ICFUT – Iniesta é eleito Bola de Ouro da Eurocopa

Fonte: terra

Mesmo sem marcar na Euro 2012, Iniesta comandou a seleção da Espanha ao título. Foto: Geety Images

Mesmo sem marcar na Euro 2012, Iniesta comandou a seleção da Espanha ao título
Foto: Geety Images

Direto de Kiev (Ucrânia)

Mesmo às 5h da manhã em Kiev, quatro torcedores espanhóis, já a caminho da ressaca, cantam o inconfundível "André Iniesta" ao som de "I love you baby". Sinal da idolatria ao herói do título da Copa do Mundo 2010 e que, na segunda-feira, deve ter novamente o nome marcado na história do futebol. Eleito o melhor da final da Eurocopa pelo placar de 4 a 0 contra a Itália no último domingo, também foi apontado o Bola de Ouro da competição.

Iniesta foi o único do torneio a levar o troféu de melhor em campo em três jogos. Ele também ganhou os troféus em jogos contra a Itália, mas na estreia, e Croácia, ao fim da primeira fase. Curiosamente, o meio-campista foi eleito o melhor jogador sem sequer ter feito gols na Eurocopa. Nada, ele assegura, que possa diminuir sua alegria pelo quinto título de primeiríssima linha que conseguiu junto de Xavi ao quinto ano seguido: Euro (08 e 12), Copa do Mundo (10) e Liga dos Campeões com o Barcelona (09 e 11).

"Estou muito contente pelo modo com saíram as coisas. Estou feliz por sermos campeões. Tanto faz quem marca os gols. Não jogo por Bolas de Ouro, jogo para ser feliz. Se me valorizam pelo que faço, já fico encantado".

Fiel escudeiro da Xavi na armação das jogadas, ele voltou a encontrar seu espaço no campo pela ponta esquerda e ajudou diretamente para o estilo ratificado de muitos passes de pé em pé e facilidade para retomar a bola. E também defendeu: "cada um tem sua forma de ver as coisas, sua opinião. Não estamos aqui para dizer que o futebol que jogamos é o mais bonito. Hoje (domingo) jogamos bem e fomos fieis ao nosso estilo. É uma conquista mágica e irrepetível. Continuamos sem ter a dimensão da grandeza".

Aos 28 anos e com o terceiro grande título pela seleção, Iniesta ainda mostrou capacidade de se emocionar com os próprios feitos, individuais e coletivos. "Nunca pensei que conquistaria tudo isso. Sempre pensei em desfrutar do meu trabalho e chegar a ser jogador profissional. Espero nos próximos anos seguir sendo feliz com meu trabalho".

Iniesta, que sucede na premiação Xavi, melhor jogador do torneio em 2008, foi nomeado por um comitê técnico de 11 pessoas e lidera a lista dos 23 jogadores do torneio, que conta com 10 espanhóis. Já o atacante Fernando Torres foi anunciado como o Chuteira de Ouro. Ele fez três gols na Eurocopa, assim como Mario Gómez (Alemanha), Mario Balotelli (Itália), Cristiano Ronaldo (Portugal), Alan Dzagoev (Rússia) e Mario Mandzukic (Croácia).

Torres e Gómez levaram vantagem por uma assistência para gol cada. O espanhol superou o alemão no segundo critério de desempate: menos minutos em campo (189 contra 280).

Confira a lista dos 23 melhores jogadores da Eurocopa 2012:

Goleiros: Gianluigi Buffon (ITA), Iker Casillas (ESP), Manuel Neuer (ALE)
Defensores: Gerard Piqué (ESP), Fabio Coentrão (POR), Philipp Lahm (ALE), Pepe (POR), Sérgio Ramos (ESP), Jordi Alba (ESP)
Meio-campistas: Daniele De Rossi (ITA), Steven Gerrard (ING), Xavi (ESP), Andres Iniesta (ESP), Sami Khedira (ALE), Sergio Busquets (ESP), Mesut Özil (ALE), Andrea Pirlo (ITA), Xabi Alonso (ESP)
Atacantes: Mario Balotelli (ITA), Cesc Fábregas (ESP), Cristiano Ronaldo (POR), Zlatan Ibrahimovic (SUE), David Silva (ESP)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s