Por Cleber Aguiar – Guiñazu se diz agradecido ao Inter em despedida

Fonte: O Estado de São Paulo

Guinazu_050113_5

Emocionado, o volante Guiñazu se despediu oficialmente do Internacional neste sábado com uma entrevista coletiva e se declarou grato ao clube que o contratou em 2007 e do qual se tornou ídolo pela raça demonstrada dentro de campo. “Sou eternamente agradecido ao Inter. Um obrigado muito grande por tudo. Nunca vou conseguir retribuir todo o carinho que recebi da torcida”, afirmou.

Guiñazu, de 34 anos, chegou ao Inter após chamar a atenção do clube no duelo com o Libertad pelas semifinais da Libertadores de 2006. Nesse período, o volante argentino disputou 282 partidas e marcou quatro gols. Ele faturou quatro títulos estaduais (2008, 2009, 2011 e 2012), uma Sul-Americana (2008), uma Libertadores (2010) e uma Recopa (2011). Neste sábado, Guiñazu garantiu que nem imaginava vencer tanto pelo clube quando foi contratado.

“É um dia difícil. Estou triste por sair do clube. Quando cheguei aqui, em 2007, nunca pensei que iria ganhar tudo o que ganhei. Deixo muitos amigos, e estou aqui para agradecer a cada um deles, cada pessoa que trabalha aqui e que me acolheu com muito carinho. O que vivenciei aqui dentro não vai acontecer nunca mais. Quero agradecer ao Rio Grande do Sul e a Porto Alegre. Acho que sempre vou poder entrar e sair do Beira-Rio de cabeça erguida. Vou levar o clube no sangue”, disse.

Ele explicou que foi procurado pelo Libertad na última sexta-feira e decidiu sair do clube por um desejo da sua família. Assim, conversou com Giovani Luigi, presidente do Inter, que aceitou liberá-lo gratuitamente. Ídolo, o jogador argentino pediu a compreensão do torcedor da equipe gaúcha.

“Foi tudo muito rápido. O Libertad me procurou ontem (sexta-feira). O presidente é uma pessoa séria e está me propondo muita confiança. Minha família sempre pensou em morar no Paraguai, e agora falta pouco para minha carreira acabar. Expressei o meu sentimento e o da minha família, que é o mais importante, para o presidente Giovanni Luigi e ele entendeu. É o momento certo para sair. Sempre dei tudo de mim aqui no Inter. Espero que a torcida entenda o lado humano da coisa”, comentou.

RETRÔ ICFUT – SANTOS TRICAMPEÃO PAULISTA 2012

Santos Tri

[videolog 784186]

20 GOLS
Santos – Neymar

15 GOLS
Mogi Mirim – Hernane

11 GOLS
Bragantino – 
Giancarlo

São Paulo – William José

Final
1ª RODADA
6/05 – 16h00 Guarani 0 x 3 Santos
2ª RODADA
13/05 – 16h00 Santos 4 x 2 Guarani
Final – Título do Interior
1ª RODADA
5/05 – 18h30 Bragantino 2 x 4 Mogi Mirim
2ª RODADA
12/05 – 18h30 Mogi Mirim 4 x 2 Bragantino
Semifinal
29/04 – 16h00 São Paulo 1 x 3 Santos
29/04 – 18h30 Guarani 3 x 1 Ponte Preta
Semifinal – Título do Interior
28/04 – 16h00 Mogi Mirim 3 x 2 Oeste
28/04 – 18h30 Bragantino 1 x 1 Mirassol
Quartas-de-final
21/04 – 18h30 São Paulo 4 x 1 Bragantino
22/04 – 16h00 Corinthians 2 x 3 Ponte Preta
22/04 – 16h00 Santos 2 x 0 Mogi Mirim
22/04 – 18h30 Guarani 3 x 2 Palmeiras
1ª Fase
   Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Corinthians 46 19 14 4 1 28 11 17 80.7
2  São Paulo 43 19 13 4 2 42 21 21 75.4
3  Santos 39 19 12 3 4 46 18 28 68.4
4  Guarani 36 19 11 3 5 26 18 8 63.2
5  Palmeiras 36 19 10 6 3 37 24 13 63.2
6  Mogi Mirim 35 19 10 5 4 32 22 10 61.4
7  Bragantino 29 19 8 5 6 33 33 0 50.9
8  Ponte Preta 28 19 8 4 7 34 31 3 49.1
9  Mirassol 25 19 6 7 6 31 25 6 43.9
10  Oeste 25 19 6 7 6 32 30 2 43.9
11  Linense 23 19 6 5 8 31 40 -9 40.4
12  São Caetano 23 19 5 8 6 24 25 -1 40.4
13  Paulista 22 19 7 1 11 26 29 -3 38.6
14  Ituano 20 19 5 5 9 25 34 -9 35.1
15  Botafogo 19 19 6 1 12 24 40 -16 33.3
16  XV de Piracicaba 18 19 5 3 11 23 29 -6 31.6
17  Portuguesa 18 19 4 6 9 22 29 -7 31.6
18  Guaratinguetá 15 19 4 3 12 22 43 -21 26.3
19  Catanduvense 13 19 2 7 10 19 36 -17 22.8
20  Comercial 12 19 3 3 13 18 37 -19 21.1

