Por Cleber Aguiar -Paulistão 2013

Fonte: O Estado de São Paulo

Em jogo, os rumos de Santos e Palmeiras

Em momentos distintos, equipes abrem as quartas de final do Paulistão hoje, na Vila Belmiro. Muricy diz que não há favoritos e Kleina faz mistério

DANIEL BATISTA , SANCHES FILHO – O Estado de S.Paulo

Os resultados da última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista fizeram com que Santos e Palmeiras, candidatos a disputar uma das semifinais, tenham de se enfrentar hoje, às 16h15, pelas quartas de final, na Vila Belmiro. As equipes entram em campo em momentos distintos, mas sabendo que a vitória pode dar a elas um novo rumo na temporada.

Embora o Santos tenha a vantagem de jogar em casa por ter feito melhor campanha na primeira fase, ninguém no lado alvinegro admite o favoritismo. Do famoso “clássico não tem favorito” até a falta de entrosamento, vários são os argumentos usados pelos santistas para se livrar do peso da responsabilidade pela vitória. “É clássico, sem favoritos, e sempre tem a mesma história. É uma conversa que eu ouço há mais de 30 anos no futebol”, disse o técnico Muricy Ramalho.

No Palmeiras, o discurso é de superação, já que o time tem duas decisões em pouco mais de 72 horas. Na terça, enfrenta o Tijuana, no México, pela Libertadores. A ideia inicial era dividir a equipe – quem jogasse hoje não estaria em campo na terça. Kleina, no entanto, resolveu apostar que dá para suportar os dois jogos com a mesma base.

Em busca de um inédito tetracampeonato paulista – nenhum dos grandes conseguiu tal feito – , o Santos faz de tudo para Neymar estar em campo. Se ele não jogar, entra Miralles, que foi bem no último coletivo. Com a ausência de Galhardo (perdeu o irmão num desastre de carro, terça-feira), Muricy será obrigado a improvisar o volante Alan Santos na lateral direita. Assim, ele perde o apoio ao ataque pelos dois lados do campo porque Léo não tem mais gás para chegar à frente e voltar.

Se Neymar jogar, o Santos vai se concentrar no meio para proteger a defesa e apostar numa jogada especial do seu maior talento para ganhar o jogo. Sem o atacante, o time vai ser mais cauteloso, tentando o gol apenas em bolas esticadas para André, Montillo e Miralles.

Marcação em Neymar. O técnico do Palmeiras, Gilson Kleina, também faz mistério, mas, ao contrário de Muricy, não é por questões médicas, mas técnicas. Garantidos no time estão apenas o goleiro Bruno, o volante Léo Gago e o atacante Leandro – os dois últimos não podem jogar a Libertadores. A falta de entrosamento é uma das preocupações de Kleina e a decisão de escalar o mesmo time hoje e na terça-feira tem o objetivo de reduzir esse problema.

“A ideia é manter uma base. Vamos ver como o elenco se comporta porque temos a viagem e muitos problemas de lesões”, destacou o treinador.

Para conseguir superar o Santos, Kleina vai usar as mesmas armas que transformaram o time em um exemplo de dedicação. Ele deve congestionar o meio de campo com volantes para dar liberdade aos laterais, principalmente Juninho, que pode aproveitar o fato de o volante Alan Santos ser improvisado na lateral direita.

Atacar pelas pontas é uma boa opção para um time que deve ter um atacante fixo dentro da área. Provavelmente Kleber, que não joga desde o dia 20 de março. Caio é a outra opção. Na defesa, a ideia é segurar Márcio Araújo para colar em Neymar, ou no seu substituto.

Luis Fabiano tenta provar seu valor a Ney Franco

Atacante será titular diante do Penapolense, pelas quartas de final do Paulistão

PAULO FAVERO – O Estado de S.Paulo

Luis Fabiano terá neste domingo a chance de provar para o técnico Ney Franco que ele está certo em apostar em seu futebol. Recuperado de lesão, o atacante será titular diante do Penapolense, pelas quartas de final do Paulistão, mesmo estando impossibilitado de jogar na quinta contra o Atlético-MG, pela Libertadores, por causa de suspensão. “Quero que o Luis Fabiano seja o nosso homem-gol, mas que também ajude taticamente o time, pressionando a marcação na saída de bola. Já conversei com ele sobre isso”, avisa o treinador.

