Por Cleber Aguiar – Corinthians afasta Jorge Henrique por ato de indisciplina

Fonte: Globo.com

Atacante ficará treinando separado do restante do elenco alvinegro

Por Rodrigo FaberSão Paulo

Às vésperas do primeiro jogo da final do Campeonato Paulista, contra o Santos, no próximo domingo, às 16h (horário de Brasília), no estádio do Pacaembu, a diretoria do Corinthians anunciou o afastamento do atacante Jorge Henrique do restante do elenco. Por um ato de indisciplina, a cúpula alvinegra optou pela retirada do jogador do grupo poucos dias antes de iniciar uma série de partidas decisivas pelo estadual e pela Taça Libertadores da América.

O diretor adjunto do clube, Duílio Monteiro Alves, preferiu não dar maiores detalhes sobre o caso. A decisão foi unânime, e acatada, inclusive, pelo técnico Tite. De acordo com o dirigente, ainda não há definição sobre a sequência do caso. O clube aguardará os dois jogos contra o Santos e o confronto com o Boca Juniors (dia 15, também no Pacaembu) para decidir qual será a resolução para o problema de Jorge Henrique.

– Achamos melhor afastá-lo. Depois dos jogos decisivos, vamos voltar a ver isso e tomar as decisões. A prioridade aqui é o grupo, o elenco. Temos de seguir. Trata-se de um ato que vamos tratar internamente, mas não foi legal. Consideramos grave, e nunca pensamos que precisaríamos chegar a esse ponto – afirmou Duílio.

Jorge Henrique Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)Jorge Henrique: afastado por indisciplina no Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

O ato de indisciplina citado pela diretoria do Corinthians ocorreu na terça-feira. Jorge Henrique já não havia sido relacionado para o clássico contra o São Paulo, no último domingo, pela semifinal do Paulistão. Ele alegou problemas familiares – fato que já havia ocorrido anteriormente – e foi liberado pela comissão técnica.

Foi a primeira vez que a atual administração do Corinthians, presidida por Mário Gobbi desde o início do ano passado, precisou tomar tal atitude. No início deste ano, Emerson Sheik se atrasou a dois treinos consecutivos, e foi punido com uma multa – de valor não divulgado – além de ter ficado fora do time por alguns jogos. Logo na sequência, porém, ele recuperou seu espaço e hoje é titular da equipe.

Jorge Henrique treinará separadamente por período indeterminado. Assim, ele está fora das duas partidas contra o Santos e também diante do Boca Juniors. Ainda não se sabe se ele será multado. Jorge Henrique não vinha tendo chances na equipe: titular na final do Mundial de Clubes, no fim do ano passado, ele perdeu espaço em 2013, especialmente para Renato Augusto, Romarinho e Alexandre Pato.

Com contrato até o fim de 2014, Jorge Henrique chegou ao Corinthians em 2009. Com 216 jogos acumulados e 30 gols marcados, o atacante foi campeão paulista, brasileiro, da Copa do Brasil, da Taça Libertadores da América e do Mundial de Clubes.

Por Cezar Alvarenga – Circula na internet um possível novo símbolo do Manchester United.

Fonte: Yahoo! Esportes

Rumores sobre detalhes de um novo uniforme do Manchester United começam a circular na internet.

O site Now Football publicou imagem com possíveis mudanças no escudo dos Diabos Vermelhos.

Além do formato arredondado, ele traria as cores vermelho, preto e branco, sem nenhuma parte em amarelo.

Sobre o escudo, três estrelas simbolizando as conquistas europeias dos Diabos Vermelhos.

Veja o símbolo atual abaixo:

 

Por Cleber Aguiar – Flamengo contrata atacante Marcelo Moreno

Fonte: Flamengo.com.br

Clube oficializa acordo por empréstimo até o fim de 2013. Jogador se apresenta em Pinheiral na tarde desta quinta

Atacante chega por empréstimoAtacante chega por empréstimo
Em mais um esforço da diretoria nos sentido de reforçar a equipe para o Campeonato Brasileiro, o Flamengo contratou o atacante Marcelo Moreno, que disputou a última temporada pelo Grêmio. O jogador chega ao Rio nesta quinta, por empréstimo até o fim de 2013, e já segue direto para Pinheiral, onde o elenco está concentrado para a partida de volta da Copa do Brasil, contra o Campinense. 
Marcelo Moreno tem 25 anos e é jogador da Seleção da Bolívia. Por também ter nacionalidade brasileira, o atacante chegou a jogar pelos times Sub-20 e Sub-17 da Seleção Brasileira.
Em 2008, Moreno foi um dos artilheiros da Copa Libertadores ao fazer oito gols com a camisa do Cruzeiro. Ano passado, ele foi o principal goleador do Grêmio, com 22 gols feitos.
 
