, um grupo de empresários reclamava fora da Vila Belmiro, dizendo que iria à Fifa para cobrar metade do valor que o agente de Rafael, Paulo Afonso, receberia.

– Celebramos um contrato com o Rafael há três anos, que daríamos assessoria para ele, numa futura venda. Descobrimos que fizeram a negociação sem a nossa participação – afirmou Gilberto Tramontin, representante do grupo de empresários, que diz ter comprado 50% da procuração do atleta.

Paulo Afonso, que tratou de toda a negociação com o Napoli, rebateu com duras críticas.

– Não existe nenhum contrato legal. O contrato que existia terminou há mais de um ano. Tinha dois anos de validade. Se ele acha que existe vínculo, vai procurar a Justiça. Na verdade, ele quer aparecer. Usou a imagem do Rafael de forma ilegal. Eu sou o representante, que trabalho com o jogador há quatro anos. É um absurdo eles falarem isso agora – afirmou o agente de Rafael.

Já o Santos disse que não tem nada a ver com a história e não acredita que isso possa atrapalhar as negociações.

– Não temos a mínima ideia do que seja isso. Tem de ver com o empresário do atleta. Os direitos do Rafael são do Santos (70%), da Teisa (15%) e do jogador (15%) – explicou Odílio Rodrigues.

Tricampeão paulista pelo Santos, em 2010, 11 e 12, sendo o primeiro deles na reserva, campeão da Copa do Brasil (2010), Libertadores (2011) e Recopa (2012), Rafael deixará o Peixe após 194 jogos e 208 gols sofridos.

Por J.Edmar – BRASIL, TETRACAMPEÃO DA TAÇA DAS CONFEDERAÇÕES

images (1)

Vejam, todos, como tem brasileiro “vira folha” pois, com a conquista da mais recente edição da COPA DAS CONFEDERAÇÕES estão, agora, todos patriotas”, todosufanos”, todosarrotando brasileirismosquando, na verdade, antes do inicio das disputas, eram, todos, derrotistas e descrentes…

Não há um só artigo, meu, aqui, onde eu não tenha uma “queixa” (justificada) com referencia aos comentários (insanos e infelizes) de um tal “garoto de recados dos anunciantes brasileiros” que, quando “transvestido” de comentarista esportivo, só fala abobrinhas, só “aborrece”.

E falo, aqui, nominadamente, de MILTON NEVES que,  mais uma vez, prognosticou a derrota da nossa seleção por 2×0!

E quando eu falo “mais uma vez”, eu reforço e enfatizo que, em dezembro de 2012 este mesmo IDIOTA “vaticinou” a derrota do Timão por 3xo para o CHELSEA e, como era de se esperar, quebrou a cara!…

Comentários (infelizes), como estes, eu cansei de ouvir por parte de grande parte dos comentaristas esportivos de nosso Estado, assim como de dezenas de “pseudos” outros chamados “entendidos da  matéria” que, depois da MAIÚSCULA  vitória do Brasil contra a Espanha vêm, descaradamente, dizer que não é nada disso, que era apenas “incentivos” à nossa seleção, que isso, que aquilo…

Todos os comentários que, a pedido dos administradores deste BLOG, eu tenho postado, aqui, deixo claro que o “B” do meu brasileirismo tem o tamanho do mundo, assim como nunca escondi, de ninguém, que o “C”, do meu corinthianismo tem, também, a mesma dimensão e, por isso, apresento, aqui, de forma crítica, porém realista, o que vi e como interpretei a conquista de nossa seleção, principalmente a vitória sobre o “bicho-papão” (segundo muitos) e este “epíteto” tinha o nome de seleção espanhola…

 

1.

A “Pátria de chuteiras” vibra, feliz,

Mais um “caneco” em nossa seleção;

(Foi uma conquista da SUPERAÇÃO,

Foi a redenção de nossos atletas)…

O povo espanhol pode até “chiar”

Mas tem, mesmo, é que se curvar,

Enquanto nosso povo faz festas!

2.

Foi uma “bicuda” na canela “deles”,

Foi um “cala-te, boca”, memorável;

(Nossa seleção esteve impecável,

Silenciando a todos os corneteiros)…

Quanto ao MILTON NEVES, babão,

Teve que “recolher” o seu bordão,

Para alegria do povo  brasileiro!