Ney Franco dá a entender que o atacante é seu titular absoluto na frente e que Aloísio será usado apenas na quinta. No jogo de volta da Libertadores, Luis Fabiano já estará à disposição para jogar, pois terminará a suspensão de quatro partidas que foi imposta pela Conmebol. “O Aloísio é o único substituto que temos para o Luis Fabiano. Então vamos segurá-lo contra o Penapolense, até para não correr o risco de perdê-lo na quinta”, diz.

Luis Fabiano já seria usado contra o Mogi Mirim na última rodada do Paulistão, mas no treinamento na véspera do jogo sentiu dores na panturrilha esquerda e acabou sendo poupado. O descanso serviu para ele se recuperar e agora só pensa em ter de volta o espaço perdido na equipe titular.

Mais do que apostar em seu atleta, Ney Franco vê o jogador até com possibilidades de voltar à seleção brasileira, mas lembra que ele precisará mostrar serviço no São Paulo antes. “Ele já é um jogador conhecido, disputou Copa do Mundo e todos conhecem a sua qualidade. É um jogador com um potencial enorme e acredito que tem possibilidade de ser convocado ainda”, conclui Ney, numa referência à Copa das Confederações.

Fonte: Futebolinterior.com.br

Torcida da Ponte deve esgotar ingressos no sábado de manhã

Até a noite desta sexta-feira, 5.500 haviam sido vendidos, restando apenas 2 mil

Depois da Polícia Miliar ter anunciado uma redução na carga de ingressos destinado aos pontepretanos nesta manhã, a torcida compareceu em peso nas bilheterias do Moisés Lucarelli e a expectativa é que a carga seja esgotada ainda na manhã deste sábado.

De acordo com a parcial, até a noite desta sexta-feira 5.500 ingressos haviam sido vendidos para os pontepretanos. Assim, conforme a nova decisão da PM, restam apenas 2 mil, que devem ser esgotados nas primeiras horas de sábado.Em relação aos corintianos ainda não se tem uma parcial. Isso porque todos os ingressos foram vendidos em São Paulo conforme pedido da diretoria alvinegra. A intenção é dar prioridade aos integrantes do Fiel Torcedor e membros das torcidas organizadas.

Na reunião desta sexta-feira a principal novidade foi a diminuição da carga total de ingressos. Embora o Majestoso comporte mais de 19 mil torcedores, por questões de segurança, a PM permitiu a presença de apenas 16,9 mil torcedores – a Macaca havia anunciado cerca de 18,5 mil no total.

Para tanto, ficou definida a venda de cerca de 9,4 mil ingressos, sendo 7,2 mil para a Ponte e 2.200 para a torcida do Corinthians. O restante será suprido com a presença dos sócio-torcedores da Macaca (quase 7 mil adimplentes), convidados, dirigentes, entre outros.

Com caravana e tudo, Penapolense embarca para São Paulo

Caravana com seis ônibus representará o CAP no Morumbi

 Agora é decisão. Após o último treinamento antes do duelo contra o São Paulo, no próximo domingo, o elenco do Penapolense embarcou para a capital paulista, onde enfrentarão o Tricolor, às 18h30, pelas quartas-de-final do Paulistão.

No domingo será a vez dos torcedores embarcarem para São Paulo. Uma caravana de seis õnibus, além de carros particulares, sairão de Penápolis neste domingo para representar o Penapolense no jogo mais importante da história do clube.

Antes do embarque o treinador Pintado comandou o último treino técnico no Centro de Treinamento, mas em São Paulo haverá um treino recreativo na manhã de sábado.

“Não dá para ficar inventando nada, agora. Este não é o momento de mudar o que deu certo em toda a competição. Aproveitamos a semana para acertar alguns detalhes para tentar surpreender neste jogo dificílimo”, afirmou Pintado.

