Por Cleber Aguiar – Da taça ao carma: Grêmio luta contra histórico de eliminações na Colômbia

Fonte: Globo.com

Em quatro confrontos, time brasileiro acumula um título e três derrotas consecutivas. Pode melhorar marca nesta quinta contra Millonarios

Por GLOBOESPORTE.COM Bogotá, Colômbia

A Colômbia está para o Grêmio como uma obra de Gabriel Garcia Marquez está para o seu leitor. Passando por um enredo rico em detalhes, com personagens capazes de protagonizar glórias e tragédias, o país vizinho carrega consigo um histórico de eliminações em torneios eliminatórios. Cabe aos comandados de Vanderlei Luxemburgo evitar que a partida contra o Millonarios, quinta-feira, às 22h15m, pelas quartas de final da Sul-Americana, seja a crônica de uma morte anunciada e se transforme em memória apenas de prazeres.

São oitos jogos em quatro confrontos. Todos foram decididos fora de casa. O primeiro trouxe a única vitória. Em 1995, com o 1 a 1 contra o Atlético Nacional, em Medellín, o time então comandado por Luiz Felipe Scolari sagraria-se bicampeão da América. De lá par cá, somente derrotas: América de Cali, Atlético Nacional e Independiente.

marcelo moreno grêmio colômbia bogotá (Foto: Bruno Junqueira/TXT Assessoria)Marcelo Moreno pretende equilibrar histórico na Colômbia (Foto: Bruno Junqueira/TXT Assessoria)

Mas por qual razão é tão difícil? Danrlei, goleiro de todos estes confrontos, resume o que acontece dentro das quatro linhas:

 – Jogar nos estádios colombianos equivale, mais ou menos, ao que o rival passa no Olímpico. O comportamento da torcida é o mesmo, empurrando desde o início. Assim como o Grêmio faz em casa, os times de lá imprimem um ritmo muito forte desde o início, para matar o jogo logo. Em 1995, foi assim. A solução? Era ter um time talhado para suportar a pressão. Eu fiz um monte de defesas, nem sei como.

Embora não tenha acompanhado o histórico de perto, o centroavante Marcelo Moreno tem a experiência de enfrentar a seleção da Colômbia ao defender a da Bolívia.

– Os colombianos são jogadores rápidos e habilidosos, parecido com os brasileiros. Cabe a gente ter calma e manter a posicionamento em campo para não sofrer ataques a todo momento – analisou.

Com o 1 a 0 em Porto Alegre, o Grêmio avança com três possibilidades. Nova vitória, empate e derrota por um gol desde que balance a rede rival. Se passar, encara o São Paulo dias 21 e 28.

Libertadores 1995 Libertadores 1996 Supercopa 1997 Libertadores 2003
– Grêmio 3 x 1 Atlético Nacional
– Atlético Nacional 1 x 1 Grêmio
– Grêmio 1 x 0 América de Cali
– América de Cali 3 x 1 Grêmio
– Grêmio 2 x 2 Atlético Nacional
– Atlético Nacional 3 x 1 Grêmio
– Grêmio 2 x 2 Independiente Medellín
– Independiente Medellín 2 x 1 Grêmio

 

Por Cleber Aguiar – Para estreia de Ganso, torcedor provoca confusão nas bilheterias do Morumbi

Fonte: O Estado de São Paulo

Meia fará sua estreia com a camisa do tricolor neste domingo, contra o Náutico

SÃO PAULO – Os torcedores do São Paulo fizeram filas e provocaram tumulto nas bilheterias do Morumbi para comprar, na manhã desta quinta, ingressos para a partida do time com o Náutico, domingo. Tudo porque o técnico Ney Franco confirmou a estreia do meia Ganso, comprado do Santos após se desentender com o presidente do clube e com parte da torcida, que o chamou de marcenário.

