ICFUT–Porcos, rebaixados

Por J. Edmar

Terminou (ou quase) mais um “Brasileirão” e já se conheceu, de forma antecipada, o Campeão. Para os torcedores do Rio de Janeiro, a alegria de grande parte da torcida é completa, haja vista que osbambis”, de lá, têm uma torcida razoável. Parabéns para eles!

De idêntica forma, conheceu-se, também, o 3º time rebaixado para a Série B, que é o “timinho” do parque antarctica ou, se preferirem, o time que habita o ”CHIQUEIRÃO”, haja vista que, eles mesmos, adotaram, para si, o epíteto de PORCOS.

Quando falo, assim, “deles”, é evidente que faço-o para tirar meu sarrinho particular mas, também, porque eles próprios já não se zangam ao serem assim identificados…

Mas, por outro lado, afora o sarrinho, é bom que aprendam a serem mais humildes, pois eles têm um goleiro (que num acerto dia até já foi bom) mas que cometeu, ao longo de sua carreira, pelo menos duas mancadas imperdoáveis, que denuncio aqui:

1) – Quando o “timinho” deles, tinha uma multinacional do leite a lhes financiar as patifarias e, por causa disso, COMPRARAM quantos títulos quiseram, eles se esqueceram que “tudo que é bom, se acaba”, uma vez que, tão logo a “MAFIA DO LEITE” retirou-lhes o patrocínio caíram para a segunda divisão do futebol brasileiro e, ao retornarem para a divisão especial, este “decrépito” (que, repito, um dia até foi bom goleiro), teve o topete de provocar a nossa enorme e indiscutível torcida ao dizer, em claras e garrafais letras o seguinte:

…“O PARMEIRAS SÓ CAI PELA SEGUDA VEZ NO DIA QUE O CORINTHIANS FOR CAMPEÃO DA LIBERTADORES”…

Isto é uma clara e evidente demonstração do quanto os incomodamos… Mas a justiça se fez pois foi exatamente assim que ocorreu, ou seja, nós estamos indo para Tóquio, depois de haver conquistado, de forma invicta, a Libertadores de 2012 e eles, indo para a segundona!

2) – Nem bem havíamos acabado de conquistar a Libertadores, eles conquistaram, (não se sabe, desta vez, com a ajuda de quem), a Copa do Brasil, que, merecidamente, os colocam na Libertadores do ano seguinte. Mas, de novo, este “idiota assumido”, depois de beber alguns goles a mais, provocou nossa imensa, absoluta e indiscutível torcida,a com a frase que não dá para perdoar:

…“AÍ, GAMBAZADA, PRESTA ATENÇÃO, NO ANO QUE VEM, É COM O PORCÃO”…

Será que ele quis se referir àquele dia em que, DEPOIS DE DAR DOIS PASSOS PARA FRENTE E UM PARA A DIREITA, ele conseguiu defender um pênalti de nosso atleta sem que o juiz, no dia, lhe retornasse a jogada, achando que isso ocorrerá toda vez que nos enfrentar?

Na primeira declaração, ele se f… devidamente pois, tal como queria que ocorresse, ocorreu…

E, na segunda, a pergunta é a seguinte: COM QUE TIME VÃO DISPUTAR A LIBERTADORES DE 2013, se estão vendendo o almoço para comprar a janta?

Mas, enfim, a pedido dos meus amigos do ICFUT, criei este trabalho para homenagear-lhes a “BI-SEGUNDONA” e, (modéstia a parte), nem precisei fazer muitas elocubrações mentais para compô-lo, haja vista que, quando criei “TIMÃO 100 ANOS, 100 VERSOS”, e quando eu falava de nossos adversários, eu já os havia contemplado com a seguinte citação:

1.

NÃO PODEMOS, PORÉM, ESQUECER,

DE FALAR DOS NOSSOS OPONENTES;

(DEVEMOS A ELES, EVIDENTEMENTE,

OS NOSSOS MOMENTOS DE EUFORIA)…

A CADA NOVA VITÓRIA OBTIDA,

MAIS CRESCE, NA NOSSA TORCIDA,

O ENTUSIASMO, FÉ E A ALEGRIA!

2.

COMECEMOS, PORTANTO, A FALAR,

DE UM TIME QUE NOS ABORRECE;

(JOGA QUASE NADA, MAS CRESCE,

TODA VEZ QUE ENFRENTA O TIMÃO)…

TEM UMA TORCIDA FANATIZADA,

VENAL, COMUM, MAL EDUCADA,

MAS É UM TIME SEM TRADIÇÃO!