ICFUT – COPA SÃO PAULO FUTEBOL JUNIOR 2013 – TABELA & LINK PARA JOGOS AO VIVO

copa-sc3a3o-paulo-2013

LINK AO VIVO PARA JOGOS DA COPA SÃO PAULO JUNIOR 2013 – CLIQUE AQUI !

1ª RODADA
4/01 – 14h00 São Mateus-ES 1 x 0 Corinthians de Pilar-AL
4/01 – 16h00 Santos-SP 3 x 0 Remo-PA
4/01 – 17h00 São José-SP 1 x 3 São Francisco-BA
4/01 – 19h00 Cruzeiro-MG 0 x 0 São Caetano-SP
4/01 – 19h00 São Carlos-SP 1 x 0 Guaicurus-MS
4/01 – 21h00 São Paulo-SP 5 x 0 União Rondonópolis-MT
5/01 – 9h00 Audax-SP 7 x 1 Botafogo-PB
5/01 – 9h00 Comercial-SP 2 x 0 Paysandu-PA
5/01 – 11h00 Vasco da Gama-RJ 2 x 1 Botafogo-SP
5/01 – 11h00 Bahia-BA 2 x 0 Criciúma-SC
5/01 – 14h00 Taubaté-SP 2 x 2 Gama-DF
5/01 – 14h00 Marília-SP 3 x 4 Cruzeiro-DF
5/01 – 16h00 Coritiba-PR x Mirassol-SP
5/01 – 16h00 Botafogo-RJ x Santo André-SP
5/01 – 17h00 Grêmio Barueri-SP x Sertãozinho-SP
5/01 – 19h00 Palmeiras-SP x Confiança-SE
5/01 – 19h00 América-SP x Santos-AP
5/01 – 21h00 Flamengo-RJ x Rondonópolis-MT
6/01 – 9h00 Osasco-SP x Nacional-AM
6/01 – 9h00 Sumaré-SP x São Raimundo-RR
6/01 – 11h00 Ceará-CE x Santa Cruz-PE
6/01 – 11h00 Internacional-RS x Paulista-SP
6/01 – 14h00 Grêmio Prudente-SP x Espigão-RO
6/01 – 14h00 Penapolense-SP x Náutico-PE
6/01 – 14h00 Francana-SP x ASA-AL
6/01 – 14h00 Novorizontino-SP x Desportiva-ES
6/01 – 14h00 Flamengo-SP x Juventus-SP
6/01 – 14h00 Velo Clube-SP x Itaúna-MG
6/01 – 14h00 São Bernardo-SP x JV Lideral-MA
6/01 – 14h00 Monte Azul-SP x ABC-RN
6/01 – 14h00 Atibaia-SP x Red Bull-SP
6/01 – 14h00 Nacional-SP x Tocantinópolis-TO
6/01 – 14h00 Porto Feliz-SP x América-RN
6/01 – 14h00 Lemense-SP x Guarany-SE
6/01 – 15h00 União São João-SP x Americano-MA
6/01 – 16h00 Fortaleza-CE x Caxias-RS
6/01 – 16h00 Vitória-BA x Mogi Mirim-SP
6/01 – 16h00 Sport-PE x Guaratinguetá-SP
6/01 – 16h00 Paraná-PR x Ponte Preta-SP
6/01 – 16h00 Avaí-SC x Atlético-GO
6/01 – 16h00 Goiás-GO x Guarani-SP
6/01 – 16h00 Grêmio-RS x Aquidauanense-MS
6/01 – 16h00 Juventude-RS x Portuguesa-SP
6/01 – 16h00 Figueirense-SC x Ferroviária-SP
6/01 – 16h00 América-MG x Vila Nova-GO
6/01 – 16h00 Atlético-PR x Barras-PI
6/01 – 16h00 Fluminense-RJ x Atlético Acreano-AC
6/01 – 17h00 Linense-SP x Rio Preto-SP
6/01 – 17h00 Corinthians-SP x XV de Piracicaba-SP
6/01 – 19h00 Atlético-MG x Noroeste-SP