Ficha Técnica
Nome completo: Marcelo Martins Moreno
Data de nascimento: 18.06.1987
Posição: Atacante (centroavante)
Altura: 1.87 m
Peso: 82 kg
Carreira: Vitória, Cruzeiro, Shakhtar Donetsk (Ucrânia), Werder Bremen (Alemanha), Wigan (Inglaterra) e Grêmio

 

Por Cleber Aguiar – Após vandalismo e bombas, Gaviões é proibida de entrar nos estádios de novo

Fonte: Folha de São Paulo

LUCAS REIS
DE SÃO PAULO

273995-970x600-1

Por quebrar cadeiras, arremessar bombas caseiras e provocar os são-paulinos, a Gaviões da Fiel, principal torcida organizada do Corinthians, está novamente proibida de entrar nos estádios paulistas, segundo resolução publicada nesta quarta-feira pela Federação Paulista de Futebol.

O veto foi motivado após o clássico de domingo, no Morumbi, quando o Corinthians derrotou o São Paulo nos pênaltis e avançou à final do Campeonato Paulista.

“[…] o Segundo Batalhão de Polícia de Choque relata envolvimento de membros da torcida uniformizada ‘Grêmio Gaviões da Fiel’, em ocorrência a arremesso de bombas caseiras e baquete de instrumento musical, de dano ao patrimônio privado (assentos danificados) e de distribuição de folhetos com letras de cânticos provocativos e ofensivos à torcida adversária”, descreve resolução da federação paulista.

“Resolve proibir a entrada, nos estádios de futebol, de qualquer indumentária e objetos (faixas, bandeiras, etc.), que identifiquem os associados da torcida uniformizada ‘Grêmio Gaviões da Fiel’, até a devida apuração de responsabilidade dos fatos em análise, por esta entidade [federação paulista]”.

Em março do ano passado, Mancha Alviverde, do Palmeiras, e a Gaviões foram banidas após o confronto que culminou com a morte de dois palmeirenses antes de clássico válido pelo Estadual. Cinco meses depois, a federação liberou a entrada das torcidas após “bom comportamento”.

Por Cleber Aguiar – Com ajuda de Neymar e aval de Muricy, Peixe sonda astro do Mogi

Fonte:Globo.com

Craque conversa com Roni após semifinal do Paulistão, e comandante aprova contratação do meia-atacante. Dirigentes confirmam conversa inicial

Por Marcelo HazanJoinville, SC

Roni jogo Mogi Mirim x Santos (Foto: Rafael Bertanha / E aí? Produções)Roni, em ação pelo Mogi Mirim contra o Santos
(Foto: Rafael Bertanha / E aí? Produções)

O meia-atacante Roni, do Mogi Mirim, está na mira do Santos. O nome do jogador tem a aprovação do técnico Muricy Ramalho, e a diretoria já sondou a situação do atleta, que tem contrato até 2015 com o Sapão, mas tem seus direitos econômicos ligados à Energy Sports. A empresa gerencia o time do interior, mas está rompendo a parceria, após divergências no planejamento com o clube. O Peixe conta com a “ajuda” de Neymar, já que o craque conversou informalmente com Roni após a dramática classificação alvinegra nos pênaltis, com vitória por 5 a 4, na semifinal do Paulistão.

Apesar de o astro santista e o próprio Muricy gostarem do nome de Roni, o Peixe enfrenta as concorrências de Palmeiras e Ponte Preta no negócio. De acordo com Marcelo Pettinati, diretor da Energy Sports, os três clubes de fato mostraram interesse, mas somente a Macaca fez uma proposta oficial. O Alvinegro, por sua vez, confirma apenas a sondagem.

– Tivemos uma conversa informal e não nos aprofundamos. É uma sondagem. Sabemos pela imprensa que a Ponte e o Palmeiras têm interesse, mas vamos seguir a nossa filosofia: se concretizarmos o interesse e a proposta, será uma só e não entraremos em leilão – afirma Felipe Faro, superintendente de esportes do Santos.

– Não falamos em valores, mas sabemos do interesse do Santos e do Palmeiras. O Neymar conversou informalmente com ele (Roni) no fim da partida. Mas hoje o interesse concreto, com proposta, foi da Ponte Preta, para comprar 80% dos direitos por R$ 3 milhões. Estamos solucionando essa pendência do fim da parceria, e o Roni está descansando. Mas a tendência é que até segunda-feira haja uma definição sobre o futuro dele – diz Marcelo Pettinati.

Segundo Faro, a contratação de Roni seria para compor o elenco santista. O clube observa as revelações dos estaduais, atrás de reforços com perfil jovem e de baixo custo.

Em pleno desmanche, o Mogi Mirim já perdeu Lucas Fonseca (Bahia), Magal e Daniel (Ponte Preta), Tiago Alves (provavelmente rumo ao Palmeiras) e Val (Flamengo).

