Por Cleber Aguiar – Botafogo e Vasco tentam reencontrar o rumo no Brasileirão

Fonte: Gazetaesportiva.net

Um duelo entre duas equipes que perderam o rumo no Campeonato Brasileiro e tentam reencontrá-lo para seguir com chances de disputar a próxima Copa Libertadores. Assim pode ser definido o clássico entre Botafogo e Vasco, que se enfrentam nesta quinta-feira, às 21 horas (de Brasília), no Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ), pela 31ª rodada.

O Cruzmaltino, que tem 50 pontos, passou toda a competição no G-4, mas acabou saindo no fim de semana com a derrota de 2 a 0 para o Santos. Já o Glorioso, que no empate por 1 a 1 com o Grêmio chegou ao sétimo jogo sem vitória, tem apenas 41 pontos e se apega a chances matemáticas de disputar o torneio continental.

Se não bastasse a rivalidade entre dois grandes clubes do mesmo estado, o duelo desta quinta-feira vem mexendo com ambos os lados pela necessidade de vencer. O perdedor pode sofrer um banho de água fria em suas pretensões na temporada.

Divulgação

Seedorf voltará à equipe do Botafogo na vaga de Andrezinho, suspenso

“Reconhecemos a necessidade de vencer esse jogo e estamos trabalhando muito para isso. Infelizmente não conseguimos bons resultados nos dois jogos passados, quando também nos empenhamos muito e a vitória acabou não acontecendo. O Botafogo tem uma grande equipe, jogadores capazes de fazer a diferença, mas precisamos bastante dos três pontos”, analisou Marcelo Oliveira, técnico do Vasco.

Por outro lado, o comandante do Botafogo, Oswaldo de Oliveira, reconhece que a vitória é importante para a sua equipe, mas não projeta dificuldades maiores por conta da necessidade de triunfo do rival.

“Me detenho mais ao Botafogo. Não tenho as informações de como está o Vasco. Vejo os jogos e vi que o Vasco perdeu com a saídas de jogadores, mas é um time respeitável, de altíssimo nível. Será um jogo difícil, entre dois grandes competidores. Só que precisamos demais da vitória e vamos lutar muito por ela”, afirmou.

Em termos de escalação os dois treinadores fazem mistério. O lateral direito Lucas e o meia Andrezinho, que foram advertidos com o terceiro cartão amarelo contra o Santos, desfalcam o Botafogo. Na lateral, Oswaldo não sabe se escala o reserva imediato, Lennon, ou se improvisa o volante Jadson. Para a vaga de Andrezinho, Seedorf, poupado no Sul, será o escolhido.

O treinador ainda vai barrar o apoiador Vítor Júnior e dar uma chance ao atacante Bruno Mendes, autor do gol de empate no domingo. Depois de servir à Seleção Brasileira em amistosos internacionais, o goleiro Jéfferson retomará o posto que estava com Renan.

Divulgação

Devido à contusão de Alecsandro, Eder Luis deve atuar isolado no ataque

Pelo lado do Vasco, o atacante Alecsandro, com um estiramento grau 1 na coxa direita, não vai jogar. Com isso, o cruzmaltino não terá nenhum centroavante de ofício, pois o equatoriano Carlos Tenorio, se recuperando de um estiramento muscular na coxa direita, teve seu aproveitamento descartado pelo departamento médico do Vasco.

Sem Alecsandro, Marcelo Oliveira deixará Eder Luis isolado no ataque. O zagueiro Renato Silva, livre de um edema na coxa esquerda, retornará à condição de titular, deixando Rodolfo no banco de reservas. Aliás, Douglas também retorna ao banco, já que Dedé voltará a ficar à disposição depois de servir à Seleção Brasileira.

O meia Juninho Pernambucano, que não participou da derrota para o Santos por conta de dores na região pubiana, atuará normalmente diante do Botafogo. Já o lateral esquerdo Thiago Feltri parece realmente sem nenhum prestígio com a comissão técnica e permanece entre os reservas, com o volante Wendel sendo improvisado no setor.