3.

Este “IDIOTA-MOR” chegou a dizer,

Que seria 2×0 pra Espanha;

(Esqueceu-se que ninguém ganha,

Sem, antes, jogar a partida)…

Foi um comentário muito infeliz,

Pois o Brasil jogou como quis,

Deixando-o de “crista caída”!

4.

Deixemos, todavia, este “manésinho”,

E voltemos a falar da nossa seleção;

(Foi uma vitória sem contestação,

Foi um estupendo resultado)…

E tudo quanto é derrotista,

Corneteiro, tripudiador e alarmista,

Esta, como ele, silenciado!

5.

Todos os atletas de nosso escrete,

Estão de parabéns, sem comentários;

(Mataram, a pau, os adversários

E o Brasil ganhou como quis)…

Têm, todavia, alguns atletas,

Cuja atuação foi tão completa,

Que deixou nossa gente feliz!

6.

Falo, assim sendo, de um deles,

(Versátil, inteligente e matreiro)

Um dos mais completos zagueiros

E seu nome é DAVI LUIZ

Este “cabeludinho”, atrevido,

Foi malandro, valente, decidido,

Fez, dos espanhóis, o que quis!

7.

Faloa de outro que, (não sem tempo),

Deu seu recado de forma exemplar:

Foi o “novo espanhol”, NEYMAR,

Atuando de forma desconcertante…

Todos, porém, por seus setores,

Foram valentes e brigadores,

Foram decisivos e importantes!

8.

Ficou demonstrado, sem discussões,

Quem, de fato, é o melhor do mundo;

(Esta conquista calou, fundo,

Tudo quanto era “zabumbeiro”)…

Falem, portanto, o que quiserem

Mas todos tem que se renderem,

À SUPREMA HEGEMONIA DOS BRASILEIROS!

ICFUT – COPA DO BRASIL 2013

Salgueiro 0 x 0 Criciúma

Botafogo 1 x 0 Figueirense

Goiás 3×0 ABC

– COPA DO BRASIL 2013

Terceira Fase
1ª RODADA
02/07 – 19h30 Salgueiro-PE 0 x 0 Criciúma-SC
03/07 – 21h50 Botafogo-RJ 1 x 0 Figueirense-SC
03/07 – 21h50 Goiás-GO 3 x 0 ABC-RN
09/07 – 21h50 Cruzeiro-MG x Atlético-GO
10/07 – 19h30 Ponte Preta-SP x Nacional-AM
10/07 – 21h50 ASA-AL x Flamengo-RJ
10/07 – 21h50 Santos-SP x Crac-GO
10/07 – 21h50 Internacional-RS x América-MG
11/07 – 21h50 Fortaleza-CE x Luverdense-MT
18/07 – 21h50 Paysandu-PA x Atlético-PR
2ª RODADA
17/07 – 19h30 Atlético-GO x Cruzeiro-MG
17/07 – 19h30 Criciúma-SC x Salgueiro-PE
17/07 – 21h50 América-MG x Internacional-RS
17/07 – 21h50 ABC-RN x Goiás-GO
17/07 – 21h50 Flamengo-RJ x ASA-AL
18/07 – 21h50 Luverdense-MT x Fortaleza-CE
24/07 – 21h30 Nacional-AM x Ponte Preta-SP
24/07 – 21h50 Figueirense-SC x Botafogo-RJ
24/07 – 21h50 Crac-GO x Santos-SP
25/07 – 21h00 Atlético-PR x Paysandu-PA

ICFUT – COPA PAULISTA 2013

images

 

Clube PG J V E D GP GC SG A%
Grupo 1
Catanduvense 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Francana 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Linense 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Mirassol 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Monte Azul 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Noroeste 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Rio Preto 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Grupo 2
Comercial 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Ferroviária 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Independente 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Internacional 0 0 0 0 0 0 0 0 0
São Carlos 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Sertãozinho 0 0 0 0 0 0 0 0 0
XV de Piracicaba 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Grupo 3
Grêmio Osasco 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Ituano 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Paulista 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Red Bull 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Rio Branco 0 0 0 0 0 0 0 0 0
São Bento 0 0 0 0 0 0 0 0 0
União Barbarense 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Grupo 4
Audax 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Joseense 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Juventus 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Santo André 0 0 0 0 0 0 0 0 0
São Caetano 0 0 0 0 0 0 0 0 0
São Bernardo 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Taubaté 0 0 0 0 0 0 0 0 0

