ICFUT – LINKS AO VIVO PARA JOGOS DA COPA LIBERTADORES 2013 & COPA DO BRASIL 2013

linksaovivo

LINK  1 – AO VIVO PARA JOGOS DA COPA LIBERTADORES 2013 & COPA DO BRASIL 2013 – CLIQUE AQUI !

LINK 2 – AO VIVO PARA JOGOS DA COPA LIBERTADORES 2013 & COPA DO BRASIL 2013 – CLIQUE AQUI !

 

Segunda Fase
08/05 – 19h30 – Agendado
Arapongas-PR  x Figueirense-SC
08/05 – 20h30 – Agendado
Confiança-SE  x Fortaleza-CE
08/05 – 21h30 – Agendado
Naviraíense-MS  x Paysandu-PA
08/05 – 22h00 – Agendado
Joinville-SC  x Santos-SP
08/05 – 22h00 – Agendado
Luverdense-MT  x Bahia-BA
08/05 – 22h00 – Agendado
ABC-RN  x Sport-PE
Oitavas-de-final
08/05 – 22h00 – Agendado
Atlético-BRA  x São Paulo-BRA
08/05 – 22h00 – Agendado
Fluminense-BRA  x Emelec-ECU

Por Cleber Aguiar – Entre vaias e aplausos, Santos dribla fãs e chega a Joinville

Fonte: Globo.com

Torcedores do Peixe e do JEC vão ao aeroporto, mas delegação alvinegra liderada por Neymar frustra a todos, sem passar pelo saguão

Por Marcelo HazanJoinville, SC

O Santos chegou no início da noite desta terça-feira em Joinville (Santa Catarina), onde enfrentará a equipe local às 22h desta quarta, pela segunda fase da Copa do Brasil, na Arena Joinville. O voo da delegação alvinegra aterrissou no horário previsto, pouco depois das 18h, e desembarcou na pista do Aeroporto de Joinville, frustrando os cerca de 100 torcedores do Peixe e do JEC, além das “Neymarzetes” presentes.

Sem passar pelo saguão, os jogadores apenas acenaram de longe para os torcedores e embarcaram no ônibus que os levou ao hotel, onde a equipe permanecerá concentrada até esta quarta-feira. Entre vaias e aplausos de santistas e fãs do Joinville, Neymar foi o último jogador a entrar no veículo, assediado por funcionários do aeroporto.

Já no hotel, a delegação santista jantou tranquilamente, em um espaço reservado para a equipe. Depois da refeição, todos os atletas foram para os respectivos quartos. Um dos andares foi disponibilizado exclusivamente para os jogadores.

Torcida Desembarque Santos Joinville (Foto: Marcelo Hazan)Torcida aguarda o Santos do lado de fora do aeroporto  (Foto: Marcelo Hazan)

Para eliminar a partida de volta da segunda fase, o Santos precisa vencer por dois gols de diferença. A expectativa é de que os 17,5 mil lugares da Arena Joinville sejam ocupados. Até o momento, restam pouco mais de 1,5 mil ingressos. Os preços, aliás, foram majorados em 125%, já que os bilhetes custam entre R$ 100 e R$ 200, justamente pela presença de Neymar, atração na cidade.

Desembarque Santos Joinville (Foto: Marcelo Hazan)Desembarque do Santos, em Joinville (Foto: Marcelo Hazan)

Por Cleber aguiar – Palmeiras vai começar Série B em Itu com apoio da prefeitura e de Juninho Paulista

Fonte: Folha de São Paulo

campo_ituano_depois

 

O diretor-executivo do Palmeiras, José Carlos Brunoro, confirmou nesta quarta-feira que o time mandará seus quatro primeiros jogos na Série B em Itu (a 101 km de São Paulo).

A escolha se deu após uma análise feita pelo departamento de marketing, comissão técnica e a parte logística do clube, e servirá para cumprir a punição porque membros de torcida organizada agrediram policiais, em Araraquara (SP), no jogo contra o Botafogo, no Brasileiro do ano passado.

Com uma casa fixa no interior, o time mandará o restante de seus jogos no estádio do Pacaembu.

“Para ser escolhida a sede, mandamos gente destes três departamentos para ver se tudo se adequava. Tivemos da parte da prefeitura todo o apoio para que a gente pudesse ter estes jogos lá. O nosso objetivo é de ter uma casa e não ficar fazendo um jogo em cada lugar, para a torcida entender que jogamos lá, e os jogadores também se adaptarem”, disse Brunoro.

