Por Cleber Aguiar – Vasco rescinde contrato de Felipe

Fonte: O Globo – RJ

  • René Simões não gostou de declarações do jogador em entrevista nesta semana

Tatiana Furtado

RIO – O elenco do Vasco sofreu mais uma baixa. Depois das saídas de titulares como Fernando Prass, Alecsandro e Juninho Pernambucano, nesta sexta-feira foi a vez de Felipe. O meia, porém, teve seu contrato rescindido pelo clube, de acordo com o Lancenet. O diretor executivo do Vasco, René Simões, não gostou das declarações do jogador em uma entrevista ao jornal Extra e entendeu que não haveria clima para uma continuidade. O alto salário de Felipe também pesou na decisão.

– Ainda não conversei com o Felipe, mas seus empresários foram comunicados. É uma decisão que tomamos, pois não podemos aceitar que um funcionário diga que, por estar com salários atrasados, não poderá ser cobrado por ninguém. Nossa situação está melhorando, mas como acho que vamos sofrer um pouco ainda nesse começo com atrasos, não poderia aceitar essa situação. Quem chegar atrasado, faltar, será cobrado disse René Simões ao Lancenet.

Diretor técnico do Vasco, Ricardo Gomes entendeu a decisão, mas disse que não ficou contente com a saída de Felipe.

– Depois de Juninho, agora o Felipe. É um baque sim, pelo que representam para o grupo e o clube. Não participei diretamente da decisão, mas fui notificado. Entendo que foi uma questão de disciplina, que é importante em qualquer trabalho. Não fico contente com a situação porque perdemos mais um jogador de qualidade.

Veja a entrevista com Portal Extra:

Felipe critica planejamento do Vasco: ‘René, pra quê? Tem que contratar jogador e, não, dirigente’

Felipe volta para o Rio nesta quinta-feira e vai procurar René Simões para avisar que quer ficar
Felipe volta para o Rio nesta quinta-feira e vai procurar René Simões para avisar que quer ficar Foto: Ivo Gonzalez /
Marluci Martins

O sol que bronzeia Felipe, em Fortaleza, não brilha para o Vasco. Mas o calor da torcida mantém acesa a chama do amor pelo clube. De férias, Felipe volta ao Rio nesta quinta-feira para dizer à diretoria que quer ficar. E ajudar. Apesar da mágoa revelada nesta entrevista exclusiva.

Tem acompanhado as notícias sobre a debandanda dos jogadores do Vasco?

Estive em Miami e, agora, estou em Fortaleza. Tenho acompanhado, sim. Esses jogadores não devem ser criticados de forma nenhuma. Garanto que esses jogadores que estão saindo fizeram o possível e o impossível para continuar.

Juninho tem seu apoio?

Concordo com Juninho e todos os que estão saindo. O Vasco não deu somente um motivo. Deu vários. E o último erro foi gravíssimo: pagou salários a somente 13 jogadores. Isso foi um tiro no pé. O Vasco não é só esses 13 jogadores. Eu, particularmente, não recebi. Não estou dentro. Faltou respeito a mim e a outros profissionais.

Você se certificou de que o Vasco pagou a 13 jogadores?

Foi o que eu soube. E, mesmo que eu tivesse recebido, estaria chateado. Como podem manter o salário do Dedé em dia e deixar outros há quatro meses sem receber? A ideia era segurar alguns mais importantes? Fiquei muito chateado com essa situação. O presidente poderia até ter feito isso, desde que chamasse os outros para conversar e explicasse: “Não temos receita para pagar a todos. Vamos fazer uma vaquinha para segurar alguns”. Do jeito que foi feito, é a mesma coisa que uma pessoa te dever dinheiro, passar por você na rua e não falar nada. Fomos campeões da Copa do Brasil com os salários atrasados. Disputamos o Brasileiro com os salários atrasados. Há muito tempo, isso não é novidade no Vasco.

Está preocupado com a situação?

Em 16 anos como profissional, com a maior parte da minha vida dedicada ao Vasco, é a fase mais preocupantes que já vivi no clube.

Você vai deixar o Vasco?

Independentemente dessa situação, eu quero continuar. Espero ajudar dentro e, também, fora de campo. Tentei arrumar um patrocínio no Qatar e paguei as passagens do meu próprio bolso. Não tive ainda retorno em relação a essa conversa e acho que nem vou ter. Mas tentei.

