ICFUT – LINK AO VIVO PARA OS JOGOS DECISIVOS DOS ESTADUAIS 2012

LINK AO VIVO PARA OS JOGOS DECISIVOS DOS ESTADUAIS 2012 – CLIQUE AQUI !!!

22/04/12 16h00 Bahia x Vitória da Conquista Baiano
22/04/12 16h00 Corinthians x Ponte Preta Paulista
22/04/12 16h00 Santos x Mogi Mirim Paulista
22/04/12 16h00 Joinville x Figueirense Catarinense
22/04/12 16h00 Flamengo x Vasco Carioca
22/04/12 16h00 Coritiba x Atlético-PR Paranaense
22/04/12 16h00 Naútico x Sport Pernambucano
22/04/12 16h00 Vila Nova x Goiás Goiano
22/04/12 16h00 Tupi x Atlético-MG Mineiro
22/04/12 16h00 Internacional x Veranópolis Gaúcho
22/04/12 18h30 Guarani x Palmeiras Paulista
22/04/12 18h30 América-MG x Cruzeiro Mineiro
22/04/12 18h30 Avaí x Chapecoense Catarinense

ICFUT – Vasco x Flamengo – Semi Final da Taça Rio 2012

Fonte: Gazetaesportiva.net

Em momentos distintos, Fla e Vasco se reencontram no Engenhão

Depois de duas partidas muito polêmicas na temporada, Flamengo e Vasco se reencontram neste domingo, às 16 horas (de Brasília), no Engenhão, em confronto válido pelas semifinais da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. A expectativa é de um duelo cercado de muita rivalidade e com direito a uma grande dose de emoção. Se ao fim dos 90 minutos o choque estiver empatado, o ganhador sairá nas cobranças de pênaltis.

Os dois times duelaram nas semifinais da Taça Guanabara, primeiro turno do Estadual. O Vasco ganhou de virada, por 2 a 1, e a partida ficou marcada pelo incrível gol perdido pelo atacante flamenguista Deivid. A torcida do Cruz-maltino passou ironicamente a gritar o nome do atleta e a provocar o rival.

Já na fase de classificação da Taça Rio, o Flamengo ganhou por 2 a 1 com um gol de pênalti no último minuto. Os vascaínos protagonizaram uma revolta generalizada após o jogo, deixando a vez para o deboche dos rubro-negros. A rivalidade começou já durante a semana, com o atacante Vagner Love provocando os vascaínos.

“Acredito que o jogo vai ser resolvido ao longo dos 90 minutos e a favor do Flamengo. Quando era torcedor sempre gostava de ganhar do Vasco, pois tinha ‘gozação’ com a torcida. É um gostinho a mais e vou ficar muito feliz se puder chegar a esta decisão de Taça Rio”, afirmou o Artilheiro do Amor.

Já o vascaíno Alecsandro acredita que sua equipe tem boas chances de sair com a vitória se repetir o que fez na semifinal da Taça Guanabara. “Cabe ao Vasco procurar se impor desde os primeiros minutos para impedir que o Flamengo consiga fazer seu estilo de jogo sobressair. Temos que lembrar que as duas equipes já se enfrentaram duas vezes esse ano com resultados distintos. Temos que aproveitar o que fizemos de bom naquela vitória e aprimorar – disse o centroavante.

Além de repetir a estratégia da Taça Guanabara, os vascaínos não querem cair no erro de provocar o rival e por isso sempre que perguntados falam na expectativa de um clássico bem equilibrado. “Acredito sinceramente em um clássico muito equilibrado, como foram os outros dois entre Vasco e Flamengo neste Campeonato Carioca. Ganhamos na Taça Guanabara porque conseguimos manter a concentração ao longo dos 90 minutos. Isso precisa servir de exemplo para conseguirmos a classificação novamente”, afirmou o goleiro Fernando Prass.

Com a experiência de quem já conquistou o título carioca por oito vezes, o técnico Joel Santana segue mais a linha dos atletas vascaínos e também prefere não cutucar o rival. Parte do elenco rubro-negro, como o goleiro Felipe, entendeu o recado. Até porque o clube que vive o lado mais tenso neste momento é o Flamengo, que está em crise desde a precoce eliminação na fase de grupos da Copa Libertadores. Derrotar o Vasco significa impedir que a Gávea se transforme em um caldeirão.

“Seria muito ruim ficar quase um mês sem jogar e por isso não podemos pensar em perder para o Vasco. Eles ainda estão na Libertadores e nós fomos eliminados. Se perdermos, só voltaremo a atuar no Campeonato Brasileiro e até lá teremos que conviver com cobranças e com um clima ruim. Portanto, o foco é em um triunfo neste domingo”, disse Felipe.

Os dois treinadores fazem mistério em relação à escalação. Joel Santana com certeza vai promover mudanças no time. A tendência é que o volante Kléberson ganhe a vaga de Willians, vetado por conta de um estiramento muscular na coxa esquerda. Já o meia argentino Darío Bottinelli será barrado para a entrada de Renato Abreu, o que reforçaria a defesa, a deixando o time menos vulnerável.

Se o Flamengo aposta na defesa, Cristóvão deverá armar um time mais ofensivo, com Diego Souza atuando no meio-campo e Eder Luis e Alecsandro formando a dupla de ataque. O lateral direito Fagner, o zagueiro Rodolfo e os volantes Fellipe Bastos e Eduardo Costa, todos suspensos pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) pelos incidentes no último encontro com o Flamengo, estão liberados por meio de um efeito suspensivo. Existe uma dúvida no meio, onde Allan e Juninho Pernambucano disputam a preferência do comandante.

Ainda sem empolgar, clássico carioca tem 11.935 ingressos vendidos

Ainda sem empolgar os torcedores, já foram vendidos 11.935 ingressos para o clássico entre Vasco e Flamengo, às 16h (de Brasília) deste sábado, no Engenhão, que decidirá um finalista da Taça Rio. A comercialização dos bilhetes continua neste domingo no site da Ingresso Fácil e em todos os postos de venda até as 13h, exceto no estádio do Engenhão, onde a venda permanece até o término do primeiro tempo da partida .

Cada torcedor só poderá comprar até três ingressos, sendo uma de meia (mediante a apresentação do documento) e duas inteiras. Sócios do Vasco com mensalidade em dia tem direito a compra de meia-entrada.