Fonte:Lancenet.com.br

Sem expulsão após 25 jogos no ano, Timão pega Ponte com seu jogo limpo

Equipe de Tite é a que menos recebeu cartões amarelos nesta edição do Campeonato Paulista. São menos de duas advertências por partida na competição estadual

Rodrigo Vessoni

Ralf recebe o cheque do Troféu Fair Play (Foto: Renato Cordeiro)
Ralf foi escolhido pelo Corinthians para receber o cheque do Troféu Fair Play da Libertadores 2012 (Foto: Renato Cordeiro)

Não dá para saber se o Corinthians ganhará da Ponte Preta neste domingo e chegará à semifinal do Campeonato Paulista, mas dá para garantir que a equipe de Tite jogará na bola os 90 minutos pela vaga.

Pelo menos, é isso que o retrospecto mostra quando o assunto é a postura dos jogadores alvinegros dentro de campo. Em 25 jogos nesta temporada, o Timão não teve expulsão. Cartão vermelho, aliás, é algo cada vez mais raro no Parque São Jorge, já que foram apenas seis advertências nos últimos 101 jogos oficiais. Pouquíssimo, ainda mais quando se tem equipes como o Botafogo de Ribeirão, por exemplo, que teve dez jogadores expulsos em apenas 19 jogos do Paulistão-13.

O número de cartões amarelos também é pequeno. Com 45 advertências nesses primeiros quatro meses de futebol, a equipe tem uma média de menos de dois cartões por jogo, mais precisamente 1,8/jogo.

Se levar em consideração apenas o Estadual, o Corinthians é o menos advertido entre todos os 20 participantes da competição, com apenas 34 amarelos em 19 jogos. Para se ter uma ideia, o mesmo Botinha de Ribeirão, de Marcelo Veiga, teve o dobro de advertências: 70.

– Eu sempre coloco para meus atletas: quer fazer Fair Play (jogo limpo)? Faz verdadeiro, ganha sendo o melhor, mas não queira me vencer com jeitinho, não. Isso é uma escala de valores que passa para os mais jovens – afirmou o técnico Tite, na época do prêmio de mais limpo da Libertadores-12.

Por falar em prêmio, o Corinthians já conquistou o de mais limpo deste Paulistão, já que não teve expulsão na primeira fase. É o terceiro ano consecutivo que isso acontece no Estadual. Um tricampeonato que, certamente, faz de Tite um treinador muito orgulhoso…

COM A PALAVRA

Tite, técnico do Corinthians, em depoimento ao LANCENet!

“Nossa equipe passa mensagem positiva”

“Quando a gente faz planejamento, se prepara para estar com um jogador a mais ou a menos. A equipe do Corinthians passa uma mensagem positiva para o garoto que vê. Nossos atletas querem ser melhores e não usam de violência para vencer. É o 3 ano como equipe mais disciplinada, mas ninguém aqui é bacaca. Competimos muito, mas de forma leal. Tem contato físico porque jogo de futebol é jogo de contato fisico, não é vôlei, é de imposição física também.”

CORINTHIANS NESTA TEMPORADA

25 jogos
0 cartão Vermelho
45 cartões amarelos
1,8 cartão/jogo

Fonte: Folha Online

Mogi Mirim faz aposta em técnico de 31 anos e busca semifinal inédita no Paulista

LUIZ COSENZO

Dono da segunda melhor campanha da fase de classificação do Campeonato Paulista, o Mogi Mirim deixou de lado os treinadores consagrados que rodam pelos clubes do interior paulista e apostou em um novato. O nome do escolhido foi do pernambucano Dado Cavalcanti, 31.

O técnico pode levar o time de Mogi à inédita semifinal do Campeonato Paulista neste sábado, quando enfrenta o Botafogo, às 18h30, em casa, pelas quartas de final do Estadual.

“Esperava já trabalhar em um grande centro do futebol brasileiro como São Paulo e ganhei essa chance no Mogi Mirim, mas não posso dizer que esperava fazer a segunda melhor campanha da fase de classificação. Nosso objetivo era chegar entre os oito”, disse Dado.

