Por Cezar Alvarenga – Gols da 5.ª rodada das eliminatórias sul-americanas para a Copa 2014.

Em Buenos Aires – Argentina 4 x 0 Equador

 

Em Montevidéu – Uruguai 1 x 1 Venezuela

http://www.youtube.com/watch?v=bCGNAnyHsuM&feature=relmfu

 

Em La Paz – Bolívia 0 x 2 Chile

http://www.youtube.com/watch?v=LI3nQh-ZZl8&feature=related

Classificação

 

TIME PG J V E D GP GC SG (%)
1 – Argentina 10 5 3 1 1 11 4 7 67
2 – Chile 9 5 3 0 2 9 10 -1 60
3 – Uruguai 8 4 2 2 0 10 4 6 67
4 – Venezuela

8 5 2 2 1 4 4 0 53
5 – Equador

6 4 2 0 2 5 6 -1 50
6 – Colômbia 4 3 1 1 1 4 4 0 44
7 – Paraguai 4 4 1 1 2 3 6 -3 33
8 – Peru 3 3 1 0 2 4 6 -2 33
9 – Bolívia 1 5 0 1 4 4 10 -6 7

PG – pontos ganhos; J = jogos; V – vitórias; E – empates; D – derrotas; GP = gols pró; GC – gols contra; SG – saldo de gols; (%) – aproveitamento

Por Cezar Alvarenga – Como as coisas mudam em um só jogo da Seleção.

Engraçado como os comentários mudam dependendo de cada apresentação da Seleção Brasileira. Antes de começar a série de amistosos, uma onda de desconfiança pairava sobre a crítica e torcida brasileira e com receio a Seleção era apresentada como Olímpica e os amistosos serviriam para tirar as dúvidas de Mano Menezes para a formação do grupo. Bastaram duas vitórias sobre a Dinamarca e depois Estados Unidos, com dois gols duvidosos e um pênalti inventado, para as exaltações brotarem: Oscar assumiu o lugar de Ganso, Hulk merece ir para a Olimpíada, Marcelo acertou a lateral esquerda….

Mas neste domingo enfrentamos uma equipe bem armada tanto na defesa como na saída rápida ao ataque, que tudo que foi dito cair por terra. A defesa se mostrou frágil, os laterais fracos no apoio e na marcação (isso sem novidades pois Marcelo e Danilo são muito fracos), meio de campo sem criação e ataque estático. Para as Olimpíadas com alguns ajustes, esta mesma Seleção é capaz de chegar a uma final, pois o nível do torneio é fraco, só ficando na dependência do time argentino, que tiverem o Messi, aí fica complicado para o Brasil.

Mas o mais preocupante é que este time será a base para a Copa de 2014 e sinceramente, não vejo como estes jogadores evoluírem tanto individualmente quanto coletivamente, para disputar a Copa no mesmo nível de que as melhores seleções do mundo.

Portanto, creio que é hora de pensarmos mais à frente e deixarmos um pouco de lado esta obsessão pela medalha de ouro e abrirmos os olhos para que daqui a dois anos não estejamos lamentando algo muito pior, a perda da Copa dentro de casa e com chances reais de não chegarmos sequer as semi-finais.

É hora de abrir o olho.

Por Cezar Alvarenga – México derrota o Brasil e interrompe série de dez jogos invictos da Seleção.

Fonte: UOL Esportes

A seleção brasileira entrou em campo neste domingo com uma série invicta de 10 jogos e com a formação considerada ideal por Mano Menezes para a Olimpíada. Mas o México foi o dono do jogo, venceu por 2 a 0 e jogou ao ritmo de olé nos 10 minutos finais de partida, disputada no estádio do Dallas Cowboys, no Texas.

Mais de 90% da torcida era favorável ao México. A seleção brasileira ouviu olé dos mexicanos e ainda viu Neymar se estranhar com o zagueiro Meza quando o placar já apontava 2 a 0. Neymar, aliás, foi figura apagada em campo.

