Por Cezar Alvarenga – FIFA antecipa o controle do estádio do Arruda em Recife.

Fonte: Yahoo! Esportes

Fifa se antecipa e assume o controle da administração do Arruda

Previsto inicialmente para sexta-feira, a Fifa resolveu antecipar o controle do estádio do Arruda, em Recife, e desde terça-feira o Santa Cruz, dono do estádio, não pode mais realizar atividades no gramado do local. O Arruda servirá como base de treinamento para as seleções de Uruguai e Japão na Copa das Confederações.

Com a proibição, o Santa Cruz, que se prepara para enfrentar o Luverdense dia 1º de junho, na estreia da Série C do Campeonato Brasileiro, terá que procurar outro local para treinar.

Em Recife, os jogos da Copa das Confederações acontecerão na Arena Pernambuco, que terá seu primeiro grande teste na noite desta quarta-feira, no amistoso entre Náutico e Sporting, de Portugal. Cinco seleções passarão pela cidade durante a competição. Enquanto Uruguai e Japão usarão o Arruda para treinamentos, as equipes de Espanha, Itália e Taiti treinarão no CT do Náutico.

Por Cezar Alvarenga – Manchester United perto de contratar Thiago Alcântara do Barcelona.

Fonte: Yahoo! Esportes

O Manchester United já sabe quanto terá que desembolsar para tirar Thiago Alcântara do Barcelona. E, segundo o jornal ‘Marca’, os ingleses sequer terão que negociar. Basta que a oferta chegue a 18 milhões de euros (R$ 47 mi), valor da multa do brasileiro naturalizado espanhol.

Segundo a matéria do jornal espanhol, a multa baixou de 90 milhões de euros (mais de R$ 230 mi) para 18 mi quando Thiago renovou seu contrato há dois anos, com uma cláusula que previa um valor mais baixo caso o jogador não atuasse com tanta frequência na temporada.

O salário de Thiago também não deve assustar o United. Ainda segundo o Marca, o jogador recebe 1,8 milhões (pouco menos que R$ 5 mi) por temporada na Espanha, um valor que pode ser superado por vários clubes na Europa.

Ao mesmo tempo, porém, que poderia ajudar o United a contratar o jogador, o baixo salário também pode atrair outros interessados e aumentar a concorrência. O Bayern de Munique, de Pep Guardiola, pode ser outro clube a tentar investir na contratação de Thiago.

Na atual temporada, Thiago foi pouco utilizado por Tito Vilanova. Em minutos jogados, foi apenas o 16º jogador que mais entrou em campo; e, considerando as partidas mais importantes do Barça (clássicos e eliminatórias da Champions), foram apenas 126 minutos em campo.

Por Cezar Alvarenga – Luis Fabiano irritado quer sair do São Paulo.

Fonte: Yahoo! Esportes

A entrevista pós-eliminação na Libertadores da América na qual Juvenal Juvêncio afirmou que pode negociar Luis Fabiano irritou demais o atacante, a ponto de ele já querer sair do São Paulo. É o que informam dois jornais paulistas em suas edições desta quarta-feira.

O “Estado de S. Paulo” diz que o jogador avalia ter sido usado como bode expiatório pelo dirigente. por conta da queda na disputa continental, e que já até recebeu propostas de clubes nacionais e internacionais.

Um do interessados, diz o periódico, é o Internacional. O clube gaúcho está atrás de um atacante e chegou a sondar Robinho, do Milan, mas seus dirigentes já falam que o destino do será o Santos.

“Vamos ver agora se o São Paulo vai vender ou se volta atrás, porque existem propostas oficiais”, afirmou ao jornal uma pessoa próxima a Luis Fabiano, que, diferentemente de outros tempos, agora admite sair antes do fim de seu contrato, em março de 2015.

O São Paulo entende de outra forma. “O presidente foi pragmático; em momento algum disse que quer se desfazer do Luis, falou apenas que vai ouvir as propostas e pode considerá-las se for algo bom para o clube e para o atleta”, disse o vice-presidente de futebol, João Paulo de Jesus Lopes.

A coluna Painel FC da “Folha de S. Paulo” diz que o estafe de Luis Fabiano entende que não há mais clima para que ele siga no clube, que ainda não houve proposta formal e que já acionaram intermediários para acharem clubes interessados pelo camisa 9, de preferência no Brasil.