3.

“ELES” NASCERAM NO MESMO DIA,

QUE O NOSSO TIME FOI FUNDADO;

(MAS INVEJOSOS E MAL INTENCIONADOS,

DIVIDIRAM AO FINAL DE 4 ANOS)…

É NECESSÁRIO, ENTÃO, ENFATIZAR,

QUE DIVIDIRAM POR NÃO CONCORDAR,

COM O ENTUSIASMO CORINTHIANO!!!

Continuar lendo

ICFUT – TOP 10 GOLAÇOS QUE PODERIAM ESTAR NO PRÊMIO PUSKAS

Fonte: futirinhas

Via Brasil Mundial FC

Aproveitando a lista da Fifa no Prêmio Puskas 2012 e as contestações sobre a ausência de alguns gols, nós do Brasil Mundial FC resolvemos listar 10 obras-primas que foram “ignoradas” pela maior entidade do futebol. Portanto, a brincadeira é eleger agora o maior golaço que não irá concorrer com Messi, Neymar, Ben Arfa e companhia (clique aqui para assistir a todos os lances).

De antemão revelo que foi complicado chegar até os 10. São muitos concorrentes dentro do critério que estabelecemos – apenas gols “estrangeiros” e entre novembro de 2011 e outubro de 2012, como faz a Fifa (depois disso, os gols entrarão no prêmio de 2013). As pinturas de Taison, Oscar contra o Shakhtar e Ibrahimovic, por exemplo, estão fora. Veja abaixo, vote no seu e, é claro, divirta-se:

Thierry Henry (New York RB) contra o Columbus Crew:

 

Papiss Cissé (Newcastle) contra o Chelsea:

 

Fabrizio Miccoli (Palermo) contra o Chievo:

 

Takashi Usami (Hoffenheim) contra o Darmstadt:

 

Thamsanga Sangweni (Mamelodi Sundowns) contra o Witbank Spurs:

 

Matar Diop (Real Oviedo) contra o Coruxo:

 

Marama Vahirua (Monaco) contra o Le Mans:

 

Peter Crouch (Stoke) contra o Manchester City:

 

Robin van Persie (Arsenal) contra o Everton:

 

Belhanda (Montpellier) contra o Olympique:

ICFUT – Bruno e mais 4 réus são julgados por morte e desaparecimento de Eliza

Fonte: globo

Goleiro que atuava pelo Flamengo é acusado de mandar matar ex-amante.
Segundo a polícia, crime ocorreu em 2010, mas corpo nunca foi encontrado.

29.jul.2010 - Polícia indicia Bruno e mais sete réus por cinco crimes contra Eliza Samudio e o filho dela (Foto: Pedro Triginelli/G1 MG)Ex-goleiro Bruno e mais sete réus são indiciados por cinco crimes contra Eliza Samudio e o filho dela (Foto: Pedro Triginelli/G1 MG)

Nesta segunda-feira (19), o ex-goleiro Bruno Fernandes de Souza e outros quatro réus começam a ser julgados, por júri popular, por cárcere privado e morte de Eliza Samudio, de 25 anos, ex-amante do jogador. Bruno é acusado pelo Ministério Público de ser o mandante do crime ocorrido em 2010. O julgamento acontece no Fórum de Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais.

(A partir de segunda, dia 19, acompanhe no G1 a cobertura completa do julgamento do caso Eliza Samudio, com equipe de jornalistas trazendo as últimas informações, em tempo real, de dentro e de fora do Fórum de Contagem, em Minas Gerais. Conheça os réus, entenda o júri popular, relembre os momentos marcantes e acesse reportagens, fotos e infográfico sobre o crime envolvendo o goleiro Bruno.)

A partir das 9h desta segunda-feira, sete jurados decidirão o destino dos réus, em júri presidido pela juíza Marixa Fabiane Lopes Rodrigues. A previsão é que o julgamento dure pelo menos duas semanas.