Aqueles com direito a gratuidade (menores de 12 anos acompanhados de responsáveis, deficientes físicos e idosos maiores de 65 anos) terão que acessar o estádio uma hora antes da partida. Após esse horário, estará encerrada a troca de gratuidades.

Veja abaixo o valor dos ingressos:

Setor Norte: R$ 30,00 inteira / R$ 15,00 meia – Torcida do Vasco
Setor Oeste Superior: R$ 40,00 inteira / R$ 20,00 meia – Torcida do Vasco
Setor Oeste Inferior: R$ 60,00 inteira / R$ 30,00 meia – Torcida do Vasco
Setor Sul: R$ 30,00 inteira / R$ 15,00 meia – Torcida do Flamengo
Setor Leste Superior: R$ 40,00 inteira / R$ 20,00 meia – Torcida do Flamengo
Setor Leste Inferior: R$ 60,00 inteira / R$ 30,00 meia – Torcida do Flamengo

Postos de venda:

Av. Borges de Medeiros, 997 – Gávea (somente para sócios do Flamengo)
Bilheteria nº. 05 de São Januário (somente para sócios do Vasco)
Bilheterias da Gávea (Praça N. S. Auxiliadora, s/nº)
Bilheteria nº. 09 de São Januário
Bilheterias do Engenhão – Sul (Flamengo) – Oeste (Vasco) (exceto na quarta e no sábado)
Av. Teixeira de Castro, 54 – Bonsucesso
Bilheterias do São Cristóvão F.R
Bilheterias do Estádio Guilherme da Silveira (Moça Bonita)
Bilheterias do Ginásio do Tijuca Tênis Clube
Shopping Popular – Rua São João, nº. 75 – Niterói
FlaShop Centro – Rua da Quitanda 87 (somente ingressos inteiros)
Social Clube – Rua Juiz Moacyr Marques Morada, 106 – São João de Meriti

Efeito suspensivo fará quarteto vascaíno enfrentar o Flamengo

O Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) anunciou nesta sexta-feira que os quatro jogadores do Vasco, punidos no meio desta semana após confusão no último confronto com o Flamengo, poderão estar em campo nas semifinais da Taça Rio. Com isso, Rodolfo, Fellipe Bastos, Fagner e Eduardo Costa estão confirmados no time titular do técnico Cristóvão Borges.

O quarteto cruz-maltino foi punido em primeira instância após um entrevero com o árbitro do último clássico com o Rubro-Negro. Osjogadores partiram para cima do juiz para reclamar da marcação de um pênalti nos minutos finais do duelo e exageraram nas reclamações.

O departamento jurídico do clube de São Januário entrou com o pedido de efeito suspensivo nesta sexta-feira, No julgamento realizado na quarta-feira, Eduardo Costa e Rodolfo foram suspensos por oito jogos, enquanto Fagner e Fellipe Bastos foram punidos com seis partidas. Os dois primeiros ainda foram multados em R$ 15 mil, e os outros dois em R$ 5 mil.

O Vasco recebeu multa de R$ 32.400 mil e perdeu o mando de campo por quatro jogos pelas cadeiras atiradas por torcedores no gramado, punição que só será cumprida em 2013 caso seja confirmada a condenação. Todas essas penas estão suspensas até que aconteça o julgamento do recurso, no Pleno do TJD/RJ, em data a ser marcada.

O departamento jurídico do Vasco também entrou com um Mandado de Garantia com Pedido de Liminar para que Marcelo Vianna, diretor de competições da Ferj, e Jorge Fernando Rabello, presidente da Comissão de Arbitragem da Ferj, informem se os jogadores chegaram a ser expulsos ou não no clássico com o Flamengo.

A partida entre os cariocas está marcada para este domingo, às 16 horas (de Brasília), no Engenhão. O vencedor enfrentará o classificado de Bangu e Botafogo na decisão do segundo turno do Campeonato Carioca. O campeão desta fase do torneio medirá forças com o Fluminense na grande final da competição.

ICFUT – Quartas de Final do Paulistão 2012 – Notícias

São Paulo FC aguarda o Vencedor de SANTOS X MOGI MIRIM que jogam hoje as 16:00 hs na Vila Belmiro

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 4 x 1 BRAGANTINO

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 21 de abril de 2012, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Renda:  R$ 828.845,00
Público:  25.555 pagantes
Árbitro: Wilson Luiz Seneme
Assistentes: Herman Brumel Vani e Danilo Ricardo Simon Manis
Assistentes adicionais: Marcelo Aparecido de Souza e Marcelo Rogério
Cartões amarelos: Paulo Miranda e Luis Fabiano (São Paulo); Wellington, Eder, Luiz Henrique e Victor Ferraz (Bragantino)
Gols: 
SÃO PAULO: Fernandinho, aos 18 minutos do primeiro tempo; Luis Fabiano, aos sete e aos 23, Osvaldo, aos 38 minutos do segundo tempo.
BRAGANTINO: Júnior Lopes, aos 19 minutos do segundo tempo

SÃO PAULO: Dênis; Piris, Rhodolfo (João Filipe), Paulo Miranda e Cortez; Denilson, Cícero e Jadson (Casemiro); Fernandinho, Lucas (Osvaldo) e Luis Fabiano Técnico: Emerson Leão

BRAGANTINO: Rafael Santos; Júnior Lopes, André Astorga, Luiz Henrique (Léo Jaime) e Eder; Serginho, Cambará (Wellington), Victor Ferraz e Fernando Gabriel; Romarinho (Paulo Roberto) e Giancarlo Técnico: Marcelo Veiga.

 

Mogi Mirim EC – Fonte: Site Oficial do Clube

Presidente do Mogi Mirim crê em sucesso na Vila Belmiro

id_23053_wilson_bonetti

Na sede da Federação Paulista de Futebol nesta terça-feira, em virtude do Conselho Técnico das quartas de final do Paulistão Chevrolet 2012, o presidente do Mogi Mirim, Wilson Bonetti, mostrou-se bastante satisfeito com o desempenho do seu clube na competição e concedeu entrevista ao site oficial da FPF.

Apesar de enfrentar o badalado Santos na sequência do certame, não falta otimismo para o dirigente. “O nosso desempenho foi o melhor esperado e queremos manter o nível para que consigamos surpreender o Santos. É muito difícil, trata-se de um dos melhores times do Campeonato Paulista, mas nada é impossível”, disse Bonetti.