Segundo o jornal, o grupo que cuida da carreira do jogador já informou ao São Paulo que é praticamente impossível que alguma agremiação faça alguma oferta alta por ele, que já tem 32 anos. Em 2012, o clube paulista recusou uma proposta de 5,5 milhões de euros do Al-Rayann, do Catar.

Por Cezar Alvarenga – Corinthians e São Paulo estão interessados no volante argentino Gago.

Fonte: Yahoo! Esportes

O volante Fernando Gago, emprestado ao Vélez Sarsfield pelo Valencia, despertou o interesse de Corinthians e São Paulo, revela o site do jornal argentino ‘Olé’ nesta terça-feira.

De acordo com a reportagem, o atleta de 27 anos é visto no Parque São Jorge como possível substituto de Paulinho, que possui ofertas da Europa. Por outro lado, no Morumbi, ele pode ser a solução para a saída de Denilson, que dificilmente terá seu empréstimo renovado pelo Arsenal.

Gago está no Vélez desde o começo deste ano, mas não teve muitas oportunidades. Além disso, a equipe não foi na Libertadores e também não luta pelo título argentino neste semestre. Assim, ele ficou distante do tão sonhado retorno à seleção argentina, líder das eliminatórias à Copa de 2014.

Revelado pelo Boca Juniors, o volante foi contratado pelo Real Madrid em 2007, foi emprestado à Roma na temporada 2011/2012 e acabou negociado com o Valencia no ano passado.

Por Cleber Aguiar – Joinville tenta estragar possível despedida de Neymar na Vila

Fonte: Globo.com

Cotado para sair após a Copa das Confederações, atacante faz último jogo em casa antes de se juntar à Seleção. Partida é válida pela Copa do Brasil

Neymar (Foto: Ricardo Saibun/Divulgação Santos FC)Neymar, em treino no CT Rei Pelé
(Foto: Ricardo Saibun/Divulgação Santos FC)

O torcedor que ainda não viu Neymar na Vila Belmiro pode ter a última chance nesta quarta-feira, às 22h (de Brasília). Pela segunda fase da Copa do Brasil, o Santos recebe o Joinville no jogo que pode marcar a despedida do craque do estádio onde brilha desde 2009, quando estreou no Peixe. Na Vila, ele soma 62 gols.

Trata-se da última partida de Neymar em casa antes da Copa das Confederações – ele ainda defende o Santos contra o Flamengo, no domingo, em Brasília, antes de integrar a delegação brasileira, na próxima terça-feira. O atacante garante que não deixa o Peixe antes do fim de seu contrato (junho de 2014), mas a imprensa espanhola indica que o astro será negociado nos próximos dias – o próprio Alvinegro, aliás, está disposto a isso. Nesta quarta ocorre uma reunião que pode definir o destino do jogador.

Em meio às especulações e à ressaca do título estadual perdido para o Corinthians, o Santos entra com vantagem diante de um Jonville que busca aprontar nos contra-ataques. Na ida, na Arena Joinville, vitória suada do Peixe por 1 a 0. Para o Alvinegro, basta o empate. O JEC tem de vencer ao menos por dois gols de diferença. Outra combinação favorável ao time catarinense é a vitória por um gol – desde que marcando pelo menos duas vezes. Se baterem o time praiano por 1 a 0, os catarinenses levam a decisão para os pênaltis.

Se no Santos o centro das atenções é Neymar, no JEC a expectativa está nos gols de Lima, próximo de se tornar o maior goleador da história do Joinville (ele tem 126 gols, contra 130 de Nardela) e no uruguaio Martín Ligüera, que estreou pelo time catarinense justamente na derrota para o Peixe e ficou marcado pelo gol incrível desperdiçado no segundo tempo, quando o placar ainda estava zerado.

O vencedor do confronto enfrenta na próxima fase o CRAC, de Goiás. A equipe de Catalão se classificou ao derrotar duas vezes o Betim (MG): 3 a 2 em casa, e 1 a 0, fora.

O árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva (PA) apita o jogo, tendo Dilbert Pedrosa Moises (RJ) e Jackson Massarra dos Santos (RJ) como auxiliares. A partida será transmitida ao vivo pela TV Globo para Santos, Joinville, Goiás e Tocantins, e pelo SporTV 2. O GLOBOESPORTE.COM acompanha os lances em Tempo Real, com vídeos.
header as escalações 2

Santos: em relação ao time que empatou em 1 a 1 com o Corinthians, duas possíveis novidades. No meio, Montillo já está recuperado de uma lesão na coxa esquerda e deve reassumir a camisa 10, no lugar de Felipe Anderson. À frente, André – que está de saída para o Vasco – sequer foi relacionado para encarar o JEC. Apresentado na terça-feira, Henrique é o favorito para vestir a 9. Muricy Ramalho deve escalar o Peixe com: Rafael Cabral; Bruno Peres, Edu Dracena, Durval e Léo; Renê Júnior, Arouca, Cícero e Montillo; Neymar e Henrique.

Joinville: apesar de precisar de um resultado positivo para avançar, o técnico Arturzinho preferiu montar a equipe com apenas um atacante de origem (Lima). Mas o time está longe de ser defensivo, com os avanços de Rafinha pela lateral esquerda e a presença de três meias de ligação – Marcelo Costa, Ligüera (que terá mais liberdade) e Arthur Maia (no lugar de Ricardinho, contundido). O JEC vai a campo com: Ivan; Carlos Alberto, Rafael, Sandro e Rafinha; Marcus Vinícius e Augusto Recife; Artur Maia, Marcelo Costa e Martín Liguëra; Lima

quem esta fora (Foto: arte esporte)

Santos: Giva (pubalgia).

Joinville: Boiadeiro, Somália e Ricardinho foram vetados nos últimos dias e não têm condições de jogo. O lateral Eduardo ainda se recupera de uma operação no ombro e deve voltar aos campos apenas em julho. Kim é outro que está afastado dos gramados e só retorna no final de junho.

header fique de olho 2

Santos: Neymar. Outra vez na mira de Barcelona e Real Madrid e com o Peixe disposto a negociá-lo, o astro pode se despedir da Vila Belmiro contra o Joinville – embora o próprio atacante afirme que pretende cumprir o vínculo com o clube. Há seis jogos sem marcar, o camisa 11 ainda é o goleador santista na temporada: são 13 gols em 21 partidas oficiais.

Jonville: Ligüera. Estreante na última partida entre as duas agremiações, na Arena Joinville, o meia uruguaio perdeu um gol incrível quando o placar ainda não havia sido alterado. Agora, como mais liberdade para atacar, é uma aposta de Arturzinho para reverter a situação desfavorável do time catarinense.

header o que eles disseram

Léo, lateral-esquerdo do Santos: O resultado na partida de ida deu uma vantagem bem razoável, mas que pode ser desfeita se o Joinville marcar um gol no começo do jogo. Temos que entrar em campo concentrados e jogar com atenção durante os 90 minutos.

Arturzinho, técnico do Joinvile: Precisamos ter inteligência, atuar da forma que atuamos na Arena, com personalidade, jogando pra frente e sem deixar a parte defensiva desguarnecida“.

header números e curiosidades
* Quem tem vantagem? Confira o histórico do confronto na Futpédia.

* Santos e Joinville se enfrentaram apenas três vezes na Vila Belmiro, com duas vitórias santistas e um empate. Nesses confrontos, todos válidos pelo Campeonato Brasileiro, o Peixe marcou cinco gols e não sofreu nenhum: Santos 3 a 0 (1978); Santos 2 a 0 Brasileiro (1980) e 0 a 0 (1986).

* Antes do Santos, o Joinville cruzou apenas outra equipe paulista na Copa do Brasil: o Corinthians, em 2001. Na oportunidade, a equipe catarinense foi eliminada na primeira partida (3 a 1), em casa. André Luiz, Luizão e Marcelinho Carioca marcaram para o Timão, e Marlon descontou para o JEC.

* Também é a segunda vez que o Santos enfrenta um time catarinense na história da Copa do Brasil. Em 1997, o Peixe eliminou o Figueirense em dois jogos, na primeira fase da competição. Foram duas vitórias: 1 a 0 em Florianópolis, 3 a 2 no Palestra Itália.

header último confronto v2

Há duas semanas, Durval garantiu a vitória do Santos sobre o Joinville, em Santa Catarina, no jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil. O time da casa jogou melhor, criou as melhores oportunidades, mas o zagueiro definiu para o Peixe com um gol de cabeça, já no fim do segundo tempo.

