Por Cleber Aguiar – Com Falcão discreto, Gabriel voa e põe o Brasil na decisão do Mundial

Fonte: Globo.com

Seleção bate Colômbia por 3 a 1 na Tailândia e avança à quinta final contra a Espanha; título sai no domingo, às 10h30m, e SporTV mostra ao vivo

Por SporTV.comBangcoc, Tailândia

Pela quinta vez na história, Brasil e Espanha vão decidir uma Copa do Mundo de Futsal. E desta vez não foi Falcão que colocou o país nas costas. Com atuação discreta do craque, a seleção contou com o brilho de Gabriel para derrotar a Colômbia por 3 a 1 nesta sexta-feira e avançar à decisão na Tailândia. Campeão diante dos espanhóis em 1985 (não reconhecido pela Fifa), 1996 e 2008, e vice para o mesmo adversário em 2000, o Brasil buscará seu sétimo título mundial neste domingo, às 10h30m, no ginásio Huamark, em Bangcoc. O SporTV transmite a partida ao vivo, e o SporTV.com acompanha todos os lances em Tempo Real.

A vitória na semi veio com dois gols de Gabriel e um contra de Toro – em desvio de outro chute do camisa 6 brasileiro. O mesmo Toro descontou para os colombianos, que disputam o terceiro lugar contra a Itália, às 8h de domingo. Os italianos foram superados pela Espanha na outra semifinal por 4 a 1.

Gabriel comemoração Brasil futsal Colômbia (Foto: FIFA.com via Getty Images)Gabriel marcou os dois primeiros gols do Brasil e participou do terceiro (Foto: FIFA.com via Getty Images)

O Brasil começou em cima da Colômbia e, aos 27 segundos, Fernandinho soltou uma bomba, obrigando o goleiro Lozano a fazer a primeira defesa. Na sequência da jogada, Gabriel recebeu passe de cobrança de escanteio e bateu firme para fazer 1 a 0. A vantagem não mudou o panorama da partida e, aos dois, Simi quase marcou o segundo em chute frontal defendido pelo goleiro colombiano.

Já com o segundo quarteto em quadra, o Brasil chegou novamente aos seis, quando Vinicius avançou pela direita e mandou rente à trave. Aos oito, a Colômbia atacou com perigo pela primeira vez. Após troca de passes pelo meio, Angellott encheu o pé e Tiago espalmou para a linha de fundo. Aos 11, Vinicius tabelou com Ari e chutou rasteiro no canto. Lozano foi buscar mais essa.

Confira a tabela completa do Mundial 2012

Na jogada seguinte, Rodrigo teve outra oportunidade, ao receber na entrada da área e bater para nova defesa do goleiro adversário. Aos 13, a seleção brasileira pediu pênalti em lance em que Fernandinho tentou a finalização e a bola tocou no braço de Abril. O árbitro ignorou a jogada.

Colômbia comemoração gol Brasil futsal Mundial (Foto: FIFA.com via Getty Images)O Brasil levou um susto, quando Toro empatou o jogo
no fim do 1º tempo (Foto: FIFA.com via Getty Images)

Com a Colômbia muito recuada, o Brasil passou a encontrar dificuldades para atacar na parte final da etapa. Aos 17, Wilde chutou de longe e Lozano conseguiu tirar. Um minuto depois, foi a vez de Rafael Rato tentar a finalização de longe. A bola foi em cima do camisa 1, que defendeu com segurança. A um minuto do fim, a Colômbia acabou conseguindo o empate. Em jogada de contra-ataque, Fonnegra serviu Toro, que mandou rasteiro, na saída de Tiago: 1 a 1, placar do primeiro tempo.

Poupado na etapa inicial, Falcão começou jogando no segundo tempo. Aos dois minutos, ele já mostrou serviço ao cortar um marcador para o meio e acertar a trave, levantando a torcida presente no ginásio Huamark. Aos quatro, Neto deu passe em elevação para Ari, que dominou e chutou para fora. Dois minutos depois, veio o momento tão esperado. Após receber passe de Simi, Gabriel acertou mais uma bomba, marcando o seu segundo gol na partida: 2 a 1.

O Brasil seguiu em cima da Colômbia para tentar aumentar a vantagem e conseguiu, aos oito, quando Gabriel arriscou da intermediária e o colombiano Toro acabou desviando de cabeça contra a sua própria meta. Aos 10, o quarto gol brasileiro esteve perto de sair. Em tabela rápida no ataque, Simi rolou para Rodrigo, mas o defensor não conseguiu chegar à tempo de completar a jogada.

jogo Brasil e Colômbia futsal Mundial (Foto: FIFA.com via Getty Images)O ala Vinicius disputa a bola com o habilidoso colombiano Angellott (Foto: FIFA.com via Getty Images)

A Colômbia acordou nos minutos finais e passou a ser arriscar mais. Aos 12, o baixinho Camilo entrou driblando e só foi parado por Tiago, que saiu da sua posição para evitar o gol. Três minutos depois, o árbitro ignorou mais um pênalti a favor do Brasil, dessa vez num carrinho de Lozano em Fernandinho dentro da área. Mesmo em desvantagem, a Colômbia não se arriscou a jogar com goleiro-linha nos minutos finais, conformando-se com a derrota.

Brasil: Tiago, Neto, Gabriel, Simi e Fernandinho. Entraram: Ari, Rodrigo, Vinicius, Falcão, Wilde e Rafael Rato. Técnico: Marcos Sorato.

Colômbia: Lozano, Miguel Sierra, Abril, Camilo Reyes e Angellott. Entraram: Prado, Barreneche, Quiroz, Toro, Serna, Barney e Yeisson Fonnegra. Técnico: Arney Fonnegra.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s