As duas equipes também se enfrentaram no Engenhão no primeiro turno do Campeonato Brasileiro, partida que terminou com a vitória do Vasco por 1 a 0, com um gol de Alecsandro aos 41 minutos do segundo tempo.

Arte GE.Net

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO X VASCO

Local: Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 18 de outubro de 2012 (quinta-feira)
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Assistentes: Rodrigo Pereira Joia (Fifa-RJ) e Wagner Santos (RJ)

BOTAFOGO: Jéfferson, Lennon (Jadson), Antônio Carlos, Dória e Márcio Azevedo; Gabriel, Renato, Fellype Gabriel e Seedorf; Bruno Mendes e Rafael Marques
Técnico: Oswaldo de Oliveira

VASCO: Fernando Prass, Jonas, Renato Silva, Dedé e Wendel; Nilton, Fellipe Bastos, Felipe, Carlos Alberto e Juninho Pernambucano; Eder Luis
Técnico: Marcelo Oliveira

Por Cleber Aguiar – Barcos comemora atuação e desabafa no Palmeiras

Fonte: O Estado de São Paulo

Atacante, que servia a seleção da argentina, chegou em cima da hora para a partida contra o Bahia

DANIEL BATISTA – Agência Estado

SALVADOR – O atacante Barcos desabafou após a vitória de 1 a 0 sobre o Bahia, nesta quarta-feira, no Estádio Pituaçu, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador, que enfrentou uma viagem de cinco horas para conseguir deixar Santiago, no Chile, e chegar a Salvador, mostrou irritação com as especulações de que ele teria pedido aumento de salário após ser convocado para a seleção argentina e que por isso teria até se negado a concentrar um dia antes do clássico com o São Paulo, que o Palmeiras perdeu.

Barcos se prepara para encarar o Cruzeiro - Alex Silva/AE - 16/3/2012
Alex Silva/AE – 16/3/2012
Barcos se prepara para encarar o Cruzeiro

“Esse negócio de aumento de salário foi ruim para mim e para a diretoria do Palmeiras. Quando voltei da seleção, pedi para descansar em casa e o técnico (Gilson Kleina) me liberou. E aí saiu que eu não quis concentrar porque queria aumento de salário. Tem de saber que não sou assim. Se eu fosse um filho da p…. de pedir aumento nessas condições, eu não estaria aqui no Palmeiras”, resumiu o argentino.

O fato é que Barcos conseguiu chegar em Salvador menos de duas horas antes de começar o jogo e ajudou a equipe do Palmeiras mais uma vez. Ele fez o cruzamento para o gol de Betinho, o único da partida. “Eu queria jogar e ajudar o time. Todo mundo estava me esperando no aeroporto para me buscar e a polícia me ajudou também a chegar ao estádio”, comemorou o atacante.

O Palmeiras volta a entrar em campo no sábado, agora mais descansado, para ajudar o Palmeiras diante do Cruzeiro em Araraquara, na Fonte Luminosa. A vitória de quarta-feira deixou o time com 29 pontos, na 17ª colocação no Campeonato Brasileiro, e a 6 pontos do Bahia, o primeiro time fora da zona de rebaixamento.

Por Cleber Aguiar – Ministro critica falha com ambulância na Vila Belmiro

Fonte: Folha Online

ITALO NOGUEIRA
DO RIO

SPFW 2012 O ministro Aldo Rebelo (Esportes) criticou na tarde desta quinta-feira (18) a falha no estádio da Vila Belmiro que atrasou o atendimento do zagueiro Rafael Marques, do Atlético-MG.

“Pudemos testemunhar o que temos de mais sublime no futebol, não apenas gol, mas outras jogadas do Neymar. E ao mesmo tempo o que temos de mais deplorável.”

Ele se disse surpreso por ter ocorrido uma falha como essa num estádio que sedia jogos importantes.