Ao todo, 30 testemunhas serão ouvidas, – cinco de acusação, que são ouvidas primeiro, e 25 da defesa- cinco de cada réu. Não há limite de tempo para cada testemunha. Depois, acusação e defesa apresentam seus argumentos. Por último, o júri se reúne em uma sala secreta para responder a quesitos formulados pelo juiz com "sim" e "não". De posse da decisão do júri, caberá à juíza decretar a soltura ou dosar pena dos réus. (Entenda como funciona o júri)

Apenas pessoas credenciadas poderão entrar no fórum, que terá reforço policial e detector de metais. Segundo o comando da Polícia Militar, de 40 a 50 policiais serão empregados na segurança todos os dias durante as duas semanas previstas de julgamento.

Segundo a Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes de Contagem (TransCon), apenas uma pequena rua, que dá acesso ao Fórum e à Escola Municipal Dona Babita Camargos, será interditada durante todo o julgamento. As pessoas que precisarem entrar no fórum terão que usar a portaria lateral. Aqueles que precisarem chegar à escola deverão contornar o fórum pela parte de trás, seguindo as sinalizações da Transcon.

De acordo com o Ministério Público, Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, e um primo de Bruno sequestram Eliza e o filho no Rio de Janeiro e os levaram até o sítio do goleiro, em Esmeraldas, Minas Gerais. Dayanne Rodrigues do Carmo, ex-mulher de Bruno, e Fernanda Castro, ex-namorada, também teriam participado do sequestro. O Ministério Público alega que Bruno arquitetou o crime por não querer assumir o filho que teve com Eliza nem pagar pensão alimentícia.

Eliza e o filho, segundo a Promotoria, teriam sido mantidos em cárcere privado durante sete dias. Depois foram levados por Macarrão e pelo primo do goleiro à casa do ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, na cidade de Vespasiano, no dia 10 de junho de 2010. Bola a teria estrangulado e sumido com o corpo, que ainda não foi encontrado.

Bruno e os demais acusados negam a versão.Mesmo sem o cadáver da vítima, o júri popular, que julga crimes contra a vida, pode acontecer graças a indícios e testemunhas.

O bebê Bruninho, filho de Eliza com Bruno, foi achado 15 dias depois, em Ribeirão das Neves, MG, na casa de conhecidos da ex-mulher do goleiro. Um exame de DNA comprovou a paternidade de Bruno, e a criança, hoje com dois anos e nove meses, vive com a avó materna em Campo Grande (MS). Sônia de Fátima Moura, que viajará até Minas Gerais para acompanhar o julgamento, disse ao G1 que espera que os oito réus sejam condenados e que falem onde está o corpo da filha.

Dos nove acusados, cinco serão julgados pelo júri-popular que começa nesta segunda. Dois serão julgados separadamente – Elenílson Vitor da Silva e Wemerson Marques de Souza.Sérgio Rosa Sales, primo de Bruno, foi morto a tiros em agosto. O outro suspeito, Flávio Caetano Araújo, que chegou a ser indiciado, foi absolvido. (Veja o perfil de cada réu)

Investigações
O inquérito foi encerrado pela polícia com base em laudos, vídeos, depoimentos, multas e outros documentos que servirão de material durante o julgamento. Entre eles estão um laudo atestando a presença de sangue de Eliza em um dos carros de Bruno, depoimentos de dois primos incriminando o goleiro, multas de trânsito comprovando viagem dos acusados entre o Rio de Janeiro e Minas Gerais e uma conversa de vítima com amigos na internet, na qual fala sobre o medo que sentia.

Eliza também havia prestado queixa contra o atleta quando ainda estava grávida, dizendo que ele a forçou, armado, a tomar abortivos. Ela ainda deixou um vídeo dizendo que poderia aparecer morta se não tivesse proteção.

Confronto de versões
Desde o início das investigações, em junho de 2010, todos negam o crime, mas, a cada troca de advogados, as declarações dos principais acusados mudaram.

Na primeira versão sobre o caso, ao ser questionado sobre a denúncia anônima afirmando que Eliza havia sido morta, o goleiro disse que ela deixou o filho com Macarrão, o amigo a quem chamou de "funcionário", e que não a via há dois meses. Mais tarde, seria divulgada a tatuagem do amigo do goleiro: "Bruno e Maka. A amizade, nem mesmo a força do tempo irá destruir, amor verdadeiro".

Bruno e Macarrão acabaram condenados pela Justiça do Rio em outro processo por cárcere privado e sequestro de Eliza. Naquele julgamento, em novembro de 2010, o goleiro disse que havia mentido na primeira declaração a jornalistas e que encontrou Eliza no sítio. Em recurso, a Justiça do Rio reduziu a pena para 1 ano e 2 meses, e o caso foi extinto.