Com a escolha, o Palmeiras atuará no Novelli Júnior contra o Atlético-GO (25/5), estreia do clube na competição, América-MG, Avaí e Oeste, primeira partida após a pausa para a Copa das Confederações. O reencontro no Brasileiro com o Pacaembu acontecerá apenas no dia 12 de julho, contra o ABC.

“Tivemos também a colaboração do Juninho [Paulista] que abriu as portas do Ituano para todas as situações do campo”, completou.

Juninho Paulista, que defendeu o Palmeiras na década passada, é um dos principais dirigentes do clube paulista.

 

Por Cleber Aguiar – Wilson Seneme apitará jogo de ida da final do Paulistão

Fonte: O Estado de São Paulo

Wilson-Luiz-Seneme-Foto-Dib_LANIMA20120503_0082_25

A Federação Paulista de Futebol sorteou nesta quarta-feira à tarde os árbitros dos jogos de ida das finais do Paulistão e do Troféu Campeão do Interior. E o sorteio definiu que Wilson Luiz Seneme apitará a primeira partida entre Corinthians eSantos, marcada para este domingo, às 16 horas, no Pacaembu.

Já para o primeiro duelo da final do interior, entre Penapolense e Ponte Preta, foi sorteado Paulo César de Oliveira, que será o responsável por comandar a arbitragem do jogo que acontecerá também neste domingo, às 19h30, no Estádio Tenente Carriço, em Penápolis.

Seneme apitou pela última vez neste Campeonato Paulista no jogo entre São Paulo e Penapolense, válido pelas quartas de final, no Morumbi, onde o time da casa venceu por 1 a 0, em 28 de abril. Já a última partida arbitrada por Paulo César aconteceu na vitória de 4 a 1 do Penapolense sobre o Botafogo, sábado passado, em Ribeirão Preto, pela semifinal do Troféu Campeão do Interior.

Por Cleber Aguiar – Com a vantagem e o ‘Horto’, Galo recebe o São Paulo, de Luis Fabiano

Fonte: Globo.com

Jogo marca o retorno do atacante tricolor, após quatro jogos de suspensão 
na Libertadores. Atlético-MG se apoia no histórico do estádio Independência

Atlético-MG, torcida, Independência (Foto: Bruno Cantini  / Site Oficial do Atlético-MG)Torcida do Atlético-MG vai lotar o Independência
(Foto: Bruno Cantini / Site Oficial do Atlético-MG)

De um lado, o caldeirão lotado onde o Atlético-MG não perde há mais de um ano. Do outro, a esperança do São Paulo depositada nas chuteiras do instável Luis Fabiano, que volta após quatro jogos de suspensão na Libertadores da América. Com esses ingredientes, o Galo recebe o Tricolor às 21h50m (de Brasília) desta quarta-feira, no Independência, em busca da vaga nas quartas de final. Enquanto o time paulista confia no poder de fogo do seu atacante, os mineiros se apegam à força dentro de casa e à vantagem de 2 a 1 obtida no jogo de ida das oitavas.

O Fabuloso ficou fora dos últimos quatro jogos do time são-paulino no torneio por conta de uma suspensão. Volta no momento crucial, com o Tricolor em desvantagem, diante de uma vibrante torcida atleticana, que promete lotar o “Gigante do Horto”.

Na primeira partida das oitavas, no Morumbi, o Galo venceu por 2 a 1. Agora, pode até perder por 1 a 0, que, mesmo assim, estará nas quartas de final da Libertadores. Caso o São Paulo vença por 2 a 1, a vaga será decidida nos pênaltis. Vitória são-paulina por diferença de um gol, desde que marque três ou mais, dará a vaga ao Tricolor.

Como a escalação de Osvaldo, destaque do São Paulo na temporada, ainda é incerta, por conta de uma lesão no quadril, a expectativa em torno de Luis Fabiano só aumenta, ainda mais depois de ele ter perdido um pênalti na semifinal do Paulistão contra o Corinthians, domingo passado.

