ICFUT – Liga Europa tem final entre Atlético Madrid x Atlético Bilbao

Fonte: Folha Online

Atlético de Madri vence e chega à sua 2ª final de Liga Europa

O Atlético de Madri derrotou o Valencia nesta quinta-feira, por 1 a 0, no estádio Mestalla, em Valência, pelo jogo de volta da semifinal da Liga Europa, e conseguiu uma vaga na final do torneio pela segunda vez em sua história.

A equipe da capital espanhola podia perder por até um gol de diferença já que havia vencido a partida de ida, no estádio Vicente Calderón, em Madri, por 4 a 2. Na final, vai enfrentar o Athletic Bilbao, que passou pelo Sporting. A decisão será em Bucareste, na Romênia, no dia 9 de maio.

Jose Jordan/France Presse
O meia brasileiro Diego (esq.), do Atlético de Madri, disputa bola com Ricardo Costa, do Valencia
O meia brasileiro Diego (esq.), do Atlético de Madri, disputa bola com Ricardo Costa, do Valencia

O único gol da partida foi marcado por Adrián López, aos 14min da segunda etapa. Os brasileiros Filipe Luis, Miranda e Diego foram titulares no time de Madri. Diego Alves e Jonas jogaram pelo Valencia.

O Atlético de Madri vai lutar pelo bicampeonato da competição. O time foi campeão na temporada 2009/10 quando derrotou os ingleses do Fulham na final.

A equipe de Diego Simeone foi a campo com a tática de prender a bola e deixar o tempo passar. Mas o time visitante não conseguiu nem mesmo cumprir o seu papel de manter a posse. O primeiro tempo foi todo do Valencia, que impôs o seu ritmo e dominou a partida por completo. Só faltou o detalhe principal: o gol.

Os mandantes apostaram nas jogadas pelas laterais. Porém, apesar da pressão e de tantas bolas jogadas na área, falhou no passe final e nas conclusões. E quando conseguiu acertar o alvo, como aos 21min, com Jonas, parou no goleiro Courtois.

Jogadores do Athletic Bilbao comemoram classificação para a final da Liga Europa depois de vitória por 3 a 1 sobre o Sporting de Lisboa, em casa

O Atlético de Madri só conseguiu assustar em seus raros contra-ataques. Foram apenas dois na primeira etapa. Isso porque o meio de campo não funcionou e a bola não chegou até o atacante Falcão. Dessa forma, foram só dois chutes a gol antes do intervalo, contra sete do Valencia.

No intervalo, Simeone sacou Mario Suárez e colocou Gabi. Emery respondeu ao substituir Jonas por Arduriz e Canales por Mathieu. O time da casa caiu de rendimento em relação ao primeiro tempo e os visitantes souberam aproveitar. Aos 14min, Adrián López recebeu passe pela direita e chutou forte para marcar um golaço.

O Valencia sentiu o golpe e não conseguiu se recuperar. A equipe visitante ainda teve chance para ampliar com o atacante Falcão. No fim da partida, o meia português Tiago foi expulso e será desfalque na final.

No fim, Athletic Bilbao elimina Sporting e fará final espanhola

Um dia depois de presenciar a eliminação dos seus dois maiores times na Copa dos Campeões, a Espanha pode comemorar. O Athletic Bilbao superou os portugueses do Sporting por 3 a 1, em casa, e fará uma final totalmente espanhola da Liga Europa com o Atlético de Madri.

O time basco, comandado pelo argentino Marcelo Bielsa e que já havia eliminado Manchester United e Schalke 04, volta a uma decisão europeia depois de 35 anos. Na ocasião, os espanhóis foram derrotados pelos italianos da Juventus pela então Copa da Uefa, antecessora da atual Liga Europa.

A final vai acontecer dia 9 de maio, em Bucareste, na Romênia. Além disso, o Athletic Bilbao disputará, dia 25 de maio, a decisão da Copa do Rei, contra o Barcelona.

Depois de perder o primeiro jogo da semifinal por 2 a 1, de virada, em Lisboa, os bascos precisavam da vitória a qualquer custo em casa. Por isso partiram em busca de gols. Com seu estilo característico, de muita movimentação, troca de passes e pressão sobre a saída de bola portuguesa, passou a empurrar o Sporting para o seu campo de defesa.

A saída encontrada pelo treinador Ricardo Sá Pinto foi fazer uma marcação individual nas principais peças do adversário. Mas não há marcação que resista à individualidade aliado ao jogo coletivo. Desta maneira, os donos da casa abriram o marcador aos 17min.

Boa trama que começou com Ander Herrera, passou por Muniain e chegou até Llorente. O centroavante ajeitou com o peito para o chute certeiro de Susaeta.

Com o gol, a partida mudou de figura. Os visitantes passaram a pressionar em busca do empate, surpreendendo os anfitriões. Isso resultou no empate, que veio no fim da primeira etapa, quando Van Wolfswinkel aproveitou o bate e rebate e chutou para igualar.

Mas a felicidade portuguesa durou pouco. Alguns segundos só. Foi o tempo necessário para que Llorente, em outra bela assistência, deixasse Ibai Gómez na cara de Rui Patrício e recolocar os bascos na frente do placar, aos 46min.

O Athletic Bilbao voltou melhor para a etapa final. Na tentativa de evitar a prorrogação, os donos da casa buscavam triangulações para envolver os jogadores do Sporting. Nos primeiros minutos, uma blitz basca quase resultou no terceiro tento. Susaeta obrigou Rui Patrício a grande defesa e Javi Martinez mandou na trave.

Insúa respondeu e também acertou o poste de Iraizoz.

Mas à medida que os minutos iam passando, maior era o temor das duas equipes. Os ataques, então, rarearam, tornando a partida monótona.

Porém, no fim, aconteceu o gol salvador. Aos 43min, grande jogada de Ibai Gómez, que entortou João Pereira e cruzou, retribuindo a assistência para Llorente marcar o tento da classificação para a final da Liga Europa. Festa incrível nas arquibancadas do San Mamés.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s