  Jorge Araújo/Folhapress  
Treinamento do Mogi Mirim antes do duelo contra o Botafogo-SP, pelas quartas de final do Campeonato Paulista
Treinamento do Mogi Mirim antes do duelo contra o Botafogo-SP, pelas quartas de final do Campeonato Paulista

“Quando contratamos o Dado nosso foco era a Série C desta temporada. Fizemos uma pesquisa no mercado e chegamos ao nome dele, que tinha feito um excelente trabalho no Luverdense (MT) na Série C de 2012. Vimos algumas declarações que ele deu na internet e que se enquadrava em nosso perfil. Chamamos para uma entrevista e após essa conversa resolvemos apostar”, contou o diretor da empresa, Marcelo Pettinati

O treinador iniciou a carreira no infantil do Náutico em 2004. Dois anos depois, sagrou-se campeão do Estadual de Rondônia com a Ulbra.

A campanha surpreendente do Mogi Mirim é comparada ao Carrossel Caipira, apelido dado ao time no início da década de 90. Na oportunidade, a equipe dirigida por Vadão revelou o meia Valber, o atacante Leto e o meia-atacante Rivaldo, presidente do Mogi e atualmente jogador do São Caetano.

“Aquele time era formado por atletas desconhecidos no cenário nacional assim como hoje. Nosso time tem muita dinâmica, velocidade e uma transição rápida para o ataque após a retomada da bola”, disse o gerente de futebol e ex-meio-campista do Carrosel Caipira, Luiz Simplicio.

“Escrevemos nosso nome na história do Mogi Mirim com a campanha que fizemos na primeira fase. Agora queremos colocar o Mogi na semifinal o que nunca aconteceu”, disse o lateral João Paulo.

Apesar da campanha, o elenco atual do Mogi Mirim vai ser desmanchado após o término do Campeonato Paulista. “O Mogi está fazendo uma excelente campanha e vários jogadores estão sendo procurados por outras equipes. É muito difícil algum atleta titular permanecer”, disse o vice-presidente e advogado do jogador Rivaldo, Wilson Bonetti.

Além da sondagem de outras equipes, o Mogi Mirim está rompendo a parceria com a Energy Sports iniciada em 2011. O motivo é a incompatibilidade de ideias entre Rivaldo e Hélio Vasone, proprietário da empresa.

Por Cleber Aguiar – Experiência decisiva: Ramon relembra carreira e analisa momento na Cabofriense

Fonte: O Dia Online

Veterano disputará a final do primeiro turno da Série B do Cariocão contra o Bonsucesso, às 15h deste sábado, em Moça Bonita

POR RAFAEL ARANTES

Cabo Frio – Aos 40 anos de idade, o meia Ramon está prestes a vivenciar mais uma decisão em sua carreira. Atualmente na Cabofriense, o atleta disputará, às 15h deste sábado, a final da Taça Santos Dumont, contra o Bonsucesso, em Moça Bonita. O título do torneio garante à equipe da Região dos Lagos uma vaga na finalíssima da Série B do Carioca, onde buscará por um lugar na elite do futebol estadual.

Em conversa com o ATAQUE, Ramon relembrou diversos momentos da carreira e comentou como está sendo a fase na nova casa, onde chegou em fevereiro deste ano. Sem realizar pré-temporada, o jogador afirmou ter passado por um início complicado, mas nada que atrapalhasse seu desenvolvimento no clube, o quarto a defender no Rio de Janeiro.

Ramon disputará final do primeiro turno da Série B pela Cabofriense | Foto: Divulgação

Ramon disputará final do primeiro turno da Série B pela Cabofriense | Foto: Léo Borges / Divulgação

ATAQUE: Como está sendo essa fase na Cabofriense?
Ramon: Estou me sentindo bem aqui. O início foi um pouco difícil pois não cheguei a fazer pré-temporada nem nada, mas já estou me encontrando bem com o grupo e podendo ajudar o time, que é o meu grande objetivo aqui.