– Tive uma conversa com o Luis Fabiano e quis lembrá-lo de alguns feitos dele no clube, os momentos de alegria com a torcida. O que é negativo está à tona. Ele tem um índice de gols muito alto vestindo a camisa do São Paulo. É a nossa grande esperança de gols para esse jogo e vai ter que assumir essa responsabilidade com todo o grupo. A conversa foi muito boa, e ele está disposto a dar uma guinada – disse o técnico Ney Franco, responsável por tentar levar o São Paulo a seu quarto título na Libertadores.

Ney Franco Luis Fabiano treino São Paulo (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)Ney Franco conversa com Luis Fabiano em treino no Independência (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

Já o Galo confia no incrível retrospecto no estádio Independência para seguir na luta por seu primeiro título na competição. Desde que o estádio foi reinaugurado, em abril de 2012, o Atlético-MG contabiliza 26 vitórias e sete empates. Além disso, não sabe o que é perder como mandante desde agosto de 2011 – já são 46 jogos.

Cuca treino Atlético-MG (Foto: Bruno Cantini / Site Oficial do Atlético-MG)Jogadores do Atlético-MG cercam técnico Cuca (Foto: Bruno Cantini / Site Oficial do Atlético-MG)

O uruguaio Roberto Silveira será o árbitro do confronto. Ele será auxiliado pelos também uruguaios Carlos Pastorino e Gabriel Popovits.

A TV Globo transmite a partida, ao vivo e em alta definição, para os estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina (menos Joinville), Distrito Federal, Goiás, Maranhão (menos Balsas), Sergipe e Tocantins. O Sportv também exibe o jogo. O GLOBOESPORTE.COM, em Tempo Real, acompanha todas as emoções do confronto, a partir das 19h30m.

header as escalações 2

Atlético-MG: Cuca vai aguardar até a última hora para definir se Leonardo Silva joga. Com fratura em um dos dedos da mão direita, o defensor é dúvida. Caso não reúna condições, Gilberto Silva, que atuou no jogo da ida, fará companhia a Réver. O Galo deverá entrar em campo com Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva (Gilberto Silva), Réver e Richarlyson; Pierre, Leandro Donizete, Bernard, Ronaldinho Gaúcho e Diego Tardelli; Jô.

São Paulo: como de costume, o técnico Ney Franco faz mistério para divulgar a formação inicial, mas não deve apresentar grandes novidades. O zagueiro Lúcio, expulso no primeiro jogo, dá lugar a Edson Silva. No ataque, Luis Fabiano volta, após cumprir os quatro jogos da suspensão imposta pela Conmebol. Aloísio, machucado, sai. Osvaldo se recuperou de dores no quadril e deve jogar. O time é o seguinte: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Edson Silva e Carleto; Wellington, Denilson, Jadson e Ganso; Osvaldo e Luis Fabiano.

quem esta fora (Foto: arte esporte)

Atlético-MG: o meia Guilherme, com estiramento na coxa esquerda, é o único vetado.

São Paulo: os zagueiros Rhodolfo, com uma lesão na coxa esquerda, e Lúcio, que cumpre suspensão, não atuam. O atacante Aloísio, com um problema na coxa direita, é outro desfalque.

header fique de olho 2

Atlético-MG: Diego Tardelli se encaixou como uma luva no time. Em 2013, tem provado que todo o esforço do clube em contratá-lo não foi em vão. Decisivo, o jogador fez o gol da vitória no primeiro jogo das oitavas e ainda não foi derrotado, desde que voltou do Catar, em fevereiro.

São Paulo: Luis Fabiano é a esperança de gols para o Tricolor ainda acreditar na classificação. A fase do centroavante não é das melhores, principalmente depois de ficar quatro partidas fora, mas ele ainda segue como o artilheiro da equipe na temporada, com 12 gols.

header o que eles disseram

Diego Tardelli, atacante do Atlético-MG: “Estamos com uma vontade boa, mas temos que respeitar, nós conhecemos o São Paulo. Sei que tem um ou dois jogadores que não vão estar, mas tem que haver respeito. Não conquistamos nada ainda. Temos nosso fator fundamental, que é nossa torcida. E não perdemos há um ano nesse estadio. Envolve muita concentração”.

Ney Franco, técnico do São Paulo: “As duas atuações que tivemos contra o Atlético-MG, no Independência, são nosso ponto de referência, principalmente o segundo tempo do jogo da primeira fase. Temos condições de conseguir a classificação”.

header números e curiosidades

* O Atlético-MG segue invicto desde a reabertura do Independência. Desde a vitória sobre o Goiás, no dia 3 de maio de 2012, pela Copa do Brasil, o Galo disputou 32 jogos, com 25 vitórias e sete empates.

