ICFUT – Bahia vence Botafogo e continua com boa campanha no segundo turno.

Fonte: UOL Esportes

O Bahia dominou o Botafogo neste domingo, no estádio Pituaçu. Time de melhor campanha no segundo turno do Campeonato Brasileiro, o Tricolor venceu por 2 a 0 – com gols do ex-alvinegro Fahel e Hélder nos minutos finais – e recuperou fôlego na briga contra o rebaixamento após derrota na última rodada. O Glorioso perdeu invencibilidade de seis partidas na competição e vê os times que ocupam o G-4 ainda mais distantes.

Com 34 pontos, o Bahia mostra força para escapar da degola. O Botafogo, por sua vez, chega ao quarto jogo sem vitória no Brasileirão – a equipe de Oswaldo de Oliveira havia empatado os três últimos compromissos – e precisa reagir para manter pressão sobre os concorrentes à vaga na Copa Libertadores de 2013.

O Bahia começou com mais força de ataque, mas o Botafogo deu resposta com dois sustos no goleiro Marcelo Lomba. Tudo isso antes dos 10min de jogo. Pressionado pelas vaias da torcida da casa por causa de seu passado no Vitória, Elkeson era a principal opção de ataque pelo Alvinegro. O Bahia, no entanto, conseguiu se organizar na defesa e voltou a marcar presença ofensiva.

Aos 18min, Fahel superou marcação de Fábio Ferreira e cabeceou sem chances para Jefferson. Após escanteio na medida, batido por Neto, o Bahia abriu 1 a 0. O Botafogo teve a sua chance para empatar, também após escanteio. Aos 29min, o Glorioso perdeu oportunidade em confusão na área do Tricolor Baiano. Elkeson não conseguiu finalizar. Um minuto depois, Andrezinho invadiu a área adversária, mas errou o chute.

A primeira etapa seguiu com o Bahia no ataque e em velocidade, mas sem força para conseguir finalizar. O Botafogo cresceu nos minutos finais. Andrezinho tentou cruzamento, mas ninguém completou. Lodeiro também tentou, mas errou cabeçada.

Em desvantagem, o Botafogo voltou do intervalo com a proposta de atacar. Desorganizado, o time alvinegro encontrou pouco espaço. Abertos, os visitantes davam espaços para contra-ataques do Bahia. Jefferson teve trabalho em chutes de longa distância. Aos 15min, o Bahia encaixou boa jogada. Lulinha ajeitou para Gabriel, que não acertou o alvo.

Dominado, o Botafogo tentou mudar o jogo com as entradas de Vitor Junior e Rafael Marques. Nos últimos 15min de partida, o Bahia passou a esperar o adversário para levar perigo nos contra-ataques. Aos 35min, Kleberson tentou por cobertura para bela defesa de Jefferson. Cinco minutos depois, o time da casa confirmou o triunfo com Hélder. Ele driblou o goleiro alvinegro e tocou para o gol vazio para marcar 2 a 0 e garantir mais três pontos no Brasileiro.

ICFUT – Coritiba e São Paulo empatam, num resultado ruim para os dois.

Fonte: UOL Esportes

Em um jogo morno no Couto Pereira, com poucas chances de gol, São Paulo e Coritiba empataram em 1 a 1, neste domingo. Os paranaenses abriram o placar, aos 14 minutos do segundo tempo, com gol em cobrança de pênalti. Os são-paulinos empataram nos minutos finais, aos 39, com Osvaldo, em chute na entrada da área. Na ocasião, o time paulista jogava com um atleta a menos, uma vez que o zagueiro Rhodolfo foi expulso na metade do segundo tempo.

Jogando em casa, o Coritiba começou a partida tentando atacar. Com a pressão da torcida no Couto Pereira, o time mantinha a posse de bola e pressionava o rival, que ficava acuado no capo de defesa.

Mesmo com mais posse de bola, os paranaenses tinham dificuldade em entrar na área do São Paulo e não criavam chances de gol. Os são-paulinos, entretanto, se mantinham recuados, mas conseguiam assustar o rival em lances de contra-ataques. Em duas jogadas de Lucas, o time quase abriu o placar no primeiro tempo.

Na primeira, aos 14 minutos, o meia-atacante arrancou com velocidade e chutou na entrada da área do Coritiba. A bola passou rente à trave direita. Menos de 10 minutos depois, o jogador da seleção brasileira fez nova jogada individual, entrou na área do Coritiba, se livrou de dois marcadores, mas foi parado pelo goleiro Vanderlei.

