Por Cleber Aguiar – 1º jogo na Vila Belmiro – Confirmado !!!

Fonte: Santosfc.com.br

Comite de Gestão do Santos FC confirma Vila Belmiro como palco da primeira semifinal contra o Corinthians

© Santosfc.com.br

Caldeirão da Vila Belmiro receberá primeira semifinal da Copa Libertadores, no dia 13 de junho

O Comitê de Gestão do Santos FC, em decisão consensual tomada durante reunião realizada na manhã desta quarta-feira (30), optou pela Vila Belmiro como palco do primeiro jogo da semifinal da Taça Libertadores de América, no dia 13 de junho (quarta-feira).

O jogo de volta contra o Corinthians será no dia 20 de junho, em estádio a ser confirmado pelo time adversário.

Acompanhe o Santos FC nas mídias sociais:
Orkut: www.orkut.com.br/santosfc
Facebook: www.facebook.com/santosfc
Youtube: www.youtube.com/santostvoficial
Flickr: www.flickr.com/santosfc
Twitter: @santosfc | @santosfcaovivo | @multiplicacao

Por Cleber Aguiar – Pelé critica Mano Menezes na Seleção

Fonte: Futnet.com.br

Rei do Futebol fala que a seleção não time base

Por Rodrigo Pinheiro
FUTNET

Segundo o ex-jogador Pelé, a Seleção Brasileira não tem um time base em formação para a disputa da Copa do Mundo. O Rei do Futebol criticou muito o trabalho do treinador Mano Menezes a frente da seleção.

“No tempo do Pelé, a gente fazia uma Seleção e ia jogando. Se tivesse necessidade, aí entrava um jogador. Como foi na época do Santos e Botafogo, na década de 70, quando precisou trazer o Rivellino e, depois, o Tostão. Mas a Seleção tinha um esqueleto. Por isso, estou um pouco preocupado porque estamos a dois meses da Olimpíada e não tem um time certo para jogar”, comentou o Rei.

O Rei ainda falou da vitória do Brasil sobre a Dinamarca. “Muita gente começou a elogiar a atuação da Seleção após a vitória sobre a Dinamarca. Mas, se pensarmos direito, os três gols do Brasil foram em erros de saída de bola da Dinamarca. E qualquer time, sendo Santos x Corinthians ou Palmeiras x São Paulo, que mete dois gols em 15 minutos fica fácil para jogar, pô!”, disse.

Por Cleber Aguiar – Demitido em março, Hélio dos Anjos volta ao Atlético-GO

Fonte: O Estado de São Paulo

A diretoria do Atlético Goianiense agiu rápido e anunciou nesta quarta-feira o substituto de Adílson Batista, que foi demitido na terça. O treinador vai ser sucedido por Hélio dos Anjos, que inicia o seu trabalho ainda nesta tarde. “É um profissional experiente, que conhece bem o grupo e também a Série A, tem o pulso firme e confia no nosso elenco”, avaliou Adson Batista, diretor de futebol do Atlético-GO.

Demitido no início de março, o treinador retorna ao Atlético-GO menos de três meses depois do encerramento da sua primeira passagem pelo clube, iniciada em agosto de 2011. Hélio dos Anjos dirigiu a equipe em 32 partidas, com 15 vitórias, nove empatas e oito derrotas. Além disso, garantiu a classificação da equipe para a Copa Sul-Americana deste ano.

“Eu saí pela porta da frente, por isso estou voltando. Temos muito trabalho pela frente e espero que possamos mais uma vez conquistar nossos objetivos no final da temporada”, afirmou Hélio dos Anjos.

A estreia do treinador será em 6 de junho, no Estádio Serra Dourada, contra o Grêmio, em partida válida pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Com dois pontos somados nos primeiros jogos do torneio, a equipe ocupa a 10ª colocação.