* Neste ano, o Galo tem 100% de aproveitamento no Independência, com nove vitórias em nove jogos, com 33 gols marcados e nove sofridos.

* Vencer a primeira partida nos play-offs de Libertadores é uma boa vantagem. Nas últimas sete edições, de 2006 para cá, em 57 oportunidades, o vencedor do jogo da ida se classificou para a sequência da competição, e, em apenas 14 vezes, o perdedor da primeira partida reverteu a situação e seguiu no torneio.

* Ao longo de toda a história, Atlético-MG e São Paulo já se enfrentaram 38 vezes em Belo Horizonte, com pequena vantagem do Galo. O Atlético-MG venceu 12 vezes, contra dez vitórias são-paulinas e 16 empates, com 48 gols marcados pelo São Paulo e 46 pelo Galo.

header último confronto v2

Na última quinta-feira, dia 2 de maio, o Galo venceu o São Paulo, por 2 a 1, no Morumbi, no jogo de ida das oitavas de final da Libertadores. Mas foi o Tricolor que abriu o placar, com Jadson. Os mineiros viraram a partida com Ronaldinho Gaúcho e Diego Tardelli, após a expulsão de Lúcio, ainda no primeiro tempo.

Por Cleber Aguiar – Alex Ferguson anuncia adeus e deixará o Manchester United após 27 anos

Fonte: O Estado de São Paulo

Com recorde histórico, técnico revelou que irá se aposentar no final desta temporada

MANCHESTER – Lenda da história do Manchester United e do próprio futebol mundial,Alex Ferguson anunciou uma novidade bombástica para os torcedores do clube nesta quarta-feira. O técnico revelou que irá se aposentar ao final desta temporada europeia, que está prestes a acabar, e deixará de comandar o time inglês depois de 27 anos à frente da equipe, um recorde histórico.

Ferguson levanta o troféu da Liga Inglesa, em 2011 - Robin Parker/EFE
Robin Parker/EFE
Ferguson levanta o troféu da Liga Inglesa, em 2011

 

Treinador mais vitorioso da história do futebol britânico, o escocês de 71 anos se sagrou campeão nacional pela 13.ª vez nesta temporada e fará a sua despedida como comandante do time no próximo dia 19, contra o West Bromwich, pela rodada final deste Campeonato Inglês.

Ao explicar a sua decisão nesta quarta, Ferguson admitiu que vinha pensando muito na possibilidade de se aposentar e trabalhando sem o mesmo ânimo de outros tempos na função de técnico. “Este é o momento certo (de se aposentar)”, enfatizou o técnico.

Com o fim da Era Ferguson como técnico do Manchester, os primeiros que aparecem como favoritos para assumir o cargo são David Moyes, cujo contrato com o Everton irá se encerrar no final desta temporada, e José Mourinho, ex-treinador do Chelsea e que parece cada vez mais próximo de encerrar a sua jornada no Real Madrid.

Depois de ter assumido o Manchester United em 1986, Ferguson acumulou um total de 38 troféus, entre eles 13 do Campeonato Inglês, dois da Liga dos Campeões da Europa e cinco da Copa da Inglaterra.

“Era importante para mim deixar uma organização na forma mais forte possível e eu creio ter feito isso”, disse Ferguson, que depois reforçou: “A qualidade deste time vencedor, e o equilíbrio de idades dentro dele é um bom presságio para a sequência do sucesso no nível mais alto. A estrutura da juventude vai garantir que o futuro do clube a longo prazo continue sendo brilhante”.

A lendário comandante já havia deixado de lado anteriormente um plano de se aposentar ao final da temporada 2001/2002. E, logo após ter conquistado o 20.º título inglês da história do Manchester, ele chegou a dizer que ainda não pensava em sua aposentadoria, mas agora confirmou que tem apenas dois jogos pela frente no comando do time nestas duas rodadas finais da competição nacional.

Anteriormente, Ferguson disse que apenas problemas de saúde o fariam deixar o comando do Manchester, e na semana passada o clube confirmou que o treinador terá de passar por uma cirurgia no quadril durante o período desta pré-temporada do futebol europeu. Entretanto, ele não justificou esta razão como motivo para a sua aposentadoria.