O triunfo mexicano encerra série invicta de Mano à frente da seleção. Ele ostentava série de oito vitórias consecutivas.

Antes de começar a partida em Dallas, o estádio proporcionou um show de organização e entretenimento. Um super telão de US$ 40 milhões animou os 84 mil torcedores presentes no Dallas Cowboys, arena de futebol americano. Quando o jogo começou, foi o México quem ditou o ritmo do amistoso.

A seleção de Mano foi envolvida pelo México, que esperava o Brasil atacar para partir para o contragolpe. Damião chegou a marcar aos 10 min do 1º tempo, mas a arbitragem considerou impedimento, em lance duvidoso.

Filho de brasileiro, Giovani dos Santos fez o primeiro gol do México na partida, aos 21 min. Ele invadiu a área pelo lado esquerdo e, sem ângulo, deu um leve toque na bola, encobrindo Rafael.

A seleção brasileira intensificou as jogadas no ataque depois do gol sofrido, proporcionando mais espaço para o México explorar o contragolpe.

A estratégia mexicana de contra-ataque derrubou o Brasil Em cobrança de pênalti, Hernanez aumentou a vantagem do México  na primeira etapa, para delírio da torcida, com mais de 70 mil pessoas apoiando a seleção mexicana.

Diferentemente do duelo contra os EUA, onde o Brasil conseguia invadir a área com facilidade, a seleção era parada pela defesa mexicana. Hulk, Neymar e Hulk foram peças nulas nos 45 min iniciais.

A seleção pediu pênalti em lance em que Oscar foi derrubado na área pelo goleiro Corona, no segundo tempo. O árbitro canadense Silviu Petrescu não marcou.

Com a vantagem por 2 a 0, o México reteve a bola na 2ª etapa, administrando o jogo. Mano Menezes decidiu reforçar o ataque. Entraram Pato e Lucas, saindo Damião e Sandro.

A nova formação não representou maior volume ofensivo ao Brasil. O time não se entendia, faltando tabelas. Pato teve ótima chance de fazer o gol, mas furou na frente do goleiro. O México ainda teve chances de marcar mais gols.

O Brasil termina sua turnê nos Estados Unidos no dia 9 de junho, contra a Argentina, em New Jersey.

MÉXICO X BRASIL

México
Corona; Salcido, Rodriguez, Torres Nilo e Meza (Jimenez); Moreno, Barbera (Andrade), Zavala e Guardado (Reina); Giovani Dos Santos (De Nigris) e Chicharito Hernandez (Lugo)

Técnico: Juan Manuel de la Torre

Brasil

Rafael; Danilo, Juan, Thiago Silva (Bruno Uvini) e Marcelo; Sandro (Lucas), Romulo e Oscar (Casemiro); Hulk (Wellington Nem), Neymar e Damião (Alexandre Pato)
Técnico: Mano Menezes

Data: 3 de junho de 2012 (domingo)
Local: estádio Dallas Cowboys, em Dallas
Gols: Giovani dos Santos, aos 21 min, e Chicharito Hernández, aos 32 min do primeiro tempo
Cartões amarelos: Marcelo, Neymar (B); Salcido, Meza (M)

Árbitro: Silviu Petrescu (CAN)

Auxiliares: Sean Hurd (EUA) e Joe Fletcher (CAN)

ICFUT – Clubes das séries C&D pedem início imeditado de competições !!!!

Notícias

Depto. Jurídico

Carlos Insaurriaga

Sex 01.06.2012 – 14h48

Assessoria de Imprensa | Fotógrafo

Clube postula o início da competição nacional

O Grêmio Esportivo Brasil protocolou hoje perante o STJD petição na qual consta expressamente a solicitação para que seja dado início imediato ao Campeonato Brasileiro das Séries C e D. É comprovado que o Clube jamais solicitou e, por óbvio, não obteve decisão judicial que impedisse o início do campeonato. Veja o pedido na íntegra nas imagens abaixo.

