ICFUT – Notícias da Copa Libertadores 2012 – 14/03/2012

Fonte: Portal Terra

Fla adia definição sobre contratação de Adriano para final de semana

Adriano pode reforçar o Flamengo nas próximas semanas. Foto: Tom Dib/Agência Lance

Adriano pode reforçar o Flamengo nas próximas semanas
Foto: Tom Dib/Agência Lance

O Flamengo já se mostrou interessado em ter Adriano e até colocou o clube à disposição do jogador para que ele se recupere fisicamente para o Campeonato Brasileiro. A definição sobre uma possível contratação do atleta, por sua vez, ficará para depois do jogo contra o Olímpia (PAR), pela Copa Libertadores, na quinta-feira.

» Polêmicas, gol decisivo e reclusão; relembre Adriano no Corinthians
» Veja fotos da conturbada passagem de Adriano pelo Corinthians

“Vamos tentar recuperar Adriano como atleta. Provavelmente depois do jogo contra o Olímpia teremos uma definição. É uma linha adotada pela presidente Patricia Amorim”, explicou Walter Oaquim, vice de relações externas do clube.

O dirigente confirmou que teve uma conversa com o técnico Joel Santana nesta terça-feira, no Ninho do Urubu, e passou a ele a posição oficial do time rubro-negro quanto ao atacante.

“Viemos conversar com o Joel sobre o assunto. Vamos oferecer todas as condições para ele se recuperar para que provavelmente no Brasileiro já esteja em condições de jogo. Não podemos prever. Cabe a nós ajudá-lo. Isso é uma posição do Flamengo”, disse Oaquim.

Jogo com The Strongest é marcado por quebra de recordes no Inter

Com os três gols marcados, Leandro Damião se torna o maior artilheiro do Internacional na história da Libertadores. Foto: ReutersCom os três gols marcados, Leandro Damião se torna o maior artilheiro do Internacional na história da Libertadores
Foto: Reuters

A vitória do Internacional por 5 a 0 sobre o The Strongest marcou a quebra de vários recordes do clube na Copa Libertadores. A goleada sobre os bolivianos é a maior já aplicada pelo time gaúcho em sua história na competição, superando os 6 a 2 sobre o Peñarol, em 1989. Foi também a maior goleada da edição de 2012 da principal competição do continente.

O centroavante Leandro Damião marcou seu primeiro hat-trick na temporada. Em 2011, o camisa 9 do Inter marcou três gols numa mesma partida em cinco oportunidades.

Damião também chegou a 10 gols em Libertadores, se tornando o maior artilheiro do clube na competição em todos os tempos. Além disso, o centroavante chegou a cinco gols na edição de 2012, igualando-se a Pabón, do Nacional de Medellín, na artilharia do torneio.

O resultado desta terça deixou o Internacional na liderança do Grupo 1, com seis pontos e saldo positivo de cinco gols. O Strongest também tem seis pontos, mas saldo negativo de três. O Santos tem três pontos; o Juan Aurich, zero. Estas duas equipes se enfrentaram no Peru, nesta quinta-feira, para encerrar o primeiro turno da fase de grupos.

Adriano é relacionado no Santos e pode estrear na Libertadores

Volante Adriano pode estrear na Libertadores contra o Juan Aurich. Foto: Ivan Storti/Santos F.C./Divulgação

Volante Adriano pode estrear na Libertadores contra o Juan Aurich
Foto: Ivan Storti/Santos F.C./Divulgação

Recuperado de uma cirurgia no tornozelo direito, sofrida no final do ano passado, o volante Adriano voltou a jogar na derrota dos reservas do Santos para o Mogi Mirim, no último sábado, no Estádio Romildão, pelo Campeonato Paulista. Agora, depois do primeiro jogo em seu retorno aos gramados, o meio-campista foi relacionado pelo técnico Muricy Ramalho e viajou com um elenco santista para o duelo com o Juan Aurich, na próxima quinta-feira, em Chiclayo (Peru).

Apesar disso, Adriano não deve ser titular contra os peruanos. O treinador do time deve optar pela manutenção da mesma formação que vem sendo utilizado nas últimas partidas, com Henrique, Arouca, Ibson e Ganso no “quadrado” de meio-campo.

