Por Cleber Aguiar – Cogitado por Palmeiras e Corinthians, Júlio Baptista deve ficar na Espanha

Fonte: Folha Online

376000000julio

Longe do futebol brasileiro desde 2003, quando deixou o São Paulo, o meio-campista Júlio Baptista foi procurado pelo Palmeiras. Porém, o jogador está distante do Parque Antarctica por alguns motivos, segundo pessoas com trânsito com o atleta. O meia indicou a eles que gostaria de cumprir seu contrato com o Málaga, até por uma questão de gratidão: Apesar de estar lesionado há algum tempo, recebeu a camisa 10 da diretoria.

A informação é da coluna Painel FC, assinada por Bernardo Itri, desta segunda-feira.

E mesmo que retorne ao Brasil, além de Palmeiras, pessoas ligadas ao Corinthians e ao Atletico-MG procuraram o meia-atacante demonstrando interesse –e com propostas que seriam mais vantajosas. O jogador volta a atuar na segunda quinzena de janeiro.

Até o momento, o Palmeiras anunciou a contratação do lateral direito Ayrton, que estava no Coritiba, e o goleiro Fernando Prass, ex-Vasco.

Já o Corinthians acertou com o meio-campista Renato Augusto, que estava no Bayer Leverkusen. O clube ainda tenta a contratação de Gil, do Valenciennes, da França, e doatacante Alexandre Pato, do Milan.

Já o Atlético-MG fez contratações pontuais. Entre os reforços está o volante Gilberto Silva e o atacante Luan, da Ponte Preta. Alecsandro, do Vasco, e o meio-campista Rosinei, ex-Corinthians, também estão próximos de acertar com a equipe.

Por Cleber Aguiar – Presidente diz que Joinville tem mais três reforços, mas não divulga nomes

Fonte: Portal Uol

  • Presidente Nereu Martinelli diz que Joinville tem mais três reforços, mas não divulga nomesPresidente Nereu Martinelli diz que Joinville tem mais três reforços, mas não divulga nomes

O Joinville tem mais três reforços para a próxima temporada. No entanto, o presidente Nereu Martinelli faz suspense e não deve divulgar os nomes até o final deste ano.

“Temos dois laterais esquerdos acertados e um volante praticamente definido. Eu não posso divulgar os nomes porque os atletas têm contrato em vigor. Um deles, inclusive, tem contrato até o fim de 2013 e está tentando acertar a saída de sua equipe”, disse.

Outro atleta que está com situação bem encaminhada é o meia Marcelo Costa, que defendeu o São Caetano na Série B deste ano. Seu contrato com o clube do ABC paulista termina no dia 31 de dezembro de 2012.

“Eles deverão retornar aos clubes em janeiro para acertar a rescisão e é por isso que não posso divulgar os nomes ainda. Até porque nem pré-contrato eu tenho assinado com estes atletas”, acrescentou Nereu Martinelli.

Oficialmente, a equipe catarinense confirmou cinco atletas para 2013: o goleiro João Paulo, os zagueiros Rafael e Sandro, o volante Augusto Recife e o atacante Bruno Veiga.

Por Cleber Aguiar – Chicão se veste de Papai-Noel e distribui presentes no interior

Fonte: Portal Terra

get

Campeão do mundo com o Corinthians no início de dezembro, o zagueiro Chicão voltou a Estiva Gerbi, cidade natal nas proximidades de Mogi Guaçu, no último final de semana para participar de ação solidária. O jogador se vestiu de Papai-Noel e ajudou a distribuir doces e presentes às crianças da cidade.

O comboio que levou o campeão mundial foi composto de caminhão dos bombeiros, caminhão aberto para entrega de presentes e viaturas da polícia. A família do jogador acompanhou tudo de perto. O jogador chegou à cidade de helicóptero e postou foto no Twitter usando a fantasia natalina.

Anderson Sebastião Cardoso ganhou apelido de Chicão quando atuava no Mogi Mirim, também cidade próxima a Estiva Gerbi. Ele também jogou por Portuguesa Santista, América-SP, Juventude e Figueirense antes de chegar ao Corinthians, em 2008, ano de disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o clube paulistano, conquistou títulos importantes como o Brasileiro de 2011 e a Libertadores de 2012, além do Mundial.