Imagem01Página 1
Imagem01Página 2
Imagem01Página 3
Imagem01Página 4

Imagem01

ICFUT – BRASILEIRÃO – SÉRIE B – 2012 – JOGOS,CLASSIFICAÇÃO E LINK AO VIVO

LINK AO VIVO DOS JOGOS DA SÉRIE B DO BRASILEIRÃO 2012 – CLIQUE AQUI

Criciúma 2×1 Vitória – Campeonato Brasileiro Série B 2012 -.3ª RODADA

Paraná 0x1 América-MG – Campeonato Brasileiro Série B 2012-3ª RODADA

Joinville 2 x 0 Guarani-Brasileirão SérieB 2012-3ª RODADA.

Ceará 2 x 2 Goiás – Campeonato Brasileiro Série b – 2012

São Caetano 2 X 0 Bragantino – Série B

CRB 3×1 Guaratinguetá – Série B 2012 (3ª rodada)

América-RN 1 X 0 Avaí – Série B

Barueri 0 X 3 ABC – Série B – Brasileirão 2012

Ipatinga-MG 1 x 0 ASA-AL – Brasileiro da Série B 2012

Boa Esporte 2 X 1 Atlético-PR – Série B – Brasileirão 2012

Goiás 1 x 0 CRB – Campeonato Brasileiro Série B 2012 – 4ª Rodada

Guaratinguetá-SP 0 x 2 América-RN – 4ª rodada – Série B

Atletico-PR 3 x 0 Barueri Camp Brasileiro Serie B 2012

Vitória 4×0 Ipatinga – brasileirão série b 4ª RODADA 2012
Coelho 3 x 0 Criciúma – brasileirão série b 4ª RODADA 2012
Guarani 4 x 1 Ceará -brasileirão série b 4ª RODADA 2012
ABC 0 x 1 São Caetano Cam. Brasileiro Serie B 2012
Avaí 1 x 2 Joinville Camp. Brasileiro Serie B 2012
ASA 3 x 2 Boa Esporte Campeonato Brasileiro Série B 2012 – 02/06/2012
Bragantino Cam. Brasileiro Série B 2012
Bragantino 3×3 Paraná Clube – Série B -2012
Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  América-MG 12 4 4 0 0 10 1 9 100.0
2  América-RN 9 3 3 0 0 8 2 6 100.0
3  Criciúma-SC 9 4 3 0 1 10 8 2 75.0
4  ASA-AL 7 4 2 1 1 5 4 1 58.3
5  Joinville-SC 7 4 2 1 1 5 5 0 58.3
6  Atlético-PR 6 3 2 0 1 8 3 5 66.7
7  Vitória-BA 6 3 2 0 1 6 2 4 66.7
8  São Caetano-SP 6 4 2 0 2 3 2 1 50.0
9  ABC-RN 5 4 1 2 1 4 2 2 41.7
10  Guarani-SP 5 4 1 2 1 5 4 1 41.7
11  Boa Esporte-MG 5 4 1 2 1 6 6 0 41.7
12  Bragantino-SP 4 4 1 1 2 8 9 -1 33.3
13  Avaí-SC 4 4 1 1 2 4 5 -1 33.3
14  Goiás-GO 4 3 1 1 1 5 7 -2 44.4
15  Ipatinga-MG 4 3 1 1 1 2 5 -3 44.4
16  CRB-AL 3 4 1 0 3 3 8 -5 25.0
17  Guaratinguetá-SP 3 4 1 0 3 4 10 -6 25.0
18  Paraná-PR 2 3 0 2 1 4 5 -1 22.2
19  Ceará-CE 1 4 0 1 3 5 10 -5 8.3
20  Grêmio Barueri-SP 1 4 0 1 3 1 8 -7 8.3
ª RODADA
29/05 – 19h30 Ceará-CE 2 x 2 Goiás-GO
29/05 – 19h30 São Caetano-SP 2 x 0 Bragantino-SP
29/05 – 19h30 Joinville-SC 2 x 0 Guarani-SP
29/05 – 19h30 CRB-AL 3 x 1 Guaratinguetá-SP
29/05 – 19h30 América-RN 1 x 0 Avaí-SC
29/05 – 21h50 Criciúma-SC 2 x 1 Vitória-BA
29/05 – 21h50 Paraná-PR 0 x 1 América-MG
29/05 – 21h50 Grêmio Barueri-SP 0 x 3 ABC-RN
29/05 – 21h50 Ipatinga-MG 1 x 0 ASA-AL
29/05 – 21h50 Boa Esporte-MG 2 x 1 Atlético-PR
4ª RODADA
1/06 – 21h00 Atlético-PR 3 x 0 Grêmio Barueri-SP
1/06 – 21h00 Goiás-GO 1 x 0 CRB-AL
1/06 – 21h00 Guaratinguetá-SP 0 x 2 América-RN
2/06 – 16h20 ABC-RN 0 x 1 São Caetano-SP
2/06 – 16h20 Vitória-BA 4 x 0 Ipatinga-MG
2/06 – 16h20 América-MG 3 x 0 Criciúma-SC
2/06 – 16h20 Avaí-SC 1 x 2 Joinville-SC
2/06 – 16h20 ASA-AL 3 x 2 Boa Esporte-MG
2/06 – 16h20 Guarani-SP 4 x 1 Ceará-CE
2/06 – 21h00 Bragantino-SP 3 x 3 Paraná-PR
5ª RODADA
5/06 – 21h00 São Caetano-SP x América-MG
5/06 – 21h00 Joinville-SC x ASA-AL
8/06 – 21h00 Boa Esporte-MG x Vitória-BA
8/06 – 21h00 Ipatinga-MG x Avaí-SC
8/06 – 21h00 América-RN x Bragantino-SP
9/06 – 16h00 Paraná-PR x Guaratinguetá-SP
9/06 – 16h20 Criciúma-SC x Goiás-GO
9/06 – 16h20 Grêmio Barueri-SP x Guarani-SP
9/06 – 16h20 CRB-AL x Atlético-PR
9/06 – 21h00 Ceará-CE x ABC-RN