 

Apesar de o presidente ter me dado motivo para botar o Vasco na Justiça, quero ficar. Gosto e respeito essa torcida

Felipe

Não vai, então, acionar o Vasco na Justiça?

Não pretendo, apesar de o Vasco ter me dado motivos. Pela minha história, por ser o maior vencedor da história do Vasco, eu merecia mais consideração. Num elenco com 36 jogadores, se 13 recebem, o que fazem os outros 23? Entram na Justiça? Qual é o critério para pagar? Por que o tratamento é diferente? Isso desmotiva, desgasta. Dá vontade de ir embora. Mas, pelo carinho que tenho pela torcida, mais uma vez eu vou deixar isso pra lá.

O que acha de o Dinamite ter dito que nunca recebeu salários em dia?

O salário da minha carteira está atrasado há três meses. O direito de imagem está atrasado há quatro ou cinco meses. Já até perdi a conta. Então, é duro escutar o presidente falando isso.

Por que, então, vai ficar?

Porque tenho identificação muito grande com o clube. Repito: apesar de o presidente ter me dado motivo para botar o Vasco na Justiça, quero ficar. Gosto e respeito essa torcida. Chego ao Rio na quinta-feira à noite. Pretendo conversar com o René Simões. Quero saber se vou ser útil ao clube. Quero ficar… A não ser que não esteja nos planos do René Simões…

 

Não tenho nada contra o René Simões… Mas, pra quê? Tem que contratar jogadores e, não, dirigente

Felipe

O que está achando das mudanças no departamento de futebol?

Chegou o Ricardo Gomes, beleza. Ele e o (diretor) Daniel (Freitas) faziam uma boa dupla. Mas vejo que não existe planejamento. Essa troca de dirigentes… Não tenho nada contra o René Simões… Mas, pra quê? Tem que contratar jogadores e, não, dirigente.

Está aborrecido com a fritura do diretor Daniel Freitas, com quem tem boa relação?

É mais ou menos aquela situação que a gente já conhece: a prata da casa só é valorizada depois que sai. A situação financeira já não está boa. Pra que vir outro? Está trabalhando de graça? Não está, né? Ninguém trabalha de graça.

Vai exigir um elenco forte? Não teme se queimar?

No Vasco, já joguei em outros times desfigurados. Será mais um desafio na minha carreira. Mas é lógico que vamos conversar sobre isso, sim.

A torcida ainda pode ter esperança?

Garanto que vou fazer o possível e o impossível para ajudar o Vasco. Agora, se a gente vai ganhar, não dá pra saber. Quero que o Vasco se acerte financeiramente porque, assim, tudo vai fluir naturalmente. Um exemplo é o Corinthians, que caiu, levantou, se organizou e… onde foi parar? Fizemos um jogo de igual para igual com o Corinthians na Libertadores. Mas, na hora H, papai do céu ajuda quem trabalha de forma mais correta, quem está em dia… Se o Vasco fosse campeão da Libertadores, se o Vasco fosse para o Mundial, estaria sendo coroado o modelo errado. O Vasco não tem centro de treinamento, não paga em dia e não faz as coisas corretas. Tem que se adequar, estruturar a base…

Quer encerrar a carreira no Vasco?

Meu contrato termina em dezembro de 2013. Em princípio, quero. Mas a gente nunca sabe. Com certeza, a ideia do Juninho também era essa.

Qual é a saída para o Vasco?

A diretoria está tentando acertar, mas cometeu um erro maior ao pagar a 13 jogadores. Como vai cobrar do cara que não recebeu? Agora, só vai poder dar esporro em quem recebeu. Em mim, não. Eu não recebi p… nenhuma!!!

Por Cleber Aguiar – Vasco acerta empréstimo com o Genoa e Zé Love chega para assinar

Fonte: Lancenet.com.br

Ex-atacante do Santos desembarca no Rio de Janeiro neste fim de semana para definir últimos detalhes com o Cruz-Maltino

Zé Love Eduardo - Siena (Foto: AFP)
Zé Eduardo esteve emprestado ao Siena esta temporada (Foto: AFP)

O Vasco acertou nesta sexta-feira com o Genoa (ITA) o empréstimo por uma temporada do atacante Zé Eduardo. O jogador desembarca no Rio este fim de semana para se reunir com a diretoria cruz-maltina, definir os últimos detalhes do compromisso e assinar contrato.

O jogador chega à Colina com a missão de substituir o artilheiro do time na temporada passada, o atacante Alecsandro, de saída rumo ao Atlético-MG.