Como vê a importância da sua experiência dentro do elenco da Cabofriense?
Isso sempre aconteceu comigo. Mais uma vez estou tendo essa oportunidade, que é uma responsabilidade muito grande. Aqui na Cabofriense eu sabia que não ia ser diferente. É uma equipe que tem uma grande mescla de atletas, jovens e também veteranos. Mas o importante mesmo é todo mundo estar focado, trabalhando muito, estar um correndo pelo outro. Estar bem organizado faz uma equipe estar preparada para alcançar o objetivo maior.

Ansioso pela disputa da final da Série B do Carioca?
É um período decisivo. Estou vivendo essa ansiedade há três semanas já. Tivemos queganhar do Angra para nos classificarmos, era uma obrigação e conseguimos. Depois, ganhamos também do América-Rj para chegar à final. Estamos trabalhando muito, totalmente focados, concentrados. Estamos conseguindo nos encontrar e organizar bem também dentro de campo, que é muito importante.

Especialista em cobrança de faltas, você sonha em balançar as redes na decisão?
Sem dúvida esta é uma marca registrada minha. Estou trabalhando muito neste sentido também. Quero ajudar poder ajudar na bola parada, é um fator que pode decidir um jogo, tanto em faltas, escanteios e até laterais. Venho treinando muito para que isso aconteça, para que eu possa ajudar. Sei que não é como eu treinava antes, mas ainda estou trabalhando para poder aproveitar caso a oportunidade apareça.

Foto: Divulgação / America-RJ

Ramon atuou na vitória sobre o América-Rj pela semifinal da Taça Santos Dumont | Foto: Divulgação

Como foram as passagens por Japão, Alemanhã e Catar?
Do exterior guardo o aprendizado. São culturas e costumes diferentes. Cresci muito como pessoa, como homem. Foram boas experiências.

Mesmo sendo mineiro, o Rio se tornou uma cidade especial?
Tenho um carinho muito grande pelo Rio. Estou numa nova fase da minha vida e à vontade. Me sinto super feliz com essa nova oportunidade. Cabo Frio é um lugar muito bacana, uma cidade que respira futebol e que tende a crescer muito junto ao esporte, além de ter uma condição de vida muito boa.

Qual momento que você guarda como o mais especial da carreira?
Não tem como negar que no Vasco conquistei os titulos mais importantes. Foram imensas vitórias, muita euforia e alegria no clube. Sempre lembro também das passagens pelo Vitória, Atlético-Mg, e até pelo Cruzeiro, clube onde eu comecei e que tenho um grande carinho. Mas me dediquei ao máximo e vesti a camisa de todas as equipes por onde passei, me orgulho de cada época.

Ramon fez história no Vasco | Foto: Arquivo

Era de conquistas! Ramon fez história jogando pelo Vasco | Foto: Arquivo

Já está pensando em aposentadoria?
Estou num processo de tansição, não nego isso. Tenho contrato com a Cabofriense até o fim deste ano e sei que daqui a um ano ou dois a hora pode estar chegando. Mas não gosto de projetar nada. Minha continuidade será no futebol. Fiz um curso de treinador e quero seguir dentro do esporte.

Existe algum sonho que ainda deseja em realizar nos gramados?
Sonhar todo mundo sonha… Com vitórias, com conquistas.. Quando você para de sonhar está deixando de querer viver, de querer ganhar. Sou muito satisfeito com tudo que já aconteceu na minha carreira e só tenho a agradecer. Sempre trabalho para fazer o melhor, para ser vitorioso. Este é e sempre foi o meu grande sonho..

Por Cleber Aguiar – Santos fecha patrocínio pontual com a Philco e pode ganhar R$ 2 milhões

Fonte: Globo.com

Clube acerta novo acordo de oportunidade com a empresa, que estampará sua marca no uniforme santista na reta final do Paulistão

Por Lincoln Chaves e Marcelo HazanSantos, SP

Neymar e Ganso no jogo do Santos e São Paulo (Foto: Ricardo Saibun / Ag. Estado)Santos e Philco já fecharam um acordo neste
Paulistão (Foto: Ricardo Saibun / Ag. Estado)

Sem uma resposta da montadora chinesa Chery, o Santos acertou um patrocínio pontual com a Philco, fabricante de eletrônicos, válido durante a participação da equipe no Campeonato Paulista. A empresa, que já havia estampado sua marca no clássico contra o São Paulo, também no estadual, agora já estará no principal espaço do uniforme alvinegro neste sábado, quando a equipe enfrentará o Palmeiras, às 16h15m, na Vila Belmiro, pelas quartas de final.