Mesmo assim, o fato de Adriano estar na delegação alvinegra para a viagem ao Peru foi comemorado pelo volante Arouca. “É importante tê-lo conosco novamente. Ele era meu companheiro de quarto na concentração. A gente fica feliz com o seu retorno e esperamos que o Adriano nos ajude bastante. Estamos muito satisfeitos com a volta dele”, disse.

Adriano foi selecionado entre os 19 jogadores que estarão à disposição para o confronto com o Juan Aurich, terceiro compromisso do Santos no grupo 1 da Copa Libertadores da América – obrigatoriamente, um atleta terá que ser cortado por Muricy do banco.

Confira a lista dos relacionados do Santos contra o Juan Aurich:

Goleiros: Aranha e Rafael
Laterais: Fucile e Juan
Zagueiros: Bruno Rodrigo, Durval e Edu Dracena
Volantes: Adriano, Anderson Carvalho, Arouca e Henrique
Meias: Elano, Felipe Anderson, Ibson e Paulo Henrique Ganso
Atacantes: Alan Kardec, Borges, Dimba e Neymar

Sem condições físicas, Eder Luis e Rômulo serão poupados contra Libertad

Escalação de Eder Luis desde o começo da partida era uma das dúvidas do técnico Cristovão Borges antes da viagem. Foto: Maurício Val/Fotocom/DivulgaçãoEscalação de Eder Luis desde o começo da partida era uma das dúvidas do técnico Cristovão Borges antes da viagem
Foto: Maurício Val/Fotocom/Divulgação


O técnico Cristovão Borges ganhou grandes reforços com as idas do volante Rômulo e do atacante Eder Luis a Assunção, no entanto, o comandante não escalará a dupla na equipe titular que enfrentará o Libertad-PAR, quarta-feira, às 22h (de Brasilia) pela Copa Libertadores.

Os dois jogadores ainda não estão 100% fisicamente, e a intenção do treinador é utilizá-los ao longo da partida, provavelmente no segundo tempo. Com isso, a dupla de volantes segue sendo Nilton e Eduardo Costa, enquanto que o ataque será formado por William Barbio e Alecsandro.

“Os dois jogadores, assim como o Allan, precisam de ritmo. Estamos tentando aproveitar os treinos. Eles podem participar da partida agora, mas ainda não têm ritmo suficiente para um partida inteira”, explicou o técnico Cristovão Borges.

Rômulo foi a principal surpresa da viagem, já que a previsão era a de que estivesse recuperado somente para o clássico de domingo contra o Botafogo. O volante ainda não atuou em 2012, fruto de um edema ósseo no pé direito. Eder Luis superou uma fratura no pé esquerdo, mas por conta de um desconforto muscular na coxa direita havia ficado de fora contra o Alianza Lima e o Madureira.

Abel pede paciência ao torcedor do Flu diante de retranca do Zamora

Abel Braga pediu paciência, já que o Fluminense enfrentará uma retranca nesta quarta-feira. Foto: Dhavid Normando/Photocamera/DivulgaçãoAbel Braga pediu paciência, já que o Fluminense enfrentará uma retranca nesta quarta-feira
Foto: Dhavid Normando/Photocamera/Divulgação

André Naddeo
Direto do Rio de Janeiro

O técnico do Fluminense, Abel Braga, tem na ponta da língua a principal preocupação de sua equipe para a partida diante do Zamora, da Venezuela, nesta quarta-feira, às 19h45, no Engenhão, pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores da América. E se engana quem pensa que são os venezuelanos quem tiram o sono do treinador. Claro que a equipe adversária foi devidamente estudada, mas a grande dor de cabeça do treinador atende pelo nome de impaciência. Do torcedor, claro.

“Às vezes o gol demora, a torcida fica impaciente e o jogador quer resolver de forma rápida, atabalhoada, e a probabilidade de erro nesse caso é maior. Claro que o Fluminense é favorito, mas você vai jogar contra uma equipe que vai lutar contra a derrota com nove jogadores atrás”, comentou Abel sobre o esquema tático do técnico colombiano Jesús Vera, que monta o Zamora para as partidas fora de seus domínios no 5-4-1, com cinco homens postados em linha na defesa, quatro pelo meio e apenas um atacante de ofício.