RETRÔ ICFUT – JI-PARANÁ CAMPEÃO RONDONIENSE 2012

181836_315157655236972_1048533532_n

 

Final
1ª RODADA
7/06 – 18h00 Ji-Paraná 2 x 2 Espigão
2ª RODADA
10/06 – 18h45 Espigão 1 x 4 Ji-Paraná

 

Semifinal
1ª RODADA
27/05 – 18h00 Ariquemes 1 x 2 Espigão
27/05 – 18h00 Ji-Paraná 3 x 1 Vilhena
2ª RODADA
31/05 – 20h00 Vilhena 3 x 1 Ji-Paraná
31/05 – 20h15 Espigão 3 x 0 Ariquemes
Primeira Fase
 Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Vilhena 31 14 9 4 1 26 8 18 73.8
2  Espigão 26 14 7 5 2 31 20 11 61.9
3  Ariquemes 26 14 7 5 2 24 13 11 61.9
4  Ji-Paraná 23 14 6 5 3 26 18 8 54.8
5  Genus 19 14 5 4 5 25 18 7 45.2
6  Moto 18 14 5 3 6 28 24 4 42.9
7  Rolim de Moura 8 14 2 2 10 21 34 -13 19.0
8  União Cacoalense 3 14 1 0 13 7 53 -46 7.1

Por Cleber Aguiar – Milan encerra negociação, e técnico comemora permanência de Robinho

Fonte:Globo.com

‘Ele ficará pelo menos até julho’, afirma Massimiliano Allegri em coletiva. Santos e Atlético-MG sonhavam com contratação do atacante

Santos e Atlético-MG sonhavam com a contratação de Robinho, mas a ambição acabou neste sábado. Em entrevista coletiva em Milanelo, o técnico do time italiano, Massimiliano Allegri, afirmou que o atacante não deixará a equipe agora. Ele retornaria ao Brasil somente em julho, de acordo com o treinador.

– Estou feliz que Robinho ficou no Milan. Ele não treina há três semanas, então precisará de tempo para recuperar a forma – disse Allegri, na véspera do confronto com o Siena, pelo Campeonato Italiano.

– Robinho ficará no Milan pelo menos até julho. Ele já disse que pretende voltar ao Brasil – emendou o treinador italiano

robinho milan x internazionale (Foto: Reuters)Clubes brasileiros não chegaram ao valor pedido pelo Milan para liberar Robinho (Foto: Reuters)

Um pouco antes, o canal oficial do Milan (Milan Channel) divulgou que o vice-presidente do clube, Adriano Galliani, teria confirmado o fim das negociações com clubes brasileiros para a transferência de Robinho. Na noite de sexta, o Santos tentou uma última cartada para acertar com o ídolo. O vice-presidente do Peixe, Odílio Rodrigues, e outros membros do clube jantaram com Galliani, em São Paulo, mas os santistas deixaram o encontro pessimistas porque o Milan não aceitava baixar a pedida: € 10 milhões (cerca de R$ 27 milhões).

O Atlético-MG também sonhava com o camisa 7, que no fim de 2012 estava na mira ainda do Flamengo (o time carioca desistiu por causa dos altos valores).

Em contato por email com o GLOBOESPORTE.COM neste sábado, Robinho já alertava que o acordo estava complicado, apesar da sua vontade de voltar para o Santos:

– Não tem nada fechado. Com o Santos é tranquilo, abro mão de uma parte do salário, mas com o Milan está difícil – disse o atacante, que inicialmente pedia aproximadamente R$ 1,1 milhão livre de impostos como salários.