Os ingressos foram disputados nos guichês. Houve confusão e a diretoria do São Paulo precisou pedir reforço para a polícia. O Morumbi deverá ter um bom público, mas o número de torcedores não deverá chegar aos 40 mil por causa do feriado prolongado na cidade.

Por Cleber Aguiar – Com lágrimas, ex-palmeirense e colegas sofrem em adeus a Alex Alves

Fonte: Portal Terra

 Foto: Ivan Baldivieso / Futura Press

Velório de Alex Alves emocionou muitas pessoas no cemitério Jardim da Saudade
Foto: Ivan Baldivieso / Futura Press

LINDOMAR ASSIS

O ex-companheiros Paulo Isidoro – que atuou com Alex Alves no Palmeiras e no Cruzeiro -, amigos e familiares se despediram do ex-jogador, cujo corpo foi velado no cemitério Jardim da Saudade, em Salvador, desde a manhã desta quinta-feira. Emocionado, o ex-presidente do Vitória, Paulo Carneiro, lamentou a morte do ex-atleta.

Alex Alves morreu na manhã de quarta em Jaú, no interior de São Paulo, aos 37 anos. O ex-jogador estava internado depois do diagnóstico de uma doença rara, própria da medula óssea, chamada de Hemoglobinúria Paroxística Noturna (HPN). Ele chegou a passar por um transplante de medula no dia 7 de outubro, doação realizada por um de seus irmãos.

“Deus não quis que ele tivesse amadurecido, seguisse na vida. É uma pena! O Alex era um menino muito bom. Alex representou um salto de qualidade na vida do Vitória naquela temporada memorável de 93. Um menino ótimo, cismado, fechado, como muitos por aí. Sempre vaidoso, preocupado com a família. Alex estava confiante, otimista, achava que iria se recuperar, mas infelizmente não deu certo”, lamentou Paulo Carneiro.

Conhecido de Alex Alves desde os 15 anos, o ex-companheiro de clube, Paulo Isidoro – que atuou com o atleta no Palmeiras e no Cruzeiro -, também se ressentiu pela morte do amigo e relembrou momentos da carreira. “Passamos muitos momentos bons, de muita alegria. Fomos para o Palmeiras e Cruzeiro juntos, estamos nos separando apenas no dia de hoje, dia muito triste. Estou triste por ter me separado do amigo, feliz por ter conhecido ele e ter participado intensamente da vida dele como amigo”, afirmou Isidoro.

Estiveram presentes também no velório o ex-zagueiro Marcelo, que jogou com Alex Alves no Vitória. O defensor não quis dar entrevista. Representante do Rondonópolis (MT), Ricardo Gray Lemos, também falou sobre o momento. “Estou representando o presidente do clube. É uma pena termos perdido um jogador como o Alex tão precocemente”, disse.

Está marcada para as 16h30 (de Salvador) a cerimônia de cremação, que será restrita aos familiares. Alex Alves morreu na manhã da última quarta, em Jaú. Há dois meses o jogador estava tratando de uma doença rara que prejudicava a produção de sangue.

Alex Alves foi revelado pelo Vitória. Em 1993, teve um dos melhores momentos na carreira ao se tornar vice-campeão do Campeonato Brasileiro pela equipe rubro-negra. O atleta também atuou em clubes como o Cruzeiro, Palmeiras, Vasco, Portuguesa e Atlético-MG.

Alguns videos de Alex Alves no Youtube

 

Por Cleber Aguiar – Scolari diz que Neymar pode superar Messi e Cristiano Ronaldo

Fonte: Folha Online

Luiz Felipe Scolari, ex-técnico do Palmeiras, não tem dúvidas de que Messi, Cristiano Ronaldo e Neymar são os três melhores jogadores da atualidade.

Mas o treinador, que ainda assim não vê um atleta capaz de superar Pelé, acredita no potencial do atacante santista em se tornar o melhor do mundo.