Por Cleber Aguiar – Quatro torcedores do Corinthians terão de ver jogos do time presos em quartel

Fonte: O Estado de São Paulo

Decisão da Justiça de São Paulo ocorreu após envolvimento de membros da Gaviões na morte de 2 palmeirenses

Cristiane Bonfim – estadão.com.br

SÃO PAULO –  A Justiça de São Paulo determinou que quatro torcedores do Corinthians, todos membros da Gaviões da Fiel e envolvidos na morte de dois palmeirenses durante brigas em março deste ano, na zona norte da capital, permaneçam em companhia da Polícia Militar em dias de jogos do time.

A decisão foi tomada pela juíza Laura Mattos Almeida, da 2ª Vara do Júri, do Fórum de Santana. Os torcedores Antonio Alan Souza Silva, o Donizete, o ex-presidente da Gaviões da Fiel, Douglas Deungaro, conhecido como Metaleiro, Reinaldo Gilberto Alves, o Ade, e Mário Batista, o Magoo, devem ficar confinados em quartel da PM durante os 90 minutos de qualquer partida do Corinthians, seja no meio ou no fim de semana. A decisão é por tempo indeterminado. E sua validade começou nesta sexta-feira.

ICFUT – O Dia – Entrevista Zico técnico da Seleção do Iraque.

Fonte: O Dia Online

Em meio às dificuldades, Zico dá ‘último passo’ para levar Iraque ao Mundial

Ídolo do Flamengo inicia neste domingo a fase final das Eliminatórias da Ásia e mostra confiança na classificação

POR Felipe Schmidt

Rio –  Enquanto o Flamengo está às voltas com mais uma polêmica, do outro lado do planeta o maior ídolo da história do clube se prepara para, neste domingo, iniciar a campanha que pode levar o Iraque ao primeiro Mundial desde 1986.