Por Cleber Aguiar – Com mentalidade campeã, Botafogo encara o CRB e precisa vencer para avançar

Fonte: O Dia Online

Fogão está de olho em atalho, via Copa do Brasil, rumo à Libertadores na próxima temporada

FABIO FALCÃO CAZES

Rio – O Botafogo está pensando grande. Depois da indiscutível conquista do Carioca, o Alvinegro encara o CRB nesta quarta-feira, às 22h, em Volta Redonda, buscando avançar na Copa do Brasil, que garante ao campeão a vaga na Libertadores da América, principal objetivo do clube na temporada. Como empatou em 0 a 0 em Maceió, o Glorioso precisa de uma vitória para passar à terceira fase.

Oswaldo ressalta pensamento de campeão do time

Em General Severiano desde o início do ano passado, o técnico Oswaldo de Oliveira percebeu uma mudança de mentalidade no clube. Hoje em dia, todos acreditam que o elenco seja competitivo o suficiente para duelar com qualquer outro do País.

“Esse trabalho do Botafogo já vem evoluindo há algum tempo. O clube procurou se alinhar, fez experiências, procurou melhorar o elenco. Acho que a tendência, com a continuidade do trabalho, é que a equipe se aproxime cada vez mais dos títulos mais cobiçados”, destacou o treinador.

Em relação ao time que entrou em campo pela última vez na vitória sobre o Fluminense na decisão da Taça Rio, dia 5, o comandante precisou fazer duas alterações. Dória, com a Seleção sub-20, dá lugar a Antônio Carlos. Julio Cesar, que se recupera de lesão, será substituído por Lima.

O fato de as mudanças ocorrerem no setor defensivo não preocupam Oswaldo. O treinador acredita que os dois que manterão o nível, assim como conseguiram fazer em outras oportunidades que receberam.

“Esses dois jogadores já estão habituados a participar. O Antônio Carlos nem preciso falar nada. E o Lima vem jogando com uma frequência razoável. Estamos totalmente tranquilos que eles darão conta do recado”, afirmou.

A defesa alvinegra não pode dar bobeira. Um gol do CRB complica a situação, tendo em vista que qualquer empate com bola na rede dá ao campeão alagoano a vaga.

Um novo 0 a 0 leva a decisão para os pênaltis. Pensando nisso, Oswaldo comandou treinos de cobranças de penalidades ao fim dos últimos dois dias de atividades. A torcida alvinegra não quer saber de fortes emoções. Espera que o time imponha seu ritmo e siga na briga pelo inédito título da Copa do Brasil.

Por Cleber Aguiar – Pão de Açúcar quer vender clube que revelou Paulinho

Fonte: Folha Online

LEANDRO COLON
DE SÃO PAULO

O Grupo Pão de Açúcar quer se desfazer do clube de futebol Audax, que acaba de subir pela primeira vez para a Série A1 do Paulista e está na elite do Estadual do Rio desde a atual temporada.

O plano é vendê-lo nos próximos meses. O Audax é dono de 50% do passe do volante Paulinho (Corinthians), revelado pelo clube e que pode ser negociado para a Europa nas próximas semanas. No Estadual do Rio deste ano, ficou na sétima colocação.

  Divulgação/audaxsp.com.br  
Paulinho na época em que defendia o Audax-SP; atleta participou da equipe que garantiu o acesso para a Série A2, em 2009
Paulinho (à dir.) na época em que defendia o Audax-SP; atleta participou do time que garantiu o acesso para a Série A2, em 2009

Procurada pela Folha, a assessoria do Grupo Pão de Açúcar confirmou a intenção de vender o time. Argumentou que o Audax atingiu sua meta de chegar à elite de São Paulo e do Rio de Janeiro.

“O ciclo de evolução do projeto está concluído”, informou, em nota oficial.

“A partir de agora, a atividade profissional dos times exige muito mais foco, recursos e especialização”, informou. Segundo a nota, o grupo é especializado em varejo e distribuição e precisa buscar uma “solução” que dê “continuidade” ao Audax.

Dentro do clube, a preocupação é que o Audax, apontado como bem-sucedido até agora apesar de não ter praticamente torcida, deixe de existir se não aparecer nenhum comprador, hipótese que poderá criar um impasse inusitado para as federações de São Paulo e do Rio.

Em São Paulo, a direção do Audax acaba de renovar o contrato com o treinador Fernando Diniz, ex-atacante de clubes como Corinthians e Palmeiras.

