ICFUT – Pensar em rebaixar o Palmeiras não condiz com a grandeza do Corinthians, diz Tite

Fonte: uol

Tite, técnico do Corinthians, reclama durante a partida contra a Ponte, no Pacaembu

Tite, técnico do Corinthians, reclama durante a partida contra a Ponte, no Pacaembu

O técnico Tite está se esforçando para deixar a rivalidade entre Palmeiras e Corinthians longe do campo do Pacaembu no próximo domingo, quando as duas equipes se enfrentam pelo Brasileiro. Em situação delicada na tabela, o alviverde pode aprofundar sua crise em caso de resultado negativo.
Mas, para Tite, o Corinthians estará se diminuindo se ficar pensando em prejudicar os rivais.
“Esse é um espírito pequeno, pobre, eu entendo dessa forma. Se, de alguma forma, eu vou ficar contente com o mal dos outros, estou errado. Temos de buscar outra escala de valores, isso não é condizente com a grandeza do clube”, afirmou o treinador, nesta sexta-feira, após o treino da equipe.

Entre a torcida corintiana, já virou motivo de excitação a possibilidade de afundar o rival, que patina na zona de rebaixamento, vem de derrota para o Vasco e acaba de demitir o técnico Luiz Felipe Scolari.
Tite disse que entende esse pensamento do torcedor, mas quer evitar que seus jogadores sejam contaminados com ele.
“Queremos crescer na competição, melhorar nossa condição, ficar contente com a gente mesmo. Eles têm de querer brigar pela titularidade, se eu não encontrar dez motivações diferentes para esse jogo que não a rivalidade, eu não sei mais…”, disse o treinador. “Pode ser aquela sacanagem, aquela brincadeira do torcedor, é compreensivo, eu entendo. Mas não, em campo, não.”
Durante a entrevista, o corintiano foi questionado diversas vezes sobre a situação de Scolari, com quem já teve um desentendimento durante um clássico. Tite disse ter gratidão pelo colega, mas afirmou não se sentir à vontade para comentar sobre sua demissão. “Vou pedir uma coisa e vocês vão entender, não quero mais falar sobre isso. Posso ser mal interpretado.”
Sobre a possibilidade de prejudicar e “afundar” o Palmeiras com uma simples vitória, o técnico do Corinthians negou que um jogo seja suficiente para tanto. “Ninguém afunda ninguém não. São 38 jogos, e cada um vai construir sua campanha. Nós vamos construir a nossa, o Palmeiras, a dele.”
Para o jogo, Tite confirmou a entrada de Wallace no lugar de Chicão, que passará por uma cirurgia e ficará fora de campo por um mês. No lugar de Alessandro, suspenso, o treinador colocará Guilherme Andrade.
A única dúvida é o ataque. Emerson Sheik foi suspenso, mas aguarda o julgamento de um efeito suspensivo amanhã para se saber se ainda poderá jogar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s