Por Cleber Aguiar – Runco confirma fratura, mas Fred é liberado para atuar

Fonte: O Estado de São Paulo

images

ALMIR LEITE E SILVIO BARSETTI – Agência Estado

Em entrevista coletiva concedida há pouco, no Rio, o médico da seleção brasileira, José Luiz Runco, revelou que o atacante Fred está com uma fratura incompleta na parte posterior da costela. Disse que o problema surgiu no primeiro jogo entre Fluminense e Olimpia, no último dia 23, no confronto de ida das quartas de final da Copa Libertadores.

O médico levou o jogador a uma clínica do Rio para se que fosse feito um exame de imagem no local na contusão. De acordo com Runco, o problema não impede Fred de atuar já a partir deste domingo, contra a Inglaterra, no Maracanã, em amistoso que servirá de preparação da seleção para a Copa das Confederações.

O atacante, que estava ao lado de Runco na entrevista desta sexta-feira, disse que pediu ao técnico que o escale. “Todas as vezes que eu joguei, com problema, valeu o sacrifício. Quero enfrentar a Inglaterra e a França. O meu pedido foi esse: deixe eu treinar, deixe eu jogar”, revelou.

O médico explicou que a tendência é que a dor do atleta diminua gradativamente com “um tratamento conservador”. Ou seja, a base de analgésicos e anti-inflamatórios. Runco contou que Fred se submeteu ao mesmo exame de imagem no último dia 24, um dia após o duelo de ida entre Fluminense e Olimpia, e disse que o resultado obtido nesta sexta-feira não mostrou alteração nenhuma. “Deve haver a cicatrização em duas ou três semanas”, previu.

Com relação ao aproveitamento de Fred na seleção, Runco diz que o que deve prevalecer é o bom senso. “Vamos avaliar a cada dia a situação e a decisão da escalação fica com o técnico, que tem a palavra final”, disse.

No primeiro minuto do último jogo entre Fluminense e Olimpia, na última quarta-feira, Fred tomou uma pancada, mas tomou um comprimido para aliviar a dor e se recuperou rapidamente, fato que o fez admitir que passou a não sentir mais dores.

O médico da seleção aproveitou a entrevista coletiva desta sexta-feira para falar que não há nenhum problema médico mais sério entre todos os jogadores que se apresentaram à seleção no Rio. Na manhã desta sexta, porém, três atletas precisaram deixar o hotel onde a seleção está hospedada, na zona do Sul do Rio, por motivos diferentes.

O meio-campista Hernanes teve de ir ao dentista após perceber que um dente seu caiu após o café da manhã. Já o volante Fernando e o lateral Daniel Alves reclamaram de dores de ouvido e foram a uma consulta com um médico otorrinolaringologista.

ICFUT – CAMPEONATO BRASILEIRO 2013 – SÉRIE B

 

