Por Cleber Aguiar – Narciso deixa comando do sub-20 do Corinthians

Fonte:O Estado de São Paulo

O Corinthians informou nesta quinta-feira que o técnico da equipe sub-20 Narciso, campeão da Copa São Paulo de Futebol Juniors deste ano, está de saída do clube. De acordo com comunicado oficial, a rescisão do vínculo aconteceu por “consenso de ambas as partes”.

Narciso chegou ao Corinthians no ano passado e, nesta temporada, conquistou o título da Copa São Paulo, ao vencer o Fluminense na decisão. Ainda sob o comando do treinador, a equipe paulista foi terceira colocada na Libertadores da categoria sub-20, após perder para o River Plate nas semifinais.

“O Timão deseja sorte e sucesso na sequência da carreira do excelente profissional que, como comandante do time de base, sempre correspondeu às expectativas do clube”, afirmava a nota no site oficial do clube.

Ex-volante e zagueiro, Narciso se destacou como jogador do Santos, onde começou a trabalhar como técnico, também na categoria sub-20. Antes de chegar ao Corinthians ele ainda teve uma passagem pelo Sergipe.

Por Cleber Aguiar – Futebol amador vira alternativa para craques que deixaram os campos pela família

Fonte: Portal Uol

Bruno Doro 

O Brasil pode transformar os craques do futebol em jovens milionários. Mas o país do futebol também pode ser muito cruel com quem talento com a bola no pé. E o futebol de várzea é o maior exemplo disso. Na Copa Kaiser, o principal torneio de futebol amador, não faltam exemplos de atletas que tinham chance de se tornar jogadores profissionais, mas foram obrigados a deixar o sonho para sustentar a família.

“Tem muito jogador na várzea que poderia jogar profissionalmente. O problema é que, para começar, o garoto precisa apostar no futebol. Até começar a ganhar bem, você passa por períodos difíceis, ganhando pouco, em times pequenos. Muitos não podem apostar”, explica o volante Axel, que teve uma grande carreira no futebol profissional e hoje coordena as divisões de base do Jabaquara, tradicional equipe da Baixada Santista.

Durante a cobertura da Copa Kaiser, o UOL Esporte ouviu várias histórias assim. Confira algumas:

DIEGO: CAMPEÃO DA COPA DO BRASIL DEIXA O FUTEBOL PARA SER PROFESSOR

O zagueiro Diego foi campeão da Copa do Brasil em 2004, pelo Santo André. O que poderia ser o início de uma carreira vitoriosa, porém, marcou o adeus à profissão. Em 2005, Diego se aposentou do futebol profissional. “Fui campeão, mas meu contrato terminou. Recebi propostas de times do interior de São Paulo e do nordeste, mas ligava para os amigos, perguntava como estava por lá e eles falavam em salários atrasados. Eu tinha acabado de me casar, minha filha estava para nascer. Não podia apostar em uma carreira que podia me deixar tanto tempo sem ganhar dinheiro. Foi aí que me inscrevi em um concurso público”. Hoje, Diego é professor de educação física e segue jogando na defesa. Disputou a Kaiser pelo Adega, eliminado na terceira etapa.

LEANDRO: ATACANTE DEIXA OS GOLS DE LADO PARA SUSTENTAR O FILHO

Outro exemplo é Leandro, jogador do Benfica, da Vila Maria, que está disputando a Série B Kaiser. Descoberto quando jogava salão, chegou à várzea em 2006. Pelas mãos do técnico Índio, que comandou o Leões da Geolândia no título da Copa Metropolitana de 2005 e trabalhava na escolinha do Benfica na época, chegou às divisões de base do Paraná Clube. Ficou em Curitiba até 2009, quando passou a rodar pelo interior do país. Passou por quatro times diferentes em dois anos. “Mas quando meu filho nasceu, tive de parar. Com a responsabilidade, não dá para seguir pulando de cidade em cidade sem saber se vai ter salário no fim do mês”.

SARRAFO: FAMÍLIA GRANDE FAZ SONHO PROFISSIONAL DURAR POUCO

Meio-campista de respeito, Sarrafo tem 1,93 m – altura que rendeu a Wannuyck Pereira Junior o inusitado apelido – e muita qualidade com a bola no pé. Ele é meia do Napoli, da Vila Industrial, campeão da Copa Kaiser de 2002 e sensação da edição atual. Jogou na Segunda Divisão do Campeonato Paulista – que equivale à quarta divisão – pelo São Vicente, mas disputou apenas duas temporadas. “Até que fiz bons campeonatos. Como meia, marquei sete gols em um ano. Mas desisti por opção. Precisava ajudar a família, que é grande. Tenho nove irmãos. E o salário no futebol era muito baixo. Aliás, nem salário era. Era ajuda de custo. Hoje, ganho muito melhor”, diz o jogador, que, durante a semana, é técnico de uma empresa de telefonia.