Aos 25 anos, Zé Love, como é conhecido o centroavante, fez sucesso com a camisa do Santos, clube em que foi bicampeão paulista, campeão da Copa do Brasil e da Libertadores. Negociado para o futebol italiano, não conseguiu se firmar no Genoa e no Siena.

O jogador é o sexto reforço do Vasco para a temporada que vem. O clube de São Januário já acertou com o goleiro Michel Alves, com o lateral-direito Elsinho, com o volante Fillipe Soutto e com os atacantes Thiaguinho e Leonardo.

 

 

Por Cleber Aguiar – CBF confirma Fluminense como líder do novo Ranking Nacional de Clubes

Fonte: Globo.com

Campeão mundial, Corinthians aparece na segunda colocação. A partir de agora, apenas os últimos cinco anos serão levados em conta

Por GLOBOESPORTE.COM Rio de Janeiro

A CBF confirmou nesta quinta-feira o Fluminense como o líder do novo Ranking Nacional de Clubes, que tem novidades e adota critérios diferentes dos usados nos últimos anos. As conquistas recentes levaram o Tricolor ao topo. Agora, apenas resultados dos últimos cinco anos são considerados. O clube carioca soma 16.208 pontos.

Festa fred fluminense taça campeonato brasileiro (Foto: André Durão / Globoesporte.com)Novo ranking leva em conta apenas resultados dos últimos cinco anos (Foto: André Durão / Globoesporte.com)

Com isso, os títulos brasileiros de 2010 e 2012, e as participações nas últimas três edições da Libertadores, que geram bônus, levaram o Tricolor carioca ao topo do novo Ranking Nacional de Clubes. Pelo critério antigo, eram levados em conta os resultados em competições nacionais desde 1959, ano em que o primeiro campeonato abrangendo todo o país foi disputado. A partir de agora, apenas os últimos cinco anos serão levados em conta. Eles terão pesos diferentes (o mais novo multiplica a pontuação por cinco, o seguinte, por quatro, até o mais antigo, que tem peso um).

Atual campeão da mundial e da Libertadores, o Corinthians aparece na segunda colocação, com 15.624, seguido por Vasco, São Paulo, Grêmio, Inter, Flamengo, Palmeiras, Santos e Cruzeiro. – os dez primeiros.

Veja na íntegra o novo Ranking nacional de Clubes.

INFO-ranking nacional atualizado (Foto: arte/globoesporte.com)

ICFUT – LIBERTADORES 2013 – VEJA OS GRUPOS

tabela_libertadores_2013.png

Fonte: Globo.com

PRÉ-LIBERTADORES

Jogo 1 -Tigre-ARG x Deportivo Anzoátegui-VEN

Jogo 2 – Grêmio x LDU-EQU

Jogo 3 – Tolima-COL x Universidad Cesar Vallejo-PER

Jogo 4 – Olimpia-PAR x Defensor-URU

Jogo 5 – São Paulo x Bolívar-BOL

Jogo 6 – Deportes Iquique-CHI x León-MEX

ICFUT–Timão em Toquio

Por J. Edimar

Nosso Time conquistou, em 04/07/2012, de forma indiscutível e absoluta, a edição da COPA LIBERTADORES DA AMERICA DE 2012 e, com isso, homologou seu direito de “carimbar os passaportes” para disputar o CAMPEONATO MUNDIAL DE CLUBES DA FIFA, no Japão…

A exemplo do que já ocorrera em 2000, participaram das disputas os campeões de cada continente (5 continentes), mais o campeão do país onde ser realizaria o torneio, mais o campeão da Europa e, ainda, o campeão da CONCACAF, que, neste ano, enviou, para o Japão, o Time do MONTERREY, do México.

Nosso Time fazia-se presente por ter sido o CAMPEÃO DO CONTINENTE SUL AMERICANO, a Copa Libertadores.

Durante todo o decorrer das 38 rodadas do Campeonato Brasileiro de 2011 (aquele que nos sancionou o direito à disputa da Libertadores/2012), eu cansei (do verbo cansar), de ouvir “abobrinhas” dos torcedores de outros times, de alguns membros (venais) da mídia esportiva do País (principalmente de um idiota assumido de nome MILTON NEVES).