“Vai ser um jogo diferente, então vamos ter a cautela necessária quando tiver a posse de bola, mas procurarmos sermos agressivos e ofensivos como sempre fomos. Temos que ter muita inteligência na movimentação, porque se não vamos ter muita dificuldade”, reafirmou Abel, que no último treino antes de enfrentar os venezuelanos, conversou com seus homens do meio-campo e ataque por cerca de 15 minutos.

Posteriormente ao bate papo no centro do gramado das Laranjeiras, o treinador alinhou seus reservas justamente como o Zamora deve atuar, testando alternativas para furar o bloqueio adversário, hora com Wellington Nem e Bruno, pela direita, em outros momentos com Carlinhos e Rafael Sóbis, pela esquerda. Fred treinou bem centralizado, enquanto que Diguinho, Valencia e Deco organizavam o setor de criação.

“Se tornou um jogo muito mais decisivo que aquele com o Boca (Juniors, na vitória por 2 a 1 em plena Bombonera). Se o Arsenal vencer (o Boca), ficamos a oito pontos do terceiro. São uma série de resultados que, com uma vitória, pode nos colocar numa situação muito boa”, explicou Abel, que optou por Rafael Sóbis para a partida desta quarta-feira, em detrimento de Wágner e Lanzini, para substituir o lesionado Thiago Neves na equipe titular, justamente por seu maior poder ofensivo.

“Eu preciso de um jogador mais agudo para furar essa linha de cinco. Por isso a opção por um jogador que tem uma finalização muito boa, que não fica muito atrás. Tem tudo para o Sóbis fazer um grande jogo. Ele ainda não repetiu as atuações do final do ano passado, mas logo mais vai jogar o seu melhor nível, tenho certeza”, finalizou.

O Fluminense é o líder do grupo 4 da Libertadores com seis pontos e 100% de aproveitamento até aqui no torneio. Na segunda colocação, com três pontos a menos, está o Arsenal Sarandí, que no mesmo dia e horário enfrenta o Boca Juniors, com um ponto apenas em dois jogos. O Zamora é o lanterna da chave com a mesma pontuação, mas atrás pelos critérios de desempate.

Paulo André elege Santos como adversário mais temido na Libertadores

Paulo André também acredita que o Cruz Azul, rival do grupo, está no nível das equipes brasileiras. Foto: Ricardo Matsukawa/Terra

Paulo André também acredita que o Cruz Azul, rival do grupo, está no nível das equipes brasileiras
Foto: Ricardo Matsukawa/Terra

O zagueiro Paulo André está afastado dos gramados, mas continua atento ao futebol. O defensor já elegeu o adversário que não quer que o Corinthians enfrente tão cedo pela Copa Libertadores.

“O Santos. Deixa o Santos para lá”, declarou o atleta, em entrevista à rádio Estadão/ESPN. “Na final a gente vê, aí vale tudo. Normalmente ganha o melhor grupo, o que está mais coeso. A gente tem essa força e isso tem feito a diferença”.

Submetido a uma artroscopia no joelho direito  no dia 1º de fevereiro, Paulo André é um dos quatro atletas inscritos pelo Corinthians na primeira fase do torneio que não viajaram para o México para o duelo contra o Cruz Azul, na quarta-feira. Os outros são o também zagueiro Wallace, que operou o tornozelo esquerdo, o lateral direito Alessandro, em recuperação de lesão na coxa esquerda, e o atacante Adriano, dispensado.

Enquanto não volta a trabalhar com os companheiros – o que espera poder fazer até o fim deste mês -, o beque acompanha o desempenho do time pela televisão. Paulo André acredita que o duelo contra os mexicanos será páreo duro, até porque vai ajudar a definir o primeiro colocado do Grupo 6.