No segundo tempo, o Coritiba manteve a maior posse de bola e conseguia criar raras chances de gol. Foi assim aos 13 minutos da segunda etapa. Rafinha avançada em direção ao gol quando foi derrubado por Rhodolfo. O árbitro não teve dúvida e marcou pênalti. Éverton Ribeiro cobrou e tocou a bola rasteira no meio do gol, abrindo o placar.

“O segundo tempo deu a sensação de que poderíamos vencer, mas houve o pênalti que complicou”, afirmou o técnico do São Paulo, Ney Franco.

Com o gol do Coritiba, o jogo melhorou. Atrás no placar, o São Paulo avançava mais e dava mais espaços para os paranaenses em contra-ataques, que encontravam ainda mais facilidade para avançar após a expulsão de Rhodolfo. O zagueiro recebeu cartão vermelho após dar um carrinho sobre Gil.

Quando o jogo já parecia definido, com o São Paulo sem demonstrar forças para vencer, Osvaldo salvou a vida do time mais uma vez. Como tinha acontecido nas últimas duas partidas do clube na semana passada, o atacante marcou. Faltando seis minutos para o final, ele chutou na entrada da área e empatou o jogo.

ICFUT – Fluminense vence o Flamengo no Engenhão e dispara na ponta da tabela.

Fonte: UOL Esportes

O Flamengo deu sua segunda ‘ajuda’ ao Fluminense em menos de uma semana. Depois de vencer o vice-líder Atlético-MG no meio da semana, a equipe da Gávea não conseguiu tirar pontos do rival neste domingo, no Engenhão. O Tricolor sofreu, mas contou com belo gol de voleio do artilheiro Fred e defesa de pênalti de Diego Cavalieri para vencer e abrir seis pontos na ponta do Campeonato Brasileiro.

O clássico teve início com igualdade de forças. O Flamengo afastou a crise com duas vitórias seguidas e entrou em campo embalado pelo triunfo sobre o Atlético-MG, de seu ex-camisa 10 Ronaldinho Gaúcho. O Fluminense, por sua vez, chegou à 27ª rodada com boa vantagem na liderança.

As duas equipes erraram muitos passes e facilitaram o trabalho dos setores defensivos no início do primeiro tempo. Mas bastou Deco começar a aparecer para o Fluminense criar as melhores chances. Dos pés do luso-brasileiro saíram três jogadas de perigo do líder da competição.

Na primeira delas, aos 16min, Thiago Neves foi acionado e chutou por cima. Na sequência, Deco lançou Wellington Nem na direita. O atacante tocou por cima de Felipe, mas a zaga rubro-negra afastou. Aos 18min, Fred chegou ao seu 13º gol no Campeonato Brasileiro. O camisa 20 cruzou e o artilheiro da competição acertou bonito voleio para abrir o placar para o Fluminense.

O Flamengo sentiu o gol, mas teve duas chances de empatar com Ibson. Primeiro, o camisa 7 apareceu livre na marca do pênalti após cobrança de falta na direita, mas errou a cabeçada. Na segunda oportunidade, Diego Cavalieri saiu bem do gol e impediu a ação do meia. O Fluminense recuou e passou a explorar os contra-ataques. Mesmo com mais posse de bola, o time da Gávea não conseguiu criar lances de perigo e foi para o intervalo em desvantagem no marcador.

O panorama do final do primeiro tempo se repetiu na etapa final. O Fluminense quase chegou ao segundo gol em cobrança de falta de Thiago Neves, que parou na trave esquerda de Felipe, mas apostava mesmo na qualidade de seu setor ofensivo para encaixar um contra-ataque. O Flamengo, por sua vez, passou a variar mais as jogadas pelos lados do campo.

As faltas ficaram mais duras e o jogo mais pesado. O Flamengo ainda sufocou. Aos 32min, Cleber Santana mandou por cima ótima chance de empatar. Em cruzamento pela direita, o meia apareceu livre na área e errou o chute. Um minuto depois, Nixon apareceu na segunda trave para cabecear, mas parou em grande defesa de Diego Cavalieri.

