ICFUT – CAMPEONATO BRASILEIRO 2013 – SÉRIE B

LINK 1 – CAMPEONATO BRASILEIRO 2013 – SÉRIE B – CLIQUE AQUI !

LINK 2 – CAMPEONATO BRASILEIRO 2013 – SÉRIE B – CLIQUE AQUI !

1ª RODADA
24/05 – 19h30 Oeste-SP x Avaí-SC
24/05 – 19h30 São Caetano-SP x Ceará-CE
24/05 – 21h50 Paysandu-PA x ASA-AL
24/05 – 21h50 Boa Esporte-MG x Chapecoense-SC
25/05 – 16h20 Figueirense-SC x América-RN
25/05 – 16h20 Palmeiras-SP x Atlético-GO
25/05 – 16h20 Joinville-SC x Bragantino-SP
25/05 – 16h20 Icasa-CE x Sport-PE
25/05 – 21h00 Guaratinguetá-SP x América-MG
25/05 – 21h00 ABC-RN x Paraná-PR

Por Cleber Aguiar – Pelé comete gafe ao comparar Peixe e Barcelona para convencer Neymar

Fonte: Globo.com

Rei do Futebol lembra que Santos tem dois títulos mundias, mas diz que a
equipe catalã, igualmente bicampeã, não possui os troféus na sua galeria

Por Bruno Gutierrez e Flávio Meireles Santos, SP

 Pelé não esconde: torce pela permanência de Neymar na Vila Belmiro. Durante visita às obras do Museu Pelé, em Santos, nesta quinta-feira, o Rei do Futebol brincou ao dizer que gostaria de bancar a permanência do camisa 11 no clube. “Se pudesse, eu mesmo comprava o passe dele e deixava aí”, disse o ex-joagdor, que cometeu uma gafe na tentativa de convencer o atacante a não ir para a Espanha.

– O Santos tem dois Mundiais. O Barcelona não tem – disse Pelé, esquecendo que o time catalão conquistou o título mundial em 2009 e 2011. Este último, aliás, em cima do próprio Santos.

Pelé TV Tribuna (Foto: Reprodução / TV Tribuna)Pelé está preocupado com a pressão da torcida sobre o camisa 11 do Santos(Foto: Reprodução/TV Tribuna)

Firme, Pelé disse que Neymar não precisa se transferir para o futebol europeu para adquirir experiência. Segundo o rei, o atacante é muito cobrado apenas porque é a única estrela do Santos.

– Jogam muita responsabilidade em cima do Neymar, e sozinho não dá para jogar. Quando o Pelé jogava, ele tinha o Zito, o Pepe, o Pagão, o Coutinho… Tinha um monte de outros jogadores. Era uma equipe. O Corinthians está bem e vai ser campeão porque é um time. O Neymar é o maior jogador do Brasil, mas o Santos não tem o conjunto e o padrão que o Corinthians tem. O que ganha é a equipe, não o jogador – destacou.

Por fim, Pelé revelou a conversa que teve com o camisa 11.

– É muito fácil empresário forçar um pouco para que ele saia. Mas quem é santista quer o jogador aqui. Falei para ele: “Neymar, joguei toda a minha vida no Brasil, não saí do Santos… Você vai sair para quê? Você não precisa sair. Você está tão bem” – ressaltou, sem considerar o período (1975 a 1977) que atuou no Cosmos, clube de Nova York.

Apesar da torcida do Rei, a saída de Neymar parece cada vez mais próxima. Desde a última semana, Barcelona e Real Madrid aumentaram o cerco sobre o camisa 11 do Peixe. Na última quarta-feira, o clube recusou uma proposta do Barça de aproximadamente 20 milhões de euros (R$ 52,5 milhões). Deste montante, o Santos teria direito a 55% (R$ 28,8 milhões) – a DIS tem 40% dos direitos, e a Terceira Estrela Investimentos S/A é dona dos 5% restantes.