“Essa equipe do Cruz Azul é muito boa, talvez esteja no mesmo nível dos brasileiros e possa brigar pelo título. Tem que tomar cuidado para não distanciar. O empate já seria um bom resultado, mas é claro que sempre é preciso buscar a vitória”, completou.

O time mexicano tem seis pontos, dois de vantagem sobre os brasileiros após duas rodadas disputadas na chave. Além do confronto desta quarta, na Cidade do México, as equipes duelam na próxima semana, no Pacaembu.

 

14/03 – 22h00 – Agendado
Cruz Azul-MEX  x Corinthians-BRA
Libertad-PRY  x Vasco da Gama-BRA
Arsenal-ARG  x Boca Júniors-ARG
14/03 – 19h45 –
Fluminense-BRA  x Zamora-VEN

ICFUT – Notícias da Copa do Brasil 2012 – 14/03/2012

Fonte:Gazetaesportiva.net

Feliz e solidário, São Paulo busca quina e vaga ante Independente-PA

Tomás Rosolino, especial para GE.Net São Paulo (SP)

Passadas as discussões entre Emerson Leão e Lucas, e após boa exibição do contestado Jadson, o São Paulo vive um clima de tranquilidade  na primeira decisão do ano. Se não é das mais esperadas pela torcida nem das mais complicadas missões, a partida desta quarta-feira diante do Independente de Tucuruí, às 19h30 (de Brasília), no Morumbi, vale vaga na segunda fase da Copa do Brasil.

Além de poder garantir a sua classificação, o Tricolor também pode chegar a um feito inédito sob o comando do técnico Emerson Leão: alcançar a quinta vitória consecutiva.

“Vamos em busca, se não me engano, da quinta vitória, que vai puxar a sexta, e assim por diante. Nós chegamos a 70% (de aproveitamento), o quadro já fica bom. Se chegarmos a 75%, vai ficar ótimo”, comentou o treinador, que valorizou o 1 a 0 conquistado no Mangueirão na última quarta, no jogo de ida.

“Nós ganhamos de 1 a 0 desse adversário lá, o que não foi o suficiente, mas foi uma vitória. Agora queremos repetir esta vitória, só que com mais ênfase. Se ganhamos por 1 a 0 jogando mal, podemos melhorar”, avaliou o comandante, que terá o retorno de Paulo Miranda na zaga, no lugar de Edson Silva, como novidade.

A grande surpresa, no entanto, é a ausência de Piris, que não foi relacionado para aprimorar a parte física, algo parecido com o que foi feito com o meia Jadson, que não participou do embate no Pará, mas está confirmado na volta. Rodrigo Caio deve ser improvisado na posição.

“Independentemente de a equipe adversária ser fraca ou não, temos que entrar concentrados no nosso trabalho, que é jogar bem, fechar bem os espaços. É fazer o que o professor Leão pedir para que não aconteça nada no percurso que possa prejudicar a equipe. A vitória nesta partida é tão importante como em um clássico”, avaliou o camisa 10, agora com moral no meio-campo.

Do outro lado, os paraenses vêm de uma derrota por 2 a 1 para o Remo, pelo Estadual, perdendo a sua invencibilidade e a liderança no segundo turno da competição. O embalo por ter forçado o jogo da volta, no entanto, é o grande trunfo.

“Jogar contra uma equipe como o São Paulo e levar a decisão para o segundo jogo representa muito para nós. O sonho continua. Vamos jogar ainda mais seguros, sabendo que vamos enfrentar um grande adversário, muito rápido, na casa deles”, afirmou o meia Gian, ex-Vasco.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X INDEPENDENTE-PA

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 14 de março de 2012, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Christian Passos Sorence e Evandro Gomes Ferreira

SÃO PAULO: Denis; Rodrigo Caio, Paulo Miranda, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Casemiro, Cícero e Jadson; Lucas e Luis Fabiano
Técnico: Emerson Leão

INDEPENDENTE-PA: Dida; Preto Barcarena, Adison e Alexandre Recife; Lima, Silva, Fidelis, Gian e Rafael Vieira; Thiago Floriano e Ró
Técnico: Valtinho

Coritiba estreia na Copa do Brasil diante do Nacional-AM

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

O Coritiba finalmente fará sua estreia na Copa do Brasil 2012, nesta quarta-feira, às 20h3 0 (de Brasília), diante do Nacional-AM, no Estádio Sesi, em Manaus. Após reencontrar o bom futebol no Estadual e golear o Iraty no final de semana, a equipe alviverde recomeça o caminho rumo à Libertadores da América, sonho que naufragou na final da edição do ano passado.