3 GOLS
Chapecoense – Bruno Rangel
Figueirense – Rafael Costa

2 GOLS
América-RN – 
Cascata
Avaí – Marquinhos
Guaratinguetá – Jonatas Belusso
Palmeiras – Tiago Real

2ª RODADA
28/05 – 15h00 Paraná-PR 0 x 0 São Caetano-SP
28/05 – 19h30 América-RN 1 x 1 Icasa-CE
28/05 – 19h30 Avaí-SC 2 x 1 Guaratinguetá-SP
28/05 – 19h30 Sport-PE 1 x 0 ABC-RN
28/05 – 19h30 Ceará-CE 1 x 0 Paysandu-PA
28/05 – 21h50 América-MG 2 x 4 Figueirense-SC
28/05 – 21h50 Bragantino-SP 0 x 1 Boa Esporte-MG
28/05 – 21h50 Chapecoense-SC 1 x 1 Oeste-SP
28/05 – 21h50 ASA-AL 0 x 3 Palmeiras-SP
28/05 – 21h50 Atlético-GO 2 x 1 Joinville-SC
3ª RODADA
31/05 – 19h30 Paysandu-PA x América-RN
31/05 – 19h30 Joinville-SC x ASA-AL
31/05 – 19h30 Icasa-CE x Avaí-SC
31/05 – 21h50 ABC-RN x Ceará-CE
31/05 – 21h50 Figueirense-SC x Sport-PE
31/05 – 21h50 Oeste-SP x Paraná-PR
01/06 – 16h20 Bragantino-SP x Guaratinguetá-SP
01/06 – 16h20 Palmeiras-SP x América-MG
01/06 – 21h00 Boa Esporte-MG x Atlético-GO
01/06 – 21h00 São Caetano-SP x Chapecoense-SC
Clube PG J V E D GP GC SG A%
Palmeiras-SP 6 2 2 0 0 4 0 4 100,0
Figueirense-SC 6 2 2 0 0 7 4 3 100,0
Chapecoense-SC 4 2 1 1 0 5 2 3 66,7
Paraná-PR 4 2 1 1 0 2 0 2 66,7
Avaí-SC 4 2 1 1 0 3 2 1 66,7
Icasa-CE 4 2 1 1 0 3 2 1 66,7
Ceará-CE 4 2 1 1 0 1 0 1 66,7
Joinville-SC 3 2 1 0 1 4 2 2 50,0
Atlético-GO 3 2 1 0 1 2 2 0 50,0
10º
Guaratinguetá-SP 3 2 1 0 1 2 2 0 50,0
11º
Sport-PE 3 2 1 0 1 2 2 0 50,0
12º
Boa Esporte-MG 3 2 1 0 1 2 4 -2 50,0
13º
Oeste-SP 2 2 0 2 0 2 2 0 33,3
14º
São Caetano-SP 2 2 0 2 0 0 0 0 33,3
15º
América-RN 1 2 0 1 1 3 4 -1 16,7
16º
Paysandu-PA 1 2 0 1 1 1 2 -1 16,7
17º
ASA-AL 1 2 0 1 1 1 4 -3 16,7
18º
América-MG 0 2 0 0 2 2 5 -3 0,0
19º
ABC-RN 0 2 0 0 2 0 3 -3 0,0
20º
Bragantino-SP 0 2 0 0 2 0 4 -4 0,0

Por Cleber Aguiar – Parte do dinheiro de Neymar vai para construção de novo CT da base

Fonte: Globo.com

Clube do litoral quer um local com cinco campos e instalações modernas para revelar novos jogadores. Destino do atual CT é incerto

Por Fernando Prandi e Lincoln ChavesSantos, SP

O Santos pretende investir nas categorias de base parte dos cerca de R$ 40 milhões que recebeu do Barcelona pela venda de Neymar. A construção de um novo centro de treinamento para as divisões inferirores é uma das prioridades.

Atualmente, a base utiliza o CT Meninos da Vila, que conta apenas com dois campos. Lá, não há alojamentos e  nem vestiários. O Peixe ainda não decidiu o que será feito do espaço, que fica na entrada da cidade, quando o novo centro de treinamentos estiver pronto.

Além de modernizar o departamento, o Peixe também pretende pôr em prática uma parceria com o Barcelona, que visa o intercâmbio de atletas e profissionais de base.

ct meninos da vila santos (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Divulgação Santos FC)CT Meninos da Vila tem gramado sintético (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Divulgação SFC)

– O Santos deseja ter um CT novo para base, com pelo menos cinco campos, alojamentos, e todos os departamentos de infraestrutura necessários para se desenvolver um trabalho de base adequado. Isso também faz parte desse convênio amplo com o Barcelona – afirma o vice-presidente do Peixe, Odílio Rodrigues.

Um dos lugares mais cotados para receber o novo CT é Cubatão, cidade vizinha a Santos. Porém, outros locais ainda são estudados.

– Há mais de um projeto em estudo. Esse de Cubatão é um deles. O Comitê de Gestão está avaliando e, a partir dos estudos, vai decidir o local ideal – completa o dirigente.

Outro fator que pode ajudar o Santos na construção do novo centro de treinamentos é a Certidão Negativa de Débito (CND), que o clube conseguiu com o governo federal. Isso permite ao Santos  pleitear investimento de órgãos estatais em seus projetos.

Por Cleber Aguiar – Muricy Ramalho não é mais técnico do Santos FC

Fonte: Santosfc.com.br

Em dois anos no Santos FC, Muricy Ramalho conquistou quatro títulos no comando do Peixe

O Comitê de Gestão decidiu que Muricy Ramalho não é mais técnico do time profissional do Santos FC. A decisão foi comunicada ao treinador nesta quinta-feira (30).

Muricy Ramalho assumiu como técnico do Santos FC em abril de 2011. Na ocasião, ajudou o Clube a sagrar-se bicampeão paulista, tri da Libertadores e vice-campeão mundial. Em 2012, comandou o Clube na conquista do tricampeonato paulista e no título da Recopa Sul-Americana. Em 2013, foi vice-campeão paulista. Ao todo, liderou o Alvinegro Praiano em 150 jogos, alcançando 72 vitórias, 42 empates e 36 derrotas. Foi o sétimo treinador que mais dirigiu o Peixe em sua história.