Por Cleber Aguiar – Brasileiro começa com supercampeões Luxemburgo e Muricy em má fase

Fonte: Folha Online

Muricy e Luxemburgo somam 8 brasileiros juntos, mas enfrentam dificuldades em 2013

Muricy e Luxemburgo somam 8 brasileiros juntos, mas enfrentam dificuldades em 2013

Largar em um Campeonato Brasileiro tendo Vanderlei Luxemburgo ou Muricy Ramalho no banco de reservas poderia significar alguns anos atrás o rótulo incontestável de favorito ao título. No entanto, os maiores vencedores da Série A começam a edição 2013 com as respectivas carreiras em xeque e com a “grife” de seus nomes desgastada. Tudo isso em cenário construído por fracassos recentes de projetos e por aparentes sinais de desmotivação.  

Luxemburgo é o maior vencedor da história do Brasileiro, com cinco títulos no currículo, conquistados do banco de reservas de Palmeiras (2), Corinthians, Cruzeiro e Santos. Mas o técnico que revolucionou a função no país nos anos 90 atualmente vê resultados em estagnação. Ainda consegue remunerações das mais altas e eventualmente classificar seus times para a Libertadores, mas os feitos importantes já ficaram no passado. Em compensação, mantém o nível de polêmicas, como a da recente suspensão imposta pela Conmebol.

NA TEMPORADA 2013

GRÊMIO DE LUXEMBURGO
50% de aproveitamento no ano em 28 jogos (42 de 84 pontos disputados)
*aproveitamento no patamar do 6º lugar no Brasileiro 2012
Caiu nas oitavas da Libertadores e viu o Inter levar fácil o Gaúchão
SANTOS DE MURICY
63,09% de aproveitamento no ano em 28 jogos (53 de 84 pontos disputados)
*aproveitamento no patamar do 2º lugar no Brasileiro 2012
Avançou à 3ª fase da Copa do Brasil e perdeu a final do Paulista para o Corinthians

Nos primeiros meses do ano, apesar de contar com um dos elencos mais caros do Brasil, o Grêmio de Luxemburgo parou nas oitavas de final da Libertadores e desprezou o Gaúcho, vendo o rival Inter triunfar. Na conta do treinador pesam particularmente as decepções individuais nas contratações de Cris, Vargas e Barcos, por exemplo.

Muricy, por sua vez, tem quatro campeonatos nacionais e supera nomes como Rubens Minelli e Ênio Andrade. O técnico se orgulha da façanha do tricampeonato seguido [proeza que Minelli também conseguiu], entre 2006 e 2008, no comando do São Paulo.

UOL Esporte distribuirá prêmios para os melhores no Bolão do Brasileiro

  • O UOL vai premiar os internautas que acertarem os resultados no Bolão UOL Esporte (http://bolao.esporte.uol.com.br/) das partidas do Campeonato Brasileiro de 2013. O internauta que acumular o maior número de pontos no bolão ao final do Brasileirão irá ganhar uma TV LED 3D de 46 polegadas, um Playstation 3 e um jogo Pro Evolution Soccer 2013. Quem ficar entre o segundo e o quinto lugar também será premiado.

Hoje amarga o que parece o fim de um ciclo do time vencedor do Santos, com elenco frágil, que arranca reações desanimadas do treinador. A ala crítica de seu trabalho argumenta que, mesmo nos bons momentos, Muricy jamais conseguiu oferecer ao time alternativas táticas que escapem do “bola em Neymar” e do “cruzamento na área”.

Além de Luxemburgo e Muricy, a Série A tem outros campeões em ação: Abel Braga, Tite, Paulo Autuori e Oswaldo de Oliveira (todos com um título). 