Zagueiro bate cabeça e sai de ambulância

Rafael Marques recebe atendimento após se machucar durante partida contra o Santos, na Vila Belmiro; após acidente o jogador foi levado a um hospital

“Vi por notícias que a demora foi atribuída à existência de um degrau que dificultou a entrada da ambulância. Acho estranho porque a Vila Belmiro já recebeu jogos importantíssimos. Achei estranho que esse tipo de incidente pudesse ocorrer num estádio de tanta visibilidade e habituado a tantas partidas importantes. Eu acho que um estádio com essa importância deveria receber imediatamente a reforma ou alteração que permitisse esse procedimento básico. Isso não é pedir luxo ou serviço para as pessoas. É um serviço básico que qualquer estádio, modesto que seja, deve possuir.”

O Santos disse obras devem ser feitas e prevê que elas sejam finalizadas antes da partida contra o Náutico, dia 25 –próximo jogo em casa. No duelo de quarta, a ambulância não entrou no campo por não haver uma rampa compatível para o acesso. Naquele momento, Rafael Marques, do Atlético-MG, estava caído no gramado após um choque de cabeça com o companheiro Leonardo Silva.

por Cleber Aguiar – Brasileiro-2012 perde quase meio milhão de torcedores em um ano

Fonte: Folha de São Paulo

SÉRIE A
Média de público até a 30ª rodada caiu de 14,1 mil para 12,6 mil pagantes por partida

  Adalberto Marques – 13.out.2012/Agif/Folhapress  
Torcedores do Inter em jogo que teve 176 pagantes no Serra Dourada, casa do Atlético-GO
Torcedores do Inter em jogo que teve 176 pagantes no Serra Dourada, casa do Atlético-GO

LUCAS REIS
DE SÃO PAULO

O atual Campeonato Brasileiro perdeu quase meio milhão de torcedores em relação à edição de 2011, aponta levantamento feito pela Folha com base nos borderôs disponibilizados pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) em seu portal.

As 30 rodadas do torneio deste ano atraíram, segundo a entidade, 3,7 milhões de pagantes. À essa altura do Nacional de 2011, 4,2 milhões haviam comprado ingressos.

A diferença entre as duas edições é de 462.637 torcedores a menos nos estádios. Isso significa que em cada jogo deste Brasileiro há um desfalque de 1.500 pessoas em relação a 2011 -a média de público em 30 rodadas caiu de 14.191 para 12.649 pagantes.

As duas edições em questão são as primeiras -e integralmente- sem os principais estádios do país, em obras para a Copa de 2014.

Maracanã e Mineirão começaram a ser reformados no segundo semestre de 2010, assim como o Parque Antarctica, fora do Mundial, mas que passa por radical modernização. A Fonte Nova, em Salvador, em obras para 2014, não foi usada pelo Bahia também no ano passado.

A perda de quase meio milhão de pagantes não significou um retrocesso na arrecadação. Se no campeonato do ano passado o total arrecadado até a 30ª rodada

chegou a R$ 85,5 milhões, na edição deste ano a soma é de R$ 90,5 milhões.

A alta na arrecadação é explicada pelo reajuste no valor médio dos ingressos.

Em 2012, o torcedor brasileiro tem pago, em média, R$ 23,9 por um bilhete da Série A -aumento de 18,9% no preço da entrada que, no ano passado, custava R$ 20,1.

Segundo o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), a inflação no acumulado entre os 12 meses que separam o início do Brasileiro de 2011 e de 2012 foi de 4,99%.

O Nacional deste ano caminha para terminar com a pior média de público desde 2006, que teve 12 mil pagantes. Para alcançar o patamar de 2011, as 80 partidas restantes precisarão atrair 1,8 milhão de pagantes.

A CBF não parece se esforçar muito para alavancar o público. Os jogos de sábado à noite, tirados da tabela no Brasileiro do ano passado, continuam em vigor em 2012, apesar dos protestos de cartolas, jogadores e torcedores.