O primeiro passo é contra a Jordânia, em território rival, pela fase final das Eliminatórias asiáticas, e a tarefa não é fácil: no grupo estão seleções fortes, como Austrália e Japão – Omã completa a chave -, e será preciso se classificar pelo menos em terceiro lugar – que dá vaga na repescagem, enquanto os dois primeiros colocados avançam diretamente – para sonhar com o retorno ao Brasil em 2014.

Na preparação, o Galinho levou a equipe para a Turquia, onde realizou dois amistosos: triunfo por 1 a 0 sobre Serra Leoa e empate em 1 a 1 com Botswana. Ao todo, o ex-jogador brasileiro tem bom retrospecto no comando do Iraque: são 12 jogos, sete vitórias, três empates e três derrotas.

Foto: Divulgação

Zico em treinamento com a seleção do Iraque | Foto: Divulgação

Nesta entrevista, Zico fala sobre as dificuldades enfrentadas no Iraque, mostra otimismo na classificação, diz que se inspira no Barcelona e no histórico time do Flamengo em 19841 e admite: encarar o Japão vai ser tão difícil quanto enfrentar o Rubro-Negro e a seleção brasileira: “Será uma pancada.”

O DIA: Muitos se surpreenderam quando você aceitou treinar o Iraque. Você tinha algum receio na época?
Zico: Nunca tive receio de assumir o Iraque, principalmente porque conhecia bem o material humano, um dos melhores da Ásia, mas não esperava que as dificuldades fora do campo fossem tão grandes. A falta de planejamento e de estrutura é total. Parecem viver ainda em tempo de guerra, onde nada pode ser anunciado antes. Os campos são péssimos, o campeonato não é competitivo e a maioria dos meus jogadores joga lá. .Agora, sem os americanos e sem muitos conflitos, até que o campeonato está caminhando bem.

O Iraque fez uma ótima campanha na fase mais recente das Eliminatórias, ao terminar em primeiro lugar, com cinco vitórias em seis jogos. Quais foram os motivos para este sucesso tão rápido?
O motivo principal é a qualidade técnica dos jogadores. É uma geração vencedora na Ásia, mas que nunca foi a um Mundial e nem disputou uma fase final como esta. Procurei explorar psicologicamente esse lado, dizendo que era a última oportunidade e que eles acreditassem no meu trabalho, confiassem na minha experiência e procurassem se equilibrar física e tecnicamente para poderem render. Eles são tecnicamente muito bons mas não são chegados a treinos táticos, o que procuro fazer muito. Eles são iguais aos índios, querem só atacar. Minha experiência no futebol turco tem sido importante agora. Os grandes destaques são o Younes, capitão e artilheiro nato, e o Nashat, um meia com muita técnica e inteligencia pra jogar. Coloquei os dois na frente e eles se entendem muito bem. Têm sido determinantes para o nosso time. 

Até que ponto o fato de o Iraque não poder jogar no próprio país pode afetar a equipe nesta etapa final?
Se por um lado não podemos estar com a nossa torcida, pelo menos escolhi o Catar, onde o campo de jogo é ótimo e a estrutura para nossos treinamentos também é muito boa. Nosso time já até se acostumou a jogar com o estádio cheio na casa do adversário e vazio no nosso mando de campo. Não acredito que isso possa afetar a nossa equipe nesta fase.

Foto: André Mourão / Agência O Dia

Zico está no comando do Iraque desde agosto de 2011 | Foto: André Mourão / Agência O Dia

Quais as equipes que têm te influenciado na hora de montar a seleção iraquiana? O Flamengo de 1981 é uma referência? Você enfatiza bastante a posse de bola…
Esta questão de posse de bola não tem melhor exemplo do que meu Flamengo de 81 e o Barcelona de hoje. Ficar correndo atras do adversário sem pegar na bola cansa muito mais. O time do Iraque tem qualidade suficiente para não ter pressa de atacar e saber fazer girar o jogo até aparecer uma boa oportunidade. Procuro adaptar o material humano que tenho à minha filosofia de jogo, ao esquema tático que prefiro. Procuro mostrar a eles que, independentemente da posição, o importante é fazer as coisas com vontade, prazer e confiança.