Em março de 2012, o novo advogado de Bruno, Rui Pimenta, afirmou que o goleiro admitiria no júri que Eliza está morta e que Macarrão teria tomado a decisão de matar a jovem.

ICFUT – Barcos é convocado com Martínez, Guiñazú e Montillo para Superclássico

Fonte: lancenet

Seleção argentina começa a treinar nesta segunda-feira para enfrentar o Brasil

As imagens de Brasil 2 x 1 Argentina (Foto: Pedro Ladeira/AFP)
Barcos e Martínez foram titulares no primeiro jogo (Foto: Pedro Ladeira/AFP)

A AFA confirmou neste domingo a lista de jogadores convocados pelo técnico da seleção argentina, Alejandro Sabella, para o segundo jogo do Superclássico das Américas, contra o Brasil, na quarta-feira, em La Bombonera, Buenos Aires. Entre os chamados estão os "brasileiros", Barcos, do recém-rebaixado Palmeiras, Martínez, do Corinthians, Montillo, do Cruzeiro, e Guiñazú, do Internacional.

Os jogadores argentinos se juntam nesta segunda-feira e fazem, à tarde, o primeiro treinamento para a partida contra o time de Mano Menezes. A primeira meia hora da atividade será fechada à imprensa.

Sabella não convocou nenhum jogador do River Plate e também deixou fora o meia Máxi Rodríguez, que havia sido chamado nas ocasiões anteriores.

GOLEIROS
Orión (Boca Juniors)
Ustari (Boca Juniors)

ZAGUEIROS
Lisandro López (Arsenal de Sarandí)
Seba Domínguez (Vélez)
Leandro Desábado (Estudiantes)
Santiago Vergini (Newell’s)

LATERAIS
Gino Peruzzi (Vélez)
Maxi Caire (Colón)
Clemente Rodríguez (Boca Juniors)
Leonel Vangioni (Newell’s)

VOLANTES
Rodrigo Braña (Estudiantes)
Oscar Ahumada (All Boys)
Francisco Cerro (Vélez)
Pablo Guiñazú (Internacional)

MEIAS
Montillo (Cruzeiro)
Pablo Pérez (Newells)
Iván Bella (Vélez)
Lucas Mugni (Colón)

ATACANTES
Martínez (Corinthians)
Barcos (Palmeiras)
Ignacio Scocco (Newell’s)
Emanuel Gigliotti (Colón)

ICFUT – Os bastidores da comemoração do Fluminense pelo título do Brasileirão

Fonte: lancenet

L!NET revela detalhes da festa no Rio pela conquista nacional, que entrou a madrugada

As imagens de Fluminense 0 x 2 Cruzeiro (Foto: Paulo Sergio)
Jogadores do Fluminense celebram o título nacional (Foto: Paulo Sergio)

A festa no gramado do Engenhão era só o começo. O Fluminense pode dizer que, já no Rio de Janeiro, comemorou em grande estilo a conquista do Campeonato Brasileiro deste ano. Depois das comoções em Presidente Prudente (SP), e nas Laranjeiras, na semana passada, o Tricolor teve neste domingo tarde e noite de muita celebração. O LANCENET! conta agora detalhes dos momentos de euforia do novo detentor do título nacional.

Assim que o árbitro Raphael Claus determinou o fim do jogo entre Fluminense e Cruzeiro, os jogadores foram comemorar com o troféu do Brasileirão, no palanque especial armado pela CBF no Engenhão. Logo em seguida, cada um procurou seus familiares e realizou sua festa particular no gramado do estádio. A maioria brincou com seu filho ou filha, casos de Diego Cavalieri, Edinho e Thiago Neves.

Os atletas deixaram o gramado por volta das 20h, mas a festa estava longe de acabar. Ainda no Engenhão, o elenco tricolor teve uma celebração privada em um dos setores Premium do estádio, com a presença somente de amigos e familiares, além de funcionários e dirigentes do Fluminense.

Comemoração "família" entra pela madrugada

O próximo destino foi uma das principais churrascarias da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Ali, jogadores dividiram o mesmo salão com torcedores comuns, familiares, jornalistas e pessoas do clube. Não havia uma barreira isolando o grupo, a interação era constante e agradável, sem excessos. Fartura só mesmo no buffet à disposição no centro do local.