 

 

Por Cleber Aguiar – Deco gostaria de voltar a jogar no Porto ‘nem que fosse por seis meses’

Fonte: Lancenet.com.br

Apoiador declara que um retorno ao clube português seria ‘a melhor despedida’. Contrato com o Flu vai até o fim deste ano

Deco - Porto (Foto: ASF) Deco fez história em sua passagem pelo Porto, com muitos títulos (Foto: ASF)

LANCEPRESS!

Apesar de feliz nas Laranjeiras e em excelente forma, o apoiador Deco pode deixar o Fluminense no ano que vem. O jogador revelou à imprensa portuguesa seu interesse em voltar a jogar pelo Porto, com a possibilidade até de encerrar a carreira por lá.

– Gostaria de poder jogar no Porto, nem que fosse apenas durante seis meses. Seria a melhor despedida. Joguei lá durante seis anos e apaixonei-me – declarou Deco, à Antena 1.

Deco tem contrato com o Fluminense até o dia 31 de dezembro deste ano. Há pouco tempo, ele havia confessado o desejo de só encerrar sua carreira no fim de 2013, e quase certo que Laranjeiras. Uma nova transferência para o exterior poderia ocorrer durante o mercado de inverno.

Pelo Porto, entre 1999 e 2004, o apoiador conquistou 13 títulos: três Campeonatos Portugueses, três Taça de Portugal, quatro Taças Cândido de Oliveira, uma Copa Uefa e uma Liga dos Campeões da Europa.

 

Por Cleber Aguiar – Copa das Confederações: Brasil só joga no Maracanã caso chegue à final

Fonte: Globo.com

Com Recife e Salvador como cidades-sede, Fifa divulga tabela da competição, que será realizada entre os dias 15 e 30 de junho de 2013

Por Fabrício Marques, Felippe Costa e Marcelo Baltar Rio de Janeiro

Em evento no Rio de Janeiro, com a presença do secretário-geral Jérôme Valcke, Bebeto e Aldo Rebelo, ministro do Esporte, a Fifa e o Comitê Organizador Local (COL) anunciaram, na manhã desta quarta-feira, a tabela da Copa das Confederações. Como no Mundial de 2014, a seleção brasileira só jogará no Maracanã caso chegue à decisão da competição, que será realizada no Brasil entre os dias 15 e 30 de junho de 2013. Ronaldo não compareceu à coletiva.

A abertura será no dia 15 de junho, às 16h, no Estádio Nacional Mané Garrincha, na capital federal. Depois, o Brasil entra em campo em 19 de junho, em Fortaleza, às 16h. O último jogo da primeira fase será em Salvador, dia 22 de junho, também às 16h. Se passar em primeiro do Grupo A, a Seleção joga a semifinal em 26 de junho em Belo Horizonte, às 16h. Caso seja o segundo colocado, a partida será no Castelão, no mesmo horário, mas um dia depois. A decisão do dia 30 de junho está marcada para as 19hno Rio de Janeiro. Somente a disputa pelo terceiro lugar, na Fonte Nova, no dia da final, será às 13h. Todos os horários acima são de Brasília.

tabela da Copa das Confederações Brasil FIFA (Foto: Reprodução)A tabela oficial da Copa das Confederações, com seis sedes (Foto: Fifa.com)

Brasília terá apenas uma partida em toda a competição. A tabela apresentada conta com jogos em Recife e Salvador, mas as duas cidades ainda esperam confirmação da Fifa apenas em novembro sobre a participação no torneio (as tabelas com quatro ou cinco sedes não foram divulgadas).

Alguns governadores marcaram presença no evento no Rio de Janeiro. Jaques Wagner, da Bahia, Agnelo Queiroz, de Brasília, Eduardo Campos, de Pernambuco, estiveram ao lado de outros representantes dos demais estados confirmados na competição.

A Copa das Confederações terá oito seleções divididas em dois grupos. Os dois primeiros de cada um avançam às semifinais. O sorteio das chaves será em São Paulo, no dia 1º de dezembro. Os ingressos começarão a ser vendidos pouco depois.