Por Cleber Aguiar – Isolado e com desfalques, futebol feminino faz 1º treino para Londres

Fonte: Portal Terra

Equipe feminina vai em busca do primeiro ouro do futebol brasileiro em Olimpíadas. Foto: Leandro Miranda/Terra

Equipe feminina vai em busca do primeiro ouro do futebol brasileiro em Olimpíadas
Foto: Leandro Miranda/Terra

LEANDRO MIRANDA

A Seleção Brasileira feminina de futebol realizou nesta quinta-feira o primeiro treinamento em solo britânico para a disputa dos Jogos Olímpicos de Londres. A menos de uma semana da estreia na competição, a equipe comandada pelo técnico Jorge Barcellos teve uma atividade marcada por duas baixas e pela tranquilidade da Universidade de Cardiff, isolada em uma tranquila região da capital do País de Gales.

A equipe feminina, que desembarcou em Londres no final da tarde de quarta-feira, realizou o treinamento com bola sem poder contar com a lateral e meia Rosana e nem com a meio-campista Elaine. A primeira foi poupada por conta de uma lesão na mão, enquanto a segunda acabou ficando fora em decorrência de um incômodo na coxa. Nenhuma delas, porém, preocupa para a estreia no torneio feminino de futebol, na próxima quinta-feira.

A atividade comandada pelo treinador Barcellos foi iniciada por um trabalho físico e sucedida por uma atividade com bola, na qual a delegação era dividida me equipes de três jogadoras – em campo, porém, a atacante Cristiane atuava como um ¿coringa¿, deixando ora uma equipe ora outra com quatro atletas. Antes do encerramento, a Seleção ainda trabalhou finalizações.

As brasileiras estrearão em Londres 2012 no dia 25 de julho, quarta-feira, diante de Camarões no Millennium Stadium, em Cardiff – mesmo local da partida da segunda rodada do Grupo E, contra a Grã-Bretanha, três dias depois. A equipe de Jorge Barcellos disputará na Inglaterra somente a última partida da fase classificatória, na cidade de Coventry, contra a Grã-Bretanha.

Por Cleber Aguiar – Sem Martínez e André, Santos pode contratar atacante Patito Rodriguez

Fonte: Futebolinterior.com.br

O jogador é uma das principais promessas do Independiente, da Argentina

 Depois de fracassar nas tentativas de contratações de Martínez e André, o Santos pode acertar com outro atacante argentino. O presidente do Independiente-ARG, Javier Cantero, confirmou que o acerto entre o Peixe e Patrício Rodriguez, também conhecido como Pato e Patito Rodriguez, está bem próximo.

“As negociações entre Patito Rodriguez e o Santos, do Brasil, estão muito avançadas. Nossa expectativa é que aconteça logo, porque ele merece”, afirmou o dirigente, em entrevista ao programa de rádio Deportivo Telam.

Patito, o novo reforço do Peixe?

Patito Rodriguez é uma das principais promessas do Independiente, clube que defende desde as categorias de base. Com 22 anos, o jogador chegou a ser sondado pelo Olympiakos, da Grécia.

Apesar de Cantero garantir as conversas, Patito não tem as mesmas características dos atacantes procurados pelo Peixe. A diretoria alvinegra está em busca de um centroavante para suprir as saídas de Borges e Alan Kardec. O argentino é é um jogador mais de velocidade.

Recentemente, o Peixe chegou a negociar com dois jogadores. O primeiro foi Martínez, que foi um dos destaques do Vélez Sarsfield-ARG, no confronto contra o Santos. No caso do André, o Atlético-MG adquiriu os direitos do jogador, jogando “água no chope” santista.

ICFUT – BRASILEIRÃO 2012 – SÉRIE A – JOGOS,CLASSIFICAÇÃO,GOLS,ARTILHARIA E LINK AO VIVO.