“Messi, Cristiano e Neymar são os três melhores jogadores do mundo agora. Mas Neymar pode até superá-los nos próximos anos”, disse Scolari em entrevista para a rádio espanhola Esports Cope.

“Neymar se encaixaria perfeitamente no Barça, porque é um grande jogador e tem excelentes qualidades. Está trabalhando com um técnico fantástico e está aperfeiçoando a parte técnica. Está muito contente no Brasil”, disse.

O técnico ainda ressaltou o seu desejo de treinar o Barcelona. “Gostaria muito de no futuro ser o treinador do Barça, também pela amizade que tenho com o presidente Rosell”, concluiu Scolari.

  Rubens Cavallari – 25.jul.12/Folhapress  
O técnico Luiz Felipe Scolari durante um treino do Palmeiras, em julho deste ano
O técnico Luiz Felipe Scolari durante um treino do Palmeiras, em julho deste ano

Por Cleber Aguiar – Após lances falsos, organizadores encerram leilão por camisa de Neymar

Fonte: Globo.com

Camisa do craque santista havia sido doada para ajudar a pagar o tratamento de repórter que morreu de câncer

Por GLOBOESPORTE.COM Santos, SP

Neymar e Katia (Foto: Divulgação)Camisa de Neymar foi arrematada por R$ 5.500,00
(Foto: Divulgação)

O leilão da camisa de Neymar, autografada por todo elenco santista, foi encerrado nesta semana. A peça foi arrematada por uma pessoa de Niterói, no Rio de Janeiro, pelo valor de R$ 5.500,00.

O souvenir foi oferecido pelo craque do Peixe para ajudar a pagar os gastos do tratamento realizado pelo repórter Thiago de Angelis, conhecido cono “Linguarudo”, que faleceu vítima de um câncer.

A viúva do repórter, Kátia Lopes de Angelis e outros organizadores do leilão, lamentaram a postura de algumas pessoas, considerando como uma “brincadeira de muito mau gosto”. Os últimos lances recebidos chegaram aos valores de R$ 10 mil, R$ 12 mil e R$ 15.850,00. Os organizadores consideraram os lances muito bons, já que o tratamento custou aproximadamente R$ 25 mil, no entanto, como não houve retorno com nenhum dos responsáveis pelos últimos lances, logo foram desconsiderados.

Leia um trecho da nota oficial dos organizadores do leilão:

Não tivemos sucesso para obter contato com qualquer um dos três, eles simplesmente não responderam ou não deixaram contato nenhum para que pudessemos validar seus lances. Logo , entedemos que quem realmente gostaria de ajudar e ainda por cima levar a camiseta autografada do Santos F.C não dificultaria para que pudessemos encontra-los. Portanto, classificamos esse três lances como uma brincadeira de muito mau gosto e lamentável que as pessoas possam brincar com uma coisas.

Pedimos desculpas, pois esses três lances podem ter inviabilizado lances maiores do que os R$5.500,00, dado como vencedor. Quem podia dar mais pode ter acabado desistindo de competir com esses Valores!

Ainda estamos negociando junto ao Santos F.C a possibilidade da entrega da camiseta ser feita pelo próprio Neymar.

Obrigado a todos pelos lances e pela ajuda.

Por Cleber Aguiar – CBF volta atrás e libera troféu para o Fluminense contra o Cruzeiro

Fonte: Folha Online

Depois de negar o pedido do Fluminense na última terça-feira, a CBF voltou atrás e liberou a taça do Campeonato Brasileiro ao clube carioca para o jogo contra o Cruzeiro, marcado para domingo, às 17h, no Engenhão, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

De acordo com a assessoria do Fluminense, a taça estará no Engenhão no próximo domingo. No entanto, o clube ainda não se pronunciou sobre quais ações de comemoração do título fará no jogo contra o Cruzeiro.

