Por Cleber Aguiar – ‘Eu ainda trabalho para jogar o Brasileiro’, revela Paulo Henrique Ganso

Fonte: O Estado de São Paulo

Embora não tenha data para estrear no São Paulo, meia está perto de se recuperar de lesão

Fernando Faro – O Estado de S. Paulo

SÃO PAULO – Paulo Henrique Ganso respira aliviado. Sua ansiedade para voltar a jogar futebol e estrear pelo São Paulo estão próximas do fim. Embora ainda não tenha uma data definida para ser liberado para atuar, o meia está em fase final de recuperação de uma lesão muscular na coxa esquerda. Ele espera iniciar sua trajetória no novo clube livre das contusões. O jogador, apontado como um dos mais talentosos da atual geração e que encantou o País especialmente em 2010, perdeu espaço na seleção e precisará se reinventar aos 23 anos.

Ganso tem sessões de fisioterapia que duram até 9 horas - JF DIORIO/ESTADÃO
JF DIORIO/ESTADÃO
Ganso tem sessões de fisioterapia que duram até 9 horas

Mesmo sem jogar desde agosto, a vida do camisa 8 está longe de ser tranquila. As extenuantes sessões de fisioterapia (que chegam a durar nove horas) só são intercaladas por compromissos com os patrocinadores – na última sexta, Ganso participou de uma gravação até as 22 horas para a nova campanha da Gillette, que ainda vai ao ar.

Tudo isso, garante, valerá a pena quando estiver em campo. Fome não falta, afinal será preciso atuar em alto nível para convencer Mano Menezes de que merece uma nova oportunidade com a camisa da seleção brasileira.

Na primeira entrevista exclusiva desde que chegou ao Morumbi, Ganso afirmou ao Estado que fez a escolha certa ao trocar a Vila Belmiro pelo Morumbi, projeta seu retorno à seleção e descarta se transferir para o exterior nos próximos anos. “Vou jogar muita bola porque estou me sentindo bem. Quero entrar em campo, retribuir esse carinho e conquistar títulos pelo São Paulo”, afirmou o meia.

A primeira pergunta é a que todos querem saber: quando você volta a jogar?

GANSO – Já estou no trabalho final de preparação com toda a equipe de fisioterapeutas e médicos. Está bem próximo, não posso dizer a data porque não tenho uma certeza, mas está bem próximo. O próximo passo é treinar com bola, fazer alguns deslocamentos e depois finalmente passar a treinar com o grupo. Estamos trabalhando para estar em campo ainda no Brasileiro e poder ajudar a equipe nessa reta final de competição.

É possível tirar alguma coisa positiva depois de tantas lesões?

GANSO – Tem de se tirar algo de positivo, é preciso trabalhar duro e pensar nas coisas boas que esses retornos podem te trazer. Penso sempre na chance de voltar a jogar, de disputar e conquistar títulos, voltar jogando bem dentro de campo. Quando você vê esses resultados dentro de campo, consegue colocá-los em prática, todos aqueles sacrifícios que você fez no passado acabam ficando pequenos e você conclui que valeu a pena se esforçar tanto.

Como tem sido sua rotina?

GANSO – Minha rotina é basicamente a mesma e às vezes cansativa. Das 9 horas às 18h30 venho para o CT fazer os trabalhos de fisioterapia e fortalecimento. Quando posso ou não estou muito desgastado vou cumprir os compromissos particulares e com meus patrocinadores.

Sente que essa lesão pode ser a última dessas mais graves?

GANSO – Estamos trabalhando para isso ter fim e não acontecer nunca mais, por isso esse período maior de fisioterapia, fortalecimento muscular e de trabalho para igualar a potência das duas pernas. A ideia é ter isso bem definido de uma vez por todas para que essas pequenas lesões que me atrapalharam não voltem a aparecer. A expectativa é que tenhamos sucesso.

E a adaptação à cidade e ao clube, como está?

GANSO – Já estou morando em São Paulo e adaptação está sendo a melhor possível. Aqui no clube também já me sinto muito bem. Todos me receberam com muito respeito e muito carinho e sem dúvida isso tem me ajudado bastante nesses primeiros momentos.

A recepção de gala que você teve no Morumbi já te coloca numa condição de ídolo?

