Por Cleber Aguiar – Pato fala em título mundial pelo Corinthians e quer estrear domingo

Fonte: Globo.com

Bruno CecconSão Paulo (SP)

Apresentado oficialmente pelo Corinthians há pouco mais de duas semanas, Alexandre Pato se diz ansioso para estrear. O jogador, convidado para o lançamento de um livro de fotos sobre a conquista do Mundial de Clubes nesta segunda-feira, ainda manifestou o desejo de repetir o feito de seus novos companheiros.

“Não vejo a hora de jogar. Estou trabalhando forte, muito concentrado e quem sabe vou poder jogar já no domingo”, disse Pato, antes de entrar no clima do lançamento do livro de imagens. “Já fui muito fotografado nos treinos, então quero ver na hora do jogo”, completou.

Depois de disputar as três primeiras rodadas do Campeonato Paulista com um time reserva, o técnico Tite planeja lançar mão de seus titulares no confronto com o Mogi Mirim, nesta quarta-feira. O desejo de Pato é estrear contra o Oeste, no Estádio do Pacaembu.

O lançamento do livro de fotos sobre o Mundial, realizado em uma livraria da capital paulista, foi prestigiado por centenas de torcedores. Assim que surgiu no recinto, o ex-modelo da grife Dolce & Gabbana ouviu muitos aplausos e gritos, alguns deles estridentes, de sua legião de fãs.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Cansado de treinar, o atacante Alexandre Pato está ansioso para finalmente estrear com a camisa do Corinthians

Boquiaberto, Pato arregalou os olhos, acompanhou com palmas os torcedores que gritavam seu nome repetidas vezes e, sorridente, passou a autografar os exemplares do livro ao lado do fotógrafo oficial do Corinthians, responsável pelas imagens de “Bicampeão do Mundo”. 

“Já fui campeão mundial uma vez e agora quero ser bi também”, afirmou Pato, que triunfou com o Internacional, clube que o revelou, em 2006. “Quero ter o privilégio de ser fotografado e aparecer no próximo livro do Mundial”, reiterou o atacante.

Pato treinou entre os reservas nesta segunda-feira. Ele contou com a ajuda do lateral direito Cristiano para pendurar uma blusa no ângulo esquerdo de uma das traves do CT do Parque Ecológico e mostrou precisão impressionante para derrubá-la, chegando a acertar o alvo em três tentativas seguidas de fora da área.

Por Cleber Aguiar – Arena Castelão: os contrastes internos e externos do novo estádio

Fonte: Lancenet.com.br

Apesar de problemas nas telecomunicações e no entorno, COL aprova primeiro evento-teste a menos de 500 dias para a Copa

Amélia Sabino

Castelão (Foto: FCO Fontenele/O Povo)
Arena Castelão abrigou jogos da Copa do Nordeste no domingo (Foto: FCO Fontenele/O Povo)

Cadeiras confortáveis, banheiros limpos, lanchonetes espalhadas e quase sem filas para o torcedor. Do lado de fora do estádio, obras sem prazo de entrega. Este foi o cenário na Arena Castelão no primeiro evento-teste em um jogo inaugural a cerca de 500 dias da Copa do Mundo e a menos de cinco meses para a Copa das Confederações, que começa em junho.

Um dia antes dos jogos de Fortaleza e Ceará, no domingo, ainda era possível ver trabalhadores do estádio soldando corrimões. O canal de televisão que transmitiu as partidas teve dificuldades para instalar o cabeamento das redes de transmissão. “Toda a hora tínhamos que parar o que estávamos fazendo, pois um operário precisava ajustar alguma fiação”, contou um funcionário do canal de televisão, que preferiu não se identificar.

As três avenidas que dão acesso ao Castelão passam por obras  têm trechos interditados. Segundo o Consórcio Arena Castelão, o calçamento do lado oposto à entrada principal só poderá ser feito quando essas obras terminarem. Por enquanto, o estádio só tem calçada de um lado. Do outro, os torcedores que se aventuraram tiveram que enfrentar montes de terra bruta.
A dificuldade no acesso por causa das obras nas avenidas pode ser a explicação para o público bem abaixo do esperado. Dos 55 mil ingressos colocados à venda, só 33.249 foram vendidos.

– Muita gente que eu conheço ficou com medo de vir e ficar parado no trânsito. Mas consegui chegar aqui em meia hora vindo do Centro – contou o torcedor do Ceará, Kílvio Karan.

As bilheterias funcionaram sem filas no dia do jogo e os torcedores que decidiram ir  em cima da hora não encontraram maiores problemas para comprar ingressos.