Abaixo os blogueiros do UOL Esporte analisam a fase atual da dupla mais vencedora do Brasileiro, daqueles ainda em atividade no país. Confira as opiniões: 

BLOGUEIROS DO UOL ANALISAM

  • JUCA KFOURI Muricy parece desanimado, farto mesmo, querendo parar, mas com medo da falta que ele sabe que irá sentir. E o desânimo aumenta ao ver o eventual desmanche do Santos. Luxemburgo já parou faz tempo. Como encontra quem o pague, vai levando e estabelecendo multas milionárias. E deixando terra arrasada onde passa
  • JULIO GOMES Luxemburgo é um técnico que resiste ao tempo. Tem tanta qualidade para ler partidas e mudá-las que ainda segue sendo um dos tops, ainda que não altere tanto os métodos de trabalho. Vejo Muricy em caminho oposto. Parece cada vez mais “sentado” nos resultados do passado. Apresenta pouca coisa nova, não parece estar preocupado com o dinamismo do futebol, com a atualização profissional constante
  • MENON Luxemburgo é o mais brilhante treinador brasileiro dos últimos 25 anos. Muricy é extremamente competente. Luxemburgo vive uma fase ruim e tem se mostrado pouco eficiente para indicar contratações: jogadores caros como Barcos e Vargas e outros em final de carreira, como Cris. Muricy tem tirado leite de pedra do fraco elenco santista e mesmo assim foi vice-campeão paulista. A situação vai piorar ainda com a saída de Neymar
  • NETO Não vejo o Muricy em total má fase. Poxa vida, o cara foi vice-campeão do Paulistão! Já o Luxa sim está abaixo do esperado. Afinal formou um baita de um elenco e deu vexame no Estadual. Pra piorar foi eliminado precocemente da Libertadores. Ainda assim é incontestável a competência de ambos
  • ERICH BETING “Aqui é trabalho” e “Eu sou um manager”. Os dois rótulos que a própria mídia cansou de usar para classificar Muricy e Luxemburgo parecem ser, hoje, os dois grandes fardos da dupla que já foi vanguarda e hoje parece ser mais um peso a se carregar do que a salvação da pátria
  • ROBERTO AVALLONE Vencedores no passado, Luxemburgo e Muricy estão precisando de uma reciclagem. Vejo nos times montados por Luxemburgo, um sistema tático sem consistência, especialmente no setor defensivo. E nas equipes de Muricy, desde o vexame contra o Barcelona (4 a 0), um futebol previsível, burocrático, tanto que o Santos vive na dependência de um único jogador. Que tal uma espiadinha no atual futebol alemão?
  • LEANDRO QUESADA Muricy e Luxemburgo não vivem uma grande fase, é inegável. Assim como os jogadores de ponta, eles oscilam também. Mas são ainda treinadores especiais, vitoriosos e com capacidade para voltar aos bons tempos
  • RICARDO PERRONE Os sucessos de Tite e Cuca escancaram ainda mais a queda de produção de Muricy e Luxemburgo. Dirigentes santistas e gremistas cobram seus treinadores por não darem um padrão de jogo eficiente a seus times, algo feito com competência pelos técnicos de Corinthians e Atlético-MG. De fato, comparados com Tite e Cuca, Muricy e Luxa parecem mais caros ainda do que já são
  • BRUNO VOLOCH Luxemburgo sabe armar um time, não pode ter o passado ignorado. Ainda tem incrível capacidade de montar ótimos elencos. Mas parece ter prazo de validade. Não acho que esteja desatualizado, mas deveria ser menos centralizador. Muricy dá a nítida sensação de estar acomodado no Santos. Anda desmotivado, poucas palavras e sem objetivo, foco. Fazer o Santos ‘acontecer’ sem Neymar é o grande desafio.

     

Por Cleber Aguiar – COPA DO BRASIL: Fortaleza e Nacional-AM avançam à 3.ª fase

Fonte: Futebolinterior.com.br

São 20 times e 10 confrontos definidos na próxima fase

 Fortaleza e Nacional-AM ficaram com as duas últimas vagas para a terceira fase da Copa do Brasil. Eles confirmaram a classificação, nesta quinta-feira à noite, ao eliminarem, respectivamente, Confiança-SE e Coritiba. Os dez confrontos da nova fase estão definidos, mas serão disputados somente em julho depois do término da Copa das Confederações.