 

Por Cleber Aguiar – Grêmio inicia a venda de relíquias e lembranças do estádio Olímpico

Fonte: Gazetaesportiva.net

O Grêmio iniciou venda das relíquias para os torcedores que desejam guardar uma lembrança do Olímpico. O estádio foi substituído pela nova Arena do Grêmio e será demolido conforme o contrato com a empreiteira OAS prevê. Os itens disponíveis para a torcida gaúcha são cadeiras, encostos, azulejos, suportes com grama e até mesmo pedaços de concreto emoldurados.

investimento nas lembranças do Olímpico será alto. O produto mais caro chega a R$ 489,00, enquanto o mais barato está na faixa de R$ 59,00. Para justificar o preço colocado nas relíquias, a diretoria tratou de colocar suportes e bases de madeira em todos os itens do catálogo. O gramado do campo de jogo ainda conta com um manual de manutenção para prolongar a sua preservação.

Os sócios locatários do clube gaúcho terão prioridade na compra das lembranças e benefícios na hora de escolher a forma de pagamento. A pré-venda pela internet se estenderá até o dia 10 de janeiro. Assim que o prazo se esgotar, os demais torcedores também poderão adquirir os produtos do catálogo. Com exceção da grama, que só será comercializada depois que o Olímpico parar de receber jogos, todos os outros itens poderão ser retirados nas lojas Gremiomania.

Divulgação

O gremista precisará abrir a carteira para adquirir as lembranças do Olímpico: preços vão de R$ 489,00 a R$ 59,00

O último jogo do Grêmio no Olímpico foi realizado em 2 de dezembro, contra o Internacional. O empate por 2 a 2 no histórico clássico gaúcho fechou de vez as portas do estádio e iniciou uma nova era para o Tricolor. O time já inaugurou a sua nova casa com uma vitória por 2 a 1 sobre o Hamburgo, da Alemanha, e alugou o espaço para o jogo entre os amigos de Ronaldo e Zidane, no último dia 19.

Por Cleber Aguiar – Edu Dracena confia na volta de Robinho ao Santos: ‘A gente nem imagina ele com outra camisa’

Fonte: Globo.com

Em entrevista exclusiva ao LANCE!Net, capitão do Santos diz que ninguém no clube imaginava o ídolo vestindo outra camisa e tem certeza de que ele vai escolher o Peixe

Marcio Porto

Especial - Edu Dracena (Foto: Ivan Storti)
Edu Dracena na sala de fisioterapia do CT Rei Pelé (Foto: Ivan Storti)

Ver Robinho defendendo as cores de outro clube é inadmissível para o torcedor santista e seria uma grande surpresa para os jogadores do clube. Capitão da equipe e um dos maiores defensores da volta do ídolo, o zagueiro Edu Dracena não tem dúvidas de que o atacante vai acabar optando pelo Peixe ao decidir onde jogará no seu retorno ao país. Apesar dos interesses de Flamengo e Atlético-MG, Edu diz que no Santos ninguém imagina Robinho vestindo a camisa de um adversário.

– A casa dele é aqui. A última palavra, que é a do jogador, vai prevalecer e ele vai querer jogar com a gente de novo – afirma o capitão.

A contratação do ídolo, com quem atuou em 2010 e conquistou dois títulos, foi apenas um dos assuntos desta entrevista exclusiva. Edu também resumiu o ano de 2012, falou sobre as lições deixadas pelo Corinthians no Mundial e o tão sonhado tetra inédito do Paulistão. Acompanhe abaixo:

Após três lesões graves na carreira ainda dá para voltar 100%?
Com certeza. Não passa nenhuma dúvida na minha cabeça que vou voltar em alto nível. Já tive duas vezes e sei que volta legal, sem problemas, por isso que das outras vezes também fiz trabalho de fortalecimento, sem pressa e agora vai ser dessa forma para não ter problema. E espero que, se Deus quiser, essa seja a última da minha carreira.