E o goleiro ainda salvou o Fluminense mais uma vez. Aos 41min, Bottinelli teve a chance de empatar o jogo em cobrança de pênalti. No entanto, Cavalieri defendeu a cobrança. Vagner Love ainda balançou as redes um minuto depois, mas a arbitragem assinalou impedimento no lance. O Flamengo ainda tentou atacar desordenadamente, mas Fred e Cavalieri garantiram a larga vantagem na liderança.

ICFUT – Timão faz 3 a 0 no Sport no Pacaembu e ajuda o Palmeiras.

Fonte: UOL Esportes

O Corinthians teve inicialmente muita dificuldade para superar a retranca do Sport, mas deslanchou no segundo tempo e se aproveitou da habilidade dos seus jogadores para vencer por 3 a 0 neste domingo no Pacaembu, resultado que ajudou o arquirrival Palmeiras na briga para sair da zona do rebaixamento do Brasileirão. Romarinho (dois) e Paulinho fizeram os gols do Timão.

Já classificado para a Libertadores de 2013 e com escassas chances de título, o Corinthians chega a 39 pontos e se aproxima da meta de atingir a pontuação necessária para não correr risco de ser rebaixado e poder pensar no Mundial de clubes, em dezembro deste ano.

A derrota foi muito ruim para o Sport, que segue na zona da degola com 27 pontos e passou a ter a ameaça de ser ultrapassado pelo Palmeiras, que com a vitória contra a Ponte Preta neste sábado chegou a 26.

Tite optou por atuar com o Guerrero isolado no ataque, Romarinho e Danilo nas pontas e Douglas como armador, deixando o argentino Martinez no banco de reservas. Foi de Romarinho a melhor jogada do Corinthians no início do primeiro tempo, nas ele chutou para fora e desperdiçou boa chance.

O técnico Waldemar Lemos apostou no ex-são-paulino Hugo, no ex-corintiano Moacir e no ex-santista Felipe Azevedo como as principais armas ofensivas do Sport, mas levou perigo ao rival, ainda de que forma moderada, com o veterano lateral Cicinho pela direita em cima de Fabio Santos.

O peruano Guerrero, quase no fim da primeira etapa, fez bela jogada individual e obrigou o goleiro Magrão a espalmar para fora. No restante do tempo, o Corinthians sofreu com a falta de inspiração e pouco produziu.

“É complicado, eles estão lá atrás, marcando individual, mas tem que ter paciência”, declarou o meia Danilo na saída para o intervalo. “Nossa equipe está um pouco atyras, acredito que no segundo tempo se a gente sair para o jogo, vai ter mais chance”, falou o goleiro Magrão.

O Corinthians voltou melhor na segunda etapa e perdeu duas boas chances com Guerrero – o melhor do time até então. Mas em bela troca de passes, Paulinho mostrou frieza para concluir e abriu o placar para os donos da casa, muito pouco tempo depois de os torcedores comemorarem o gol do Coritiba contra o arquirrival São Paulo (o jogo acabou empatado por 1 a 1 em Curitiba).

Depois do gol, o Corinthians melhorou ainda mais na partida. Em um contra-ataque, Romarinho recebeu sozinho e chutou cruzado de esquerda para definir a fatura no Pacaembu. O atacante ainda pegou o rebote de chute de Guerrero e deixou a sua marca, decretando o 3 a 0 para o time da casa,

Se não fosse a boa atuação de Magrão, que defendeu duas bolas cara a cara com Paulinho e Guerrero, a vitória dos comandados do técnico Tite seria por uma margem até maior de gols.

ICFUT – Sindicato dos Jogadores afirma que Adriano pode ser processado se o Flamengo desejar.

Fonte: UOL Esportes

A mais nova ausência de Adriano a um treinamento do Flamengo e seus recorrentes casos de indisciplina geram um justo processo trabalhista contra o jogador. Isso é que diz o Sindicato dos Atletas de Futebol do Rio de Janeiro. O presidente da entidade, Alfredo Sampaio, disse que não há como defender o atleta nesses casos.

“Sou muito frio com essas coisas. Acho que o clube tem todos os direitos de cobrar quando o atleta comete um caso de indisciplina. Na minha opinião, como presidente, qualquer atleta que cometa falta tem que ser punido, assim como o clube quando não honra compromisso financeiros”, falou Sampaio ao UOL Esporte.