O técnico Marcelo Oliveira pode escalar pelo menos uma novidade na equipe. O atacante Roberto já está com a documentação liberada e o nome publicado no BID da CBF e pode até começar jogando. Porém, o mais provável é que fique como opção no banco de reservas. No restante do time, a principal mudança fica por conta da volta de Rafinha, peça fundamental para a criatividade do setor de meio-campo. O meia, no entanto, alerta para o desgaste da viagem.

“É importante sempre vencer. Claro que a viagem é desgastante, é longe. Mas a gente sabe da importância desse jogo, estamos recuperados, e então a gente tem que viajar para ajudar o Coritiba”, afirmou o atleta, que espera que a equipe busque os gols para evitar o jogo de volta no Couto Pereira. “(Vamos) fazer um bom jogo, sair com uma boa vitória para a semana que vem a gente tenha mais uma semana boa para trabalhar”, completou.

Após vitória no final de semana sobre o Princesa do Solimões, pelo Campeonato Amazonense, o Nacional canaliza todas suas forças para a estreia na Copa do Brasil, com a esperança de fazer um grande jogo em casa e garantir pelo menos a participação no jogo de volta na capital paranaense. A única dúvida do técnico Léo Goiano é o atacante Leonardo, que segue em recuperação no departamento médico.

FICHA TÉCNICA
NACIONAL-AM X CORITIBA

Local: Estádio Sesi Manaus, em Manaus (AM).
Data: 14 de março de 2012, quarta-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva.
Auxiliares: Marcio G. Correia Dias e Luis Diego Nascimento Lopes.

NACIONAL: Jairo; Amaral, Cristóvam, Marthony e Edvan; Alexandre, Álvaro, Clayton e Hugo; Altair (Leonardo) e Charles
Técnico: Léo Goiano

CORITIBA: Vanderlei; Jackson, Emerson, Pereira e Lucas Mendes, Junior Urso, Gil e Rafinha; Lincoln e Marcel (Roberto)
Técnico: Marcelo Oliveira

Botafogo estreia na Copa do brasil contra o Treze nesta quarta

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Único dos grandes clubes do Rio de Janeiro fora da Copa Libertadores, o Botafogo vê na Copa do Brasil a grande oportunidade de dar uma boa resposta aos seus torcedores no primeiro semestre. A estreia na competição acontecerá nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), contra o Treze-PB, no Estádio Almeidão, em João Pessoa (PB). O Glorioso vem amargando fracassos na competição nos últimos anos. Já foi eliminado por Gama-DF, Paulista-SP, Ipatinga-MG, Americano-RJ e Santa Cruz-SP. Em algumas ocasiões, penou para eliminar São Raimundo-PA e River Plate-SE. No ano passado caiu nas oitavas de final para o Avaí em confronto que teve uma pancadaria generalizada no fim.

Disposto a apagar essa péssima imagem na Copa do Brasil, título que jamais conquistou, o Botafogo espera erguer a taça, e para isso é fundamental começar a caminhada com um bom resultado.

“Nós sabemos que o título da Copa do Brasil pode representar muitas coisas boas para o Botafogo nesta temporada. Permite, por exemplo, um planejamento antecipado para a disputa da Copa Libertadores. Dá ao time tranquilidade para disputar o Campeonato Brasileiro com boas chances de ganhar. Portanto, queremos muito essa conquista. Para isso é importante começarmos bem contra o Treze, conquistando um grande resultado”, afirmou o goleiro Jéfferson.

Caso conquiste uma vitória por dois ou mais gols de diferença, o Botafogo vai se classificar sem a necessidade de realização do jogo da volta, previsto para a próxima semana, no Rio de Janeiro. Os jogadores, porém, preferem cautela ao analisarem esse aspecto.