E, após 30 rodadas, o sábado às 21h ainda é a faixa de horário mais esvaziada, com média de público de 10,3 mil pagantes. Domingo, às 16h, é o horário preferido do torcedor, com média de 16,2 mil.

Somente dois clubes têm média de público que ultrapassa a casa dos 20 mil.

O Corinthians, que encara o Brasileiro como um intervalo entre a Libertadores e o Mundial de Clubes, em dezembro, lidera com média de 25.228 pagantes. O Grêmio, que ainda sonha com o título, atrai 21.412 pagantes.

Mesmo líder, Fluminense pena para encher estádios

O líder disparado do Campeonato Brasileiro tem apenas a 13ª melhor média de público entre os 20 clubes. Sem o Maracanã, o Rio tem sobrecarregado o Engenhão, e a média de público dos cariocas despencou em 2012.

O Fluminense, com sua campanha quase impecável, atrai em média 9.710 pagantes por partida -contra 14.754 no total do ano passado.

Logo abaixo dele está o Botafogo, 14º neste ranking e com média de 9.446 (15.979 em 2011). O Vasco está ainda mais abaixo, com 8.113 pessoas, longe dos 16.889 pagantes que atraiu em 2011.

O Flamengo é o melhor carioca da lista, oitavo colocado, com média de 13.183 (ano passado foi de 20.117).

“O fato de não ter estádio, não ter um lugar fixo, pesa. Já jogamos em São Januário, Volta Redonda, é difícil o torcedor se acostumar”, disse à Folha o presidente do Fluminense, Peter Siemsen.

Administrado pelo Botafogo, o Engenhão se tornou a casa do futebol do Rio após o fechamento do Maracanã. Com tantas partidas, a arena tornou-se uma das mais utilizadas no Brasileiro, prejudicando o gramado e arrancando críticas dos clubes.

O Botafogo então endureceu o uso da arena aos rivais Fluminense e Flamengo.

O Fluminense, por exemplo, tentou jogar contra a Ponte Preta, mas recebeu um não. No ofício que confirma a mudança do jogo de Volta Redonda para São Januário, o motivo vem sob o timbre da CBF: “Melhor expectativa de público e renda”.

A previsão de entrega do Maracanã é em fevereiro de 2013. O governo do Rio lançará edital para a privatização de administração do estádio: Flamengo e Fluminense já manifestaram interesse.

Os paulistas, apesar da liderança corintiana no ranking, também têm sofrido. Dos quatro clubes que menos atraem torcida, três são paulistas: Santos, Ponte Preta e Portuguesa. (LR)

ICFUT – Real e Barcelona unem forças pelo retorno de craques sul-americanos

Fonte: globo

Segundo ‘Mundo Deportivo’, clubes pagam R$ 400 mil por avião fretado

Por GLOBOESPORTE.COMSantiago, Chile

A Argentina cumpriu sua missão nas eliminatórias, venceu seus dois compromissos, se isolou na liderança, mas agora é hora de os craques da seleção hermana voltarem à rotina no Velho Continente. Para isso, Real Madrid e Barcelona se uniram em torno de um objetivo: fretar um avião para ter Messi, Mascherano, Alexis Sánchez, Higuaín e Di Maria o mais rápido possível.

Segundo o jornal catalão “Mundo Deportivo”, os clubes teriam investido juntos € 150 mil (R$ 400 mil) para fretar o avião após a vitória argentina sobre o Chile por 2 a 1, que aconteceu na noite desta terça-feira, pela primeira rodada do returno das eliminatórias sul-americanas. O diário só não informou a parcela relativa a cada equipe.

Higuaín, Messi, Mascherano e Di María no avião da Argentina (Foto: Reprodução / Twitter)Higuaín, Messi, Mascherano e Di María representaram Real x Barça em avião (Reprodução/Twitter)

Na versão do jornal catalão, os cinco jogadores, assim como o fisioterapeuta do Barcelona Juanjo Brau, deixaram o estádio num veículo particular logo após o confronto. Mas não antes que Messi fosse retido no vestiário para fazer o exame antidoping. O problema é que cerca de 200 pessoas, entre torcedores e jornalistas, teriam cercado o local por um contato mais próximo do camisa 10 do clube catalão. Com isso, o veículo que conduziu a mini-delegação teve que mudar de posição três vezes até conseguir resgatar o jogador.

