ICFUT–BRASILEIRÃO SÉRIE D: Sampaio Corrêa 2 x 0 Crac – Melhor do Brasil, Sampaio é campeão da Série D!

Fonte: futebolinterior

Sampaio Corrêa coroou a incrível campanha na Série D com o título

São Luís, MA, 21 (AFI) – Com o melhor aproveitamento de todos os clubes que disputam o Campeonato Brasileiro – seja Série A, B, C e D -, o Sampaio Corrêa venceu o Crac, por 2 a 0, na noite deste domingo, no Estádio Castelão, em São Luís, e sagrou-se campeão da Quarta Divisão Nacional. O Placar Ao Vivo doFutebol Interior acompanhou o confronto.

Os números comprovam o feito histórico do time maranhense na temporada. Com 79,1% de aproveitamento, está a frente de Fluminense (71,9%), Criciúma (69,9%) e Fortaleza (74,5%), ambos líderes das Séries A, B e C, respectivamente. O Sampaio Corrêa conquistou 38 dos 48 pontos possíveis dentro da Série D de 2012. Retrospecto garantiu ao clube o acesso a Série C do ano que vem.

Outro número que surpreendeu por se tratar de Série D foi o público presente no recém-inaugurado Castelão: Compareceram à decisão 40.243 pessoas, sendo que 37.383 pagaram para entrar. A renda chegou a casa de R$ 707.175,00, uma das maiores da história do futebol maranhense.

Alguém viu o Crac?
Como esperado, o Sampaio Corrêa tomou a iniciativa e criou a primeira chance de gol no Castelão. Aos seis minutos, Cleiton cruzou na área e Mimica cabeceou; bola foi para fora e animou a torcida na arquibancada. O time maranhense continuou pressionando e voltou a assustar em chute à longa distância de Roniery.

Disposto em abrir o placar, o Sampaio tocava bem a bola e se aproximava do gol. Depois que Robinho perdeu chance de cabeça, quem marcou foi Eloir. Aos 17 minutos, ele recebeu cruzamento e colocou a bola no fundo das redes. Animado, Wescley quase ampliou em seguida, mas chutou sobre o gol de Dudu.

Na volta do intervalo a Bolívia Querida continuou melhor e não dava espaço para o Crac. O primeiro lance de perigo veio antes dos dez minutos, quando Wescley, de cabeça, obrigou Dudu a fazer boa defesa. Não demorou e foi a vez de Pimentinha ter chance, só que o atacante falhou ao tocar na saída do goleiro.

O Crac conseguiu equilibrar o jogo e até tocou melhor a bola por algum tempo, só que aos 30 minutos o Sampaio fez o segundo e ficou próximo do título. Em contra-ataque, Pimentinha partiu para cima do zagueiro e chutou forte, no canto esquerdo: 2 a 0. O confronto ficou ruim tecnicamente e a partir dos últimos dez minutos a torcida passou a ser o destaque no estádio.

Espírito campeão
Fundado há 89 anos, o Sampaio já conquistou o título do Brasileiro da Série B, em 1972, e do Brasileiro da Série C, em 97, invicto, repetindo o feito deste ano. Depois de passar 100% pela primeira fase, o time eliminou o Vilhena-RO, Mixto-MT e Baraúnas-RN sem ao menos uma derrota e, por isso, chegou à final com status de favorito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s