“Se alguém quiser entrar com uma ação trabalhista contra ele, é perfeito. Assim como um atleta entra quando um clube não lhe paga o que deve. Tem que se ter uma relação profissional. Não tem como ajudar o Adriano em um caso desse, ele já esteve em vários clubes e várias pessoas já tentaram ajudá-lo”, continuou.

Sampaio ainda criticou o modo paternalista com o que o Flamengo trata o jogador, o que o incentiva a ter esse tipo de atitude.

“O clube precisa saber o que quer, não pode ficar com ações paternalistas. Acho que essa relação paternalista acaba envolvendo outras coisas paralelas. E fica essa tolerância que não se aceita mais no futebol”, falou.

“Em um clube de futebol pequeno seria incompatível um atleta agir assim. E em um grande, também tem que ser assim. Contrato de trabalho tem que ser honrado”, continuou.

A assessoria de imprensa do Flamengo confirmou sábado a ausência do camisa 10 e informou que não recebeu nenhuma justificativa oficial para a falta ao treino. Zinho, diretor de futebol, recebeu mensagem do jogador nesta manhã através do celular: “Desculpa, não vou conseguir chegar a tempo”.

Este é o terceiro caso de indisciplina de Adriano desde que assinou contrato com o Flamengo. O Imperador foi visto em uma boate na Barra da Tijuca na noite desta sexta-feira. Ele foi convidado para festa de aniversário de uma amiga.

Com contrato válido até o final de 2012, o Imperador foi advertido nas duas ocasiões anteriores. De acordo com cláusula assinada pelas partes no acordo, a diretoria já tem o poder de rescindir o contrato e fazer com que Adriano seja dispensado sem ao menos estrear. O seu futuro na Gávea está em dúvida.

A primeira falta foi tratada com discrição pelos cartolas do Flamengo. Logo depois, no início de setembro, Adriano não apareceu no centro de treinamento Ninho do Urubu e foi flagrado na Vila Cruzeiro. Na comunidade, ele comprou bebidas alcoólicas e ainda se envolveu em acidente de trânsito. O caso irritou o técnico Dorival Junior e membros da diretoria rubro-negra. Em coletiva de imprensa, ele pediu desculpas ao lado do diretor de futebol Zinho.

Nos dois casos, o Flamengo definiu uma advertência para o jogador. Questionado, em entrevista ao jornal Extra, se um novo problema significaria uma rescisão contratual, Zinho desconversou sobre a possibilidade e disse que não desejaria pressioná-lo.

O dirigente confirmou que a cláusula está no contrato do Imperador para proteger o Flamengo, o que não definiria a utilização da medida de imediato.

“Estipulou-se um número limite de indisciplinas. O que não quer dizer que a gente vai rescindir o contrato de imediato. Polemizou-se muito, mas meu objetivo era deixar o Flamengo protegido de forma que não houvesse nenhuma dúvida. Para que pressioná-lo? Tenho a amizade dele, tenho o jogador do meu lado, tenho a avó do cara, a mãe do cara, o empresário do cara”, avisou.

Adriano recebe salários de R$ 50 mil mensais do Flamengo e mais R$ 50 mil para cada jogo que entrar em campo. No contrato com o jogador há uma cláusula que permite a rescisão automática do contrato no caso de três indisciplinas. Cabe ao clube agora decidir o que fazer perante mais um ato negativo do jogador. O contrato pode ser rompido, ou ele ser perdoado.

ICFUT–Jogos de hoje e links ao vivo

BRASILEIRÃO

SÉRIE A

30/09 – 16h00 Bahia-BA x Botafogo-RJ
30/09 – 16h00 Corinthians-SP x Sport-PE
30/09 – 16h00 Flamengo-RJ x Fluminense-RJ
30/09 – 16h00 Coritiba-PR x São Paulo-SP
30/09 – 18h30 Grêmio-RS x Santos-SP

 

SÉRIE B

Não haverá jogos

SÉRIE C

30/09 – 16h00 Santa Cruz-PE x Cuiabá-MT
30/09 – 17h00 Luverdense-MT x Salgueiro-PE

 

SÉRIE D

30/09 – 16h00 Baraúnas-RN x Sampaio Corrêa-MA
30/09 – 17h00 Mogi Mirim-SP x Crac-GO

 

COPA PAULISTA

30/09 – 10h00 Grêmio Osasco x Noroeste
30/09 – 11h00 Palmeiras B x XV de Piracicaba

ICFUT – Manchester perde em casa para o Tottenham e cai na tabela.