Operação aprovada

A Fifa e o Comitê Organizador Local da Copa-2014 (COL) consideraram que o saldo do primeiro evento-teste para a Copa do Mundo, em Fortaleza (CE), foi positivo.

– Vimos os jogos e percebemos pequenos problemas que precisavam ser corrigidos. E os jogos-testes são exatamente para isso – disse Jérôme Valcke, secretário-geral da Fifa, ontem, em Brasília (DF).

Os “pequenos problemas” a que Valcke se referiu foram nas telecomunicações na Arena Castelão, como o próprio CEO do COL, Ricardo Trade, esclareceu:

–Tivemos problemas, principalmente, com as linhas telefônicas no estádio. Mas a avaliação geral feita pelo Comitê Organizador é a de que o estádio foi aprovado. Operacionalmente não tivemos nenhum grande problema e, agora, é ir fazendo os ajustes necessários, como o próprio Valcke falou.

O Consórcio Arena Castelão, responsável pela organização e operação do jogo, ainda não avaliou os resultados da rodada dupla. Segundo informado via assessoria de imprensa, essa avaliação só será feita na quinta-feira com todos os setores da empresa. Para este jogo em particular, o consórcio contratou a G7 Eventos para dar suporte.

Consultado, o governo do Ceará disse que não poderia se pronunciar sobre a operação no estádio, de responsabilidade do consórcio.

Por Cleber Aguiar – Timão rejeita vender Paulinho antes de julho: ‘Não há a menor chance’

Fonte:Globo.com

Diretor-adjunto de futebol, Duílio Monteiro Alves assegura que clube não foi procurado pelo Inter de Milão para negociar o volante

Por Rodrigo FaberSão Paulo

 
Paulinho Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)Paulinho, em treino do Corinthians, no CT
(Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)

A notícia de que um diretor do Inter de Milão viajou ao Brasil para negociar com o volantePaulinho não abalou os bastidores do Corinthians. Sondado pelo clube italiano há algum tempo, o jogador poderia ser adquirido por € 17,5 milhões (R$ 47,7 milhões), de acordo com jornais de Milão. Independentemente do montante oferecido, o diretor-adjunto de futebol alvinegro, Duílio Monteiro Alves, diz ter certeza: a vontade do jogador é permanecer no clube, pelo menos, até julho.

O presidente do Inter de Milão, Massimo Moratti, disse que o representante do clube que está no Brasil, Marco Branca, negociaria diretamente com o Corinthians. A cúpula alvinegra, porém, não sabe de nada e diz não ter recebido nenhuma proposta oficial pelo volante. A intenção é mantê-lo até o fim da Taça Libertadores da América, época na qual a janela de transferências europeia estará novamente aberta.

– Não há a menor chance de ele sair agora. Estamos muito tranquilos quanto a isso. Não recebemos nenhuma proposta oficial de qualquer clube do mundo. Tudo o que falaram em relação ao Paulinho não passa de especulação – assegurou Duílio.

Atualmente, o Corinthians divide os direitos econômicos de Paulinho com o Audax – cada um detém 50% do valor do jogador. O volante tem contrato até julho de 2015 com o Timão, onde se tornou titular absoluto ao lado de Ralf e acabou como um dos heróis da conquista inédita na Libertadores do ano passado. Ele também já havia sido campeão brasileiro em 2011.

Questionado sobre a possibilidade de perder um dos principais atletas de seu elenco e de como repor à altura, caso a negociação seja concretizada, o técnico Tite foi simples e direto: para o comandante, desde que Paulinho começou a se destacar pelo Corinthians, virou alvo do mercado europeu e passou a ser especulado em diversos clubes. O assédio aumentou com as constantes convocações para a seleção brasileira.

– Essa história é antiga, não se trata de uma novidade. A ideia do Corinthians é manter a qualidade dos seus profissionais sempre – resumiu o treinador.

Paulinho está entre os relacionados por Luiz Felipe Scolari para o amistoso da seleção brasileira contra a Inglaterra, no dia 6 de fevereiro, em Londres. Além do Inter de Milão, clubes como Chelsea e Manchester City já haviam demonstrado interesse no jogador, embora o Corinthians nunca tenha admitido qualquer conversa com outros clubes. A investida do time italiano aumentou após a venda de Wesley Sneijder ao Galatasaray: o holandês custou € 7,5 milhões (R$ 20 milhões) aos turcos.

O volante foi considerado, em estudo recente, o segundo jogador mais valioso da Libertadores deste ano. Avaliado em R$ 42,4 milhões, Paulinho ficou atrás apenas do companheiro de equipe, Alexandre Pato, estimado em R$ 57,7 milhões.