Por Cezar Alvarenga – Timão fecha elenco para a disputa da Libertadores com Pato confirmado e Gil e Renato Augusto por detalhes.

Fonte: Globoesporte.com

renatoaugusto3_cliciaoliveira

O maior trabalho do Corinthians após a conquista do Mundial de Clubes, no Japão, foi manter o elenco que chegou ao título em vitória sobre o Chelsea, no dia 16 de dezembro. Por isso, os três reforços que devem ser apresentados nos próximos dias são considerados suficientes para o clube iniciar a disputa da Taça Libertadores, a partir de 20 de fevereiro, em duelo contra o San José, da Bolívia. Renato Augusto  e Gil dependem de pequenos detalhes para assinarem contrato com o Timão, enquanto Alexandre Pato já está confirmado.

Desde a conquista da Libertadores passada, em julho, o foco corintiano estava na manutenção dos principais jogadores – casos de Paulinho, Cassio e Emerson Sheik, por exemplo. A diretoria, por enquanto, não busca outros nomes. Mas, claro, não descarta estudar possíveis oportunidades que apareçam nas próximas semanas.

– Entendemos que o grupo já está fechado, pois o principal foco era manter os jogadores que o (técnico) Tite julgava importantes. A intenção é que ninguém saia, e os três que chegam, vêm para reforçar ainda mais – afirmou Duílio Monteiro Alves, diretor adjunto de futebol do clube.

– Claro que não podemos dar nada como encerrado, pois podem aparecer oportunidades, mas não buscamos outro jogador no momento – completou.

Depois de ter fechado com Pato, o Corinthians quer fechar logo as contratações dos outros dois para que todos tenham condições de jogo no Campeonato Paulista. O estadual serviria de adaptação para Renato Augusto, Gil e Pato, já que eles vêm de longo tempo no exterior. Renato estava no Bayer Leverkusen, da Alemanha, e só depende de exames médicos para ser anunciado. Gil é do Valenciennes, da França, mas nem se apresentou ao clube francês e deve fechar contrato até segunda-feira que vem. E Pato até já posou para ensaio com a camisa do Timão.

A maior parte do elenco mantido pela diretoria volta a trabalhar no dia 14, data marcada para a reapresentação daqueles que mais atuaram em 2012 – os titulares do Mundial e alguns reservas. Um grupo intermediário se concentra no CT Joaquim Grava a partir do dia 7. São jogadores convocados para o Mundial, mas que atuaram pouco na temporada passada. Duílio Monteiro Alves vê um elenco bastante satisfeito com suas condições.

– Fomos criticados por não valorizar os jogadores que ganharam os títulos. Todos tiveram melhorias. Por isso, estão todos muito satisfeitos – analisou.

Por Cezar Alvarenga – Timão é o líder nas maiores contratações do futebol brasileiro.

Fonte: Globoesporte.com

mont_tevez_nilmar_mas_62

Um padrão na estratégia dos clubes brasileiros para buscar contratações ainda está sendo moldado. Há casos e casos – ou acasos. Mas a verdade é uma só: o futebol do país vive uma nova era. E o Corinthians representa bem esse apetite renovado dos clubes brasileiros no mercado. No ranking das cinco maiores contratações da história do futebol brasileiro, o Timão figura em quatro primeiras posições, sendo a compra de Alexandre Pato, ex-Milan, a segunda maior delas. O clube paulista desembolsou € 15 milhões (pouco mais de R$ 40,2 milhões, ou US$ 19,7 milhões) para ter o jogador, de 23 anos, a partir desta temporada. Tevez, no fim de 2004, foi o único mais caro – US$ 22 milhões, ou R$ 60,5 mi à época.  Nilmar e Mascherano, que a exemplo de Carlitos foram garantidos com dinheiro da MSI, entre 2005 e 2006, também figuram no Top 5.

Nos últimos oito anos, as contratações pomposas dos clubes locais fazem parte de um processo de mudança de rumos do futebol brasileiro, que deixou de ser simplesmente um mero exportador de talentos para investir em reforços de peso (sete das principais transações foram feitas entre 2011 e 2013). O Corinthians, baseado primeiramente no dinheiro fruto da polêmica parceria com o MSI, e agora com recursos próprios, após investimento em sua imagem, que começou com a contratação de Ronaldo, é o pioneiro nesta nova fase.

top 5 contratações 2 (Foto: arte esporte)

De acordo com Amir Somoggi, consultor de marketing e gestão esportiva, o segredo da notável vantagem do Timão no mercado é o bom proveito das receitas oriundas dos contratos de TV.