Embora reconheça o poderio do adversário, Wilson Bonetti acredita que o Mogi Mirim reúne condições de chegar à semifinal. “Tem que acreditar sempre, do contrário não tem porque estar competindo. Nossa campanha foi acima do esperado, mas dentro do programado, que era a classificação”, reiterou o mandatário, realçando que o objetivo inicial já foi alcançado. “O objetivo a princípio era a vaga à Série D, pois precisamos de um calendário anual para poder manter o clube vivo, com uma facilidade maior para contratações”, concluiu.

Santos e Mogi Mirim se enfrentam neste domingo, às 16h, na Vila Belmiro. O adversário do vencedor na semifinal sairá do confronto entre São Paulo e Bragantino, um dia antes, no Morumbi.

Crianças visitam o Mogi Mirim e ajudam a tirar a tensão dos jogadores

Nesta quinta-feira, 19, 72 alunos do Colégio Imaculada, que fazem parte do Pré II, com idade entre 5 e 6 anos, visitaram o estádio Romildo Vitor Gomes Ferreira e foram recepcionados pelos jogadores e comissão técnica do Mogi Mirim EC.

As crianças jogaram bola, posaram para fotos, ganharam autógrafos, conheceram o estádio e levaram lembranças para casa.

A professora Viviane explicou que a visita ao clube “foi incorporada ao projeto que estamos desenvolvendo com elas e que vai ensinar o que é o futebol”. Os alunos que estiveram no estádio nesta quinta-feira fazem parte de quatro turmas, sendo acompanhados pelas professoras Luciana, Alessandra e Erika, além das auxiliares Ana Elisa e Irani, da coordenadora Sandra e do segurança Flávio.

Para o técnico Guto Ferreira “a visita das crianças numa semana decisiva como esta só vai nos ajudar, pois é energia positiva pura”. O zagueiro Tiago Alves, capitão da equipe, agradeceu a visita e reafirmou as palavras do treinador ao dizer que “eles quebraram um pouco da nossa tensão. Foi muito bom”, cocluiu.

As fotos da visita dos alunos do Colégio Imaculada ao Mogi Mirim, podem ser vistas e compartilhadas no face: mogimirim ec.

Outras escolas serão convidadas ao longo do ano.

 
Santos FC –  Fonte: Site Oficial do Clube

Ingressos para Santos FC x Mogi Mirim seguem à venda neste domingo (22) na Vila Belmiro; restam 771 entradas

21/04/2012 19h23
Santosfc.com.br

O confronto contra o Mogi Mirim vale uma vaga nas semifinais do Paulistão

O Santos FC enfrenta o Mogi Mirim em partida válida pelas quartas de final do Campeonato Paulista, na Vila Belmiro, neste domingo (22), a partir das 16 horas. As vendas acontecem das 10 às 16 horas, ou até o término dos ingressos, nas bilheterias do Urbano Caldeira. As vendas para sócios do clube através do sitewww.sociorei.com.br estão encerradas.

Ainda restam ingressos para arquibancadas e cadeiras de fundo.

OBSERVAÇÃO: Por ocasião da troca do sistema que atende o Clube, extraordinariamente para esta partida contra o Mogi-Mirim, parte dos associados encontrou dificuldades para comprar os ingressos no site www.sociorei.com.br. As equipes de técnicos do Santos FC e da CSU, nova parceira do Clube na gestão dos associados, estão trabalhando em plantão ininterrupto para realizar toda a migração – são mais de 50 mil sócios – e regularizar a situação já nos próximos dias. Assim que estiver em pleno funcionamento, o novo sistema de sócios colocará o Santos FC como um dos clubes mais modernos do mundo nesta área. A diretoria pede desculpas pelas dificuldades momentâneas e garante que, em pouco tempo, os associados terão muito o que comemorar com a ativação do programa Sócio Rei.

Preço dos ingressos

Arquibancadas: R$ 40,00 (meia R$ 20,00)

Cadeiras de fundo: R$ 80,00 (meia R$ 40,00)

Arquibancada térrea lateral (antigo setor Visa): R$ 40,00 (meia R$ 20,00)

Meia-entrada

A meia-entrada pode ser comprada por estudantes e aposentados, desde que apresentem os devidos documentos de identificação, tanto na compra quanto ao entrar no estádio.

Crianças

De acordo com o Estatuto do Torcedor, criança de qualquer idade paga ingresso.

Cadastro de torcedores

Em atendimento à lei 14.590, que prevê identificação dos frequentadores de partidas de futebol, o Santos FC está realizando o cadastro dos torcedores no momento da compra. Uma vez realizado o cadastro, não será necessário repetir para as demais partidas. Sócios do clube não precisam realizar.

Para maior conforto do torcedor, o Clube disponibiliza link para que o cadastro possa ser feito de maneira antecipada pela internet: clique para fazer o cadastro .

Donos de cadeira e camarotes

Sócios donos de cadeira e camarotes não precisam reservar ingresso.

Torcida visitante

A torcida visitante entrará pelo portão 21 (Rua José de Alencar). Haverá venda de ingressos em Mogi Mirim.

Henrique foca preparação para semana decisiva pelo Paulista e pela Libertadores

Bruno Giufrida

Volante diz que foco da equipe tem que sair ainda maior nas decisões da Libertadores e do Paulista

O Santos FC começa a viver um momento decisivo neste mês do Centenário. No domingo (22), às 16 horas, o Peixe tem pela frente as quartas de final do Campeonato Paulista, em jogo único contra o Mogi Mirim. Para o volante Henrique, a preparação e a recuperação do desgaste dos últimos desafios é fundamental para o triunfo necessário no confronto na Vila Belmiro.

“É um jogo difícil, no qual a gente tem que estar 100% preparado. Sabemos que o Mogi Mirim é uma equipe muito rápida, que toca muito bem a bola e tem um ataque forte”, afirmou.

Além disso, Henrique disse que o time santista deve estar bem psicologicamente para poder superar os desafios desta semana decisiva – além do Mogi Mirim, o Santos FC enfrenta o Bolívar (Bolívia) pelas oitavas de final da Copa Libertadores, na próxima quarta-feira (25), às 21h50 (horário de Brasília), no Estádio Hernando Siles, em La Paz (Bolívia).