LINK AO VIVO PARA OS JOGOS DO BRASILEIRÃO – SÉRIE A – 2012

Santos 0 x 0 Botafogo Brasileirão 18/07/2012
Grêmio 3 x 1 Sport – Gols e Lances – Brasileirão 2012
Portuguesa 0 x 2 Cruzeiro | 18/07/2012 | 10ª Rodada Brasileirão 2012
Náutico 3 x 0 Ponte Preta | 18/07/2012 | 10ª Rodada Brasileirão 2012
Atlético-MG 3 x 1 Internacional | 18/07/2012 | 10ª Rodada Brasileirão 2012
Flamengo 0 x 3 Corinthians | 18/07/2012 | 10ª Rodada Brasileirão 2012
São Paulo 0 x 1 Vasco | 18/07/2012 | 10ª Rodada Brasileirão 2012

6 GOLS
Cruzeiro – Wellington Paulista
Ponte Preta – Roger
Vasco – Alecsandro

5 GOLS
São Paulo – Luis Fabiano
Náutico – Araújo

 Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Atlético-MG 25 10 8 1 1 19 7 12 83.3
2  Vasco da Gama-RJ 23 10 7 2 1 17 11 6 76.7
3  Fluminense-RJ 19 9 5 4 0 16 6 10 70.4
4  Grêmio-RS 18 10 6 0 4 15 10 5 60.0
5  Botafogo-RJ 17 10 5 2 3 21 15 6 56.7
6  Cruzeiro-MG 17 10 5 2 3 14 11 3 56.7
7  São Paulo-SP 16 10 5 1 4 12 11 1 53.3
8  Internacional-RS 16 10 4 4 2 13 10 3 53.3
9  Ponte Preta-SP 15 10 4 3 3 13 12 1 50.0
10  Flamengo-RJ 15 10 4 3 3 15 16 -1 50.0
11  Náutico-PE 13 10 4 1 5 13 17 -4 43.3
12  Sport-PE 12 10 3 3 4 11 14 -3 40.0
13  Corinthians-SP 11 10 3 2 5 10 12 -2 36.7
14  Santos-SP 10 10 1 7 2 7 7 0 33.3
15  Portuguesa-SP 8 10 2 2 6 6 14 -8 26.7
16  Figueirense-SC 8 9 1 5 3 11 14 -3 29.6
17  Coritiba-PR 7 9 2 1 6 14 20 -6 25.9
18  Bahia-BA 7 9 1 4 4 7 12 -5 25.9
19  Palmeiras-SP 6 9 1 3 5 8 11 -3 22.2
20  Atlético-GO 2 9 0 2 7 4 16 -12 7.4
10ª RODADA
18/07 – 19h30 Santos-SP 0 x 0 Botafogo-RJ
18/07 – 19h30 Grêmio-RS 3 x 1 Sport-PE
18/07 – 20h30 Portuguesa-SP 0 x 2 Cruzeiro-MG
18/07 – 20h30 Náutico-PE 3 x 0 Ponte Preta-SP
18/07 – 21h50 Flamengo-RJ 0 x 3 Corinthians-SP
18/07 – 21h50 São Paulo-SP 0 x 1 Vasco da Gama-RJ
18/07 – 21h50 Atlético-MG 3 x 1 Internacional-RS
19/07 – 21h00 Coritiba-PR x Palmeiras-SP
19/07 – 21h00 Atlético-GO x Figueirense-SC
19/07 – 21h00 Fluminense-RJ x Bahia-BA

Por Cleber Aguiar – Sem estrelas, Santos e Botafogo ficam no empate na Vila Belmiro

Fonte:Globo.com

Desmontado pelas ausências de Neymar e Ganso, Peixe se mostra frágil diante de um bem montado Botafogo

DESTAQUES DO JOGO
  • estatísticas

    chutes a gol
    Mesmo fora de casa, o Botafogo pressionou muito mais. No total, arriscou 13 chutes a gol, contra sete de um Santos que sente falta de Neymar.

  • deu certo

    zaga do Bota
    O time armado por Oswaldo de Oliveira soube anular o ataque santista. E o lateral Márcio Azevedo ainda teve força para avançar pela esquerda.

  • deu errado

    ataque santista
    Pela segunda vez seguida Dimba e Miralles formaram o ataque do Peixe. Pela segunda vez seguida, fizeram muito pouco e passaram em branco.

A CRÔNICA
por Marcelo Hazan

 

Um Santos remendado, sem Neymar e Ganso, esbarrou no bem montado time do Botafogo e chegou à incrível marca de sete empates em dez jogos – o desta quarta-feira, na Vila, foi o quinto 0 a 0 do Peixe no Brasileirão. O Fogão teve mais a posse de bola (51% a 49%), arriscou mais finalizações (13 contra sete), teve chance clara no fim com Vitor Júnior e, com o empate, acabou perdendo seu lugar no G-4, mas voltou a dar mostras de que pode continuar a brigar no topo da tabela, ainda mais com o reforço de Seedorf.