O escocês, porém, seguirá ligado ao Manchester como diretor e embaixador do clube que ele ajudou a tornar uma das maiores potências da história do futebol mundial. “Suas contribuições ao Manchester United ao longo dos últimos 26 anos foram extraordinárias e, como todos os torcedores do United, eu quero que ele faça parte deste futuro”, disse o norte-americano Avie Glazer, proprietário do Manchester.

E Ferguson, ao menos fora de campo, também parece longe de ficar afastado do futebol do Manchester. “Daqui para frente, tenho o prazer de assumir as funções de diretor e embaixador do clube. Com estas atividades, junto com meus muitos outros interesses, eu estou ansioso para o futuro”, assegurou.

Por Cleber Aguiar – Em alta, Santos encara rival ainda em fase de reconstrução

Fonte: Folha de São Paulo

RAFAEL VALENTE

O adversário do Santos nesta quarta-feira pela Copa do Brasil já foi temido há quatro décadas. Hoje busca dar continuidade à reconstrução iniciada há quatro anos.

O Joinville recebe o time alvinegro às 22h, na Arena Joinville, estádio público com capacidade para 22.500, na estreia da segunda fase do torneio.

O primeiro objetivo da equipe catarinense é conseguir disputar o jogo de volta, no dia 22 de maio, na Vila Belmiro. Para isso não pode perder por dois gols de diferença. A outra meta é eliminar o Santos, apesar de admitir publicamente que a tarefa é difícil.

O Santos tem faturamento com patrocinadores e bilheteria bem superior ao rival e conta com uma das estrelas da seleção brasileira, o atacante Neymar. Desde os anos 1990 tem CT próprio e soma títulos em sequência desde 2010.

O Joinville foi fundado em 1976, após fusão do América-SC e do Caxias, ambos times da cidade do norte de Santa Catarina. Faturou dez dos seus doze estaduais entre 1976 e 1987. O último ano na elite do futebol brasileiro foi em 1986.

O time tricolor, que tem como mascote um coelho, sagrou-se vencedor do Estadual mais duas vezes, em 2000 e 2001. No entanto, desde então acumula 12 anos de jejum.

Passou boa parte dos anos 2000 em baixa e chegou até a disputar a segunda divisão do Estado. A partir de 2009 a equipe iniciou uma reação. Primeiro conquistou a Copa Santa Catarina e foi finalista do mesmo torneio no ano seguinte.

Ainda em 2010 disputou a Série D e conseguiu o acesso para a terceira divisão. Em 2011, foi campeão da Série C. Ano passado terminou em sexto na Série B, duas posições abaixo da zona de acesso.

  Ricardo Nogueira/Folhapress  
Neymar durante partida entre Mogi Mirim e Santos

 
Neymar durante partida entre Mogi Mirim e Santos

FÓRMULA

Segundo o presidente Nereu Antônio Martinelli, eleito em julho do ano passado, o time catarinense conseguiu retomar o caminho das vitórias com investimento na base, o plano de sócio torcedor e o aumento no número de patrocinadores.

Hoje a equipe conta com nove mil sócios-torcedores ativos, tem uma das melhores médias de público em Santa Catarina e até março passado tinha como principal parceiro o banco BMG –que ainda tem dez jogadores no elenco.

“Há quatro anos o Joinville era um time fora de série. Quer dizer, não disputava nenhuma série do futebol nacional. E ano passado quase conseguimos o acesso para a primeira divisão”, afirmou Martinelli, por telefone, à Folha.

“Iniciamos uma gestão profissional e um trabalho na base. Hoje investimentos R$ 100 mil mensais nas categorias de base, desde o infantil até os juniores. Inauguramos nosso CT com três campos ano passado, reconquistamos nossos sócios e trabalhamos com um orçamento dentro da nossa realidade”, explicou o cartola.

Segundo ele, o Joinville trabalha com orçamento de R$ 15 milhões e a meta principal é o acesso para a Série A do Brasileiro. Na Copa do Brasil, o time deseja chegar o mais longe possível, embora tenha dado azar de encontrar o Santos já na segunda fase.

“Não tem segredo. No futebol o desempenho em campo impulsiona todo o resto. Conforme melhoramos o time, atraímos os torcedores e patrocinadores. Tem de haver investimento e planejamento visando o desempenho do time”, disse Martinelli.