– O marketing está sendo mais bem explorado, além de programa de sócio-torcedor e sistema de venda de ingressos mais acessível. Mas o principal de tudo é a receita vinda da TV. Tudo isso começa a tornar o mercado importador. Por que o Corinthians pode contratar o Pato? Porque tem um contrato com a TV bem maior do que a maioria dos clubes brasileiros. O Flamengo poderia investir de forma parecida se não tivesse boa parte desta receita comprometida por dívidas.

O valor pago pela diretoria do Corinthians para repatriar Alexandre Pato fica próximo daquele que o empresário iraniano Kia Joorabchian desembolsou por Carlitos Tevez. Para tirar o argentino do Boca Juniors, ele gastou US$ 22 milhões (R$ 60,5 milhões, considerando o câmbio da época). Por Pato, o Timão pagou quase US$ 20 milhões, mais de R$ 40 mi pelo câmbio atual. Nilmar e Mascherano foram adquiridos junto a Lyon-FRA e River Plate-ARG por US$ 12,5 milhões (R$ 27,8 mi na ocasião) e US$ 9,6 milhões (R$ 25 mi, em 2005), respectivamente.

– O Corinthians tinha um potencial mal explorado até a chegada do MSI. A parceria teve coisas boas e alguns problemas. O maior deles foi o rebaixamento. Depois disso, com sua torcida gigantesca, o Corinthians soube explorar melhor a sua marca. Imagine se o Flamengo contratasse o Ronaldo. Talvez estivesse colhendo tudo que o Corinthians conseguiu. O Flamengo é um gigante adormecido, que não tem feito valer o poder de mercado que tem. Um jogador pode fazer total diferença na vida financeira de um clube. O Ronaldo viu no Corinthians uma oportunidade que não teve no Flamengo, mesmo sendo flamenguista – disse Somoggi.

Após a saída do fundo de investimentos MSI, o cenário não poderia ser pior para o Corinthians no fim de 2007. O time estava rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro e ainda vivia sob o bombardeio de críticas em virtude da estranha associação com a antiga parceira e Kia. O futuro parecia cinzento, se comparado ao dos maiores rivais.

O Corinthians estava mergulhado no fundo do poço, mas teve a sorte de contar com a competência de um grupo de pessoas que conseguiu capitalizar essa paixão de forma a impulsionar o clube de volta ao sucesso. Caminho simbolizado pela chegada de Ronaldo. O Fenômeno fez explodir a receita e deu credibilidade internacional ao Corinthians. O resultado se revelou em títulos, especialmente a inédita conquista da Copa Libertadores e do bicampeonato mundial no ano passado, já sem o craque em campo.

– Estamos vivendo uma nova era. Passamos a vida inteira dizendo que os clubes tinham que vender jogador para sobreviver e agora as coisas mudaram. Os clubes perceberam isso de 2008 para cá e no ano seguinte com o efeito Ronaldo no Corinthians. É por isso que estamos repatriando vários atletas, como Pato.

Reforço do Corinthians para 2013, Alexandre Pato desembarca no Brasil com um preocupante histórico de lesões: foram 16 em seis temporadas pelo Milan. Pelo clube italiano, Pato disputou 150 jogos, marcou 63 gols e conquistou apenas dois títulos. Para Amir Somoggi, o acordo entre o jogador e o clube paulista é bastante temeroso.

– A contratação do Pato é uma atitude de risco. Mesmo que ele renda em campo, talvez ele não consiga pagar a conta. Por mais que consiga vender camisas e que os estádios continuem cheios, é um investimento muito alto (R$ 40 milhões por 60% dos direitos). Tem que usar o jogador para alavancar receita, exatamente como fez com o Ronaldo, que trazia muito mais visibilidade – concluiu.

O São Paulo é o único clube a se intrometer no domínio corintiano nas grandes contratações do país. A chegada de Ganso (em setembro do ano passado) é a quarta maior contratação da história do futebol brasileiro: US$ 11,8 milhões, ou R$ 23,9 milhões.