A decisão do Pão de Açúcar de deixar o futebol é mais um capítulo da disputa interna do grupo francês Casino, que controla a rede de supermercados, com o brasileiro Abilio Diniz, ex-controlador.

Diniz foi quem idealizou a criação da equipe de futebol, que já se chamou Pão de Açúcar Esporte Clube, há cerca de dez anos.

Em 2012, porém, ele perdeu o controle do grupo. Desafetos do empresário brasileiro, os franceses não querem mais investir num time ligado à imagem de Diniz.

Em abril, Diniz celebrou em seu blog o acesso à primeira divisão em São Paulo, ao lado de Portuguesa, Rio Claro e Comercial: “Estamos no Paulistão 2014”.

O investimento atual seria, ao todo, de R$ 22 milhões por ano em São Paulo e no Rio.

A aposta na categoria de base é a principal bandeira dos defensores do clube, que tem um centro de treinamento nas proximidades da marginal Pinheiros.

A decisão dos controladores do Pão de Açúcar de desistir do Audax não foi bem digerida por Diniz, segundo apurou a Folha. Procurado ontem, ele preferiu não se manifestar sobre o assunto.

A negociação, se concretizada, representaria uma derrota interna para o brasileiro dentro do grupo.

Ainda acionista, Diniz preside o Conselho de Administração do Pão de Açúcar, composto em sua maioria por aliados do Casino.

Na semana passada, o conselho recebeu carta do presidente do Audax, Fernando Solleiro, lamentando a possibilidade de o clube ser negociado ou até desaparecer.

Por Cleber Aguiar – Fluminense conta com a força no caldeirão para bater o Olimpia

Fonte: O Dia Online

Tricolor está invicto em São Januário

HUGO PERRUSO

Rio – Sem Maracanã e Engenhão, o Fluminense fez de São Januário a sua casa na Libertadores. Apesar das cores alvinegras e da Cruz de Malta reforçarem que o dono é o Vasco, os tricolores se sentem à vontade no estádio – onde têm 100% de aproveitamento em 2013 – e esperam transformá-lo em um caldeirão nas cores verde, branco e grená no primeiro jogo das quartas de final, contra o Olimpia, nesta quarta-feira, às 22h.

Fred é esperança de gols para o Tricolor

Mesmo com capacidade menor – pouco mais de 18 mil torcedores estarão em São Januário -, a proximidade da arquibancada com o campo é um trunfo que o Fluminense terá à disposição e que nunca pôde usar no Engenhão. O “caldeirão tricolor”, aliás, promete ferver. Com os setores de arquibancada e Premium esgotados, restam menos de 950 ingressos à venda, que devem acabar nesta quarta.

“Prefiro São Januário. Um caldeirão ajuda no fator casa em mata-mata desse tipo. No Engenhão, o torcedor fica muito longe e o adversário não sente pressão. São Januário é mais ou menos como o Defensores del Chaco (estádio do Olimpia), tem certa influência tanto para quem manda quanto para quem é visitante”, disse Abel Braga.

Além do apoio da torcida, o Fluminense costuma ir bem no estádio. Este ano, foram cinco jogos e cinco vitórias (duas pela Libertadores, contra Caracas e Emelec), com apenas um gol sofrido (do Macaé). Desempenho animador para quem considera essencial não sofrer gol em casa no primeiro jogo do mata-mata da competição.

“Não é um dilema, mas um ponto a ser focado. O que faz não sofrer gol é a organização e a concentração. Você sabe que tem de vencer sem sofrer gol. Só depois do jogo vamos saber se jogar a primeira em casa foi bom ou não”, afirmou Abelão, que desde a semana passada tem se preocupado com o assunto.

Com o pensamento de não levar gol e de conseguir boa vantagem, Abel vê o Fluminense pronto para superar 2012, quando caiu nas quartas de final para o Boca Juniors.

“Somos uma equipe preparada para vencer. Crescemos na dificuldade, ninguém se entrega e o time procura impor seu jogo”, avisa.

Por Cleber Aguiar – Escudero, do Coritiba, pega 360 dias por incitar ódio na internet

Fonte: Futebolinterior.com.br

Jogador xingou a torcida rival do Atlético nas redes sociais

 Nesta terça-feira, 21, o Coritiba foi a julgamento no Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná. O clube havia sido denunciado por descumprimento de regulamento ao atrasar sua entrada em campo no início e reinício do primeiro jogo da final do Campeonato Paranaense, quando enfrentou o Atlético Paranaense. Por maioria de votos, o Coritiba foi multado em R$1.000 reais.