FUTURO

O clube trabalha para ampliar a estrutura no CT, que fica a 15 quilômetros do centro da cidade, conta com 40 apartamentos e hospeda o time durante as concentrações.

Buscar um leque maior de patrocinadores também está nos planos. “É ruim ficar dependente de apenas um”, argumenta o presidente do Joinville.

O projeto mais ambicioso é buscar na base os jogadores para o profissional.

“Não somos um clube meramente comprador, mas ainda não somos também um formador. Temos jogadores da base, mas nossa intenção é revelar e lucrar no futuro com a venda”, afirmou Martinelli.

Por Cleber Aguiar – ADVOGADO ENTRA COM AÇÃO PARA VETAR PATROCÍNIO DA CAIXA AO FLAMENGO –

Fonte: Revista Época

ANTONIO BEIRIZ, MESMO ADVOGADO QUE CONSEGUIU SUSPENDER ACORDO DO BANCO ESTATAL COM O CORINTHIANS, AGORA MIRA O CONTRATO COM O CLUBE CARIOCA

 
Caixa apresenta patrocínio ao Flamengo (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)CAIXA APRESENTA PATROCÍNIO AO FLAMENGO (FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLA IMAGEM)

Antonio Pani Beiriz, advogado que conseguiu suspender o patrocínio da Caixa ao Corinthians, entrou com uma ação também contra o acordo do banco estatal com o Flamengo, anunciado pelo clube na última terça-feira (07/05). A ação foi registrada pela Justiça Federal do Rio Grande do Sul na tarde de segunda (06/05) e alega improbidade administrativa para barrar o pagamento de R$ 25 milhões à equipe carioca.

A Caixa, via assessoria, afirmou que irá aguardar uma decisão da Justiça antes de se manifestar a respeito. O Flamengo também disse que não irá se posicionar.

No fim de fevereiro, o advogado conseguiu uma liminar da 6ª Vara Federal de Porto Alegre para bloquear o pagamento de R$ 30 milhões que a Caixa pretendia fazer ao Corinthians. No processo, Beiriz afirmou que o dinheiro pago a um clube de futebol profissional como o Corinthians seria lesivo ao patrimônio público da União. O banco, vinculado ao Ministério da Fazenda, estaria gastando com publicidade inócua e destituída de caráter informativo, em desacordo com o artigo 37 da Constituição Federal.

A Caixa é patrocinadora de Corinthians, Flamengo, Atlético-PR, Avaí e Figueirense. O banco ainda negocia com outras equipes, entre elas o Santos.

Por Cleber Aguiar – Ideia de diminuir clubes da Liberta não é bem recebida por torcida e dirigentes

Fonte: Lancenet.com.br

Presidente da Conmebol propôs ideia que é repercutida pelo LANCE!Net. Corinthians é um dos poucos favoráveis à ideia

Corinthians x Tijuana - Copa Libertadores - Guerrero (Foto: Tom Dib/LANCE!Press)
Corinthians é o atual campeão da Libertadores (Foto: Tom Dib/LANCE!Press)

O novo presidente da Conmebol, Eugenio Figueredo, assumiu há apenas duas semanas e já deu uma ideia de mudança polêmica para a Copa Libertadores. Ele quer apenas dois clubes de cada país na competição. Em enquete realizada no LANCE!Net, 75% das mais de três mil pessoas que votaram reprovaram a ideia.

Para o dirigente, o torneio precisa ser mais competitivo e pagar mais. E para isso, só tornando-o mais enxuto. Para alguns dos envolvidos, um “tiro no pé”.

– O objetivo do alargamento lá atrás foi trazer mais clubes fortes economicamente – comentou Julio Baldomar, vice-presidente do Vélez Sarsfield, ao LANCE!Net, para falar sobre o que o clube pensa:

– O Vélez não tem ainda uma posição oficial. Mas creio que as federações de Brasil e Argentina vão vetar essa medida.

Uma opinião que é favorável é a do Corinthians. Edu Gaspar, gerente de futebol, acha que seguiria o modelo da Liga dos Campeões:

– Com dois ou três clubes de cada país… Isso qualifica cada vez mais a competição. Pode ter menos times e menos jogos. Vale também uma adaptação ao calendário, tentar reunir os organizadores de campeonatos e definir melhor as competições. Adaptando tudo em conjunto para formar um bom calendário. Acho que tudo isso vem para o bem.