“Nós sabemos que eliminar o jogo da volta será muito benéfico, pois assim ganharíamos tempo na agenda da próxima semana para treinarmos. O desgaste é muito grande pelo excesso de jogos, e é sempre bom ter a semana livre para trabalhar. Porém, também temos consciência de que teremos nesta quarta-feira um adversário disposto a fazer de tudo para levar a decisão para o Rio de Janeiro. Não podemos nos afobar ou atropelar as prioridades. Precisamos pensar primeiro em ganhar a partida e depois em garantirmos a classificação antecipada”, disse o volante Renato.

Em relação ao time que vai a campo, o Botafogo não terá o atacante Loco Abreu, que ficou no Rio de Janeiro aprimorando a forma física. O uruguaio não atravessa um bom momento e será preservado para o clássico do próximo domingo contra o Vasco. O volante Marcelo Mattos, com dores na coxa esquerda, e os meias Fellype Gabriel, que se recupera de uma pancada recebida na cabeça, e Andrezinho, se recuperando de lesão na coxa direita, sequer viajaram com a delegação. As boas notícias ficam por conta da volta do meia Elkeson, que se recuperou de uma lesão na panturrilha esquerda, e do apoiador Maicosuel, recuperado de estiramento na coxa direita. Porém, o Mago vai começar o confronto no banco de reservas, assim como Jobson, que não suporta noventa minutos ainda.

Pelo lado do Treze, quarto colocado no Campeonato Paraibano ,com 15 pontos conquistados, o técnico Marcelo Vilar pretende ver uma equipe determinada, capaz de levar a decisão para o jogo da volta.

“Estamos concentrados no Botafogo. Temos algumas dificuldades para montar a equipe, mas estamos dispostos a conseguir um bom resultado, que nos permita decidir a nossa sorte no Rio de Janeiro”, disse o comandante do time paraibano.

O Treze tem muitos problemas para este jogo. O lateral direito Ferreira e o volante Neto Maranhão, que deixaram o empate por 2 a 2 com o Sousa no domingo, pelo Campeonato Paraibano, com dores na coxa direita, estão vetados. O atacante Thiago Cunha, suspenso, é outro que fica de fora. Já o lateral esquerdo Cleiton Cearense e o atacante Márcio Carioca, que estavam com fadiga muscular, irão a campo. Na lateral-direita, Celso será escalado, enquanto Vavá ganha uma oportunidade no ataque. O volante Amaral Rosa, contratado na semana passada, já está com a documentação toda regularizada na CBF e será escalado como titular, podendo fazer a sua estreia pelo Treze.

FICHA TÉCNICA
TREZE-PB X BOTAFOGO-RJ

Local: Estádio Almeidão, em João Pessoa (PB)
Data: 14 de março de 2012 (Quarta-feira)
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Luiz Carlos Teixeira (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)

TREZE: Beto, Celso, Anderson, Cenedesi e Cleiton Cearense; Leomir, Amaral Rosa, Rone Dias e Doda; Vavá e Márcio Carioca
Técnico: Marcelo Vilar

BOTAFOGO: Jéfferson, Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Lucas Zen, Renato, Felipe Menezes e Elkeson; Caio e Herrera
Técnico: Oswaldo de Oliveira

Palmeiras estreia contra Coruripe para manter embalo de 2012

Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

A Copa do Brasil é um torneio que rende glórias ao técnico Luiz Felipe Scolari. Tricampeão do torneio por equipes diferentes, o treinador tenta esquecer a catástrofe na edição passada da competição para manter o embalo do Palmeiras em 2012. O primeiro duelo da equipe no campeonato será diante do Coruripe, nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), no estádio Rei Pelé.

No ano passado, o Verdão foi eliminado do torneio de forma vexatória pelo Coritiba, mas ninguém no clube pensa mais naquela desclassificação. Reformulado e de bem com a torcida, o Palmeiras espera dar sequência ao sucesso que vem tendo na temporada.

“Estar bem no Campeonato Paulista nos anima para a Copa do Brasil. Vamos chegar fortes e comendo pelas beiradas”, afirmou o atacante Maikon Leite, titular da linha de frente alviverde.