  Ricardo Nogueira – 11.nov.12/Folhapress  
O técnico Abel Braga abraça Thiago Neves na comemoração do título do Flu, em Presidente Prudente (SP)
O técnico Abel Braga abraça Thiago Neves na comemoração do título do Flu, em Presidente Prudente (SP)

A CBF tinha vetado entregar a taça antecipadamente ao Fluminense. A entidade desejava fazer a entrega apenas no dia 3 de dezembro, quando será realizada a premiação aos melhores jogadores do Campeonato Brasileiro. O evento será realizado no HSBC Brasil, em São Paulo.

O Fluminense sagrou-se campeão no último domingo com a vitória sobre o Palmeiras por 3 a 2. Com o resultado, a equipe chegou a 76 pontos, contra 65 do Atlético-MG, que empatou com o Vasco por 1 a 1 e caiu para o terceiro lugar. O Grêmio é o vice-líder, com 66 pontos.

Por Cleber Aguiar – Pelé recebe alta e se emociona ao deixar hospital em São Paulo

Fonte: Globo.com

Rei do Futebol estava internado na capital paulista e foi submetido a uma cirurgia no quadril, no último sábado

Por Joanna de Assis São Paulo

Pelé chora ao receber alta no Hospital Albert Einstein (Foto: Joanna de Assis / globoesporte.com)Pelé se emociona ao receber alta de hospital
(Foto: Joanna de Assis / Globoesporte.com)

A internação de Pelé no Hospital Albert Einstein, na zona sul de São Paulo, durou menos de uma semana. Na tarde desta quinta-feira, o Rei do Futebol recebeu alta dos médicos e se emocionou no primeiro contato com os jornalistas que estavam no local.

– Eu não imaginava que o povo brasileiro tivesse toda essa preocupação comigo. Graças a Deus estou bem, agradeço a todos que oraram por mim e gostaria de dizer que vou me preparar para a Copa – declarou, sem controlar as lágrimas.

Sempre atento ao futebol nacional, Pelé lamentou bastante o fato de não poder ter participado do amistoso entre o Brasil e a Colômbia, disputado em Nova Jersey, nos Estados Unidos, na última quarta-feira, e que terminou com o empate de 1 a 1.

O ex-jogador havia sido convidado pela CBF para dar o pontapé inicial da partida, que representou o jogo mil da história da seleção brasileira. Apesar da frustração, Pelé acompanhou o jogo e defendeu o atacante Neymar, que desperdiçou cobrança de pênalti que poderia ter dado a vitória ao time de Mano Menezes.

Aos 72 anos, o ex-jogador teve de passar por uma cirurgia no quadril no último sábado. Para o ortopedista que o operou, o procedimento foi necessário para reparar os efeitos do esforço de uma vida ativa.

– O Pelé tinha um desgaste da articulação que chamamos de artrose, em que você vai consumindo a cartilagem tanto da cabeça do fêmur como do encaixe da bacia. Isso é fruto de toda essa atividade física dele durante anos e anos. Ele sempre esteve ativo, com futebol, tênis e tudo mais. Parte dessa conta vem desses mil e tantos gols e a atividade que ele sempre manteve depois de tudo isso – disse o médico Roberto Dantas Queiroz.

– O Pelé, de um ano pra cá, vinha sentindo desgaste do quadril. Ele sempre foi uma pessoa ativa e começou a sentir um pouquinho de desconforto nas atividades dele de caminhar e jogar tênis – explicou Flávia Kurtz, filha do Rei.

A intervenção cirúrgica em Pelé durou cerca de 1h30m e foi bem sucedida. No procedimento, os médicos implantaram uma prótese total de quadril, que é uma plástica da articulação. Foi retirada a cabeça do fêmur do Rei e encaixada uma peça de cerâmica no local .

A princípio, Pelé caminhará com auxilio por algumas semanas, enquanto a cirurgia não está cicatrizada, e ficará em repouso absoluto nos próximos dois meses. A equipe médica que o operou acredita que o Rei esteja apto a praticar atividades físicas novamente daqui a quatro meses.