Fonte: ESPN.com.br

Como já é de praxe, a torcida do Manchester United lotou o Old Trafford neste sábado para o confronto contra o Tottenham, pela 6ª rodada do Campeonato Inglês, mas levou um balde de água fria do time londrino logo nos dois primeiros minutos de jogo. Perdendo de 1 a 0, os Red Devils até reagiram, mas acabaram derrotados por 3 a 2 em um jogo de tirar o fôlego em Manchester. O resultado custou a vice-liderança ao time da casa, que agora é o terceiro colocado atrás de Everton e Chelsea.

Essa foi a segunda derrota do United nesta temporada da Premier League – a outra aconteceu na primeira rodada, contra o Everton, fora de casa – e agora, com 12 pontos somados, o time comandado por Sir Alex Ferguson acabou deixando o Chelsea escapar na liderança e ainda ficou um ponto atrás do Everton. O Tottenham, por sua vez, que estava sendo irregular neste início de temporada, já soma três vitórias consecutivas e vai ascendendo na tabela – o resultado no Old Trafford garantiu a quinta colocação aos Spurs, que estava em nono antes do início da rodada.
O primeiro gol da partida veio com o chute de  Vertonghen desviado por Evans, nos primeiros dois minutos de jogo, e deixou o Manchester United acuado na partida. Aos 32, foi a vez de Bale avançar pela direita e, em belo chute cruzado, ampliar para os Spurs, que foram para o intervalo com uma vantagem de 2 a 0 no placar.
Na etapa final de jogo, Alex Ferguson mudou o time e colocou Rooney, mantendo também Van Persie no ataque e apostando em uma formação mais ofensiva, já que Kagawa também estava em campo. A alteração deu resultado e, aos seis minutos, o camisa 10 do United chutou para o desvio de Nani, resultou no primeiro gol do United.
A resposta do Tottenham, no entanto, foi imediata. Dempsey aproveitou o rebote do goleiro no chute de Bale para empurrar para o fundo do gol, apenas um minuto após o tento do time da casa. E a partida ficou ainda mais emocionante quando Kagawa balançou as redes após o passe preciso de Van Persie, fazendo o segundo do Manchester e mantendo a pressão sobre os Spurs, quando ainda faltavam 35 minutos para o fim da partida.
Daí em diante, o jogo foi dominado pelos Red Devils, que contavam com a habilidade de Rooney para criar grandes chances de, pelo menos, sair de campo com o empate. O esforço do camisa 10, porém, não foi o suficiente – Van Persie também não aproveitou as chances que teve, e a entrada de Chicharito nos minutos finais também não conseguiu resolver para o time da casa.
Na tentativa de recuperar a vice-liderança, o Manchester United entrará em campo novamente no próximo domingo contra o Newcastle fora de casa. Antes disso, os Red Devils visitarão o Cluj na terça-feira pela segunda rodada da Champions League. O Tottenham, por sua vez, enfrentará Panathinaikos na quinta pela Europa League e, depois, no domingo, o Aston Villa pelo Inglês.

ICFUT – Bayern Munich vence Werder Bremen fora de casa com lindo gol d brasileiro Luiz Gustavo

Fonte: ESPN.com.br

O Bayern de Munique se encaminhava para perder os primeiros pontos no Campeonato Alemão, neste sábado, contra o Werder Bremen, até brilhar a estrela do brasileiro Luiz Gustavo. O volante marcou um golaço aos 36 minutos do segundo tempo e encaminhou a vitória por 2 a 0, fora de casa – Mandzukic aumentou em seguida.

 

Luiz Gustavo teve categoria para dominar passe de Müller na entrada da área e bater bonito no canto do goleiro, que estava adiantado. Mandzukic fez com o gol livre o segundo em contra-ataque dos bávaros.

Com a campanha perfeita neste início de Bundesliga, o Bayern tem 18 pontos em seis rodadas, cinco a mais que o segundo colocado, o Eintracht Frankfurt, que neste domingo recebe o Freiburg, em casa.

No sábado que vem o compromisso do Bayern é contra o Hoffenheim, em Munique. O Werder Bremen pega o Augsburg, no estádio do adversário, na próxima sexta-feira.
Mais jogos
Outras quatro partidas foram disputadas neste sábado pelo Alemão. O Stuttgart venceu a primeira no campeonato ao bater o 11° colocado Nuremberg por 2 a 0, gols de Ibisevic e Harnik, chegando a cinco pontos – o adversário tem sete pontos.