“Nós temos que colocar na cabeça que todos os jogos a partir de agora são finais. São jogos decisivos. Sabemos de todas as dificuldades, mas nós temos que superá-las. Temos que cuidar bem do psicológico e se recuperar da melhor forma possível para chegarmos bem nos confrontos e darmos um passo importante nas duas competições”, destacou.

Acompanhe o Santos FC nas mídias sociais:
Orkut: www.orkut.com.br/santosfc
Facebook: www.facebook.com/santosfc
Youtube: www.youtube.com/santostvoficial
Flickr: www.flickr.com/santosfc
Twitter: @santosfc | @santosfcaovivo | @multiplicacao

Guarani FC – Site Oficial do Clube

Ingressos para torcida visitante estão esgotado

Autor: Acauã Rodrigues – Assessor de Imprensa / Foto por:

 Os ingressos que estavam disponíveis para torcida do Palmeiras, nas bilheterias do time visitante do estádio Brinco de Ouro, estão esgotados. As 2 mil entradas foram vendidas logo no primeiro dia de vendas, nesta quinta-feira, dia 19 de abril. A outra metade da carga de ingressos ficou na cidade de São Paulo, à pedido e sob responsabilidade do time visitante.

Fonte: Futebolinterior.com.br

Guarani x Palmeiras – Tabu de quase 20 anos e 1978 inspiram Bugre!

Após quase cair à Série C, o Bugre vive uma nova realidade e sonha com título

Campinas, SP, 21 (AFI) – Depois de supreender na 1ª fase do Campeonato Paulista Chevrolet, o Guarani quer provar que sua boa campanha não é fogo de palha. E, para mostrar que vive uma nova fase, busca uma classificação inimaginável há quatro meses. O obstáculo é o pressionado Palmeiras, neste domingo, às 18h30, no Estádio Brinco de Ouro, em Campinas.

O clima no Guarani é de motivação e confiança. Afinal, depois de quase duas décadas, o time de Campinas vislumbra uma chance real de terminar entre os quatro primeiros colocados do Paulista. A última vez que o clube terminou entre os quatro melhores do Estadual foi em 1993, quando era dirigido por Flamarion e tinha como estrelas o meia Tiba e os atacantes Luisão e Edu Lima.

Bugre venceu na 1ª fase

Naquela oportunidade, porém, a 2ª fase era disputada no formado de quadrangular e não houve semifinal. Líderes em seus grupos nos quadrangulares, Palmeiras e Corinthians fizeram a final vencida pelos palmeirenses. Desde então, a melhor colocação dos campineiros foi um quinto lugar em 1998.

Momentos opostos
Motivos para tanta confiança não faltam. O Guarani foi o intruso no G4, ao terminar a 1ª fase na quarta colocação, com 36 pontos. Tirou justamente o Palmeiras, levando vantagem no número de vitórias: 11 a 10. Além disso, na fase anterior, o clube conseguiu bater o adversário deste domingo, por 3 a 1, com propriedade.

O Verdão vive seu pior momento na temporada. Após chegar a 21 jogos de invencibilidade, o time palestrino está em queda livre. Depois de ter a série positiva quebrada pelo Corinthians, o time acumulou uma vitória, um empate e três derrotas. Números suficientes para instalar nova nuvem negra sobre o clube.

Uma eliminação precoce no Paulistão, diante de um clube do Interior, deve piorar ainda mais o ambiente tenso. Até mesmo o técnico Luiz Felipe Scolari pode ficar com seu cargo ameaçado. Algo impensável durante a boa fase do final de 2011 e o início deste ano.

Muito tumulto nas bilheterias palmeirenses

Casa cheia e história
A possibilidade de se classificar a uma semifinal, após tantas campanhas fracassadas, empolgou a torcida bugrina. A diretoria do clube campineiro colocou à venda um total de 25.100 ingressos – sendo 4.200 aos palmeirenses – aos valores de R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia). A expectativa é de que compareça um púlico de 20 mil pessoas, apesar das chuvas.

Apesar do ambiente festivo, quando a bola rolar, a partida terá cara de final. O time campineiro espera repetir o feito de 1978, quando conquistou o título brasileiro justamente em cima do Palmeiras. Foram duas vitórias, por 1 a 0, com gols de Zenon e Careca.

Em toda história, no entanto, a vantagem é grande em favor do Verdão. Até hoje, foram realizados 183 confrontos, com 94 vitórias palmeirenses, 48 empates e 41 vitórias bugrinas. O time da Capital anotou 318 gols e sofreu 197 tentos.

Vadão espera jogo duro

Outra conversa
Apesar da vitória sobre o Palmeiras, na 1ª fase, o técnico Osvaldo Alvarez, o Vadão, descarta a repetição daquele jogo realizado no dia 8 de abril. Na visão dele, nesta fase de decisiva o jogo será outro. “O Palmeiras vem com outra motivação. Eles vão encarar de uma maneira totalmente diferente”, explicou. “O que podemos guardar daquela vitória é que é possível vencê-los”, completou.

Ao contrário do que a maioria dos treinadores fazem às vésperas de jogos decisivos, Vadão descartou fazer mistério na escalação. “Não tenho nada para esconder. Não vamos mexer na formação que tem dado certo. Talvez o Palmeiras faça isso, por ter um leque de opções maior”, argumentou.

O único desfalque será o volante e capitão o Wellington Monteiro, que passou por cirurgia no joelho direito, após romper um dos ligamentos cruzados. A vaga segue sendo ocupada por Willian Favoni, que já atuou no empate sem gol contra o Botafogo, quarta-feira. O zagueiro Domingos, que sofreu uma pancada no abdômen no mesmo jogo, chegou a ser poupado no treino de sexta, mas não é problema.

Felipão esconde o time

Mistério total
O técnico Luiz Felipe Scolari resolveu mesmo adotar o mistério no Palmeiras. Até as informações oficiais, como a lista de jogadores concentrados, podem tentar passar uma mensagem diferente da real. O treinador fechou os treinos de quarta e quinta-feira à tarde. Nesta sexta-feira, permitiu que a imprensa acompanhasse a atividade vespertina, que teve apenas trabalhos táticos e técnicos. Desta forma, não há nenhuma indicação de qual será o time.