O gerente de marketing Armênio Neto confirma o acerto, mas não revela os valores da negociação. Apesar disso, caso o Peixe chegue até a final e conquiste o tetra do Paulistão, a Philco pagará aproximadamente R$ 2 milhões ao clube. A intenção é tornar o patrocínio definitivo até o fim do ano.

– A Philco volta a fazer investimento no Santos, depois de algumas partidas, pois reconhece que é um bom negócio. As próximas semanas vão dizer se vamos estender (o acordo) por mais tempo – diz Neto.

Até o momento, o Peixe recebe cerca de R$ 12 milhões com CSU (números), Seara (omoplata), Corr Plastik (barras da camisa e calções) e Minds Idiomas (próximo ao colarinho, espaço novo). Além do principal espaço, as mangas também estão vagas no uniforme santista.

No início do ano, a meta do Peixe era chegar perto dos R$ 40 milhões na soma de todos os acordos. Em 2012, o montante total arrecadado com patrocínio foi de R$ 34,8 milhões.

Por Cleber Aguiar – Vice do Flamengo admite interesse na contratação de Marcelo Moreno

Fonte: O Dia Online

 Considerado carta fora do baralho depois de ter recusado negociar com o clube no início do ano, o atacante Marcelo Moreno, afastado do elenco do Grêmio, voltou a ser assunto no Flamengo . O vice-presidente de futebol do clube carioca, Wallim Vasconcellos, conversou com Paulo Pelaipe, diretor de futebol, e com o técnico Jorginho e o chegou à conclusão de que o boliviano pode se tornar a referência para o ataque.

Foto: Divulgação

Atacante interessa ao Flamengo | Foto: Divulgação

A estratégia prevê que Pelaipe fique à frente da negociação, já que possui bom relacionamento com a atual diretoria do Grêmio. Em um primeiro momento, o Flamengo está colhendo informações sobre os motivos que levaram ao afastamento de Marcelo Moreno, assim como sobre a realidade salarial do atleta.

“Vamos verificar o que aconteceu com ele no Grêmio e entender os motivos que levaram ao seu afastamento. A partir daí poderemos negociar sim, pois estamos observando vários jogadores”, disse Wallim em entrevista à Rádio Bradesco Esportes FM , do Rio de Janeiro.

A diretoria do Flamengo pretende investir pesado em um atacante e a ideia era esperar a abertura da janela de transferências internacionais para anunciar um nome de peso. Mas Marcelo Moreno pode se tornar essa referência. O pai do jogador, Mauro Martins, que também cuida da carreira dele, disse que se ele sair do Grêmio, a preferência deve ser mesmo o Flamengo.

“Seria uma boa para o Marcelo Moreno ir para o Flamengo. Ele saindo do Grêmio, escolhe o Flamengo. Eu mesmo vou pedir para ele. Quero ele com a 9, que era do Doval. Se fizer o mesmo sucesso do Doval no Flamengo estarei muito feliz”, afirmou Mauro em entrevista ao jornal Mais do Rio de Janeiro.

Além de um atacante, a diretoria procura reforços para outras posições. Um zagueiro nos planos é Roger Carvalho, de saída do Bologna, da Itália. As negociações estão bem avançadas e o desfecho pode sair nos próximos dias. O defensor foi indicado por Jorginho, com quem trabalhou em 2011 no Figueirense.

Por Cleber Aguiar – Mogi Mirim x Botafogo – Quem falará o sotaque caipira semifinal?