Vice-líder do Estadual, o Verdão ainda carrega um retrospecto de 18 jogos de invencibilidade em competições oficiais (sem contar o amistoso com o Ajax). Para seguir em alta, o time de Felipão encara uma série desgastante.

Depois da goleada por 6 a 2 sobre o Botafogo, em Ribeirão Preto, no domingo, o time paulista embarcou na segunda para Maceió, iniciando a preparação para o duelo com o Coruripe.

“É cansativo, mas estamos fazendo o que gostamos, que é jogar futebol. Não vejo problema nenhum. Temos de chegar e tentar eliminar o jogo de volta. Estamos preparados para esta competição”, avisou o meia Daniel Carvalho.

Por sinal, o meio-campista será uma das novidades da equipe, pois volta a ser titular na vaga de Valdivia, suspenso. Outro jogador que cumpre gancho em Maceió é o volante João Vitor. A dupla está fora por conta de problemas no Brasileirão passado. Chico e Patrik disputam a posição. Por fim, Cicinho volta a ganhar uma oportunidade, desbancando Artur.

O Palmeiras precisa do triunfo por dois gols de diferença para eliminar o segundo jogo contra o Coruripe, que está agendado para a próxima semana. Por outro lado, o objetivo do time alagoano é justamente evitar a desclassificação precoce.

Oitavo colocado no primeiro turno do Campeonato Alagoano, a equipe está se recuperando na segunda etapa, aparecendo no terceiro lugar. O Coruripe desistiu de abrigar a partida em seu estádio Gerson Amaral, para receber o Palmeiras na capital alagoana, no Rei Pelé.

FICHA TÉCNICA
CORURIPE-AL X PALMEIRAS

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)
Data: 14 de março de 2012, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Cláudio Francisco Lima e Silva (SE)
Assistentes: João Carlos de Jesus Santos e Rodrigo Guimarães Pereira (ambos de SE)

CORURIPE: Juninho; Fernandinho, Jacó, Mello e Rogerinho; Wallace, Jair, Geninho e Adrianinho; Fabinho e Washington
Técnico: Elenilson Santos

PALMEIRAS: Deola; Cicinho, Leandro Amaro, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Marcos Assunção, Patrik (Chico) e Daniel Carvalho; Maikon Leite e Barcos
Técnico: Luiz Felipe Scolari

14/03 – 19h30 São Paulo-SP x Independente-PA
14/03 – 20h30 América-MG x Boavista-RJ
14/03 – 20h30 Vitória-BA x São Domingos-SE
14/03 – 20h30 América-RN x Horizonte-CE
14/03 – 20h30 Bahia de Feira-BA x Aquidauanense-MS
14/03 – 20h30 Paraná-PR x Luverdense-MT
14/03 – 20h30 Remo-PA x Real-RR
14/03 – 20h30 Santa Cruz-PE x Penarol-AM
14/03 – 20h30 Guarani-SP x Brasiliense-DF
14/03 – 15h45 Santa Quitéria-MA x ASA-AL
14/03 – 16h00 Madureira-RJ x Criciúma-SC
14/03 – 19h30 Sapucaiense-RS x Ponte Preta-SP
14/03 – 20h30 São Mateus-ES x Chapecoense-SC
14/03 – 20h30 Nacional-AM x Coritiba-PR
14/03 – 22h00 04 de Julho-PI x Sport-PE
14/03 – 22h00 CENE-MS x Atlético-MG
14/03 – 22h00 Coruripe-AL x Palmeiras-SP
14/03 – 22h00 Treze-PB x Botafogo-RJ

Por Cleber Aguiar – Ronaldinho fala do Flamengo e comenta vida pessoal em gravação do Mais Você

Fonte: Globo.com

Pouco antes de mais um jogo decisivo pela Libertadores da América, o camisa 10 do Flamengo foi recebido na casa de cristal por Ana Maria Braga e Louro José. Na gravação do Mais Você que vai ao ar na próxima quinta-feira, 15 de março, o craque comentou vários momentos de sua carreira e vida pessoal.