A tendência era que o avião deixasse primeiro Higuaín e Di Maria, adversários do Celta de Vigo no sábado, para, em seguida, liberar Messi, Mascherano e Alexis Sánchez, que encaram o La Coruña no mesmo dia, só que um pouco mais tarde.

ICFUT – "Simulação escancarada" pode tirar Luis Fabiano do Brasileirão

Fonte: gazetaesportiva

Apesar de ter marcado  dois gols contra o Palmeiras, Luis Fabiano pode não ter boas recordações da vitória do São Paulo por 3 a 0 no clássico válido pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. O artilheiro tricolor será julgado pelo Superior Tribunal de JustiçaDesportiva (STJD) por simular um pênalti durante a partida e, dependendo da pena, pode não jogar mais este Campeonato Brasileiro.

Com base em prova de vídeo, a Procuradoria do STJD viu que a bola chutada pelo palmeirense Maurício Ramos atingiu a barriga de Luis Fabiano, e não o seu rosto, como o atacante são-paulino "simulou de forma escancarada". O lance ocorreu aos 33 minutos do primeiro tempo, quando o placar ainda estava inalterado, e gerou bastante reclamação pelo lado do time do Morumbi. O árbitro Paulo César de Oliveira, no entanto, mandou o jogo seguir.

Apesar da interpretação do árbitro,  Luis Fabiano será julgado por infração ao artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), acusado de “assumir conduta contrária à ética desportiva”. A pena é de suspensão de uma a seis partidas, portanto, um gancho mínimo já fará o atacante ser desfalque para Ney Franco.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Fabuloso pode perder o restante do campeonato por ter simulado pênalti no clássico em que marcou dois gols

O julgamento está marcado para segunda-feira, quando faltarão seis rodadas para o término do campeonato. Então, se Luis Fabiano receber a pena máxima, não voltará a defender o São Paulo neste Brasileirão, no qual o time briga por uma vaga para a próxima Copa Libertadores da América.

Palmeirense Artur também está na pauta do STJD – Também levando em conta o clássico entre São Paulo e Palmeiras, o STJD julgará o lateral direito do Alviverde, Artur, que na ocasião foi expulso aos oito minutos da etapa complementar por agarrar adversário em disputa de bola. Ele será julgado por “ato desleal ou hostil”, conforme o artigo 250 do CBJD, que prevê suspensão de uma a três partidas,levando em conta a automática.

ICFUT – Santos diz que fará obra na Vila para entrada de ambulância

Fonte: lancenet

Clube declarou em nota oficial que vistorias anuais nunca alertaram sobre problema que fez zagueiro do Atlético-MG esperar dez minutos por remoção a hospital

Rafael Marques - Santos x Atlético-MG (Foto: Miguel Schincariol)
Rafael Marques é conduzido de maca para fora do estádio (Foto: Miguel Schincariol)

Após a demora no atendimento ao zagueiro Rafael Marques, do Atlético-MG, na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro, no primeiro tempo da partida contra o Santos, válida pela 31ª rodada do Brasileirão, o Peixe emitiu nota oficial afirmando que os órgãos responsáveis por vistorias no estádio não alertaram para a necessidade de ter uma rampa de acesso à ambulância no estádio.

O Santos convocou uma reunião emergencial nesta quinta para que seja providenciada uma obra que repare o problema, porém não explicou como a necessidade de uma rampa não foi detectada pela administração do clube. Um degrau impediu que o veículo entrasse no gramado, o que retardou em cerca de dez minutos a remoção do jogador ao hospital. Rafael sofreu um choque em jogada de cabeça com o companheiro Leonardo Silva e ficou desacordado.