Na lista de relacionados está Maikon Leite, que sofreu uma lesão no último jogo do Palmeiras, domingo passado, contra o Comercial. Por outro lado, Ricardo Bueno não está na lista de jogadores que viajarão a Atibaia, onde a equipe vai ficar concentrada até domingo. Isso seria um indicativo de que Maikon Leite não teria problemas para jogar, a ponto de Felipão abrir mão de mais um reserva além de Vinicius.

Outros dois jogadores que eram dúvida, porque estão voltando de lesão, Valdivia e Luan também não constam entre os jogadores relacionados. Já Tinga e Artur ficam de fora por opção do treinador. Escolhido para conceder entrevista coletiva nesta sexta-feira, o zagueiro Henrique confirmou o clima de mistério até para o elenco. “Só vamos saber quem vai jogar na hora do jogo, mas estão todos preparados. Não sei como o time vai jogar e nem que atletas vão entrar em campo”, garantiu ele.

A única coisa que o zagueiro revelou é a preocupação com a marcação pelo alto. “Não estamos só nos preocupando com a bola parada, mas claro que trabalhamos isso para acertar. A gente vem tomando muitos gols em bola alta e não podemos mais errar”, destacou.

SE Palmeiras – Site Oficial do Clube

Em Atibaia, elenco realiza último teste antes das quartas

O elenco palmeirense realizou neste sábado (21), em Atibaia, o último preparativo antes de encarar o Guarani – a partida acontece às 18h30 deste domingo (22), no estádio Brinco de Ouro, em Campinas. O técnico Luiz Felipe Scolari comandou um trabalho de posicionamento e em seguida um descontraído recreativo.

A delegação palmeirense concentrou um dia antes, na noite desta sexta-feira (20), e segue de Atibaia direto para Campinas neste domingo.

Foram relacionados 19 jogadores:

Deola e Bruno [goleiros]

Cicinho e Juninho [laterais]

Henrique, Leandro Amaro, Maurício Ramos e Román [zagueiros]

Chico, Márcio Araújo, Marcos Assunção e João Vitor [volantes]

Daniel Carvalho, Patrik e Carmona [meias]

Maikon Leite, Barcos, Fernandão e Vinícius [atacantes]

ESTATÍSTICAS

Histórico dos confrontos entre Palmeiras x Guarani

Geral: 183 jogos

94 vitórias do Palmeiras [ 317 gols ]

47 empates

42 vitórias do Guarani [ 198 gols ]

No Campeonato Paulista: 122 jogos

64 vitórias do Palmeiras [ 220 gols ]

36 empates

22 vitórias do Guarani [ 127 gols ]

>> Atuando como visitante no retrospecto geral, o Palmeiras tem vantagem sobre o Guarani. Em 93 partidas, foram 38 vitórias, 25 empates e 30 derrotas. O time marcou 146 gols e sofreu 120.

>> O primeiro jogo da história entre os dois clubes ocorreu em Campinas, no dia 12 de novembro de 1916, no antigo estádio Hipódromo Campineiro. A partida amistosa terminou empatada em 0x0, e o Palestra Itália atuou com: Migliari; Grimaldi e Flosi; Ítalo, Bianco e Fabbi; Cestari, Heitor, Picagli, Savério e Morelli. O técnico era o próprio jogador Bianco.

>> Primeiro jogo da história entre os dois clubes pelo Campeonato Paulista. 12/06/1927: Palestra Itália 1 x 1 Guarani, em Campinas.

>> O primeiro jogo da história entre os dois clubes no estádio Brinco de Ouro da Princesa foi disputado no dia 10 de janeiro de 1954, pelo Campeonato Paulista, e o Palmeiras venceu por 2×1, gols de Wladir (contra) e Humberto. O Verdão foi a campo com: Oberdan; Salvador e Juvenal; Waldemar Fiúme, Gérsio e Dema; Moacir, Humberto, Liminha, Jair Rosa Pinto e Rodrigues. O técnico era Cláudio Cardoso.

>> Guarani e Palmeiras se enfrentaram na penúltima rodada do Paulistão deste ano, em Campinas, e o Guarani venceu por 3×1, gols de Neto, Fumagalli e Bruno Mendes (G), e Barcos, de pênalti (P). O Guarani foi a campo com Juliano; Oziel, Neto (André Leone), Domingos e Bruno Recife; Wellington Monteiro, Fábio Bahia, Danilo Sacramento e Fumagalli (Thiaguinho); Fabinho (Max Pardalzinho) e Bruno Mendes. Já o Palmeiras atuou com Deola; Cicinho, Leandro Amaro, Henrique e Gerley (Chico); Márcio Araújo, Marcos Assunção, João Vítor, Wesley (Maikon Leite) e Daniel Carvalho (Patrik); Barcos.

>> Últimas partidas entre os dois clubes:

08/04/12 – Guarani 3 x 1 Palmeiras – Paulista

07/11/10 – Palmeiras 1 x 0 Guarani – C.Brasileiro

22/08/10 – Guarani 0 x 0 Palmeiras – C.Brasileiro

28/02/09 – Palmeiras 1 x 0 Guarani – C.Paulista

09/02/08 – Palmeiras 3 x 1 Guarani – C.Paulista

08/02/06 – Guarani 1 x 1 Palmeiras – C.Paulista

17/04/05 – Palmeiras 1 x 1 Guarani – C.Paulista

20/11/04 – Palmeiras 0 x 2 Guarani – C.Brasileiro

>> As maiores goleadas do Palmeiras no confronto aconteceram em um amistoso em 1945 [8×1, em Campinas] e no Paulistão de 1955 [7×1, no Palestra]. Já a maior goleada do Guarani aconteceu no Paulistão de 1952 [5×1, em Campinas].

>> Curiosidades: O placar de 1×0 é o mais comum entre Palmeiras e Guarani: aconteceu em 35 dos 182 jogos da história, seguido pelo placar de 2×1, que aconteceu 24 vezes. Já o resultado por três gols ou mais de diferença aconteceu em 20 ocasiões.

Corinthians – Site Oficial do Clube

Ingressos

Timão x Ponte Preta: 22 mil ingressos vendidos

Amanhã, a venda será feita somente no Pacaembu

Até o final da tarde deste sábado (21), foram vendidos 22 mil ingressos para a partida entre Corinthians e Ponte Preta, que acontece neste domingo (22), às 16h, no estádio do Pacaembu. O confronto é valido pelas quartas de final do Campeonato Paulista.