Campeão paranaense, o Coritiba decepcionou porque não mostrou força para reverter a derrota em Manaus, por 4 a 1. Mesmo atuando no estádio Couto Pereira, o Coxa só venceu por 1 a 0, com gol de Geraldo, de cabeça, aos 29 minutos. Mas o time paranaense não jogou bem e até o meia Alex perdeu um pênalti.

No final, cada time ficou com três pontos, mas o time manauara ficou com melhor saldo de gols: 4 a 2. E agora o Nacional vai enfrentar a Ponte Preta, único time que eliminou seus adversários nos jogos de ida: Itabaiana-SE e Bragantino.

No Ceará, o Fortaleza passou fácil pelo Confiança, por 4 a 0, chegando aos quatro pontos porque na ida houve empate por 1 a 1. Na terceira fase, o time cearense vai enfrentar o Luverdense, que na segunda fase eliminou o Bahia. Os gols foram marcados por Assisinho (2), Marinho Donizete e Fabrício.

Confira os confrontos da 3.ª fase:

Flamengo x ASA-AL
Internacional x América-MG
Goiás x ABC-RN
Salgueiro-PE x Criciúma
Botafogo x Figueirense
Cruzeiro x Atlético-GO
Atlético-PR x Naviraiense-MS
Santos x Crac-GO
Luverdense x Fortaleza
Ponte Preta x Nacional-AM
Élcio Paiola

Por Cleber Aguiar – Luan muda partida contra o Tijuana, chora e relembra início de ano difícil

Fonte: Globo.com

Chamado de talismã do Galo pelo técnico Cuca, ‘atacante doidinho’ se emociona ao comentar chegada ao clube com um problema no púbis

Por Léo SimoniniTijuana, México

 Ele já está sendo chamado pelo técnico Cuca de talismã. E Luan tem feito jus ao apelido, já que nas duas últimas partidas do Atlético-MG acabou sendo protagonista. Contra o Cruzeiro, no último domingo, sofreu o pênalti que originou o gol de Ronaldinho, tento que garantiu ao Galo o título mineiro. Na quinta-feira, em Tijuana, entrou no intervalo, buscou jogo e, já nos acréscimos, foi presenteado com um gol de empate, que deixa o Alvinegro com boas chances de avançar às semifinais da Libertadores – um empate por até 1 a 1 deixa o Galo entre os quatro melhores da América. (Assista aos gols no vídeo acima).

Após a partida, ainda no gramado, o agitado e animado jogador não conteve as lágrimas e revelou um desconhecido lado emotivo, relembrando a chegada ao clube quando tinha um problema no púbis.

– Estou muito emocionado, venho trabalhando bastante, só minha esposa sabe o tanto que sofri no começo do ano. E chegar neste momento, o Cuca apostar e dar força. Prometi que ia entrar e fazer o gol decisivo para nossa equipe. Graças a Deus pude fazer a torcida feliz porque não tem nada melhor do que fazer um gol tão importante na Libertadores.

LUan atlético-mg tijuana libertadores (Foto: Agência AP)Luan toca por baixo das pernas do goleiro do Tijuana para empatar o jogo (Foto: Agência AP)

Sobre as lágrimas, Luan explicou e agradeceu a Deus e os familiares.

– É um choro de felicidade, Deus sabe como sofri e tenho que agradecer. Depois à minha família e minha esposa que está em BH. Ela torce muito por mim e estou feliz. Este gol é para vocês. Valeu, Galo!

No fim, Luan voltou a mostrar o lado doidinho que conquistou o torcedor atleticano e explicou como incendiou a partida.

– Este é o estilo da Libertadores: você tem que entrar ligado do começo ao fim. O Cuca já havia me alertado para ficar aquecendo e eu prometi que se entrasse faria um gol. Jogar num gramado desses é difícil, o quique da bola, o jeito de dominar, eles já sabem tudo. Mas nossa equipe no primeiro tempo ficou meio apagada por não conhecer o gramado e no segundo jogamos como tinha que ser, ofensivos. Tardelli fez um gol e quando a bola sobrou para mim tive a felicidade de fazer o gol – lembrou.