Qual o balanço que faz de 2012?
Óbvio que algumas metas minhas e do time não foram alcançadas, mas do outro lado tem gente buscando a mesma coisa que a gente também. Ganhamos o Paulista, chegamos à semifinal da Libertadores, e acredito que o que nos deixou mais triste foi não conquistar uma vaga para o ano que vem, que seria a terceira seguida. Claro que no Brasileiro deixamos muito a desejar, mas temos de tirar de lição, e é melhorar para buscar vaga na Libertadores de 2014.

Quais objetivos pessoais não conseguiu alcançar?
Foi o título da Libertadores, essa lesão também atrapalhou. Pior coisa para o jogador é ficar machucado, seis meses sem jogar, e o maior prazer é jogar. Mas eu acredito que isso te dar mais força para ano que vem conseguir mais coisas.

Em 2013, todos os grandes estarão na Libertadores menos o Santos. Como analisa isso?
Infelizmente, não era o que a gente esperava, os times conquistaram, Santos também conquistou, mas o objetivo claro sempre foi a Libertadores. Mas isso não quer dizer que vamos baixar a cabeça, serve de lição e dá mais vontade para a gente se superar, concentrar nos jogos, fazer o máximo para conseguir novamente as grandes conquistas.

O que espera de 2013?
Conquistar títulos de novo. Estamos acostumados com títulos, então vamos buscar o tetra inédito do Paulista, o Campeonato Brasileiro que vai ser o grande objetivo do Santos. A gente precisa desse título para se consolidar como ganhador de todos os títulos da América do Sul.

Para isso, vai precisar contratar. E até agora só chegou o Neto. Não está demorando demais?
Claro que quanto mais cedo, melhor, mas a gente sabe da dificuldade do mercado. Temos de fazer um time forte, não pode acontecer como aconteceu em 2012, que perdermos vários jogadores e não conseguimos repor como esperávamos.

Esse planejamento passa por dois ou três grandes jogadores?
Acredito que sim. Temos um bom elenco, a base está bem, a mescla vai ser importante. Chegando dois ou três para decidir, vestir a camisa e dar conta do recado, vai ser importante para a sequência do clube.

O nome de mais peso é o Robinho, mas há dificuldade financeira. Vale fazer tal investimento?
Difícil você falar, porque não sei quanto o clube arrecada. O que posso falar é do atleta, excelente jogador, identificado com o clube, sua segunda casa. ele já deixou claro que se voltar quer jogar no Santos, é ídolo da torcida, e se vier vamos recebê-lo de braços abertos, muito felizes.

Seria decepção se ele acertasse com outro clube?
A gente nem imagina o Robinho vestindo outra camisa, né? Só imagina vestindo a camisa do Santos. Mas a gente sabe que tem profissionais do outro lado e a diretoria sabe aonde pode chegar. A gente não imagina ele vestindo a camisa do Atlético… (Neste momento, para e aponta para uma enorme foto de Robinho na parede do sala de musculação). Olho para ele todos os dias, já faz seis meses (risos). Então ninguém imagina, mas acredito que a última palavra, que é do jogador, vai prevalecer e ele vai querer jogar com a gente de novo.

Então ele optará pelo Santos?
Ah, não vai passar nenhuma dúvida na cabeça dele para escolher o Santos. Ele é de Santos, criado aqui nas categorias de base, então a gente não imagina ele vestindo outra camisa. Não tenho muito contato com ele, só falei nas férias quando ele veio tratar aqui.

Faz um apelo então para ele voltar, quem sabe ele vê…
Peço para que ele não pense duas vezes para voltar, porque aqui é a casa dele. Vamos recebê-lo de braços abertos para ele se sentir à vontade na cidade e no time, que ele é o grande ídolo de todos.

O que achou do Corinthians ganhar o Mundial de Clubes?
Foi importante para o futebol brasileiro. Rivalidade à parte, são profissionais que conquistaram. Não quero criar confusão até pela rivalidade, parabéns para eles, lutaram, agora cabe ao Santos buscar novamente a oportunidade de estar lá e conquistar o Mundial.

Seu discurso é por conta da polêmica com o Léo?
Não, é que tem de haver o respeito. Para o torcedor é válido, mas para nós que nos encontramos sempre, cada um é cada um.