O vice-presidente do Santos, Odílio Rodrigues, havia reconhecido minutos antes que houve demora no atendimento durante a partida desta quarta-feira.

– Houve uma demora, se ia a ambulância, se ia a maca, a móvel da ambulância, houve um pouco de descontrole.  Depois que pôs no carrinho chegou rápido. Vamos ver o motivo desse acesso à ambulância estar assim. Não tenho a informação de quando foi feito esse degrau, vamos ver o que é. Deve ter o degrau por outro motivo de arquibancada, vamos ver porquê tem essa estrutura. Já combinei com o gerente de eventos e engenheiro para fazer vistoria.

Rafael Marques sofre acidente e vai para o hospital

> Confira a nota oficial emitida pelo clube:

"Sobre o episódio envolvendo o atleta Rafael Marques na partida desta noite, na Vila Belmiro, o Santos FC informa que a ambulância não entrou no campo por não haver uma rampa compatível para o acesso.
O estádio passa por vistorias anuais, realizadas por vários órgãos diferentes, e nunca foi constatada esta necessidade anteriormente.
Após o fato desta noite, a Presidência do Clube já convocou reunião para a manhã desta quinta-feira para que seja providenciada a obra no local, permitindo, assim, o acesso da ambulância em uma futura necessidade.
O Santos FC também informa que a Vila Belmiro, durante a realização de partidas, conta sempre com três ambulâncias ao todo (uma a mais do que pede o Estatuto do Torcedor, de acordo com a capacidade do estádio), sendo duas UTI, que ficam nos dois lados do campo, mais uma de remoção. Há também dois postos médicos para pronto atendimento: um no vestiário do visitante e outro no ginásio."

SITUAÇÃO ABSURDA NA VILA BELMIRO

José Luiz Portella, colunista do LANCE! e um dos idealizadores do Estatuto do Torcedor, que prevê a presença de ambulância nas disputas esportivas, mostrou-se inconformado com o ocorrido na Vila Belmiro.

– É absolutamente inconcebível o que aconteceu na Vila Belmiro. Não pode acontecer em lugar algum do Brasil, ainda mais no Santos, um clube com Conselho Gestor, que fala em modernidade. A ambulância tem de estar em condições de entrar no gramado, mas pressupõe-se que quando não dê para entrar haja uma alternativa para que o atendimento seja rápido. Demoraram um tempão, e ainda trouxeram a maca errada. Se fosse algo mais grave, esses minutos poderiam fazer a diferença. Não houve treinamento nem preparo para um atendimento rápido. É inaceitável, de deixar você estupefato.

ICFUT – Em telão instalado no Couto Pereira, Coritiba anuncia volta de Alex

Fonte: lancenet

Jogador será apresentado pelo Coxa nesta quinta-feira no estádio

Conforme o LANCENET! antecipou, Alex é jogador do Coritiba. Quinze anos após deixar o Coxa, o meia volta ao clube que o revelou. O apoiador assinou contrato de dois anos com a equipe paranaense e foi anunciado oficialmente em um telão instalado no Couto Pereira, logo após o término do primeiro tempo da partida contra o Náutico, na noite desta quarta-feira. A apresentação será nesta quinta, às 16h, no próprio Couto.

– Em 1997 eu não prometi a ninguém, mas fiz uma promessa a mim mesmo de que um dia eu iria voltar a vestir essa camisa maravilhosa, eu sempre sonhei com a minha volta e esse momento está se realizando – declarou o jogador, em vídeo que passou no telão instalado na arquibancada do Couto Pereira.

Apesar da grande festa preparada para a apresentação do meia, ele só vai poder estrear em 2013, já que a única competição que o Coritiba tem para disputar na temporada é o Campeonato Brasileiro e as inscrições já foram encerradas.

Desde que saiu do Fenerbahçe, Alex foi muito disputado por diversos clubes do Brasil. No total, 14 dirigentes ligaram diretamente para o jogador fazendo sondagens para um acerto. Palmeiras e Cruzeiro, outros clubes nos quais o apoiador jogou, entraram forte na briga, mas acabaram perdendo.