O Iraque caiu em um grupo bastante complicado. Apesar disso, você se sente confiante numa classificação direta para a Copa do Mundo?
Por mais que eu respeite tanto Japão quanto Austrália como favoritos no grupo, pelo que eles apresentaram na fase anterior não estão tão acima de nós. Acho que a experiência de já jogar diversas vezes essa fase e também disputar o Mundial pode pesar um pouco, mas, como time, não vejo muita diferença. O Japão perdeu para Uzbequistão e Coreia do Norte na fase anterior e, se não me engano, a única derrota da Austrália foi para Omã. Sinceramente, vamos atrás de uma das vagas, mas será tão difícil quanto chegar em terceiro.

Como será enfrentar o Japão? Dá ainda para utilizar o conhecimento de sua época como treinador deles para ter alguma vantagem agora?
Para quem já enfrentou o Brasil numa Copa do Mundo e o Flamengo, o Japão será a terceira pancada. Lógico que sentirei emoção e a sensação é complicada de descrever por tudo que aconteceu comigo lá. Dá para utilizar sim esse conhecimento, tanto técnico quanto psicológico, ainda mais que muitos jogadores eu lancei na Seleção e vi começarem a carreira lá. Os jogadores japoneses que estão na Europa, a maioria na Alemanha, deram um salto de qualidade muito grande e hoje podem fazer a diferença para a classificação do Japão, que com certeza será o time mais visado do grupo.

Por Cleber Aguiar – Muricy terá uma semana de decisões

Fonte: Estadao.com.br

SANCHES FILHO – O Estado de S.Paulo

SANTOS. FUCILE PODE SOFRER CIRURGIA

NO PÉ ESQUERDO

Depois de cinco dias de treinos e o domingo de folga, o Santos inicia amanhã uma semana de definições. Muricy torce pela recuperação de Arouca e um bom retorno de Borges aos treinos com bola. Na quarta-feira, terá pela frente o Fluminense, na Vila Belmiro, pela terceira rodada do Brasileiro. O time vem de dois empates sem gols com Bahia e Sport.

Sem Neymar, na seleção, e sem Ganso, recuperando-se de uma artroscopia, Muricy vai fazer experiências visando à montagem da equipe para o primeiro jogo das semifinais da Taça Libertadores contra o Corinthians, dia 13, na Vila.

Diante da necessidade de vitória no Brasileiro, o treinador decidiu não tirar nenhum titular do jogo de quarta-feira, mas no clássico contra o São Paulo, domingo, no Morumbi, o time será na maioria de reservas.

“A gente tem de usar o que tem de melhor. Claro que quem está na Libertadores em algum momento tem de focar a competição. Mas o jogo contra o Fluminense é o mais sério agora”, disse o treinador.

A contusão de Arouca tira o sono do técnico. Além de ser o jogador de melhor qualidade do meio campo depois de Ganso, se a sua ausência se confirmar nas semifinais, o setor vai perder muito. Como não é de escalar jovens promessas como Anderson Carvalho e Felipe Anderson em jogos decisivos, Muricy deve ser obrigado a fazer improvisações.

Por Cleber Aguiar – ‘El Loco’ Bielsa renova contrato com Bilbao por uma temporada

Fonte:Gazetaesportiva.net

 

O técnico argentino Marcelo Bielsa ficará por ao menos mais uma temporada no comando do Athletic Bilbao. O clube basco anunciou o acordo neste domingo, em seu site oficial.

“O Athletic Club e o treinador Marcelo Bielsa entraram em acordo para prorrogar a relação contratual que unia ambas as partes até 30 de junho de 2013”, diz o texto.

Ex-comandante das seleções argentina e chilena, “El Loco” se manifestava contrário a um vínculo muito longo, razão pela qual havia firmado contrato por apenas uma campanha.

Depois do bom trabalho na temporada anterior, no entanto, o técnico de 56 anos foi convencido por torcida e diretoria de que deveria permanecer. Foi sob seu comando que a equipe espanhola chegou ao vice-campeonato da Liga Europa e da Copa do Rei.