Até o momento, estão confirmados na Copa das Confederações o Uruguai (campeão da Copa América), o Japão (vencedor da Copa Asiática), o Brasil (país sede) e a Espanha (campeã mundial). Os demais serão os campeões da Copa Africana de Nações de 2013, da UEFA Euro 2012 e da Copa da Oceania de 2012.

Além disso, o COL e a Fifa anunciaram a Wiseup, escola de idiomas, como novo patrocinador nacional para a Copa do Mundo. A Globo Marcas também foi confirmada como parceira oficial da Fifa para comercializar produtos da competição.

Aldo Rebelo e Jerome Valcke em evento da Copa 2014 Confederações (Foto: Fabrício Marques / Globoesporte.com)Aldo Rebelo (esq.) e Valcke (dir.) na divulgação da tabela (Foto: Fabrício Marques / Globoesporte.com)

Por Cleber Aguiar – Fim do mistério

Fonte: Tribuna Online

CBF revela uniforme listrado do Santos

O Santos pretendia lançar sua camisa listrada apenas em setembro, quando o clube completa cem anos de sua primeira partida oficial,  mas a CBF ‘estragou’ o suspense feito pela Nike e divulgou como será o uniforme 2 do Peixe.

O segredo guardado a sete chaves foi revelado por meio do Cadastro Nacional de Uniformes de Clubes, lançado pela CBF e publicado no site oficial da entidade.

A camisa listrada traz as mesmas características dos modelos branco e azul, como a coroa com as datas de fundação e centenário em cima do escudo do Santos e a fonte numérica em alusão aos contêineres que chegam à cidade. A gola também segue o mesmo estilo do primeiro uniforme, mas será na cor preta, enquanto a barra da manga terá uma faixa branca. Os calções serão simples, na cor preta, assim como as meias.

Além do uniforme santista, também foi revelada a segunda camisa do Coritiba e do Bahia, ambas fabricados pela Nike.

Créditos: Reprodução/ CBF

ICFUT – Corintiano – Entrevista de Tite para Folha de São Paulo.

Fonte: Folha de São Paulo

Tite vê time cheio de astros, revela se cobrar mais que a torcida e diz que treinar o Corinthians é diferente

LUCAS REIS
DE SÃO PAULO

Não foi a primeira vez que Tite ficou com os olhos marejados ao falar da torcida do Corinthians. “É diferente de todas”, disse ontem à Folha.

Em meia hora, o técnico deu recado à torcida sobre o time e Alessandro, falou sobre marketing pessoal, sobre a ausência de astros no elenco e disse que gostaria de falar menos. No fim, sorriu ao ser questionado se virou corintiano -e respondeu do jeito Tite de responder.

Folha – O que precisa mudar para o jogo contra o Santos?
Tite – Eu não consigo ver o terceiro passo sem dar o primeiro. E o primeiro é preparar bem a equipe contra o Figueirense [pelo Brasileiro]. O futebol mostra que os caminhos são assim, um passo cada vez.

Boa parte da torcida está preocupada com o lado direito, especificamente Alessandro…
Para essa boa parte da torcida que está preocupada, que fique muito tranquila, porque o Alessandro voltou e fez uma bela partida contra o Atlético-MG. E que ela [torcida] tenha muita tranquilidade porque ele tem a qualidade comprovada, tem maturidade, experiência, e já está readquirindo aquele ritmo normal de competição.

Teme que erros como os que custaram a derrota para o Atlético e a quase eliminação contra o Vasco se repitam e sejam fatais para uma queda?
Observação, diagnóstico e correção, treinamento pra correção. A efetividade precisa ser traduzida, estamos trabalhando em cima do ajuste de um jogador ou outro. Se não tem um jogador específico, um [camisa] 9 pra fazer gol, o Liedson retomar sua melhor condição, o Elton poder dar uma condição e um ritmo melhor.