Em seu camarote na Vila, o Rei Pelé sofreu com a falta de pontaria do ataque santista. Victor Andrade, jovem de 16 anos, bem que tentou pôr fogo no jogo no finalzinho, mas não teve tempo para mudar a história na Vila. Cidinho, “melhor do que Neymar”, como gritaram os botafoguenses, também teve pouco mais de dez minutos em campo, insuficiente para mexer no placar

O próximo jogo do Santos será no sábado, contra outro time carioca que vai bem no Brasileirão: o Vasco, às 18h30, em São Januário. Já o Botafogo recebe o Grêmio, domingo, no Engenhão, em confronto direto por uma vaga no G-4.

Marcio Azevedo Botafogo x santos (Foto: Lucas Baptista / Ag. Estado)Adriano e Bruno Peres na perseguição a Márcio Azevedo (Foto: Lucas Baptista / Ag. Estado)

Primeiro tempo morno

Os desfalques espantaram a torcida do Peixe da Vila Belmiro na noite desta quarta-feira. Apesar disso, entre os corajosos que foram ao estádio prestigiar o Santos sem Neymar, Ganso e Rafael, e o Botafogo ainda sem o holandês Seedorf, estava Pelé, no seu tradicional camarote. De lá, o Rei certamente sofreu durante os 30 minutos iniciais do primeiro tempo.

Durante este período, Santos e Botafogo inverteram papéis. Até em função do barulho vindo das arquibandas dos fanáticos cariocas que foram à Vila, parecia que o time de General Severiano atuava em casa, pois o Peixe se limitava a tentar os contra-ataques.

Desorganizado, o Santos ainda sofreu com uma lesão do capitão Edu Dracena logo aos nove minutos. O zagueiro teve um problema no joelho esquerdo e deu lugar a Bruno Rodrigo. Com inúmeros desfalques, tudo parecia estar errado no Peixe. Em lances distintos, Arouca e Henrique se trombaram, Adriano “tabelou” com o lateral-esquerdo Márcio Azevedo e Bruno Peres, por mais de uma oportunidade, se atrapalhou sozinho com a bola.

Emoção mesmo com a bola rolando começou quando Bruno Peres, agora acertando a jogada, finalizou de fora da área para boa defesa de Jefferson. Em resposta relâmpago, Fellype Gabriel arrancou pelo meio e soltou uma bomba no travessão de Aranha – a velocidade registrada pela equipe de transmissão do Premiere PFC foi de 118km/h.

Ainda antes do apito final, Miralles, duas vezes, e Bruno Rodrigo obrigaram Jefferson a salvar o Fogão, enquanto Márcio Azevedo de fora da área fez Aranha trabalhar novamente na Vila.

Acelerados, mas sem eficiência

Santos e Botafogo pareciam ter recebido um choque de ânimo no intervalo e voltaram da mesma forma como terminaram o primeiro tempo: acelerados. O ritmo da partida aumentou e melhorou, mas a pontaria das duas equipes continuava ruim.

Tudo bem que o argentino Miralles até acertou o pé, após escanteio cobrado por Felipe Anderson e aproveitando sobra da zaga carioca, mas o lance foi considerado irregular e a arbitragem assinalou impedimento. A mesma irregularidade, porém, não foi apontada quando Arouca cruzou na área e a torcida santista reclamou de toque com a mão do zagueiro Antônio Carlos – a bola bateu no ombro do jogador botafoguense e o árbitro, corretamente, não marcou pênalti.

Apesar de rondar a área do Santos, o Botafogo só voltou a ameaçar de fato o gol de Aranha aos 19 minutos, em chute perigoso de Andrezinho de longa distância. Depois, o estreante Rafael Marques chegou a assustar de cabeça, em jogada de cobrança de lateral.

Percebendo a improdutividade de seu ataque, Muricy trocou os dois jogadores. Saíram Miralles e Dimba, entraram João Pedro e Victor Andrade. De bom, apenas a vontade e determinação do jovem Victor, de 16 anos, procurando o jogo a todo momento. Foi dos pés dele que saíram as melhores chances criadas pelo Santos – e desperdiçadas todas por Felipe Anderson.

“Ah, Cidinho é melhor que Neymar”, gritaram os botafoguenses já aos 36 minutos, quando o atleta substituiu Fellype Gabriel. Exagero, claro.

Mas a ausência de Neymar era nítida. No intervalo, aliás, o Rei Pelé chegou a dar entrevistas se solidarizando com a situação santista, questionando qual time teria resposição de nível para Neymar e Ganso. De fato, sem os dois craques, o Peixe segue patinando no Brasileirão – já soma sete empates em dez jogos. Já o Botafogo perdeu seu lugar no G-4, mas voltou a dar mostras que pode permanecer na luta pelas primeiras posições – ainda mais com o reforço de Seedorf – e que só não saiu com a vitória porque Vitor Junior falhou diante de Aranha, já no fim do jogo.