O próximo passo dos dirigentes do Bilbao é tentar segurar os principais jogadores do elenco para dar sequência, na próxima campanha, ao planejamento iniciado no ano passado.

 

 

 

ICFUT – Brasil x México – Amistoso Internacional ás 16:00hs – AO VIVO NO ICFUT

Fonte: Estadao.com.br

Brasil encara o calor e um duro teste contra o México

Após duas vitórias em amistosos, seleção de Mano enfrentará time principal e torcida adversária

LINK AO VIVO- BRASIL X MÉXICO AMISTOSO INTERNACIONAL – CLIQUE AQUI

MATEUS SILVA ALVES – Agência Estado

DALLAS -Contra a Dinamarca e os Estados Unidos, a seleção brasileira surpreendeu boa parte de sua torcida ao mostrar um futebol ao mesmo tempo agressivo e envolvente, o que a levou a duas vitórias muito convincentes. Mas esses dois jogos parecem brincadeiras de criança quando comparados ao que o time de Mano Menezes vai enfrentar neste domingo. Às 16h06 (horário de Brasília), a seleção vai encarar o time principal do México no gigantesco e moderníssimo estádio Cowboys, que estará tomado por uma multidão de mexicanos enlouquecidos. E não é só isso: a previsão da temperatura em Dallas para a hora do jogo é de 36 graus Celsius.

Seleção olímpica de Mano enfrentará time principal do México - Mowa Press/Divulgação
Mowa Press/Divulgação
Seleção olímpica de Mano enfrentará time principal do México

O inferno de Dallas será uma prova e tanto para a seleção. Uma prova física e mental. Se passar por esse obstáculo desagradável, o time brasileiro ganhará muita força para aquilo que realmente lhe interessa, os Jogos Olímpicos de Londres, embora ainda haja um amistoso contra a Argentina no caminho até a Olimpíada – no próximo dia 9.

Se o calor deixar, a equipe de Mano Menezes vai colocar em prática a mesma fórmula que deu certo contra dinamarqueses e norte-americanos: marcação por pressão no campo de ataque desde o começo do jogo. A ideia é roubar a bola perto do gol adversário, pegando assim a defesa mexicana desprevenida. Nos dois jogos anteriores, a seleção fez gols logo depois de tomar a bola do time adversário.

Os jogadores brasileiros sabem que terão um teste duríssimo pela frente. Em primeiro lugar porque o México costuma complicar as coisas para a seleção, ainda mais quando joga em casa – o duelo é nos Estados Unidos, é verdade, mas a comunidade mexicana no estado do Texas é gigantesca e ela já tratou de esgotar os ingressos para a partida. Na prática, a equipe tricolor vai jogar em casa. “Vai ser o jogo mais difícil dessa nossa preparação, atrás apenas do jogo contra a Argentina”, comentou o lateral-direito Danilo. “Vai estar muito calor em Dallas e os mexicanos têm um ótimo time. Vai ser uma partida muito difícil”.

MUDANÇAS
O ex-jogador do Santos, aliás, talvez não sofra tanto com o calor, já que ele corre o risco de ver o jogo do banco de reservas. Como está em fase de testes para os Jogos Olímpicos, Mano Menezes já disse que pretende fazer duas ou três mudanças na equipe e Danilo pode dar lugar a Rafael, do Manchester United.

Quem muito provavelmente estará em campo é Alexandre Pato. Mano Menezes já havia cogitado escalá-lo contra os Estados Unidos, mas o deixou no banco e viu o jogador do Milan jogar muito bem nos pouco mais de 25 minutos em que esteve em ação. Como Leandro Damião não conseguiu mostrar um bom futebol na última quarta-feira, tendo até perdido uma chance claríssima de gol no primeiro tempo, está montado o cenário para Alexandre Pato, que chegou a ser dado como descartado da Olimpíada por causa de suas muitas lesões, voltar a vestir a camisa nove do Brasil.