Ouvir babaquices e idiotices de outros torcedores, não é nada bom, mas tolera-se, afinal são, todos (não importando qual seja seus times), inconformados com a grandeza e a dignidade de nossa torcida, haja vista que somos a maioria absoluta em qualquer estádio do Brasil e, isso, incomoda!

Tolerar, entretanto, as babaquices deste idiota do Milton Neves, é coisa que não me entra na cabeça… É um fofoqueiro de marca maior, frustrado, doente, idiotizado e fanático por baixarias e babaquices!

E este “parlapatão” da mídia esportiva paulista faz, como ninguém, seu papel de frustrado, de inconformado, de invejoso, de “zero à esquerda”, todas as vezes que, (com ou sem razão), mete-se a falar de nosso Time, de nossa Torcida e de nossa gente…

Foi, todavia, o que mais se viu ao longo das 38 rodadas do Brasileirão/2011 que, diga-se, foi ganho pelo Glorioso Alvinegro do Parque São Jorge) pois, bastava qualquer deslize de nosso Time ou de nossa Torcida, para que este “goiabão” se sentisse cheio de si, a alardear, a denigrir, a tripudiar…

Mas findo o Brasileiro, nossas baterias se renovariam para a disputa de outro (mais importante ainda) torneio onde, desta vez, com 32 clubes, seria a mais árdua e mais disputada de todas as edições da Copa Libertadores de todos os tempos.

Se, ao longo do Brasileirão/2011, as buzinadas deste idiota nos tiravam do sério, de idêntica forma, estas “chacotas sob medida” deste idiota, nos tiravam, ainda mais, do sério, do centro, de tudo!

Mas, com ele ou sem ele, ganhamos, também, a Copa Libertadores e, com isso, o direito de disputar, no Japão, o CAMPEONATO MUNDIAL DE CLUBES DA FIFA.

E, para lá, fomos!

Quanto à LIBERTADORES que ganhamos, é muito importante que se deixe anotado que a ganhamos de forma líndima, absoluta, indiscutível, cristalina e heroica para desespero destes estes mesmos “anti corinthianos”, que mudaram as cores de suas camisas por 14 vezes, torcendo contra o nosso Time…

Mas, enfim, eis-nos, agora, em Tóquio (de onde os porcos voltaram de rabinhos enrolados em 1999 e de onde os “caipiras da vila” voltaram, em 2011, com uma sonora goleada de 4xo nas costas!

As “secadas”, as piadinhas de idiotas, (tanto na mídia como no meio comum), prosseguiam. Mas prosseguiram até o dia do embarque de nosso Time para o Japão pois, nesta hora, São Paulo tremeu com a força da nossa mobilização uma vez que, na ala internacional do Aeroporto de Cumbica estavam presentes, “apenas”, 20.000 corinthianos, desejando feliz viagem e boa sorte ao mais glorioso de todos os Alvinegros do Mundo!

A coisa mudou.

Agora o respeito já era verificado na boca de alguns destes “fanfarrões de plantão” pois o comentário que se ouvia, em seguida era que “se está assim no embarque de ida, imaginem o que ocorrerá no desembarque, quando o Time trouxer, na bagagem, o Bi Campeonato Mundial de clubes”

O que era chacota passou a ser respeito e que era “mera gozação” passou a ser preocupação pois se, acaso, o Time conquistasse o Campeonato Mundial, seria o 2º de sua história e, a despeito de toda a idiotice publicada e digerida pelos anti corinthianos, isso seria um fato inédito, haja vista que ninguém, no futebol brasileiro, tem um bi campeonato do mundo de clubes ligados à FIFA.

Por mais que os “bambis” e os “caipiras da vila” queiram argumentar, nenhum destes dois clubes tem o título de BI CAMPEÃO DO MUNDO.

Quando conquistaram estes troféus, a modalidade de disputa envolvia apenas o Campeão Europeu contra o Campeão do Continente Sul Americano.

O sistema de disputa envolvendo 8 clubes começou em 2000, num torneio garbosamente conquistado pelo Alvinegro do Parque São Jorge.

Depois disso, os “bambis” disputaram e ganharam em 2005 de forma a ter, em sua galeria de troféus, 2 taças de campeão do TORNEIO INTERCONTINENTAL DE CLUBES e apenas um troféu de Campeão do Mundo.

Quanto aos “caipiras da vila”, que tanto se arvoram de serem detentores de um BI mundial, que se contentem com dois troféus de campeões do Torneio Intercontinental de clubes, pois a chance que tiveram de obter um mundial, eles a jogaram pela janela do avião, sonoramente goleados, que foram, pelo Barcelona.