Além do Alviverde, também foi julgado o zagueiro Escudero. O jogador foi denunciado duas vezes no artigo 254-A, referente a agressão física. Destas duas denúncias, o zagueiro acabou absolvido.

Porém, uma terceira denúncia, no artigo 243-D, parágrafo único, suspendeu o jogador por 360 dias. O zagueiro foi denunciado neste artigo em virtude de frases colocadas nas redes sociais e a

Procuradoria entendeu que houve incitação pública ao ódio e a violência.

“Faltou isonomia nos casos do Marcio Lara (dirigente do Atlético Paranaense) e Escudero. O dirigente do Atlético pagou R$ 2.500,00 para caridade e não cumpriu um dia de suspensão. Não é justo o atleta ser punido de modo tão severo em caso análogo”, desabafou o advogado Itamar Côrtes, da Scopo Sports, responsável pelas defesas alviverdes.

Por Cleber Aguiar – Ansioso por jogar ao lado de Neymar, Henrique lembra pai e se emociona

Fonte : Globo.com

Apresentado nesta terça-feira, novo atacante do Santos quase foi às lágrimas ao falar sobre a paixão pelo Peixe que herdou do pai

Por Flávio Meireles e Lincoln Chaves

Apresentado nesta terça-feira pelo Santos, o atacante Henrique, ex-Mogi Mirim, se mostrou muito empolgado com a possibilidade de dividir o ataque santista com Neymar e quase foi às lágrimas ao lembrar do pai, que o ensinou a torcer pelo Peixe. Ele assinou contrato por empréstimo até o fim do ano.

Henrique santos apresentação (Foto: Lincoln Chaves)Henrique é apresentado no CT Rei Pelé e já pode jogar na quarta (Foto: Lincoln Chaves)

– É uma alegria imensa. Vinha trabalhando há muito tempo por essa oportunidade. Tenho certeza que meu pai nesse momento… Só Deus sabe o tanto que eu lutei pra estar aqui. Tenho certeza de que vou corresponder às expectativas de todos – disse o atacante, de 23 anos, visivelmente emocionado, se segurando para não chorar.

Autor de oito gols no Campeonato Paulista com a camisa do Sapão, Henrique afirmou que torce para o Santos desde a infância, paixão que herdou do pai

– Eu era torcedor de arquibancada desde criança. Minha familia toda é santista. É um orgulho vestir essa camisa. Estou muito contente – destacou.

Sobre a possibilidade de atuar junto com Neymar, mesmo que por pouco tempo, já que o astro alvinegro deverá se transferir para a Europa na próxima janeja, Henrique se mostrou ansioso.

– Para mim, é uma grande oportunidade atuar ao lado dele. Agora é fazer meu trabalho bem feito. Assim como já deixei marcas nas equipes anteriores, espero que no Santos possa desempenhar bom papel.

Regularizado na CBF, Henrique deve fazer a sua estreia pelo Peixe nesta quarta-feira, no segundo e decisivo jogo do Santos contra o Joinville, válido pela segunda fase da Copa do Brasil. O jogador, no entanto, não confirmou a sua presença entre os titulares na partida.

– Quem escolhe é Muricy. Se professor optar por me colocar para jogar, estarei à disposição – garantiu o atacante, que, apesar da pouca idade, já tem passagens por Flamengo-SP, União São João, Santo André, Cianorte, Chapecoense e Mogi Mirim.

Insistência

Um dos principais destaques do Mogi Mirim no Campeonato Paulista, Henrique realizou o sonho de chegar a um grande clube do futebol brasileiro. Mas o caminho até chegar ao Santos foi duro. O jogador admite que chegou a pensar em desistir.

– Eu passei por momentos dificuldade. Cheguei a pensar em parar de jogar bola. Mas quem trabalha, Deus ajuda. Espero corresponder à expectativa da diretoria e da comissão. Vou procurar entrosamento o mais rápido possível e ser muito feliz na equipe.

Confiante, Henrique sonha agora deixar a sua marca de goleador.

– Se você ajudar seus companheiros, o gol sai naturalmente, sempre no nomento certo – finalizou.