Em casa, Sam marcou duas vezes, e o Bayer Leverkusen, em sexto, com dez pontos, bateu no seu estádio o penúltimo colocado Greuther Furth, que tem apenas quatro pontos, por 2 a 0.

Um gol solitário de Rudnevs garantiu o 1 a 0 do Hamburgo sobre o Hannover, em casa. O Hannover tem dez pontos, na quarta posição. O Hamburgo tem sete, em oitavo. Também hoje o décimo colocado Hoffenheim, dez pontos, ficou no 0 a 0 com o lanterna Augsburg, que tem apenas dois pontos.
Na sexta-feira, o Schalke empatou por 2 a 2 Dusseldorf. Com o resultado, o Schalke foi aos 11 pontos e ocupa a terceira posição neste início de sexta rodada do Campeonato Alemão. Já o Dusseldorf foi a 10, colado no quarto colocado Hannover.
Veja os resultados
 
Sábado
 
Hamburgo 1 x 0 Hannover
Hoffenheim 0 x 0 Augsburg
Nuremberg 0 x 2 Stuttgart
Werder Bremen 0 x 2 Bayern de Munique
Bayer Leverkusen 2 x 0 Greuther Furth

Sexta

Dusseldorf 2 x 2 Schalke 04

ICFUT – Milan só empata e continua mal no Campeonato Italiano.

Fonte: ESPN.com.br

O Milan saiu na frente do Parma no duelo deste sábado, pela sexta rodada do Campeonato Italiano, mas deixou a equipe da casa empatar, saindo do gramado do Estádio Ennio Tardini com o placar de 1 a 1. El Shaarawy fez o primeiro dos ‘rossoneri’ em jogada de velocidade pelo lado esquerdo da área, e Galloppa marcou para o Parma, de falta.

Depois de ter encerrado uma sequência ruim de duas derrotas na competição ao vencer o Cagliari, no final de semana passado, o Milan volta a tropeçar. O time do brasileiro Robinho, que começou no banco de reservas e entrou no segundo tempo, tem apenas sete pontos e aparece longe da líder Juventus, com tem 13 pontos e um jogo a menos. O Parma tem seis pontos.
Antes de voltar as atenções novamente para o Italiano, o Milan disputa partida da segunda rodada da fase de grupos da Champions League, nesta quarta-feira, contra o Zenit, na Rússia. No campeonato nacional o próximo adversário é a arquirrival Internazionale. O clássico acontece no domingo, dia 7 de outubro. O Parma visita o Catania no mesmo dia.
Ainda neste sábado, às 15h45, em Turim, a Juventus recebe a Roma. As demais partidas da rodada acontecem amanhã.Veja todos os jogos:
 
Sábado
Parma 1 x 1 Milan
Juventus 4 x 1 Roma
 
Domingo 
Juventus x Roma
Udinese x Genoa
Atalanta x Torino
Cagliari x Pescara
Palermo x Chievo Verona
Sampdoria x Napoli
Bologna x Catania
Lazio x Siena
Internazionale x Fiorentina

ICFUT – Chelsea vence Arsenal fora de casa por 2 a 1 e continua na líder na Inglaterra.

Fonte: Yahoo! Esportes

Líder do campeonato inglês, o Chelsea bateu o rival londrino Arsenal fora casa por 2 x 1 com gols dos espanhóis Fernando Torres e Juan Mata neste sábado. Assim, a equipe manteve a invencibilidade no começo da temporada enquanto o Arsenal sofreu sua primeira derrota.

Os dois gols do Chelsea foram resultado de faltas cobradas por Mata, com Torres aproveitando a falha de Laurent Koscielny e acertando um voleio para colocar os campeões europeus em vantagem no Emirates Stadium aos 20 minutos.

Gervinho empatou três minutos antes do intervalo ao girar e chutar no alto para anotar seu quarto gol na temporada.

O Chelsea, que começou a partida com John Terry graças a uma apelação contra a suspensão de quatro jogos por ofensas racistas, retomou a vantagem no placar quando Mata bateu uma falta que passou por toda área antes de tocar em Koscielny e vencer o goleiro do Arsenal Vito Mannone.

A vitória deixou o Chelsea na liderança com quatro pontos de diferença em relação ao segundo colocado.