Enquanto isso a porcada, nem uma coisa, nem outra pois foram para Tóquio em 30/11/1999 achando que, lá a influência da “mafia do leite” teria validade (ou que a, ainda, o “Zé do apito” também pudesse ser levado na bagagem), e voltaram com os rabinhos enroladinhos entre as pernas, sob enorme sarro da nossa enorme e incomparável torcida!

Quanto a Grêmio e Flamengo que, antes de 2000 tiveram o privilégio de voar para o Japão e, lá, terem obtido o “principal caneco de suas histórias, devem, sim, comemorar mas, jamais, insinuarem ser Campeões do Mundo mas, sim, CAMPEÕES DO TORNEIO INTERCONTINENTAL DE CLUBES, a exemplo do Vasco da Gama e do Cruzeiro, frisando, porém, que Vasco e Cruzeiro voltaram, a exemplo dos porcos, sem nada conquistar, exceto a Libertadores, que lhes homologou o direito de irem para Tóquio, etc.

Campeões Mundiais de clubes são, portanto, aqueles que o conquistaram após 2000 e, aqui, cito-os, por questão de justiça, que são: Corinthians (2000), Internacional de Porto Alegre (2006) e São Paulo (2005).

Mas, enfim, eis que, em Tóquio, as manifestações de apoio vinham de todas as partes do mundo, tornando aquele local num recreio de corinthianos. É necessário, todavia, que se registre, também, aqui, que não há um só lugar, no mundo, onde não exista um corinthiano!

Não é necessário que se repita, aqui, que a NOSSA MAIORIA INCOMODA mas, é, sim, o que ocorre pois os que não fazem parte deste “bando de loucos”, os que têm ojeriza por nossas cores, nossas tradições e nossas conquistas, estão, hoje, todos, injuriados…

DÁ-LHES, TIMÃO!!!

1.

Ante um enorme aparato da mídia,

O Time do Povo embarcou para o Japão;

(Levando na bagagem a fé do Povão)

E matando de inveja os inconformados…

Embarcou sossegado e sem traumas,

Para jogar com eficiência e calma

E voltar para o Brasil consagrado!

2.

No dia do embarque, a grata surpresa:

Mais de 20.000 o viram embarcar;

(Pois estava indo nos representar,

Para nos trazer mais um MUNDIAL)…

Iria, garbosamente, batalhar,

Jogar com muita raça e ganhar,

Fazendo antecipar o nosso carnaval!

3.

Mas tudo que envolve nossa gente,

É alvo de uma tremenda especulação;

(Pois todos sabem que o Timão,

Tem a maior torcida do País)…

E foi com base nestes argumentos,

Que a mídia, avenal, usou o momento

Para publicar asneiras como quis!

Continuar lendo

ICFUT – Nenê confirma conversa com Santos

Nenê confirma conversa com Santos: ‘Seria uma honra jogar com Neymar’.

Meia-atacante desembarca em São Paulo e nega acerto com o Peixe, mas garante que não quer voltar para Paris e mira maior visibilidade pela Seleção

Por Daniel RomeuGuarulhos, SP

30 comentários

O meia-atacante Nenê já está no Brasil, mas seu futuro segue indefinido. O jogador do Paris Saint-Germain desembarcou em São Paulo na noite desta quinta-feira e garantiu que ainda não pode se considerar jogador do Santos. Mas apesar de despistar sobre o interesse do Peixe e de outros clubes, também da Europa, deixa transparecer a vontade de jogar no futebol brasileiro. A chance de atuar ao lado do atacante Neymar, segundo ele, pode pesar em sua decisão.

Uma coisa, no entanto, é certa: Nenê não tem mais interesse em permanecer no PSG. Contratado pelo clube francês em 2010, ele marcou 48 gols em 112 jogos e é considerado um dos ídolos da torcida, mas perdeu espaço com a chegada de jogadores como Ezequiel Lavezzi e o atacante Ibrahimovic. E as negociações com o Peixe estão em andamento.