Quem estuda os números e as finanças também acha que não faz sentido diminuir o número de clubes na Libertadores. Principalmente para os brasileiros.

– O torcedor adora a Libertadores, a Conmebol vai perder dinheiro. A ideia não está muito clara, ou o presidente não fez as contas – explica Carlos Aragaki, da Mazars Auditoria e Consultoria.

O especialista lembra ainda que as fontes de televisão seriam até menores por causa de uma espécie de “cadeia”: menos clubes, jogos, transmissões, dinheiro da televisão e patrocinadores:

– Se tiver Corinthians, Flamengo, Grêmio e Atlético-MG, vou ter TV para quatro times. É melhor estar em quatro praças diferentes.

MAIS DO MESMO

Dentro de campo, alguns países poderiam acabar beneficiando poucos times e classificando sempre clubes repetidos. Rogelio Delgado, capitão do Paraguai na Copa de 1986 e presidente a Associação de Jogadores do país, faz o alerta:

– Aqui, só teria vez para Olimpia, Cerro Porteño e Libertad. Poucos ganhariam experiência.

OPINIÃO DOS ESPECIALISTAS
A redução no número de clubes participantes da Libertadores é uma medida viável?

“A Associação Uruguaia de Futebol (AUF) só tomará uma posição depois de consultar os clubes sobre o assunto” Ernesto Ortíz – Chefe de comunicação da AUF

“Não nos posicionamos, mas acredito que a proposta será vetada pelas federações de Argentina e Brasil” Julio Baldomar – Vice-presidente do Vélez (ARG)

“Seria ruim para os jogadores paraguaios. Pois muitos perderiam a chance de jogar um torneio continental” Rogelio Delgado – Associação de jogadores (PAR)

AUMENTO DA COPA LIBERTADORES

Início
Entre 1960 e 1965 a Libertadores contou apenas com os campeões nacionais de cada país.

A partir de 1966
Os vice-campeões nacionais também passaram a ser admitidos.

México na parada
Em 1998 dois clubes mexicanos passaram a entrar no torneio.

Anos 2000
Em 2000 o número de participantes passou para 32, e em 2005 para 38 com inclusão de fase eliminatória.

Diminuir ou o aumentar da receita está muito relacionado com a premiação que vai ser dada. Se você diminui os clubes e mantém o valor da premiação, aí sim, os clubes vão ter uma receita de premiação maior. Mas não está claro se realmente ele quer mexer com essa receita dada na competição. Se genericamente eu falar que se diminuir os clubes eu aumento a receita, não aumenta. Se a receita é fixa, aí sim. Mas a diminuição dos clubes também diminui a receita porque o custo de organização também diminui.COM A PALAVRA
Carlos Aragaki
Mazars Auditoria e Consultoria

Por exemplo, se eu tenho uma receita de R$ 10 milhões e diminuo o número dos clubes mantendo a mesma receita, aí sim, os clubes tendem a ganhar mais, porque será dividida por uma fatia menor. Por outro lado, individualmente falando, se eu tinha cinco clubes brasileiros e tiro três, os três perderam. Então, os clubes brasileiros não vão ganhar mais receita, eles vão perder receita. Para Brasil e Argentina, que levam mais clubes, pensando individualmente, é pior. Porque se a Conmebol der cinco vagas, meu clube tem mais chances de ir à final e ganhar o dinheiro. Se der duas vagas, minha chance de entrar na competição é menor. Logo, não vou ganhar nada. Só é viável para os dois clubes que entrarem. Para eles será excelente. Para os demais, a chance diminui.

 

Por Cleber Aguiar – Finais do Paulista terão bolas especiais

Fonte: Globo.com

por Zé Gonzalez |

A empresa que fornece material esportivo para o Campeonato Paulista já tem as bolas das duas partidas finais, entre Corinthians e Santos, prontas. Elas foram confeccionadas numa cor diferente das usadas nas rodadas anteriores e ganharam os escudos dos finalistas e as datas das decisões.

As bolas que serão usadas no Pacaembu levam o escudo do Corinthians primeiro (mandante) e depois o do Santos com a data 12/05/2013. As bolas da Vila Belmiro têm os símbolos dos times em ordem inversa e a data 19/05/2013

Em competições da Fifa ou da Uefa essa é uma prática comum em jogos decisivos.