ICFUT–BRASILEIRÃO SÉRIE A: Resultados, gols, classificação e artilharia

Fonte: futebolinterior

Grêmio freia embalo do Flu; Palmeiras mantém sonho vivo

Flu tropeçou e cedeu o empate; Verdão venceu o Bahia, em Pituaçu

Campinas, SP, 16 (AFI) – Nesta quarta-feira, sete jogos movimentaram a 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na briga pelo título, o Fluminense perdeu a chance de ampliar a vantagem ao empatar com o Grêmio, por 2 a 2, no Engenhão. Mostrando resistência, o Atlético-MG manteve a segunda colocação ao empatar com o Santos, na Vila Belmiro, pelo mesmo placar. Porém, a noite também foi de estreia. O chinês Chen Zizao entrou em campo no segundo tempo da derrota do Corinthians para o Cruzeiro, por 2 a 0, em Varginha.

Flu virou, mas cedeu o empate aos 40′

Na considerada ‘final’, o Fluminense vacilou diante do Grêmio. Logo no inicio do segundo tempo, Elano abriu o placar em uma cobrança de falta a lá Ronaldinho. Na sequência, Digão e Rafael Sobis garantiram a virada em menos de 10 minutos. Mas, avitória parcial deixou o Flu acomodado. Tão acomodado que ainda sofreu o empate aos 40 minutos com gol de Zé Roberto, quando jogava com um homem a mais. Com o empate, o Flu chegou aos 69 pontos e abriu 10 de vantagem para o Galo e 11 para o Grêmio.

O Atlético-MG perdeu uma grande chance de encostar no Fluminense ao empatar com o Santos, por 2 a 2, na Vila Belmiro. O Galo chegou aos 60 pontos e segue na vice-liderança, enquanto o Peixe não almeja mais nada, em nono lugar, com 42. A partida ficou dez minutos parada ainda no primeiro tempo depois que o zagueiro atleticano, Rafael Marques, caiu desacordado no gramado depois de um choque de cabeça. Devido a uma "mureta" a ambulância não conseguiu entrar no gramado e o jogador precisou ser retirado de maca.

Em varginha, Anselmo Ramon e Martinuccio garantiram a vitória do Cruzeiro pra cima do Corinthians, por 2 a 0. O Cruzeiro chegou aos 43 pontos e assumiu a sétima colocação, ultrapassando o Timão, com o mesmo número de pontos, porém em desvantagem no número de vitórias (12 a 11). Mas, a atração do jogo foi outra. O chinês Chen Zizao finalmente estreou com a camisa do Corinthians. O atacante entrou no segundo tempo no lugar do zagueiro Weldinho, quando o Timão já perdia, e pouca coisa pode fazer, a não ser algumas pedaladas que levaram os corinthianos à loucura.

Rebaixamento? Não dessa vez!
Quem deu adeus de vez ao rebaixamento foi o Coritiba. Em dia de anuncio da contratação do meia Alex, o Coritiba venceu o Náutico por 2 a 1, com gol contra do zagueiro Alemão e do atacante Deivid, que marcou nas quatro vitórias seguidas do Coxa. Com a excelente arrancada, o time pulou para a oitava colocação, com 41 pontos, abrindo 12 pontos da zona da degola. O Náutico também não tem do que reclamar. O Timbu ficou na 11ª colocação, com 40 pontos, e praticamente, não corre risco de rebaixamento.

Na parte debaixo da tabela, o Palmeiras voltou a vencer no Brasileirão. Em jogo-chave na lutacontra o rebaixamento, a vitória do Verdão por 1 a 0, contra o Bahia, foi importantíssima para o time de Gilson Kleina, não só pelos três pontos na tabela, mas também para que o time comece a buscar uma reação tentando escapar da zona do rebaixamento. Porém, muito trabalho precisa ser feito, já que o time é apenas o 17º colocado, com 27 pontos, seis a menos que o Bahia, 18º.