Não ter um grande astro no seu time é uma vantagem?
Tenho uma série de grandes astros dentro de suas características. Tenho Chicão, que já é multicampeão, Castán, que faz um campeonato extraordinário, Fábio Santos, que se firmou na carreira, Alessandro, multicampeão aqui etc. Cada um em um determinado ponto. Não tem o cara, mas em cada jogo, ou a cada oportunidade, pode surgir o cara, não é sempre o mesmo. Ela dilui um pouquinho pra cada um. Não é o Ronaldo Fenômeno, mas é um pouquinho de cada um em algum momento. Existe o cara, mas ele é [o cara] a cada partida, a cada duas partidas.

Qual seu termômetro da torcida em relação ao seu trabalho?
O termômetro talvez tenha sido eu no meio da torcida, contra o Vasco, quando um torcedor gritou: “Tite, tira o fulano”. Quando ele abriu a boca pra falar, a massa inteira foi em cima dele: “Apoia e cala tua boca”. O carinho do torcedor com o clube, os atletas, o apoio. Ela [a torcida] tem confiança na seriedade dessa equipe. O torcedor acredita na seriedade daqui, que ninguém aqui está para sacanear, passar tempo.

Qual o tamanho da pressão em ser o técnico do Corinthians em uma semifinal da Libertadores?
Eu sou um cara que me cobro muito. As pessoas dizem que eu sou ponderado. Eu sou um cara pilhado, sou irrequieto, sempre procurando algo mais. Eu sou educado porque tive uma boa educação familiar, mas um cara muito competitivo, pois também fui educado de forma competitiva. Se eu perder e for no jogo, o cara foi melhor, aceito. Mas não queira tomar algo que eu tenha por direito. Essa responsabilidade trago muito comigo. Isso me moveu, mais o respeito ao clube e ao torcedor me moveu a estar na beira da torcida. Não fui ali por marketing, eu não sou marqueteiro. Sou um cara tímido. Não gosto muito de entrevistas coletivas: palavra. Se pudesse ficar só no trabalho de campo, eu evitaria [a entrevista coletiva]. Já pedi pra eles [assessoria] uma porrada de vezes pra ficar só uma vez por semana.

Você se esforça para ter uma boa relação com a imprensa e para evitar polêmicas?
Não forço, é o meu natural. Eu sou assim. Mas eu sou um cara muito preparado. O maior preparo é minha educação familiar, o meu berço. E depois, tem alguns detalhes: estou na bola desde os 16 anos jogando. […]
E eu não sou amigo de todo mundo. Tenho inimigos. É que eu não faço questão de expor de forma pública.

Está pronto para ganhar a Libertadores?
Não sei se está pronto, mas está se aprontando faz tempo. É a sétima Libertadores!

Esse discurso geral de minimizar a obsessão pelo torneio, tirar a pilha do torcedor, foi planejado por vocês?
Tirar a pilha do torcedor, não. Vamos ficar pilhados, mas priorizar o próximo passo. Isso, estrategicamente, a gente fez, sim. E essa já é a terceira Libertadores seguida.

Gostaria de treinar a seleção?
Eu gostaria de ser campeão da Libertadores com o Corinthians.

E de treinar a seleção?
Eu gostaria de ser campeão da Libertadores com o Corinthians.

Mas um dia, talvez?
Uma grande caminhada sempre se dá com o próximo passo, é um provérbio chinês.

Você passou por vários clubes. Por que treinar o Corinthians é diferente?
O Corinthians tem uma torcida que incentiva o tempo todo. Grandes clubes, Grêmio, Inter, Atlético, Palmeiras, em todos eu senti grande parte da torcida fechar com a equipe em alguns momentos ou na grande maioria da partida. Mas o tempo inteiro apoiando eu só vi no Corinthians. Por isso ela é diferente. Na hora do trabalho, me apoia; depois, me cobra.

Teme uma cobrança da torcida em caso de eliminação, como ocorreu contra o Tolima?
A única busca é respeito e integridade física. A manifestação democrática é do jogo. Da violência, não.