O Comitê de Gestão agradece os serviços prestados pelo técnico, que marcou seu nome na história do Santos FC.

Claudinei Oliveira, técnico do Sub-20 do Santos FC campeão da Copa São Paulo deste ano e desde 2009 atuando no futebol de base do Clube, dirige o time a partir de agora.

Reformulação

O Santos FC inicia um processo de reformulação após um dos períodos mais vencedores da história de 101 anos do Clube, com seis títulos conquistados e dois vice-campeonatos em um período de 40 meses, além da recuperação financeira que culminou, na semana passada, com a conquista da Certidão Positiva com efeitos de Negativa (Cepen), emitida pelo Ministério da Fazenda.

Esta reformulação será conduzida com serenidade pelo Comitê de Gestão em nome dos interesses dos nossos milhões de torcedores e mais de 65 mil sócios para que o Santos FC continue crescendo dentro e fora de campo.

Acompanhe o Santos FC nas mídias sociais:
Orkut: www.orkut.com.br/santosfc
Facebook: www.facebook.com/santosfc
Youtube: www.youtube.com/santostvoficial
Flickr: www.flickr.com/santosfc
Twitter: @santosfc | @santosfcaovivo | @multiplicacao

Por Cleber Aguiar – Governo do Rio revoga liminar e mantém amistoso da Seleção Rio de Janeiro (SP)

Fonte: Gazetaesportiva.net

O Governo do Rio de Janeiro obteve uma vitória rápida ao revogar a liminar da 13ª Vara de Fazenda da Capital que suspendia o amistoso entre Brasil e Inglaterra, domingo, no Maracanã, por falta de segurança. O recurso foi aceito na noite desta quinta-feira pela juíza Gracia Cristina do Rosário.

Veja a nota divulgada pelo governo carioca:

A juíza de plantão no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro revogou a liminar que suspendia o jogo ‘Brasil x Inglaterra’, dia 2/6, no Maracanã, mediante recurso do Governo do Estado com a apresentação do laudo da PM que comprova o cumprimento de todas as regras de segurança no Maracanã. O laudo não havia sido entregue à Suderj por *falha burocrática*.

O jogo entre Brasil e Inglaterra está confirmado para o dia 2/6 com as plenas condições de segurança atestadas.

Por Cleber Aguiar – Victor pega pênalti aos 48 da etapa final, e Atlético-MG está na semifinal

Fonte:Globo.com

Galo sai atrás no placar, consegue empate com o Tijuana e vê o goleiro
tornar-se herói no fim. Newell’s Old Boys-ARG é o rival na próxima fase

A torcida do Atlético-MG prometeu e cumpriu. Nesta quinta-feira, o que não faltou foi apoio. Nas cadeiras do Independência, milhares de vozes empurraram o Galo às semifinais da Taça Libertadores. Mas não foi fácil. O time mineiro sofreu muito e, com requintes de crueldade, deixou os alvinegros com o coração na boca. Victor fez milagres durante a partida, mas foi aos 48 minutos do segundo tempo que o goleiro ganhou status de herói: defendeu pênalti cobrado por Riascos, garantindo o empate em 1 a 1 com o Tijuana e a classificação.

Com o empate em 2 a 2 no jogo de ida, no México, o Galo avançou por ter feito um gol a mais na casa do adversário. No Independência, Riascos, o mesmo que jogou fora a vaga do Tijuana, abriu o placar, e Réver empatou para os donos da casa – o zagueiro acabou expulso por reclamação após a defesa salvadora de Victor.

O adversário alvinegro nas semifinais será o Newell’s Old Boys, que num clássico argentino eliminou o Boca Juniors em longa disputa de pênaltis na última quarta-feira (26 cobranças ao todo). A decisão por uma vaga na decisão acontece somente depois da Copa das Confederações. O jogo de ida está marcado para 3 de julho, no estádio El Coloso del Parque, em Rosário, na Argentina, e a volta será uma semana depois, dia 10, no Independência.