NENÊ Paris Saint-Germain (Foto: Daniel Romeu/Globoesporte.com)Nenê diz ainda não estar acertado com o Santos (Foto: Daniel Romeu/Globoesporte.com)

– Por enquanto, não está nada acertado. Até agora foram só conversas, e estou falando com outros clubes também. Saí de Paris sem nenhuma novidade. Vou relaxar a cabeça, conversar com a família e ver o que decido. Minha intenção é mudar de ares, sair mesmo. Mas ainda não sei se seria no Brasil. Tenho essa vontade, mas posso continuar na Europa – disse Nenê, que está na mira também de clubes da Itália e Turquia, além de Flamengo e Botafogo. – Estar aqui (no Brasil) fica mais fácil para negociar, já poderia assinar e tudo. Mas não vai acontecer por isso. Vim para descansar, passar as festas, pegar um calor. Lá está muito frio. Se tiver que conversar, meu empresário me avisa e conversamos.

Caso Nenê realmente venha a defender o Santos, será sua segunda passagem pela Vila Belmiro. O meia-atacante atuou pelo Peixe em 2003, sendo vice-campeão da Libertadores e do Brasileiro. Se na ocasião Robinho era o grande destaque do time, a possibilidade de atuar ao lado de outra estrela entre os Meninos da Vila aumenta a chance de o Santos levar a melhor na negociação. Nenê se mostra muito animado pela proximidade de atuar ao lado de Neymar.

NENÊ Paris Saint-Germain (Foto: Daniel Romeu/Globoesporte.com)Nenê diz que jogar ao lado de Neymar seria um
diferencial (Foto: Daniel Romeu/Globoesporte.com)

– Seria uma honra muito grande jogar ao lado do Neymar. Ele é um jogador excepcional, bem cotado nos clubes mais importantes do mundo. Seria muito bom. Se tiver essa possibilidade e for bom para mim, seria muito gratificante. É um clube que conheço, onde tive a felicidade de jogar. Foi uma passagem rápida, mas boa. Torcedores têm carinho por mim. Ajuda conhecer a cidade. Mas não tenho preferência, não tive nenhuma decisão em relação a isso – declarou.

Já negociando os salários com o clube da Vila Belmiro, Nenê garante entender que os padrões do futebol brasileiro ainda não se equiparam à Europa, por isso admite uma redução salarial para voltar ao futebol brasileiro. Seu grande objetivo ao voltar ao país é chamar a atenção do técnico Luiz Felipe Scolari e ganhar uma chance na seleção brasileira. O próprio Nenê revela ter pressa para acertar o novo destino, apesar de não estipular um prazo.

– A quem não interessa jogar na Seleção? É o sonho de qualquer jogador, e eu ainda tenho esse sonho. Não acabou. Tenho uma pequena esperança, quem sabe com o novo treinador. Ele gosta de jogadores experientes, quem sabe não possa vir a ter essa oportunidade? – disse.

Fonte: Globoesporte

ICFUT – Renovação de Assunção segue parada

Renovação de Assunção segue parada. Faltam 11 dias para o fim do contrato.

Volante pretende renovar por mais um ano para encerrar a carreira no Palmeiras. Empresário aguarda resposta da diretoria palmeirense.

Marcos Assunção - Treino do Palmeiras (Foto: Fernando Roberto)Contrato de Marcos Assunção termina no dia 31 (Foto: Fernando Roberto)

A novela pela renovação do contrato do volante Marcos Assunção continua. O empresário do jogador Ely Coimbra e a diretoria ainda não chegaram a um acordo para prorrogar o vínculo até o fim de 2013. O contrato atual termina no dia 31.

Os dirigentes palmeirenses seguem com a postura de evitar comentar sobre qualquer negociação. O vice-presidente de futebol, Roberto Frizzo, é quem tem cuidado diretamente dessa situação. Já o empresário do camisa 20, não esconde a preocupação com a demora para uma definição do caso.

– Conversas temos sempre, mas não tem novidade sobre essa situação. Estamos esperando – disse Coimbra ao LANCE!Net.

Assunção não esconde o desejo de renovar por mais um ano para encerrar a carreira no Palmeiras no fim de 2013. Para isso, o palmeirense pede uma valorização. O volante viajou com a família para aproveitar as férias. Assim, o empresário que cuida da renovação.

Em agosto, a diretoria chegou a procurar o jogador para tratar de renovação. Mas ele resolveu esperar já que estava lesionado e teria de passar por cirurgia no joelho direito.

Caso não entre em acordo com o Verdão, o camisa 20 vai ouvir propostas de outros clubes. Coimbra já chegou a ser procurado por algumas agremiações. No entanto, não ouviu propostas. A prioridade ainda é do Alviverde. Resta saber até quando vão esperar por uma definição.

Fonte: Lancenet