Por Cezar Alvarenga – Fluminense vence a Portuguesa no Canindé e continua na liderança do Brasileirão.

Fonte: Yahoo! Esportes

O Fluminense venceu, mas não convenceu. Mesmo sem jogar bem, o time do técnico Abel Braga venceu por 2 a 0, com gols de Jean e Wellington Nem e manteve a liderança do Campeonato Brasileiro, agora com 53 pontos.

O juiz Jailson Macedo de Freitas ainda ignorou um pênalti claro em cima do atacante Fred, no primeiro tempo, quando o jogo ainda estava 0 a 0. A Lusa continua com 29 pontos.

Na próxima rodada, o Tricolor recebe o Atlético-GO, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Já a equipe paulista encara o São Paulo, no Morumbi.

JUIZ IGNORA PÊNALTI CLARO EM FRED

O primeiro tempo começou bastante disputado. Logo no primeiro minuto, a Portuguesa pressionou e quase abriu o placar. Léo Silva – sempre presente no ataque – cabeceou e Diego Cavalieri defendeu. No rebote, Bruno Mineiro chutou e Cavalieri apareceu mais uma vez para evitar o gol dos paulistas.

O troco tricolor veio logo depois. Aos oito minutos, Diguinho deu ótimo passe rasteiro para Nem, que finalizou de esquerda para ótima defesa do experiente Dida.

Com o jogo bastante truncado no meio-campo, a Portuguesa se fechava e apostava nos contra-ataques para o centroavante Bruno Mineiro, que vive ótima fase. Em um deles, aos 11, Luis Ricardo cruzou da direita e Bruno se antecipou à zaga e cabeceou por cima do gol de Cavalieri, levando certo perigo.

A Portuguesa gostou e, na sequência, o ataque pressionou Gum, o zagueiro afastou mal e a bola caiu no pé de Léo Silva. O volante chutou por baixo de Cavalieri e o próprio Gum tirou a bola em cima da linha.

O jogo seguia disputado e com boas jogadas. Mas o juiz tratou de estragar a festa. Aos 23, o volante Diguinho – que avançava bastante – fez ótimo lançamento para Fred. O centroavante foi claramente derrubado pelo zagueiro Rogério dentro da área, mas o juiz não marcou nada e ainda deu uma bronca no artilheiro do Campeonato Brasileiro.

LUSA ATUA MELHOR NO SEGUNDO TEMPO, MAS FLU MATA O JOGO

No intervalo, o técnico Abel Braga resolveu ousar ao colocar Rafael Sobis no lugar de Diguinho, mas de início a mudança não surtiu efeito e o time tricolor perdeu terreno e chamou a Portuguesa para o seu campo.

Depois de muita pressão, a Lusa quase marcou. Pela direia, Ananias fez boa jogada e Moisés concluiu, mas a zaga tricolor afastou.

Porém, o time paulista parece ter cansado de atacar e não produzir muita coisa de útil. Com isso, a maior técnica tricolor começou a sobressair. Aos 19, o lateral Carlinhos bateu de direita – em sua jogada característica -, a bola desviou em Rogério, mas Dida fez ótima defesa.

E o inevitável aconteceu. Aos 28, a bola sobrou na entrada da área para o volante Jean. Ele chutou colocado, a bola desviou na zaga e morreu no canto esquerdo de Dida. 1 a 0 para o Flu, em pleno Canindé.

Após o gol, a Portuguesa deu mostras de que iria tentar um último suspiro. Mas uma falha do zagueiro Gustavo, na frente de Wellington Nem, enterrou de vez a Lusa. O jovem atacante aproveitou, cortou Dida em lance digno de videogame e marcou o segundo para o time de Abel Braga.

No minuto seguinte, a Lusa até fez o gol, mas Diego Viana estava impedido e o tento foi anulado. E alguns minutos depois, Cavalieri operou dois milagres em sequência. Sem jogar muito bem, o Fluminense decidiu. Seria a famosa sorte de campeão?

FICHA TÉCNICA

PORTUGUESA 0 X 2 FLUMINENSE

Local: Canindé, São Paulo (SP)

Data-Hora: 12/09/2012 – 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Jailson Macedo de Freitas (BA)

Auxiliares: Márcio Eustáquio Santiago (Fifa-MG) e Fabiano da Silva Ramires (ES)

Renda e público: Não divulgado.

Cartões amarelos: Ferdinando (POR); Diguinho, Digão, Fred (FLU)

Gols: Jean 28’/2ºT (0-1) e Wellington Nem 30’/2ºT (0-2)

PORTUGUESA: Dida, Luis Ricardo, Gustavo, Rogério e Marcelo Cordeiro; Ferdinando (Diego Viana 31’/2ºT), Leo Silva, Moisés e Boquita; Ananias e Bruno Mineiro – Técnico: Geninho.

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno, Digão, Gum e Carlinhos; Edinho, Diguinho (Rafael Sobis – intervalo), Jean e Thiago Neves (Fábio 35’/2ºT); Fred e Wellington Nem (Higor 43’/2ºT) – Técnico: Abel Braga.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s