Léo errou ao provocar então?
Não entro na questão, cada um é cada um, cada um tem seu jeito de ser, Emerson tem o dele, Léo tem o dele. Cabe a nós buscar de novo o título da Libertadores e Mundial.

Ainda pensa em retornar à Seleção Brasileira?
Primeiro quero voltar a jogar futebol, aí se eu voltar igual estava antes, penso, sim. Não penso na Copa do Mundo, mas se estiver jogando bem, em ter uma oportunidade. Se eu for merecedor, vai caber ao treinador decidir. Mas primeiro tenho de voltar a jogar em alto nível, aproveitar, e, caso contrário , dá chances para outro.

Por Cleber Aguiar – Neymar reúne ‘parças’ e realiza ‘clássico’ entre santistas e paulistanos

Fonte:Globo.com

Aproveitando as férias, craque santista junta os amigos para uma ‘pelada’

O futebol nunca é deixado de lado.Mesmo aproveitando as férias, que terminam no dia 3 de janeiro, Neymar continua disputando várias peladas.Neste domingo, o craque santista juntou vários amigos e realizou o ‘clássico dos parças’. O confronto reuniu santistas e paulistanos.

O artilheiro do Peixe postou fotos no Instagram com todo elenco da partida fazendo o já famoso símbolo do ” é toiss”.

– Clássico “toiss”. Toiss Santos x Toiss SP. – brincou Neymar.

Neymar, Santos toiss (Foto: Reprodução  / Instagram)Neymar junta os amigos para o ‘clássico ‘ (Foto: Reprodução / Instagram)
Neymar, Santos toiss (Foto: Reprodução  / Instagram)E o time campeão vai para ‘abraço'(Foto: Reprodução / Instagram)

Por Cleber Aguiar – Fluminense planeja criar embaixadas tricolores pelo mundo em 2013

Fonte: Lancenet.com.br

Medida faz parte da estratégia do clube para expandir a internacionalização da marca

Rodrigo Lois 

Mapa Fluminense - (Foto: Diogo Rohloff)
Locais onde o Fluminense já realizou alguma ação (Foto: Diogo Rohloff)

O Fluminense planeja pintar o mundo de verde, branco e grená. O clube trabalha para estabelecer embaixadas tricolores ao redor do mundo, já em 2013. A ação faz parte de uma das prioridades para o ano que vem: a internacionalização da marca.

– É uma meta nossa criar embaixadas pelo mundo. Todo o esforço está sendo feito para termos no ano que vem pelo menos uma embaixada inaugurada – disse o vice-presidente de Relações Institucionais do Fluminense, Alexey Dantas, ao L!Net.

O projeto ainda está em fase embrionária, até porque os departamentos envolvidos estudam como conseguir condições de investimento e parcerias para viabilizá-lo. Uma alternativa seria utilizar torcedores espalhados pelo planeta como pontos locais de referência.

Criar embaixadas é apenas uma das ações para a internacionalização da marca. A excursão que deverá ocorrer em junho, nos Estados Unidos, e a firmação de mais convênios são outras medidas previstas para 2013. Hoje, o Tricolor possui algum tipo de laço com oito clubes – um argentino (Vélez Sarsfield), um croata (Hajduk Split) e seis chineses (Jintao, Shangai Shenhua, Beijing Guan, South China e Guangzhou R&F FC e Guangzhou Evergrande).

A construção desses vínculos e a expansão da marca estão relacionadas com a melhora da imagem do Flu. De um lado, o futebol conquistou resultados expressivos nos últimos anos. Do outro, o clube tomou iniciativas que geraram mídia positiva, como por exemplo a reforma da sala de troféus, a criação do bar temático, a volta ao Ato Trabalhista, participação em eventos internacionais e ações sociais.

Por conta disso tudo, o Fluminense tem sido procurado, sejam por empresas especializadas em captação de novos mercados ou outros clubes de fora. A marca está em alta.

Principais alvos são China e EUA

Alexey Dantas, vice de Relações Institucionais do Flu,
em visita à China (Foto: Divulgação/Fluminense F.C)

O Fluminense tem grande interesse em expandir o reconhecimento da marca nos mercados chinês e norte-americano. Os dois são vistos como os de maiores potenciais a serem explorados.