Com identificações nas mãos, os membros da imprensa tiveram livre trânsito pela churrascaria, menos na área VIP. Ali, só a "nata da nata". Ou melhor, quem estivesse carregando a pulseira verde claro. Até as janelas dessa sala especial estavam bloqueadas. A proposta era única: dar total privacidade para jogadores, dirigente e pessoas mais próximas.

Fred com o torcedor tricolor na churrascaria (FOTO: Paulo Sérgio)

Dessa forma ficou mais fácil para o atacante Fred, o presidente do Flu, Peter Siemsen, e até o mandatário da principal patrocinadora do clube (Unimed-Rio), Celso Barros, fazerem discursos que arrancaram aplausos dos presentes nesse espaço especial. O meia Deco e o técnico Abel Braga não estiveram no recinto. Os atletas mais jovens do elenco, como Wellington Nem e Samuel, preferiram ficar no salão comum, em meio aos vários tricolores – em sua maioria, crianças.

Um a um, os jogadores foram deixando a churrascaria. Diego Cavalieri e Fred foram os mais assediados pelos torcedores e jornalistas. Aliás, na hroa da saída, o camisa 9 do Fluminense deu sua camisa de presente para um pequeno tricolor que implorava por um autógrafo.

Os últimos atletas a saírem do local foram o atacante Rafael Sobis e o meia Thiago Neves. Quando a reportagem do LANCENET! decidiu fazer o mesmo, por volta das 1h30, Celso Barros e o diretor executivo de futebol do clube, Rodrigo Caetano, seguiam numa mesa, conversando, com a companhia do ex-jogador Washington, o Coração Valente. Estariam falando sobre a renovação de Abel Braga, ou uma possível contratação? Talvez, apenas celebrando a conquista do Brasileirão.

ICFUT–BRASILEIRÃO SÉRIE A: Todos os gols, resultados, classificação e artilharia

Fonte: futebolinterior

Palmeiras cai e São Paulo confirma a Libertadores

São Paulo venceu; Ponte Preta perdeu para o Bahia e Flu perdeu

Campinas, SP, 18 (AFI) – Os oito jogos que completaram, neste domingo, a 36.ª rodada do Campeonato Brasileiro criaram algumas situações interessantes. A principal delas, é que o Palmeiras passou a respirar por aparelhos ao empatar com o Flamengo, por 1 a 1, em Volta Redonda, ficando agora na dependência do tropeço da Portuguesa para não cair nesta rodada, portanto, com duas rodadas de antecedência. E o Verdão acabou caindo, mais tarde com o emapte da Lusa com o Grêmio, por 2 a 2, no Canindé. Os resultados também confirmaram o São Paulo na Copa Libertadores, ao lado de Atlético Mineiro, Grêmio e do campeão Fluminense.

O Verdão chegou aos 34 pontos, ainda em 18.º, na zona de degola. E o Bahia, que venceu a Ponte Preta, por 1 a 0, atingiu os 43 pontos, ainda precisando de um empate nos últimos dois jogos para evitar a chegada do Sport – que fez 2 a 0 sonbre o Botafogo, em Recife. O Palmeiras não é mais ameça para o Bahia, nove pontos na frente e faltando apenas dois jogos – seis pontos em disputa. O Flamengo continua com 47, enquanto a Ponte Preta, tem 46, em 12.º lugar.
Falta cair mais um
Agora só falta a definição do quarto rebaixado, para fazer companhia ao Palmeiras, Figueirense e Atlético-GO. Faltando duas rodadas, o Sport está com 40 pontos, em 17.º lugar, atrás da Portuguesa, com 41 pontos, e do Bahia, com 43, em 15.º lugar. A briga deve ficar por aí, embora matematicamente, outros clubes ainda corram riscos, como Coritiba e Náuitico, com 45 pontos, e a Ponte Preta, com 46.
Ironicamente, Vágner Love (foto acima), revelado pelo Palmeiras, fez o gol do empate em Volta Redonda. Ele não marcava há oito jogos. E o Fluminense, cansado de festas, não segurou o Cruzeiro, mesmo assim fez a festa com a sua torcida dentro do Engenhão (foto abaixo).

Zebra na Festança
No jogo de festa pelo título, no Engenhão, no Rio de Janeiro, o Cruzeiro carimbou as faixas do campeão Fluminense, que perdeu por 2 a 0.

