ICFUT–BRASILEIRÃO SÉRIE D: Crac-GO 1 x 1 Sampaio Corrêa-MA – Título da Série D mais perto!

Fonte: futebolinterior

Com este resultado, o Sampaio poderá jogar por um empate na volta

Catalão, GO, 14 (AFI) – O Sampaio Corrêa deu um grande passo para conquistar o título inédito do Campeonato Brasileiro da Série D. O time boliviano arrancou um importante empate contra o Crac-GO, por 1 a 1, na noite deste domingo, no Estádio Genervino da Fonseca, em Catalão, no primeiro jogo da final.

Com este resultado, o Sampaio poderá jogar por um empate na volta para garantir o título da competição, já que teve melhor campanha. Aos goianos, resta buscar uma vitória dentro da casa do adversário, no próximo domingo, também às 17 horas, no Estádio Castelão, em São Luís.

Duas expulsões e dois gols
O início da partida não foi nada animador para a torcida local. Logo aos seis minutos, o volante Zé Neto cometeu um pênalti ao derrubar o atacante Pimentinha na área. Para piorar, ele levou o segundo amarelo e foi expulso. Seria o cenário perfeito para o Sampaio Corrêa, não fosse o fato de que o atacante Célio Codó desperdiçou a cobrança.

Mesmo com um a menos, o Crac não se entregou e até foi melhor nos minutos seguintes. Aos 24, os dois times voltaram a ficar em igualdade de condições, já que o lateral-esquerdo Luis Jorge também foi expulso por entrada violenta e deixou o time maranhense com dez.

No entanto, justamente quando ficou com dez é que o clube boliviano conseguiu abrir o placar. Pimentinha fez jogada pela esquerda e cruzou na área. O meia Cleitinho pegou sobra fora da área, ajeitou para a canhota e mandou no ângulo direito do goleiro Dudu.

O empate do time de Catalão não demorou muitotempo para sair. Aos 36 minutos, o lateral-direito Guerra arriscou uma bomba de fora da área e contou com uma ajudinha do goleiro Rodrigo Ramos. O camisa 1 do Sampaio foi com a mão mole e espalmou para dentro do gol.
Poucas chances
No segundo tempo, o jogo continuou bastante, mas os dois times pecaram nas conclusões. O Sampaio chegou a esboçar uma pressão a partir dos 20 minutos, mas esbarrou em noite inspirada do goleiro Dudu. Aos 25, Cleitinho cobrou falta na área, o volante Eloir cabeceou e o arqueiro fez grande defesa.

Dois minutos depois, entretanto, o Dudu ganhou “status” de herói, após fazer um verdadeiro milagre em finalização do atacante Wescley. Nos minutos finais, o ritmo do jogo diminuiu consideravelmente e os dois times praticamente não criaram chances claras de gol.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s