Victor defesa pênalti jogo Atlético-MG Tijuana (Foto: Reuters)Jogadores comemoram com Victor a defesa que garantiu o Galo nas semifinais (Foto: Reuters)

O Tijuana se despede da Taça Libertadores com apenas uma derrota – 3 a 0 para o Corinthians, no Pacaembu, pela fase de grupos. E o bom retrospecto fez com que o time não se assustasse com o barulho no Indpendência, muito menos com as “máscaras da morte”, fantasias usadas pelos atleticanos para materializar o bordão “Caiu no Horto, tá morto”, cantado desde a reinauguração do estádio, em 2012. E o jogo foi dramático. Os mexicanos levaram muito perigo, criaram inúmeras chances, e em alguns momentos Victor teve de fazer verdadeiros milagres. Quando não deu para o goleiro, a trave salvou, como na cobrança de falta de Arce. Muito bem marcado, Ronaldinho Gaúcho se destacou apenas em lances de bolas paradas.

Com o gol marcado diante do Tijuana, Réver se igualou a Luizinho, o craque que brilhou no Galo nos anos 1980, como o zagueiro que mais fez gols na história do Atlético-MG. Foi o 21º dele com a camisa alvinegra. Somente na atual temporada, foram sete: cinco pelo Campeonato Mineiro, dois pela Libertadores. Após o gol, o capitão comemorou com a bola dentro da camisa, simulando uma gravidez, já que a mulher espera o segundo filho do casal.

O Atlético-MG acumula agora 35 jogos seguidos sem perder no Independência. Neste período, foram 27 vitórias e oito empates. Além disso, já são 49 partidas sem perder como mandante, seja no estádio do Horto, no Mineirão ou na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

Antes das semifinais da competição sul-americana, o Galo volta as atenções para o Brasileirão. O time enfrenta o São Paulo neste domingo, às 18h30m (de Brasília), no Independência, pela terceira rodada do campeonato.

Pressão mexicana

Quem esperava o Tijuana recuado no início do jogo, espremido pela pressão do Atlético-MG, viu algo completamente diferente. Logo aos 13 segundos, os mexicanos tiveram a primeira chance, com Riascos. Nervosos, os jogadores alvinegros tinham muitas dificuldades. Aos 14 minutos, um grande susto. Após uma cobrança de falta da intermediária, a bola parou nas redes de Victor, mas o auxiliar marcou o impedimento de Gandolfi.

Os mexicanos seguiram melhores e abriram o marcador aos 25. No ataque do Galo, Ronaldinho Gaúcho tentou cavar uma falta e perdeu a bola. No contra-ataque, Nuñez chegou pela direita, passou por Réver e fez um cruzamento perfeito, no pé de Riascos, que emendou de primeira.

O jogo seguiu pegado e, em determinados momentos, violento. Bernard e Gandolfi se estranharam após uma entrada dura do meia atleticano, que deixou marcas na canela do adversário. Mesmo sem vantagem técnica, na raça e na vontade, o Galo empatou aos 40. Após cobrança de falta de Ronaldinho, a bola foi no pé de Réver, que tocou para o fundo das redes de Saucedo.

Pressão mexicana

O Tijuana voltou alterado para o segundo tempo. O técnico Antonio Mohamed tirou um volante e colocou Fidel Martínez em campo, na intenção de dar mais força ao ataque mexicano. Não funcionou muito. O Atlético-MG, diferentemente da primeira etapa, esteve mais bem postado e, embora sem ter a melhor das atuações, deu menos espaços ao adversário.

Bernard, mais uma vez, não atuou bem. Tanto que Cuca colocou Luan em campo. Mas quem chegou com perigo foi o Tijuana, aos 24. Réver e Richarlyson trombaram, e a bola sobrou para Martínez. O equatoriano tocou para trás, e Piceno ficou cara a cara com Victor, que teve de fazer um verdadeiro milagre para evitar o segundo gol dos mexicanos. Arce, em cobrança de falta, ainda acertou o travessão.

Victor defesa pênalti jogo Atlético-MG Tijuana (Foto: Reuters)Victor estica a perna esquerda e defende o pênalti cobrado por Riascos (Foto: Reuters)

No último lance da partida, Leonardo Silva cometeu pênalti em Aguillar, e Riascos foi para a cobrança. Se marcasse, garantira a classificação ao Tijuana. Seria o adeus do sonho do Galo. Mas debaixo das traves estava Victor. Contratado ao Grêmio em 2012, ele foi anunciado com pompa por Alexandre Kalil no Twitter – “Torcida mais chata do Brasil, se o problema era goleiro, não é mais. Victor é do Galo!”, disse à época o presidente. O mandatário estava certo. Com os pés, Victor defendeu, garantiu a classificação na Libertadores e um verdadeiro êxtase nas arquibancadas.

Fim de jogo, Atlético-MG nas semifinais e, no meio da grande comemoração em campo, Réver ainda encontrou tempo para ser expulso por reclamação. Pouco importava. A festa havia começado.