– O futebol norte-americano ainda é incipiente se comparado ao brasileiro. É muito promissor. E a China é uma porta de entrada gigante para o mercado asiático – comentou Alexey Dantas.

Em 2012, o Fluminense recebeu nas Laranjeiras diversas visitas de delegações de empresas chinesas. Em setembro, participou da Cismef (Feira Internacional das Pequenas e Médias Empresas da China) – foi o único clube de futebol do mundo no evento. Além disso, é a única instituição do tipo associada à Câmara de Comércio Brasil-China. Mas questões de logística, como fuso-horário, têm atrapalhado as tratativas.

Apesar do foco mais voltado para China e Estados Unidos, o Fluminense não descartou a entrada em outros mercados. Por já ter futebol e área de negócios do esporte mais desenvolvidos, a Europa ficou num plano um pouco mais distante.

Mas o caso da América do Sul é diferente. O Fluminense pretende estabelecer novos convênios com clubes do continente, principalmente para explorar o sócio-futebol.

Ações relacionadas à Libertadores

Para se tornar ainda mais conhecido na América do Sul, o Fluminense irá aproveitar o embalo da disputa da próxima Copa Libertadores. O clube irá expandir as ações de marketing de cunho internacional que deram certo nos últimos anos, como a agência de viagens “Vou Ver ou Flu” e o evento itinerante “Tricolor em Toda Terra”.

Outra medida será desenvolver os encontros promovidos com delegações e representantes de outros clubes que virão ao Rio de Janeiro para jogar pela Libertadores. No ano passado, o Flu entregou diplomas, trocou presentes e realizou jantares com membros do Arsenal e do Boca Juniors, ambos da Argentina. O objetivo desse tipo de iniciativa é estreitar laços para possibilitar o surgimento de convênios.

Além disso, o Fluminense promete oferecer mais serviços para a categoria sócio-futebol relacionados à competição continental. A meta é acelerar o crescimento do número de afiliados da categoria. Com mais associados, o clube teria uma maior representatividade no mercado, algo importante para negociar novas parcerias.

Bate-Bola – Alexey Dantas
Vice-presidente de Relações Institucionais do Fluminense, ao L!Net

Porque o interesse em colocar o Fluminense no mercado chinês?
Temos de buscar novos mercados e a China hoje é um mercado em franca expansão, tem a questão dos BRICS. Hoje, o país é um grande parceiro do Brasil e lá o nosso futebol ainda é visto como grande referência e com reverência.

Como a marca Fluminense é vista hoje internacionalmente?
A percepção do Fluminense hoje, de cinco anos para cá, é de que ele é conhecido por pessoas que gostam de futebol em todo o mundo.

O clube pretende fazer algo de diferente para tricolores que vivem atualmente no exterior?
Isso ainda está sendo analisado. Mas é preciso deixar claro que a associação ao clube pode ser feita por qualquer tricolor, em qualquer lugar do mundo. Vantagens estão sendo estudadas, tudo para aumentar nossa gama de associados.

Há parceiros estrangeiros?
Por questões logísticas, tributárias, isso está sendo estudado, mas ainda não temos. Mas isso não está descartado, principalmente em termos de comércio pela internet.

Por Cleber Aguiar – Vasco pode fechar com Neto Berola, Sandro Silva e Pedro Ken após o Natal

Fonte: Lancenet.com.br

Jogadores viriam através de trocas, para evitar gastos

Neto Berola - Sandro Silva - Pedro Ken (Foto: Gil Leonardi - VIPCOMM - Divulgação)
Trio pode reforçar o Vasco para a próxima temporada (Foto: Gil Leonardi – VIPCOMM – Divulgação)

A diretoria do Vasco está perto de fechar mais três contratações para 2013. Neto Berola, do Atlético Mineiro, e Sandro Silva e Pedro Ken, do Cruzeiro, negociam com o clube e podem ser anunciados logo após o Natal.

Os três chegariam através de troca-troca, algo que a diretoria do Vasco tem buscado como uma forma de evitar gastos. O clube não tem condições de fazer investimentos.

