Por Cleber Aguiar – Santos FC volta ao Pacaembu pela Libertadores após nove meses do tri, vence Juan Aurich (Peru) e assume a liderança do Grupo 1

Fonte: Santosfc.com.br

Vinicius Vieira

© Ivan Storti/Divulgação Santos FC

Neymar pula para comemorar segundo gol do jogo. Clique na imagem para ver mais fotos da vitória!

Pela primeira vez no Pacaembu em um jogo pela Copa Libertadores desde que conquistou o tricampeonato da competição sul-americana há nove meses, o Santos FC bateu o Juan Aurich (Peru) por 2 a 0, nesta quinta-feira (22). Edu Dracena e Neymar marcaram os gols que levaram o Peixe à liderança isolada do Grupo 1 do torneio.

No confronto válido pela quarta rodada, o Alvinegro Praiano, fora o bloqueio peruano, enfrentou um gramado prejudicado pela forte chuva que caiu em São Paulo (SP) durante o desafio. Além disso, o duelo teve um atraso de 30 minutos na volta do intervalo, por causa de um problema na iluminação do estádio.

Agora líder do Grupo 1, o Santos FC soma nove pontos na Copa Libertadores – três vitórias e apenas uma derrota. A segunda colocação da chave é do Internacional (RS), com sete pontos em quatro jogos. Com a mesma pontuação dos gaúchos, o The Strongest (Bolívia) aparece em terceiro por causa do saldo negativo de três gols, contra cinco dos brasileiros. E o Juan Aurich permanece em quarto, sem nenhum ponto somado.

O Peixe volta a atuar pela Copa Libertadores no próximo dia 04 (quarta-feira), diante do Internacional (RS), em duelo que vale a liderança do Grupo 1. A partida será realizada no Estádio Beira Rio, em Porto Alegre (RS), a partir das 21h50.

Mas antes, a equipe de Muricy Ramalho terá pela frente o Bragantino no domingo (25), às 18h30, na Vila Belmiro, em jogo válido pela 15ª rodada do Campeonato Paulista.

Em jogo duro, Santos FC faz um no primeiro
No primeiro tempo do confronto, o Santos FC deparou com um adversário recuado e que impôs uma forte marcação sobre o ataque alvinegro. Com isso, poucas chances foram criadas, mas nada que impedisse a equipe de Muricy Ramalho de ir para o vestiário em vantagem.

A etapa começou com o Juan Aurich no campo de defesa e extrapolando das jogadas duras. Para dificultar ainda mais a missão do Santos FC, uma forte chuva começou a cair no Pacaembu com cinco minutos de jogo.

Apesar das adversidades, não demorou muito para o Peixe abrir o placar. Com 14 minutos, Edu Dracena anotou o primeiro do time santista. Após escanteio da esquerda, o capitão aproveitou o rebote do goleiro Penny e colocou para as redes.

No lance seguinte, aos 18, o Alvinegro Praiano chegou perto do segundo. PH Ganso recebeu no bico da área, pela esquerda e rolou para trás, para Arouca. O volante bateu de primeira e a bola foi por cima da meta peruana.

Em seguida, o Peixe foi ao ataque com boas jogadas de Neymar e PH Ganso, mas parou na dura marcação dos peruanos, que seguraram o placar até o fim dos 45 minutos.

Falta de iluminação, gramado encharcado e gol de Neymar marcam o segundo tempo
No retorno do intervalo, a iluminação do Pacaembu apresentou problemas. Com os jogadores já no gramado, o árbitro Patricio Loustau pediu para que os atletas retornassem ao vestiário por não ter condições de recomeçar a partida.

Após uma parada de meia hora, teve início o segundo tempo. Com a forte chuva, o gramado do Pacaembu ficou encharcado e com diversas poças, o que dificultou o jogo rápido e técnico do Santos FC.

Só que assim como na etapa inicial, apenas o Peixe atacou. E a primeira oportunidade veio aos sete minutos, com um chute de fora de Henrique. A bola foi por cima do gol de Penny.

Já aos 11, quem levou perigo à meta peruana foi PH Ganso. E novamente com um chute de fora da área. O meia arriscou de longe e Penny colocou para escanteio.

E a pressão santista deu resultado. Aos 13 minutos, Neymar ampliou para o Peixe. Da esquerda, Borges brigou com a defesa adversária e cruzou para o craque, que chegou batendo para as redes. Foi 110º gol do camisa 11 em sua carreira profissional.

Aos 29, o Santos FC continuou a pressão sobre a equipe peruana. Borges recebeu passe na área de PH Ganso, limpou a jogada e chutou pelo alto. Penny mandou para escanteio.

Dois minutos depois, o mesmo Borges perdeu outra grande chance. Neymar cruzou da esquerda para o atacante, que apareceu livre para cabecear. A bola foi à direita da meta adversária.

O Santos FC realmente estava impossível na segunda etapa. Aos 34, Neymar recebeu de PH Ganso na esquerda. Diante de dois adversários, colocou a bola por cobertura, que passou à esquerda do gol do time peruano.

Em seguida, o Alvinegro Praiano permaneceu com a posse da bola e pôde comemorar a terceira vitória consecutiva nesta edição da Copa Libertadores.

Acompanhe o Santos FC nas mídias sociais:
Orkut: www.orkut.com.br/santosfc
Facebook: www.facebook.com/santosfc
Youtube: www.youtube.com/santostvoficial
Flickr: www.flickr.com/santosfc
Twitter: @santosfc | @santosfcaovivo | @multiplicacao

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s