Somente o setor Arquibancada Principal está esgotado. No dia do jogo, a venda será feita das 10h às 16h somente no estádio do Pacaembu.

Para mais informações, clique no link.

Vai ao Pacaembu amanhã? Clique aqui e confirme sua presença!

Retrospecto: Corinthians x Ponte Preta

O Corinthians enfrenta a Ponte Preta neste domingo (22), às 16h, no estádio do Pacaembu. A partida é válida pelas quartas de final do Campeonato Paulista de 2012. No resumo histórico do confronto, o alvinegro do Parque São Jorge tem ampla vantagem em relação ao adversário: foram 126 jogos, 74 vitórias, 30 empates, 22 derrotas, 237 gols pró e 125 contra.

O primeiro jogo entre Corinthians e Ponte Preta foi realizado no início do século passado. Em 17 de setembro de 1911, a partida amistosa foi disputada na praça Pedro II, centro de Campinas (SP), onde o Timão venceu por 1 a 0.

O último duelo entre Corinthians e Ponte Preta aconteceu no domingo passado (15), quando o Corinthians venceu a Ponte Preta por 2 a 1, com gols do zagueiro Chicão e do lateral Welder. A partida foi realizada no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

No Pacaembu

No Pacaembu, Corinthians e Ponte se enfrentaram 35 vezes. O Timão conquistou 26 vitórias, além de ter empatado cinco jogos e perdido outros quatro. Os corinthianos marcaram 70 gols e sofreram 24.Campanha absoluta em 2012

Após 27 jogos na temporada 2012, a equipe corinthiana tem um aproveitamento 73%. Foram 18 vitórias, sete empates, duas derrotas, 43 gols pró e 16 contra.

AA Ponte Preta – Fonte: Site Oficial do Clube

Na manhã deste sábado, elenco fez último treino antes da decisão e Roger ressalta: a quarta-de-final é o jogo que pode mudar a vida de um atleta

Atacante diz que todo mundo quer uma vaga no time para enfrentar o Corinthians

 A Ponte Preta realizou na manhã deste sábado, no Majestoso, o último treino antes de enfrentar o Corinthians pelas quartas-de-final do Campeonato Paulista 2012. Animado para a batalha, o atacante Roger destaca que é uma partida pela qual todo o elenco está esperando a chance de fazer o melhor. “É o jogo que todos querem jogar, é a chance que temos para ir à semifinal. Todo mundo quer atuar e é uma briga para ir para a concentração. Esta partida pode mudar a vida de um atleta”, destaca.

 O jogador afirma que o obstáculo a ser vencido é grande, mas acredita que é possível, sim, repetir a façanha da própria Ponte no ano passado, quando venceu o Corinthians nos domínios do adversário por 1 a 0. “O Corinthians hoje é o favorito, mas futebol não é exato, não dá para prever. Tem que se trabalhar para chegar na melhor forma física e técnica e, nos dias em que não estamos bem, vamos na superação”, diz.

 Roger acrescenta que o time – que ontem teve uma conversa de quase uma hora com o técnico Gilson Kleina sobre o confronto de domingo – está pronto para enfrentar o adversário e acredita que a entrega em campo será total. “Tento me entregar ao máximo e sei que todos farão isso também, pois as coisas passam a acontecer. Temos que acreditar em Deus e que seja o nosso dia, para que possamos comemorar no fim do jogo”, afirma.

 O atacante finaliza destacando a força da Ponte Preta. “Temos um treinador de ponta. Um camisa 10 cobiçado pelos grandes clubes. Nosso goleiro defendeu pênalti e vive o momento dele aqui dentro. A zaga vai jogar muito. Eu me apoio nisso, no que é o futebol. Acredito em mim, nos meus companheiros, marcar forte, ser humildes e a bola que sobrar temos que por para dentro.”

Braguetto trabalhou para o Corinthians!
Absurdo! Árbitro das quartas já “prestou serviço” ao clube da capital
Sábado, 21/04/2012 – 14:00h

A Federação Paulista de Futebol divulgou os árbitros sorteados para as Quartas-de-Final do Paulistão 2012. E uma escala certamente fará a alegria dos trollers e dos adeptos da Teoria da Conspiração: Rodrigo Braguetto apitará Corinthians X Ponte Preta.

Em Fevereiro, o jornalista Daniel Lian trouxe a público que Braguetto prestou serviços ao Corinthians através de sua empresa de eventos e arbitragem. Na oportunidade, discutiu-se a questão ética e implicações da relação comercial entre árbitros e clubes (para relembrar o caso, acesse o link: http://is.gd/profissionalpoderia).

Durante o restante do Paulistão, Rodrigo Braguetto não foi sorteado para jogos importantes do Corinthians, tendo trabalhado apenas no jogo contra o time da Catanduvense, no Pacaembu.

Agora, na fase eliminatória do Campeonato Paulista, os árbitros da Categoria Especial foram sorteados, excluindo Paulo César de Oliveira (por restrição ‘judicial’, já que processa o treinador palmeirense Luís Felipe Scolari) e Antonio Rogério Batista do Prado (por restrição ‘natalícia’, já que é campineiro e quer evitar Guarani e Ponte Preta). Braguetto não deveria ser excluído por restrição ‘comercial’?

Confio no ótimo trabalho de Rodrigo Braguetto, mas não podemos nos esquecer que, na última rodada, no Estádio Moisés Lucarelli (após o jogo que encerrou a primeira fase, coincidentemente Ponte Preta X Corinthians), o treinador pontepretano Gilson Kleina alardeou que a Ponte Preta, segundo ele, estaria sendo perseguida pela arbitragem e o Corinthians favorecido. Após indagação do jornalista Renato Otranto sobre possível má fé dos árbitros, o treinador policiou-se e disse que não “acreditava em ‘esquema’, mas equívocos, e que os torcedores deveriam ficar atentos”.

Claro que o Corinthians é favorito pelo futebol apresentado até agora (afinal, com o time reserva já ganhou da Ponte Preta em Campinas). Mas se tivermos erros involuntários no próximo confronto, imaginaram o fuzuê que será criado pelos mais críticos?