E você virou corintiano?
Amo aquilo que faço e me identifico muito com o clube onde eu estou. Quanto mais tempo a gente fica, quanto mais vitórias e reconhecimento, tu sente o calor humano das pessoas. É humano.

Por Rogerinho – Revista divulga times do coração de jornalistas esportivo

Galvão Bueno, Thiago Leifert, Luciano do Valle e muitos mais foram ‘descobertos’

FONTE – R7
tiago leifert magoadinho 700

O apresentador Thiago Leifert foi um dos desmascarados pela revista: é torcedor são-paulino

Não é comum um jornalista envolvido em coberturas esportivas revelar para qual time torce ou tem maior simpatia, salvo raras exceções, como o santista Milton Neves ou o corintianíssimo Chico Lang. Para os demais, a publicação de maio da revista Vip promete trazer muito incômodo.

A publicação traz uma matéria que divulga os times do coração dos principais cronistas esportivos do País, fato que já começou a gerar revolta dos envolvidos nas redes sociais.

Além dos já mundialmente conhecidos, a Vip revela, por exemplo, que os globais Galvão Bueno e Thiago Leifert são torcedores de Flamengo e São Paulo, respectivamente, e que Milton Leite, principal narrador da Sportv, e também ocasionalmente global, é ‘mais um louco do bando’ corintiano.
Mauro Cezar Pereira, profissional que trabalha na ESPN Brasil e que foi ‘entregue’ como torcedor do Flamengo, rebateu a revista pelo Twitter.

– A quantidade de imbecis que circulam por aí é argumento forte o bastante para que jornalistas sérios não falem a respeito [de seus times].

Antero Grecco, da mesma ESPN e do Estadão, endossou o companheiro de trabalho e classificou como “pauta velha e ridícula” a matéria da Vip.

Veja abaixo a lista completa e descubra se seu jornalista preferido torce pelo mesmo time que você.

Globo

Abel Neto – Santos
Arnaldo César Coelho – Flamengo
Caio Ribeiro – São Paulo
Casagrande – São Paulo
Cléber Machado – Santos
Fernanda Gentil – Flamengo
Galvão Bueno – Flamengo
José Roberto Wright – Fluminense
Luís Roberto – São Paulo
Mauro Naves – Corinthians
Milton Leite – Corinthians
Tiago Leifert – São Paulo

Band

Edmundo – Vasco
Luciano do Valle – Ponte Preta
Mauro Beting – Palmeiras
Milton Neves – Santos
Neto – Corinthians
Nivaldo Prieto – Palmeiras
Osmar de Oliveira – Corinthians

ESPN Brasil

André Kfouri – Corinthians
André Plihal – São Paulo
Antero Grecco – Palmeiras
Arnaldo Ribeiro – São Paulo
Cícero Melo – Fluminense
Fernando Calazans – Flamengo
Gian Oddi – Palmeiras
João Carlos Albuquerque – Santos
João Palomino – São Paulo
José Trajano – América-RJ
Juca Kfouri – Corinthians
Leonardo Bertozzi – Atlético-MG
Lúcio de Castro – Flamengo
Márcio Guedes – Botafogo
Mauro Cezar Pereira – Flamengo
Paulo “Amigão” Soares – São Paulo
Paulo Calçade – Corinthians
Paulo Vinícius Coelho – Palmeiras
Rodrigo Rodrigues – Flamengo

SporTV

Alberto Helena Jr. – São Paulo
Alex Escobar – Vasco ou América-RJ
André Lofredo – Corinthians
André Rizek – Corinthians
Carlos Cereto – Corinthians
Lédio Carmona – Vasco
Luis Carlos Jr. – Fluminense
Marcelo Barreto – Flamengo
Mauricio Noriega – Palmeiras
Paulo César Vasconcelos – Botafogo
Renato Mauricio Prado – Flamengo

 

Opinião Pessoal – E aê ICFUTISTAS, li essa relação mais não acredito que o Cléber Machado e Casagrande não são galinhas, não é possível, mais quem sou eu pra discutir com a pesquisa.