Fonte: Futebolinterior.com.br

Principal surpresa, o Sapão tenta manter o bom momento no Paulista

 Principal destaque da primeira fase do Campeonato Paulista, o Mogi Mirim tenta manter a boa fase também no mata-mata. Neste sábado, o Sapão recebe o Botafogo, no Estádio Romildo Vitor Ferreira, em Mogi Mirim, às 18h30, no duelo do interior de São Paulo das quartas-de-final.

A vantagem do Mogi, time de melhor campanha, é apenas jogar em casa. Em caso de empate no tempo normal, a vaga será decidida nos pênaltis. O perdedor deste duelo estará na disputa do Torneio do Interior. Na fase de classificação, em Ribeirão Preto, no Estádio Santa Cruz, o Botafogo levou a melhor, vencendo por 2 a 0, pela 11.ª rodada.

Segunda melhor campanha na primeira fase, atrás apenas do São Paulo, o Mogi Mirim terminou com 39 pontos e conquistou o direito de jogar dentro de casa nesta fase. E vem embalado com quatro vitórias seguidas e quer aproveitar o fator casa. A diretoria mogiana colocou à venda 5.500 entradas, esperando casa cheia.

O Botafogo, por sua vez, terminou em sétimo lugar, com 31. Os visitantes também devem ter grande presença de público. A diretoria botafoguense lançou a campanha “2 mil no Romildão” e dará ônibus de graça para os seus torcedores.

Força máxima
Dentro do campo, o Mogi Mirim terá força máxima para tentar carimbar a vaga. Poupado na vitória contra o São Paulo, por 1 a 0, o lateral-direito Roniery será a principal novidade. Como o Sapão já estava garantido nas quartas-de-final, o técnico Dado Cavalcanti optou por deixar Roniery de fora. Afinal, ele estava pendurado com dois cartões amarelos e poderia ficar suspenso se levasse mais um.

Além disso, existe uma dúvida no meio-campo. Val ou o meia Carlos Alberto brigam pela camisa titular. “Nós vamos manter o nosso ritmo de jogo, mas respeitando o adversário, que é muito forte na marcação”, afirmou Cavalcanti.

Mistério
No Botafogo as coisas não serão diferentes. O técnico Marcelo Veiga teve boas notícias do departamento médico e pode contar com o zagueiro Cris e o lateral-esquerdo Giovanni, que eram dúvidas durante a semana. Ambos estão confirmados.

Desta forma, o comandante fez o último treinamento coletivo com o que tem de melhor em campo, mesmo assim, ele não confirmou o time titular. “Vou definir o time somente antes do jogo. Temos duas ou três possibilidades até mesmo pelo jeito que o Mogi jogar”, despistou Veiga.

Por Cleber Aguiar – Foto de Neymar ‘gigante’ gera brincadeira entre craque e promoter

Fonte: Globo.com

Neymar postou uma foto no Instagram e brincou com a promoter Valentina Drummond, que entrou na onda do jogador e afirmou que amava o craque.

Neymar, definitivamente, não consegue ficar longe das redes sociais. Mesmo antes do clássico contra o Palmeiras, que acontece neste sábado, às 16h15m (de Brasília), pelas quartas de final do Campeonato Paulista, o jogador decidiu acessar o Instagram e postar uma foto de uma arte gigante. O craque, que aparece na imagem com seu característico penteado e a camisa da seleção brasileira, brincou com uma amiga promoter, que respondeu na mesma moeda.

– Sei que vc me ama, @valdrummond – , disse o craque para, pouco depois, receber a resposta.

– Amoo mesmo!! – , respondeu Valentina Drummond, não esquecendo de colocar os tradicionais corações no fim da mensagem.

Poucas horas antes do clássico, Neymar ainda é dúvida. O jogador do Peixe trata as dores na coxa esquerda que o incomodam desde o amistoso da última quarta-feira contra o Chile, no Mineirão, pela Seleção Brasileira.

Foto postada no Instagram gerou brincadeira entre Neymar e uma amiga promoter (Foto: Reprodução / Instagram)Foto postada no Instagram gerou brincadeira entre Neymar e uma amiga (Foto: Reprodução / Instagram)