Boa sorte ao árbitro Rodrigo Braguetto e seus companheiros de arbitragem.

Rafael Porcari – Diário de São Paulo

Por Cleber Aguiar – Estaduais: Pequenos querem mais pelos direitos de TV

Fonte: lancenet.com.br

Distância do valor recebido pelos grandes gera reclamação dos menores e ajuda a explicar diferença técnica entre as equipes

Madureira x Fluminense - Gramado (Foto: Rafael Moraes) Madureira de Duba não foi páreo para o Fluminense no Estadual (Foto: Rafael Moraes)

Igor Siqueira
Publicada em 14/04/2012 às 07:05 
Rio de Janeiro (RJ)

A desigualdade social atrapalha os Estaduais. Parece até discurso de socialista, mas é nesta tecla que os times pequenos estão batendo ultimamente. E o principal alvo de reclamação é o abismo entre os valores repassados referentes aos direitos de transmissão televisiva dos campeonatos.

Esta diferença é apontada pelos próprios pequenos como uma das razões que deixam os Estaduais menos competitivos e, consequentemente, menos atrativos ao torcedor.

– É uma verdadeira covardia. Os grandes levam a maior parte da receita da TV e não temos condição de investir na equipe. Futebol se faz com dinheiro. Em Minas, até a Federação ganha mais que os pequenos – reclamou Edvaldo Soares, presidente do Democrata-GV, que após seis anos se segurando para não ser rebaixado, precisa de um milagre para escapar em 2012.

Mas não é só em Minas que a disparidade de valores gera reclamação. No Rio, onde metade dos times pequenos recebem até 90% menos que os grandes, a insatisfação já foi motivo de reunião entre os clubes de menor investimento. Ainda mais porque o Carioca, com todos os seus problemas, é o que chega ao maior número de estados.

– Os pequenos já avisaram que são contra redução no número de participantes, mas somos a favor do aumento do repasse da TV – afirmou o presidente do Madureira, Elias Duba.

Nem em São Paulo, estado onde a televisão paga mais pelos direitos de transmissão, os pequenos deixam de reclamar. Também pudera! Recebendo 81% menos que os grandes…

– Por isso que não dá ninguém nos jogos entre pequenos. Não tem dinheiro para montar time bom e aí ninguém vai. Acho que isso deveria ser revisto. Hoje ganhamos R$ 1,9 milhão. Para os times que ficaram, deveria pelo menos dobrar – comentou Valmor Peruzzo, presidente do rebaixado Catanduvense.

E assim caminham os pequenos. Sempre com o pires na mão.

 

A grana da TV nos Estaduais
Carioca
Flamengo e Vasco faturam R$ 600 mil/jogo. Botafogo e Fluminense R$ 428 mil/jogo. Entre os pequenos, há os que, de acordo com a classificação no ano anterior, recebem R$ R$ 108 mil/jogo e R$ 60 mil/jogo.
Paulista
No campeonato mais valorizado do Brasil, Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos recebem R$ 10 milhões por competição. Enquanto isso, os pequenos ganham R$ 1,9 milhão por edição. Uma diferença de 81%.
Mineiro
A divisão da verba anual é: 32% para Atlético e outros 32% para Cruzeiro. O América e a Federação levam 8% cada. Enquanto os nove pequenos levam 2,2% do montante da TV.

Preparação mais cedo já não resolve mais

Já foi o tempo em que a arma utilizada pelos times pequenos de começar a preparação mais cedo e chegar aos Estaduais com equipes superiores fisicamente aos grandes resolvia alguma coisa.

A disparidade técnica entre os clubes tem sido tão grande, que a “correria” não significa mais fator de desequilíbrio. Em 2012, os placares comprovam a tendência.

Na Taça Guanabara todos os grandes estrearam com vitórias tranquilas. E ainda mais: o único que foi derrotado por um pequeno no primeiro turno do Carioca foi o Fluminense, que, pensando na Libertadores, se deu mal na terceira rodada, contra o Boavista. Outro dado da disparidade é que último pequeno finalista do Estadual foi o Madureira de 2006.

No Paulistão, os grandes ficaram mais da metade da primeira fase sem serem batidos pelos pequenos. O primeiro tropeço só veio na 13 rodada, quando os reservas dos Santos levaram a pior diante do Mogi Mirim.
O saldo da soberania é que os grandes garantiram a classificação com quatro rodadas de antecipação. Um marasmo de quase um mês, até a fase de mata-mata.

Em Minas, o Atlético estava com 100% de aproveitamento até o último fim de semana, quando deixou o clássico com o Cruzeiro com um empate. A Raposa só perdeu um jogo, para o Guarani de Divinópolis.

Com a palavra
Elias Duba – Presidente do Madureira
Pequeno valorizado é bom para os grandes

Além dos grandes usarem reservas, outro ponto que esvazia os Estaduais é que os times pequenos não têm condições de montar elencos fortes. O problema é a diferença de verba que é repassada pela TV para os grandes e os pequenos.

Eu tenho que ter responsabilidade e não vou gastar mais do que posso para contratar jogadores. O campeonato seria mais competitivo, mesmo com 16 times, se os pequenos fossem mais valorizados. Tudo bem que em meio a isso tudo ainda saímos sem prejuízo, mas com recursos, os elencos seriam mais fortes.

Com a valorização dos pequenos, os grandes também ganham. Afinal, seria um meio de contratar jogadores com valor menor. O Dedé, por exemplo, que é o cara mais badalado do Vasco, veio do Volta Redonda.

Com a palavra
Eduardo Tironi – Editor executivo do LANCE!
O último argumento a favor também morreu

Desde que a agonia dos Estaduais começou, e lá se vão uns dez anos, um argumento ainda tentava manter a competição relevante: os pequenos chegam com força porque têm mais tempo para treinar e sempre provocam algumas surpresas. O Estadual, então, seria cheio de equilíbrio e emoção na fase classificatória.

Já era. Os pequenos, cada vez mais fracos, não fazem nem cosquinha mais e as fases de classificação viraram meros desfiles monótonos para o torcedor e para os clubes grandes, e um martírio para os pequenos, que só apanham.