 

1ª RODADA
13/07 – 10h00 Juventus x Joseense
13/07 – 10h00 Monte Azul x Noroeste
13/07 – 16h00 Comercial x XV de Piracicaba
13/07 – 16h00 Rio Branco x Red Bull
13/07 – 16h00 São Carlos x Internacional
13/07 – 16h00 São Bento x Grêmio Osasco
13/07 – 19h00 Sertãozinho x Independente
14/07 – 10h00 União Barbarense x Ituano
14/07 – 10h00 Mirassol x Linense
14/07 – 10h00 Taubaté x Santo André
14/07 – 10h00 Audax x São Bernardo
14/07 – 16h00 Francana x Rio Preto
2ª RODADA
17/07 – 15h00 Santo André x Audax
20/07 – 15h00 Grêmio Osasco x Rio Branco
20/07 – 15h00 Joseense x Taubaté
20/07 – 15h00 Red Bull x União Barbarense
20/07 – 15h00 Ituano x Paulista
20/07 – 16h00 Noroeste x Mirassol
20/07 – 16h00 Internacional x Sertãozinho
20/07 – 16h00 São Bernardo x São Caetano
20/07 – 18h30 Linense x Francana
21/07 – 10h00 Rio Preto x Monte Azul
21/07 – 10h00 Independente x Comercial
3ª RODADA
24/07 – 15h00 Taubaté x Juventus
24/07 – 15h00 Grêmio Osasco x União Barbarense
24/07 – 15h00 Joseense x Audax
24/07 – 16h00 Paulista x Red Bull
24/07 – 16h00 São Caetano x Santo André
24/07 – 20h00 Sertãozinho x São Carlos
24/07 – 20h00 Rio Branco x São Bento
24/07 – 20h00 Internacional x Comercial
24/07 – 20h00 Ferroviária x Independente

ICFUT – São Paulo 1 x 2 Corinthians, pela Recopa Sul-Americana

Ficha Técnica: São Paulo 1 x 2 Corinthians, pela Recopa Sul-Americana

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 3 de julho de 2013 (quarta-feira)
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Marcelo Van Gasse (SP) e Kléber Lúcio Gil (SC)
Público: 31.691 torcedores
Renda: R$ 1.237.275,00
Cartões amarelos: Paulo Henrique Ganso, Jadson, Juan e Wellington (São Paulo); Ralf, Emerson e Renato Augusto (Corinthians)

Gols:
SÃO PAULO: Aloísio, a um minuto do segundo tempo
CORINTHIANS: Guerrero, aos 28 minutos do primeiro tempo; e Renato Augusto, aos 30 minutos do segundo tempo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas (Wellington), Lúcio, Rafael Toloi e Juan; Rodrigo Caio, Denilson (Lucas Evangelista), Jadson e Ganso (Aloísio); Osvaldo e Luis Fabiano
Técnico: Ney Franco

CORINTHIANS: Cássio; Edenílson, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf e Guilherme; Romarinho, Danilo (Douglas) (Renato Augusto) e Emerson (Ibson); Guerrero
Técnico: Tite

ICFUT – LIBERTADORES 2013

Atlético-MG 0 x 2 Newell’s Old Boys – GOLS – Semifinal Copa Libertadores 2013

Olimpia 2 x 0 Santa Fé-COL, GOLS – Libertadores – 02/07/2013

Semifinal
1ª RODADA
02/07 – 21h50 Olimpia-PRY 2 x 0 Santa Fe-COL
03/07 – 21h50 Newell’s Old Boys-ARG 2 x 0 Atlético-BRA
2ª RODADA
09/07 – 21h50 Santa Fe-COL x Olimpia-PRY
10/07 – 21h50 Atlético-BRA x Newell’s Old Boys-ARG