Por Cleber Aguiar – Entrevista com o goleiro Cássio do Corinthians para o Estadão.

Fonte: O Estado de São Paulo

‘Minha meta é entrar para a história’

Goleiro quer continuar no clube e ganhar cada vez mais títulos. Diretoria vai lhe dar aumento e propor um plano de carreira

Cassio-Corinthians-Chelsea-Kazuhiro-NogiAFP_LANIMA20121216_0130_26

FÁBIO HECICO – O Estado de S.Paulo

Cássio chega hoje de manhã a Porto Alegre, depois de dois dias sem dormir direito e após uma maratona de entrevistas para emissoras de rádio e tevê mostrando a taça do Mundial, da qual ajudou muito o Corinthians a ganhar no Japão. No Sul, visita sua advogada – na verdade mata a saudade de Mariju Maciel, que cuida de seus interesses desde o início da carreira e é como uma mãezona – e depois vai para Veranópolis, sua cidade natal, na qual passará as férias regadas a churrasco, rock in roll e descanso. Muito apegado à família, o goleiro ficará ao lado dela até a segunda semana de janeiro.

Ele se reapresenta no dia 15 e volta com uma certeza: quando chegar, terá um prolongamento de no mínimo seis meses do contrato que vence em dezembro de 2014. Vai ganhar um bom aumento salarial. Eleito o melhor jogador da final e do Mundial de Clubes, o jogador corintiano atualmente recebe o menor salário entre os titulares – R$ 80 mil – cinco vezes menos que os atacantes Guerrero e Emerson, por exemplo. Será valorizado e ainda vai receber da direção do Alvinegro a proposta de um plano de carreira para ficar por muitos anos defendendo o clube.

Ontem, entre incansáveis sessões de fotos e entrevistas – visitou o Grupo Bandeirantes e a Globo, onde gravou participação no programa Altas Horas, de Serginho Groisman. A Muralha (apelido que ganhou dos corintianos e abraçou prontamente), falou ao Estado sobre suas perspectivas e a possibilidade de ficar por muito tempo no clube. “Não penso em voltar para a Europa. Estou muito feliz aqui e quero entrar para a história do Corinthians conquistando muitos outros títulos”, afirmou, “feliz da vida”.

Como está sua vida desde a final do Mundial, no domingo?

Uma correria, bastante até. Mas é uma coisa bem legal, muitas pessoas parabenizando, ajudando.

Esperava uma mudança tão grande e rápida na carreira?

Não. Foi um ano maravilhoso, sinceramente não esperava tudo isso que aconteceu, mas sou muito grato e feliz.

O Corinthians estuda um plano de carreira para você, como vê essa atitude?

Olha, nem sabia disso, fiquei sabendo agora, mas estou muito feliz com isso. Eu que tenho a agradecer muito ao Corinthians pelo que fez por mim, de me resgatar da Holanda, me dar oportunidade de voltar, estar num clube como esse. Devo muito ao Corinthians e meu agradecimento a isso é trabalhando, me dedicando e lutando para ganhar muitos títulos.

Qual a sua expectativa para 2013?

Muito trabalho, muita luta e espero que seja de mais conquistas para ficar marcado na história do Corinthians.

Qual sua grande meta na carreira após a conquista de dois grandes títulos?

Minha meta é ficar marcado na história do Corinthians, espero que futuramente possa ganhar mais títulos e ficar marcado como um dos melhores goleiros do clube.

Então não pensa em voltar para a Europa?

Não. Agora não tenho esse pensamento. Já tive uma experiência e não foi muito boa. Agora não penso nisso, mas nunca se sabe se vem uma proposta, tem de ser coisa muito bem pensada, mas acho muito difícil. Estou muito feliz aqui no Corinthians, só tenho coisas positivas para falar do clube e quando as coisas vão assim dificilmente você quer mudar de lugar.

Seleção brasileira está nos seus planos?

Olha, todo sonho de jogador é ir para a seleção. Mas com calma, tudo tem sua hora. Espero que minha hora chegue, mas tudo é por etapas, quando for chamado aí sim me dedicar à seleção, mas até lá é fazer o melhor no Corinthians.

Qual o sentimento de ser ídolo de um grande clube do País?

Existem muitos goleiros na história do Corinthians e estou no começo, mas no caminho certo. Espero conseguir mais títulos para me firmar e entrar de vez na história do Corinthians.

Daria qual mensagem para o torcedor corintiano, já preocupado com essas sondagens de Chelsea e PSG?

Estou tranquilo, minha cabeça está voltada aqui no Corinthians, agora tem de comemorar esse título e entrar em férias, descansar, para o ano que vem chegar forte. Não sei de nada sobre isso, são só boatos e estou muito feliz, muito feliz aqui no Corinthians. E quando se está feliz num lugar, dificilmente pensa em trocar.

Muitos dizem que se não fosse a Ponte Preta eliminar o Corinthians no Paulista e ninguém conheceria o Cássio (era o terceiro goleiro). O que acha disso?

Eu não acho, são coisas do futebol. Mas se eu não tivesse feito defesas e se a gente não tivesse feito o gol não seríamos campeão. São coisas que acontecem e vão acontecer, infelizmente aconteceu com um companheiro (Júlio César falhou contra a Ponte) e entrei no lugar dele.

Por falar nisso, como será o Paulista para o Corinthians?

Vai buscar o título, foi campeão, tudo legal, mas ano que vem começa tudo de novo e vamos em busca de mais títulos e entrar com tudo para tentar ganhar esse Paulistão. Não é brincadeira, Corinthians é um clube muito grande, a gente respeita muito essa camisa e quando entra em campo é para ganhar, independentemente de qual seja o campeonato.

O Corinthians é o time a ser batido em 2013?

Acho que por ter sido campeão mundial sim. Nos últimos dois anos ganhamos Brasileiro, Libertadores e Mundial. A gente também sabe que quanto mais se ganha, melhor se joga, a pressão aumenta. O time tem de estar preparado porque todos vão querer ganhar do Corinthians no ano que vem.

Acha que os companheiros exageraram ao xingar os rivais na comemoração?

Foi um momento, aconteceu, como tantas outras pessoas falaram, fizeram provocações e outras coisas e muitas vezes nós ficamos calados. Aconteceu, passou, agora é esquecer. Falaram o que acharam naquele momento, de repente pode ser pela bebida, tomaram um pouco a mais, agora é seguir em frente.

Agora é só churrasco, rock in roll e cama em Veranópolis?

Tenho de dar uma descansada legal, claro, principalmente nessas duas primeiras semanas. É descansar bem, temos um ano longo em 2013. Depois já começo a fazer um trabalho de corrida para não voltar mal fisicamente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s