Por Cleber Aguiar – NO SUFOCO E COM BOLA PARADA, SANTOS VENCE JOINVILLE EM SANTA CATARINA

Fonte: Globo.com

JEC cria as melhores chances e pressiona, principalmente no segundo tempo, mas leva castigo no fim, em cabeçada de Durval: 1 a 0 Peixe

A CRÔNICA

por Marcelo Hazan

O futebol prega peças todos os dias. E o alvo da vez foi o Joinville. Empurrado por 17 mil pessoas na Arena Joinville, o time local jogou melhor e criou as chances mais perigosas. Mas na bola parada de Marcos Assunção, o Santos decidiu a vitória por 1 a 0, com gol de Durval, nesta quarta-feira à noite, pela segunda fase da Copa do Brasil.

Atração na cidade, Neymar deu e recebeu chapéu, mas não brilhou. Querendo a bola a todo momento, o craque até se irritou com os companheiros e, como de costume, sofreu com as faltas.

No JEC, o uruguaio Martin Linguera certamente terá pesadelos com a chance desperdiçada. O lance digno de Inacreditável FC fez muita falta aos catarinenses.

Agora, o Santos se concentra no primeiro jogo da final do Campeonato Paulista, contra o Corinthians, neste domingo, às 16h, no Pacaembu. Enquanto isso, o Joinville só pensará na partida de volta da segunda fase da Copa do Brasil, marcada para o dia 22, na Vila Belmiro.

Neymar, Joinville x Santos (Foto: Heuler Andrey/Agência Estado)Neymar sofreu com a forte marcação do Joinville, de Augusto Recife (Foto: Heuler Andrey/Agência Estado)

Perigo só de longe

A lógica de pressão do Joinville nos 15 minutos iniciais se cumpriu na lotada Arena. Empurrado por 17 mil torcedores, o JEC começou melhor, mas sem apertar tanto a saída de bola santista. Aturzinho armou o time compacto no 4-4-2, marcando atrás da linha do meio de campo e à espera do erro alvinegro. E levou perigo logo aos três minutos, em uma bomba de fora da área de Carlos Alberto defendida por Rafael.

Aparentemente desajeitado no 3-5-2 de Muricy Ramalho, o Santos demorou a se encontrar. Uma furada bizarra de Neymar e uma bolada de Durval no rosto de Edu Dracena, em lance digno de pastelão, resumiam a atuação santista. Até que Cícero, camisa 10, resolveu arriscar também de longe e obrigou Ivan, ídolo do JEC que completou 100 jogos no clube catarinense, a fazer boa defesa.

“Ei, é aqui”, berrou Neymar para Felipe Anderson, quando não recebeu passe do meia improvisado na ala direita. Querendo a bola a todo momento, o camisa 11 recuava para armar as jogadas e auxiliar Cícero, mas sofria com as seguidas faltas. Quando se encontrou no jogo, o Peixe criou chances pela direita, com a dupla Felipe Anderson e Miralles. Mas sem êxito.

O JEC só voltou a assustar aos 31 minutos, em uma nova bomba de fora da área, desta vez de Marcos Vinícius. O volante, aliás, levou a torcida do Joinville ao delírio quando deu um chapéu em Neymar. Antes do apito final, ainda houve tempo para Muricy substituir Renê Júnior, com cartão amarelo, por Marcos Assunção, para tentar aproveitar as diversas bolas paradas oferecidas ao Peixe pelas excessivas faltas dos donos da casa.

Santos x Joinville (Foto: Paulo Caetano / VIPCOMM)Santos sofreu com pressão do Joinville em Santa Catarina (Foto: Paulo Caetano / VIPCOMM)

JEC pressiona, mas Santos decide

Sem Renê Júnior, o Santos perdeu poder de marcação no meio de campo e sofreu. E o Joinville novamente começou assustando. Em ótima cabeçada, Lima só não marcou porque Rafael fez defesa ainda melhor, logo aos cinco minutos. Percebendo o espaço na defesa santista, Arturzinho promoveu a estreia do uruguaio Martin Linguera, no lugar de Ricardinho.

O reforço do JEC certamente vai sonhar com a oportunidade desperdiçada aos 17 minutos. Na chance mais clara da partida, Lima cruzou da esquerda e a bola passou por toda a área. Já na direita, Carlos Alberto desviou e Linguera, completamente sozinho na marca do pênalti, mandou para fora. Digno de Inacreditável FC.

Insatisfeito, Muricy resolveu fazer nova substituição: trocou Miralles por André. Mais entrosado com Neymar, o centroavante até tentou tabelas, mas a dupla não deu sequência aos lances. A inversão de posições entre Arouca e Felipe Anderson, alternando como laterais pela direita, até surtiu efeito. 

Melhor em todo o segundo tempo, o JEC novamente ficou no quase. E mais uma vez parou em Rafael. Após bate-rebate na área, Ronaldo, que substituiu Lima, obrigou o goleiro a salvar o Santos de novo, aos 36. Um minuto depois veio o castigo fatal para os donos da casa.

Na intermediária ofensiva, a bola parada de Marcos Assunção encontrou a cabeça de Durval, que desviou para a rede de Ivan: 1 a 0 Santos. Daí em diante o Peixe amarrou o jogo até o apito final. Vitória garantida, mas decisão da vaga ficou para a Vila Belmiro.