No Estádio Beira-Rio, o que era improvável aconteceu. O quase rebaixado Figueirense não tomou conhecimento e bateu o Internacional de virada por 3 a 2. O Figueira perdia por 2 a 1 até os 42 do segundo tempo, mas buscou forças e conseguiu uma virada histórica. O Inter perdeu a chance de encostar ainda mais no G4, podendo até perder o técnico Fernandão, que teve o pedido de demissão negado pela diretoria, durante a semana. Com a derrota patética, o ex-atacante pode retomar o pedido. Com toda razão.

Em uma partida com três bolas na trave, Portuguesa e Flamengo ficaram no empate sem gols, no Canindé. O resultado não foi bom para ninguém, pois ambos seguem com chances de rebaixamento. A Lusa é a 13ª colocada, com 38 pontos, um a mais que o Mengo, que se encontra em 15° lugar.

Confira os jogos da 31ª rodada:

Quarta-feira

Bahia-BA 0 x 1 Palmeiras-SP
Fluminense-RJ 2 x 2 Grêmio-RS
Internacional-RS 2 x 3 Figueirense-SC
Coritiba-PR 2 x 1 Náutico-PE
Cruzeiro-MG 2 x 0 Corinthians-SP
Portuguesa-SP 0 x 0 Flamengo-RJ
Santos-SP 2 x 2 Atlético-MG

Quinta-feira

21 horas
Sport-PE x Ponte Preta-SP
São Paulo-SP x Atlético-GO
Botafogo-RJ x Vasco da Gama-RJ

Gols

 

 

 

 

 

 

Classificação

Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Fluminense-RJ 69 31 20 9 2 51 21 30 74.2
2  Atlético-MG 60 31 17 9 5 51 26 25 64.5
3  Grêmio-RS 58 31 17 7 7 46 27 19 62.4
4  São Paulo-SP 52 30 16 4 10 46 29 17 57.8
5  Vasco da Gama-RJ 50 30 14 8 8 36 31 5 55.6
6  Internacional-RS 45 31 11 12 8 40 30 10 48.4
7  Cruzeiro-MG 43 31 12 7 12 38 39 -1 46.2
8  Corinthians-SP 43 31 11 10 10 38 33 5 46.2
9  Santos-SP 42 31 10 12 9 39 39 0 45.2
10  Coritiba-PR 41 31 12 5 14 45 49 -4 44.1
11  Botafogo-RJ 41 30 11 8 11 42 39 3 45.6
12  Náutico-PE 40 31 12 4 15 38 47 -9 43.0
13  Portuguesa-SP 38 31 9 11 11 35 35 0 40.9
14  Ponte Preta-SP 37 30 9 10 11 33 39 -6 41.1
15  Flamengo-RJ 37 31 9 10 12 31 41 -10 39.8
16  Bahia-BA 35 31 8 11 12 30 35 -5 37.6
17  Palmeiras-SP 29 31 8 5 18 29 41 -12 31.2
18  Figueirense-SC 28 31 7 7 17 36 59 -23 30.1
19  Sport-PE 27 30 6 9 15 26 48 -22 30.0
20  Atlético-GO 23 30 5 8 17 31 53 -22 25.6
LegendaPG – Pontos Ganhos | JG – Jogos Disputados | VI – Vitórias | EM – Empates
DE – Derrotas | GP – Gols Pró | GC – Gols Contra | SG – Saldo de Gols
%A – Porcentual de Aproveitamento de Pontos


 
 
Classificados à Taça Libertadores.
 
 
Classificados à Sul-americana
 
 
Rebaixados à Serie B
 
 
Classficados à Libertadores

 

Artilharia

Atualizado em 17/10 às 23h59

15 GOLS
Fluminense –
Fred
São Paulo – Luis Fabiano

14 GOLS
Portuguesa – Bruno Mineiro

12 GOLS

Figueirense
Aloísio
Náutico – Kieza