O meia Pedro Ken e o volante Sandro Silva, além do atacante Wellington Paulista e do lateral-direito Marcos, foram os nomes presentes na última lista de jogadores que o Cruzeiro ofereceu em troca de Nilton, que está de saída da Colina. Os dois primeiros agradaram mais aos vascaínos, até porque o clube já acertou com um atacante de área (Zé Eduardo) e negocia com um lateral (Nei).

Para a conclusão do negócio, ainda será preciso um ajuste com os próprios jogadores que, a princípio, não estariam nos planos do Cruzeiro.
No caso de Neto Berola, ele pode ser envolvido em uma triangulação. Com isso, Eder Luis iria para o Palmeiras, Maikon Leite para o Atlético-MG e Berola desembarcaria no Rio para vestir a camisa vascaína.

Ainda à espera de um desfecho, Neto Berola mostrou entusiasmo em defender o Vasco em 2013.

– O Vasco é um grande clube e todo jogador sonha jogar num grande clube. Eu tenho dois anos e meio no Atlético, já tenho uma história lá e, se acontecer a negociação, vou tranquilo. Vai ser um grande prazer também jogar pelo Vasco – disse Neto Berola à Rádio Globo.

Mais mineiros

O Vasco já dá como certa também a contratação de outros três jogadores de Minas: Thiaguinho, do Cruzeiro, além de Fillipe Souto e Leonardo, do Atlético Mineiro. Eles deverão ser apresentados até sexta-feira.

Nilton negocia um acordo

Para o acerto com o Cruzeiro, os representantes de Nilton costuram um acordo com o Vasco para evitar problemas futuros. O jogador conseguiu a rescisão do contrato na Justiça. Mas, como o Vasco pretendia entrar com uma liminar, o caso poderia virar uma novela.

Até por isso, o próprio agente de Nilton, Vagner Ribeiro, está intermediando as conversas entre os clubes. Assim que o troca-troca for definido, o volante será liberado de forma amigável.

Time está sem primeiro volante

A chegada de Sandro Silva serviria para acabar com uma lacuna no elenco, deixada pelas saídas de Eduardo Costa e Nilton. Sem a dupla, o Vasco ficou sem nenhum primeiro volante no elenco.

Wendel, Fellipe Bastos, Jhon Cley, além de Fillipe Souto, recém contratado, também são volantes, mas todos com características ofensivas. Nenhum deles tem como ponto forte a marcação.

Além disso, Sandro Silva também poderia ser improvisado na lateral direita. Apesar de preferir atuar no meio de campo, posição de origem dele, ele chegou a ter boa atuações jogando pelos lados quando ainda defendia o Palmeiras.

BATE-BOLA
Neto Berola, em entrevista à Rádio Globo

Você já está ciente do interesse do Vasco?
Fiquei sabendo pela internet, mas meu empresário não falou nada. O Vasco é um grande clube, todo jogador sonha jogar por um clube assim. Se acontecer a negociação, vai ser um grande prazer jogar no Vasco. Mas sobre a negociação não chegou nada de concreto.

E qual é a avaliação que você faz de sua temporada pelo Atlético Mineiro? O ano foi bom?
Esse ano não foi muito bom, porque as contusões me deixaram muito tempo fora. Mas, no clube, fomos campeões invictos e fomos para a Libertadores. Foi muito bom para a minha carreira.

E qual é sua expectativa?
Espero que dê tudo certo, que eu possa ajudar o Vasco. Se tiver que acontecer vou estar muito tranquilo para defender o clube. Vou dar o meu melhor para ajudar.

E quanto à torcida do Vasco?
Aqui em Porto Seguro (onde passa férias) tem muito vascaíno, mas também tem muito atleticano. E tenho grandes amigos que são torcedores do Vasco.

REFORÇOS PARA 2013

Elsinho
O lateral-direito, ex-Figueirense, já acertou com o clube.

Thiaguinho
O atacante também já acertou.

Fillipe Souto
O volante foi trocado por Alecsandro.

Leonardo
Falta o acerto salarial para assinar.

Michel Alves
O goleiro será apresentado em breve.

Zé Love
Vai assinar nesta semana.