ICFUT -CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE C – 2012 – TABELA,CLASSIFICAÇÃO,ARTILHARIA,GOLS E 100 ANOS DO TUPI-MG

Tupi comemora cem anos de história e histórias-brasileirão série C 2012

Salgueiro 0 X 2 Guarany de Sobral-CE-brasileirão série C 2012 (3ª RODADA)
Paysandu 0 x 1 Fortaleza-brasileirão série C 2012 (3ª RODADA)
OESTE 2 X 0 MACAÉ-brasileirão sérieC 2012 (3ª RODADA)
Santa Cruz vence Treze-PB por 2 a 1-brasileirão série C 2012 (3ª RODADA)

3 GOLS
Macaé-RJ –
Zambi

2 GOLS
Brasiliense-DF – Elivelton
Caxias –
Lino

Duque de Caxias-RJ – Charles Chad
Luverdense-MT – Rubinho

Macaé-RJ – Norton
Madureira-RJ –
Rodrigo Lindoso

Oeste-SP – Serginho
Paysandu-PA – Kiros
Salgueiro-PE –
Clebson
Santa Cruz-PE – Denis Marques
Vila Nova-GO
– Pedro Júnior

Grupo A
   Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Icasa-CE 7 3 2 1 0 5 1 4 77.8
2  Paysandu-PA 6 3 2 0 1 4 2 2 66.7
3  Luverdense-MT 6 3 2 0 1 4 2 2 66.7
4  Santa Cruz-PE 5 3 1 2 0 5 4 1 55.6
5  Guarany-CE 4 3 1 1 1 4 3 1 44.4
6  Salgueiro-PE 4 3 1 1 1 4 4 0 44.4
7  Águia-PA 4 3 1 1 1 3 3 0 44.4
8  Fortaleza-CE 4 3 1 1 1 1 2 -1 44.4
9  Cuiabá-MT 1 3 0 1 2 1 4 -3 11.1
10  Treze-PB 0 3 0 0 3 1 7 -6 0.0
 
 
Grupo B
   Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Madureira-RJ 9 3 3 0 0 4 0 4 100.0
2  Macaé-RJ 6 3 2 0 1 8 4 4 66.7
3  Caxias-RS 6 3 2 0 1 4 5 -1 66.7
4  Santo André-SP 5 3 1 2 0 2 1 1 55.6
5  Vila Nova-GO 4 3 1 1 1 6 4 2 44.4
6  Chapecoense-SC 4 3 1 1 1 3 4 -1 44.4
7  Duque de Caxias-RJ 3 3 1 0 2 4 5 -1 33.3
8  Brasiliense-DF 3 3 1 0 2 4 5 -1 33.3
9  Oeste-SP 3 3 1 0 2 4 6 -2 33.3
10  Tupi-MG 0 3 0 0 3 2 7 -5 0.0
3ª RODADA
14/07 – 15h00 Madureira-RJ 1 x 0 Tupi-MG
14/07 – 15h30 Santo André-SP 0 x 0 Vila Nova-GO
14/07 – 16h00 Guarany-CE 2 x 0 Salgueiro-PE
14/07 – 16h00 Brasiliense-DF 3 x 2 Duque de Caxias-RJ
14/07 – 16h00 Santa Cruz-PE 2 x 1 Treze-PB
14/07 – 16h00 Macaé-RJ 0 x 2 Oeste-SP
15/07 – 15h00 Caxias-RS 2 x 0 Chapecoense-SC
15/07 – 16h00 Icasa-CE 2 x 1 Águia-PA
15/07 – 16h00 Cuiabá-MT 0 x 2 Luverdense-MT
16/07 – 20h30 Paysandu-PA 0 x 1 Fortaleza-CE
4ª RODADA
20/07 – 19h00 Santa Cruz-PE x Paysandu-PA
20/07 – 19h30 Oeste-SP x Brasiliense-DF
21/07 – 15h00 Madureira-RJ x Santo André-SP
21/07 – 16h00 Águia-PA x Guarany-CE
21/07 – 16h00 Tupi-MG x Caxias-RS
22/07 – 15h30 Chapecoense-SC x Macaé-RJ
22/07 – 16h00 Fortaleza-CE x Salgueiro-PE
22/07 – 16h00 Luverdense-MT x Icasa-CE
22/07 – 16h00 Vila Nova-GO x Duque de Caxias-RJ
24/07 – 20h30 Treze-PB x Cuiabá-MT