GANSO – Acabou sendo uma surpresa. Esperava que teria bastante gente, mas não aquele tanto que esteve presente, foi sem dúvida um prazer. Acho que posso ser considerado um ídolo para o brasileiro pelo fato de eu jogar pela seleção. A torcida do São Paulo encheu o estádio para me ver e minha responsabilidade vai ser grande sempre, até porque foi uma baita contratação e tenho de responder à altura dentro de campo para mostrar que esse investimento valeu a pena.

Jogar em um novo clube pode te ajudar nisso?

GANSO – Sim, é uma nova etapa de vida, um novo clube e um novo desafio na minha carreira. Estou muito feliz por poder viver isso e espero representar dentro de campo toda essa alegria que estou sentindo.

Seleção é algo que está em seus planos no curto prazo?

GANSO – Meu plano é primeiro voltar a jogar bem, sem preocupação de ter uma perna mais fraca do que a outra. Quero jogar sem preocupação. Quanto à seleção, preciso fazer valer minha convocação dentro de campo com a camisa do São Paulo. Se jogar bem, seleção será uma consequência.

Mas o Mano acertou o meio com Oscar e Kaká…

GANSO – Tenho primeiro de jogar bola aqui e mostrar toda minha qualidade. Aí deixamos para o Mano decidir, mas preciso respeitar o momento vivido pelo Kaká e pelo Oscar. Prefiro pensar só em jogar futebol, o retorno vai acontecer naturalmente, seja como titular ou não.

Você concorda com as críticas de que não vinha jogando bem?

GANSO – Cada um tem sua opinião, sempre procurei jogar meu futebol tranquilamente e dar o meu melhor. Sei que foi um período que dividiu muita gente, mas posso garantir que sempre me senti muito bem.

Mudar de ares te motiva mais?

GANSO – Não só um novo clube, acho que voltar a jogar futebol sem a preocupação de me machucar novamente, essa é minha motivação maior. Quero jogar futebol com alegria.

Você nunca escondeu o sonho de jogar na Europa. Ainda pensa nisso ou não?

GANSO – Quero primeiro retornar e jogar futebol para retribuir com títulos, gols e vitórias todo esse carinho que o torcedor já tem demonstrado por mim. Quero prosseguir no clube, é uma nova etapa de vida para mim. Agora quero pensar exclusivamente no São Paulo e ganhar muitos títulos, foi para isso que fui contratado e é isso que quero fazer.

Como seu estilo de jogo mais cadenciado vai se encaixar com a velocidade da equipe?

GANSO – As duas partes podem se encaixar perfeitamente. Temos jogadores de muita velocidade, sou mais de cadência e poderemos complementar um estilo ao outro. Assim eu poderei ajudar meus companheiros e eles a mim, e assim o São Paulo como um todo cresce. Tenho certeza que dará certo e depois disso tudo o Ney Franco é que vai ter dor de cabeça para montar a equipe (risos).

Afinal, o que aconteceu na sua saída do Santos?

GANSO – Já não estávamos chegando a um acordo entre as partes, por isso chegamos a esse término de namoro que já durava muitos anos. Algumas coisas não vinham dando certo e percebi que era hora de sair.

Que coisas?

GANSO – Acredito que o tratamento poderia ter sido melhor. Não estou entrando no mérito financeiro, aquela questão de porcentagem de direitos ou de valores, como foi falado. Mas a forma de tratamento para as conversas de renovação poderia ter sido melhor. Para mim isso já é passado, só quero saber de jogar futebol. Só penso agora no São Paulo. Construí uma história muito bonita dentro do clube e isso vai ficar na minha lembrança e ninguém pode apagar. Acredito que apesar de tudo minha relação vai sempre ser boa porque nunca fiz nada de errado lá.

Como está sua motivação para jogar depois de tanto tempo?

GANSO – Vou jogar muita bola porque estou me sentindo muito bem, tive uma recepção maravilhosa e isso me ajuda bastante a voltar seguro e com confiança. Da minha parte, foi a melhor coisa que fiz, estou muito feliz e só quero saber de jogar futebol. O torcedor pode esperar, estou voltando e vamos conquistar muitos títulos juntos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s