Por Cleber Aguiar – Alan Kardec, iluminado, entra e garante empate do Santos.

Fonte: O Estado de São Paulo

Atacante ratificou sua boa fase ao garantir o importante ponto para o time no Beira-Rio

O atacante Alan Kardec saiu do banco aos 18 minutos do segundo tempo para salvar o Santos. O jogador, que na temporada vem fazendo mais gols que o titular Borges, demorou apenas dois minutos para balançar as redes e furar o bloqueio do Internacional. Em um cruzamento da esquerda de Juan, ele se antecipou ao lateral-esquerdo Kléber e cabeceou no canto de Muriel. “Graças a Deus tive a felicidade de fazer o gol logo que entrei na partida”, disse o jogador, que saiu de campo como herói do confronto.

Apesar de não ter conseguido dar a vitória para sua equipe, o Alan Kardec comemorou o resultado, até porque o Santos manteve a liderança no Grupo 1 e agora receberá o The Strongest, da Bolívia, na última rodada, para tentar sacramentar sua classificação. “Foi um jogaço, tanto para nós quanto para eles”, reconheceu o artilheiro. “Agora temos de pensar no jogo do final de semana”, afirmou, sobre a partida de domingo pelo Campeonato Paulista, contra o São Caetano.

O técnico Muricy Ramalho deve dar descanso para alguns titulares, principalmente para os atletas que vêm de uma maratona de jogos.

Da mesma forma que Alan Kardec brilhou, do outro lado o goleiro Muriel evitou que o Santos chegasse à virada. Ele fez pelo menos quatro grandes defesas em três chutes de Neymar e em um de Ibson.

O goleiro só lamentou não ter segurado a cabeçada de Alan Kardec no gol de empate. “Faltou uma defesa, mas acho que o empate ainda serve para a gente. Temos de jogar para vencer e vamos nos preparar para o próximo jogo”, afirmou o goleiro.

Na última rodada da chave, o Santos volta jogar pela Libertadores contra o The Strongest, dia 19, na Vila Belmiro, às 19h45. No mesmo dia e horário o Inter visita o Juan Aurich e precisa de uma vitória para se classificar sem depender do resultado da outra partida. Hoje, os bolivianos enfrentam os peruanos, fora de casa. Os brasileiros torcem por derrota do The Strongest para que a última rodada seja mais tranquila.

Centenário. Perto de completar 100 anos (próximo dia 14, um sábado), o Santos prepara uma série de atividades com sua torcida, jogadores e ex-jogadores. A festa do centenário do clube vai invadir a temporada, até o fim do ano.

Começa na segunda-feira, dia 9, com a abertura da exposição Bola de Ouro, do Campeonato Paulista de 1965, uma das taças mais valiosas do Brasil, no Memorial das Conquistas, e acaba só em dezembro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s