As posições dos times continuam praticamente as mesmas. O Fluminense ainda não quebrou o recorde do São Paulo (78 pontos) na soma geral da competição. Tem 76 pontos, o tricolor das Laranjeiras. A Raposa chegou aos 49 pontos.

Enquanto isso, no Morumbi lotado, o São Paulo ficou sofreu mas virou em cima do Náutico, por 2 a 1, na estreia do meia Paulo Henrique Ganso. O São Paulo permanece em quarto, com 62 pontos, e o Náutico, com 45 pontos, está tranqüilo, em 13.º.

Vitória do lanterna
A zebra também visitou a Arena Independência, onde o rebaixado Atlético Goianiense empatou com o Atlético Mineiro, por 2 a 2, mantendo o Galo na terceira posição e facilitando a briga do Grêmio pelo vice-campeonato. O Galo tem 66 pontos, um a menos do que o Grêmio. Os goianos aparecem em último lugar, com 27 pontos.
O Corinthians, em clima de Mundial Interclubes, venceu o Internacional, por 2 a 0, em Porto Alegre. O Timão chegou aos 56 pontos, em quinto lugar, só atrás dos quatro primeiros e que estão na Libertadores em 2013. Ele tambem está na Libertadores, por ser o atual campeão. A torcida vaiou muito o Colorado, em baixa, com 51 pontos, em oitavo lugar.
Outros jogos
No sábado, deu a lógica a Vila Belmiro, com o Santos vencendo o Figueirense, por 2 a 0. E o Coritiba permitiu a recuperação do Vasco da Gama, que fez 2 a 1, na capital do Paraná. A próxima rodada será disputada no outro final de semana.

Confira os resultados da 36.ª rodada:


Sábado

Santos 2 x 0 Figueirense
Coritiba 1 x 2 Vasco

Domingo

Atlético-MG 2 x 2 Atlético-GO
Bahia 1 x 0 Ponte Preta
São Paulo 2 x 1 Náutico
Flamengo 1 x 1 Palmeiras
Fluminense 0 x 2 Cruzeiro
Internacional 0 x 2 Corinthians
Sport 2 x 0 Botafogo
Portuguesa 2 x 2 Grêmio

Gols

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Classificação

Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Fluminense-RJ 76 36 22 10 4 59 30 29 70.4
2  Grêmio-RS 67 36 19 10 7 52 31 21 62.0
3  Atlético-MG 66 36 18 12 6 58 33 25 61.1
4  São Paulo-SP 62 36 19 5 12 56 36 20 57.4
5  Corinthians-SP 56 36 15 11 10 49 35 14 51.9
6  Botafogo-RJ 54 36 15 9 12 56 45 11 50.0
7  Vasco da Gama-RJ 54 36 15 9 12 42 42 0 50.0
8  Internacional-RS 51 36 13 12 11 44 38 6 47.2
9  Cruzeiro-MG 49 36 14 7 15 43 47 -4 45.4
10  Santos-SP 49 36 12 13 11 46 42 4 45.4
11  Flamengo-RJ 48 36 12 12 12 36 43 -7 44.4
12  Ponte Preta-SP 46 36 12 10 14 37 44 -7 42.6
13  Náutico-PE 45 36 13 6 17 42 50 -8 41.7
14  Coritiba-PR 45 36 13 6 17 49 58 -9 41.7
15  Bahia-BA 43 36 10 13 13 35 40 -5 39.8
16  Portuguesa-SP 41 36 9 14 13 37 41 -4 38.0
17  Sport-PE 40 36 10 10 16 38 54 -16 37.0
18  Palmeiras-SP 34 36 9 7 20 37 49 -12 31.5
19  Figueirense-SC 30 36 7 9 20 37 65 -28 27.8
20  Atlético-GO 27 36 6 9 21 35 65 -30 25.0
LegendaPG – Pontos Ganhos | JG – Jogos Disputados | VI – Vitórias | EM – Empates
DE – Derrotas | GP – Gols Pró | GC – Gols Contra | SG – Saldo de Gols
%A – Porcentual de Aproveitamento de Pontos


 
 
Classificados à Taça Libertadores.
 
 
Classificados à Sul-americana
 
 
Rebaixados à Serie B
 
 
Classficados à Libertadores

 

Artilharia

Atualizado em 18/11 às 22h35

19 GOLS
Fluminense – Fred

17 GOLS
São Paulo – Luis Fabiano

14 GOLS
Palmeiras – Barcos
Portuguesa – Bruno Mineiro