Um problema tem ligação com outro: a fragilidade dos pequenos faz o torcedor do interior perder o interesse nos seus times. Portanto, o argumento de que eles precisam dos Estaduais para sobreviverem também cai por terra. Na verdade, jogando apenas para serem sparrings, os pequenos não movimentam a comunidade local, desconectam de suas raízes, viram simplesmente clubes de aluguel para empresários que levam para lá seus jogadores com pouca ou nenhuma relação com a região. Não à toa, os jogos entre os pequenos têm públicos vergonhosos. Contra os grandes, os estádio enche… de torcedores da capital

ICFUT – Campeonato Paulista A3 ( Terceira Divisão 2012 )

[videolog 765844]

2ª fase
Grupo 2
 Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Capivariano 9 3 3 0 0 5 2 3 100.0
2  Rio Branco 4 3 1 1 1 5 3 2 44.4
3  Internacional 3 3 1 0 2 1 4 -3 33.3
4  Batatais 1 3 0 1 2 2 4 -2 11.1
Grupo 3
 Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Juventus 5 3 1 2 0 7 5 2 55.6
2  Grêmio Osasco 4 2 1 1 0 4 1 3 66.7
3  Marília 3 3 1 0 2 5 8 -3 33.3
4  Guaçuano 1 2 0 1 1 1 3 -2 16.7
3ª RODADA
21/04 – 19h00 Marília 3 x 5 Juventus
22/04 – 10h00 Guaçuano x Grêmio Osasco
3ª RODADA
21/04 – 15h00 Capivariano 2 x 1 Rio Branco
21/04 – 19h00 Internacional 1 x 0 Batatais

ICFUT – Campeonato Paulista A2 ( Segunda Divisão 2012 )

[videolog 765678]

 

Grupo 2
 Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  União Barbarense 10 4 3 1 0 10 4 6 83.3
2  Atlético Sorocaba 9 4 3 0 1 10 6 4 75.0
3  Audax 4 4 1 1 2 6 7 -1 33.3
4  Ferroviária 0 4 0 0 4 2 11 -9 0.0
Grupo 3
 Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Penapolense 8 4 2 2 0 8 3 5 66.7
2  São Bernardo 6 4 2 0 2 7 6 1 50.0
3  Noroeste 5 4 1 2 1 4 6 -2 41.7
4  Red Bull 2 4 0 2 2 3 7 -4 16.7
4ª RODADA
21/04 – 18h00 São Bernardo 4 x 1 Red Bull
21/04 – 19h00 Noroeste 1 x 1 Penapolense
4ª RODADA
21/04 – 16h00 União Barbarense 2 x 1 Ferroviária
21/04 – 19h00 Atlético Sorocaba 1 x 0 Audax

ICFUT – Barcelona 1×2 Real Madrid – Campeonato Espanhol 2011/2012

Fonte: Futebolinterior.com.br

Espanhol: Real Madrid bate Barcelona e se aproxima do título

O time madrilenho abriu sete pontos do rival, faltando quatro rodadas

Campinas, SP, 21 (AFI) – Noventa minutos de bola rolando no Camp Nou neste sábado puseram abaixo muitas das certezas que se tinha a respeito do futebol atual. O Real Madrid encerrou a freguesia recente, venceu o Barcelona por 2 a 1 no Camp Nou e mostrou que o melhor time do mundo não é imbatível mesmo jogando na sua casa.

O resultado dá a certeza de que o Real Madrid será campeão espanhol. O time de José Mourinho tem sete pontos a mais que o seu maior rival (88 a 81), faltando quatro rodadas apenas a serem jogadas. O Real ainda enfrenta Sevilla, Athletic Bilbao, Granada e Mallorca e teria que perder três vezes para ficar sem o título.Melhor do mundo, Messi não brilhou. Fez a jogada que originou o gol de empate do Barcelona, mas não passou disso. O argentino, surpreendentemente, foi muito bem marcado por Pepe. O luso-brasileiro, tantas vezes contestado, não deixou o campo sem seu cartão amarelo, mas não arranjou nenhuma briga e, o mais importante, segurou muito bem o ataque catalão. Pepe ainda participou do primeiro gol, aos 16 minutos de jogo. Cabeceou firme, Valdés salvou, e Khedira fez no rebote. O alemão estava ligeiramente impedido no lance.

Decisivo mesmo foi Cristiano Ronaldo. O português fez o gol da vitória, aos 27 minutos do segundo tempo, completando um rápido contra-ataque. Di Maria começou a jogada, mas foi Özil quem deu o excelente passe em profundidade para o atacante driblar Valdés e marcar o segundo do Real.

Ao balançar as redes no Camp Nou, Cristiano Ronaldo chegou a 42 gols no Campeonato Espanhol. Não apenas assumiu a artilharia isolada (Messi tem 41) como também bateu seu próprio recorde como de maior número de gols de um mesmo jogador numa só temporada do Espanhol. Este não foi o único recorde batido nesta noite em Barcelona. Após 34 rodadas, o Real Madrid tem 109 gols, melhor marca de um time numa única temporada do Espanhol. O recorde pertencia ao próprio clube madrilenho, que em 1989/1990 fez 107 gols no torneio.

A derrota foi a primeira do Barcelona na sua casa nesta temporada. O último revés dos catalães no Camp Nou pelo Espanhol havia sido na abertura do campeonato passado, para o Hércules. Depois disso, foram 31 vitórias e três empates.

O resultado deve interferir no desfecho da Liga dos Campeões também. Na terça-feira, o Barcelona recebe o Chelsea, precisa vencer para ir à final, mas não ostenta mais a fama de imbatível em casa. Já o Real Madrid, ao vencer seu maior rival pela primeira vez na temporada, prova para si mesmo que pode bater qualquer adversário. Agora, o time se concentra em vencer o Bayern de Munique, quarta, no Santiago Bernabéu para, quem sabe, encarar novamente o Barcelona na decisão da Liga.

 

Confira os jogos da 35ª rodada do Espanhol:

Sábado
Sporting Gijón 2 x 1 Rayo Vallecano
Mallorca 1 x 0 Zaragoza
Barcelona 1 x 2 Real Madrid

Domingo
7h

Real Sociedad x Villarreal
Granada x Getafe

11h
Racing Santander x Athletic Bilbao

13h
Atlético Madrid x Espanyol

16h30
Valencia x Bétis

17h30
Sevilla x Levante

Segunda-feira
16h

Osasuna x Malaga