Como não poderia ficar de fora da conversa, Ronaldinho falou sobre as críticas que vem recebendo da torcida rubro-negra. “Eu digo que a nossa história muda a cada domingo. Um dia você é o rei outro dia não é mais”, enfatizou.  Ele também destacou quais são suas expectativas para a Copa do Mundo de 2014, na qual o Brasil será sede e a Seleção vai receber uma grande cobrança da torcida para fazer bonito.

R10 também trocou mimos com Ana Maria e Louro José. Ele presenteou a apresentadora e o papagaio com a camisa do Flamengo, e recebeu em troca uma réplica do Louro e um livro de receitas de Ana Maria.

Ao final da conversa, os dois posaram para fotos e Ana Maria exibiu o presente que ganhou do craque! O programa vai ao ar na quinta, a partir das 08h30! Não perca!

Siga o @MaisVoce_Globo

Por Cleber Aguiar – Heleno – O Filme

Trailer: ‘Heleno’ (Filme sobre Heleno de Freitas)

Fonte: Cinema10.com

Pôster do filme Heleno

Heleno

Titulo Original: Heleno

Gênero: Drama
Duração:
Origem: Brasil
Estreia: 30 de Março de 2012
Direção: José Henrique Fonseca
Roteiro: José Henrique Fonseca, Felipe Bragança e Fernando Castets
Distribuidora: Downtown Filmes
Censura:
Ano: 2011
 

SINOPSE

O filme sobre a vida de Heleno de Freitas. Heleno (1920/1959) foi um dos grandes nomes que vestiram a camisa do Botafogo. O jogador, ao mesmo tempo em que apresentava talento nos gramados, exibia charme na noite carioca e impunha polêmica no atrito com adversários.

CURIOSIDADES

– Inspirado no livro Nunca Houve um Homem como Heleno, do jornalista Marcos Eduardo Neves.

Por Cezar Alvarenga – Escola de Deivid tem mais um aluno, Luiz Adriano do Shakhtar Donetsk

Fonte: Yahoo! Esportes

O atacante Luiz Adriano, 24 anos, revelado pelo Internacional, não é um jogador ruim. Porém, não é a impressão que muitos terão dele após assistir ao gol que ele perdeu no sábado, na vitória do seu Shakhtar Donetsk por 2 a 1 sobre o Illichevits, pelo Campeonato Ucraniano.

Luiz Adriano havia entrado no jogo no lugar do brasileiro-croata Eduardo da Silva. No lance em questão, Ilsinho cruzou e INACREDITÁVEL…….

 

Por Cleber Aguiar – Antipaulistas são racistas, define Del Nero

Fonte: Folha de São Paulo

EDUARDO OHATA
DO PAINEL FC

Presidente da FPF, Marco Polo Del Nero é apontado por muitos como o homem que está por trás de José Maria Marin. À Folha Del Nero diz o contrário.

Folha – O senhor crê que o poder no futebol brasileiro está concentrado nos paulistas, levando em consideração CBF, STJD e comissão de arbitragem?
Marco Polo Del Nero – O Brasil é um só. Sou filho de imigrantes italianos. São Paulo sabe receber muito bem, tanto que teve prefeita nordestina, do Mato Grosso do Sul… Quem pensa desse jeito é racista.

O senhor pensa em deixar a FPF para assumir um cargo para despachar da CBF?
Momentaneamente sou presidente da federação paulista. Quem administra a CBF é o Marin. Era mais próximo do Ricardo [Teixeira] do que sou do Marin.

O senhor falou com o Ricardo desde o fim de semana?
Os amigos conversam…

E sobre o que o senhor conversou com o Teixeira?
[Irritado] Aí você quer saber muito da minha vida. Tudo tem um limite.

O senhor conversa bem com o Marin também. O senhor deu conselhos a ele?
Quem sou eu para dar conselhos a uma pessoa que foi governador? Eu vou buscar conselhos dele.

Mas e se ele convidá-lo para assumir um cargo na CBF?
A gente está aqui para ajudar. Se ele chamar…

Acha que alguém na CBF trabalha contra Marin?
Trabalhar contra? Mas ele acabou de chegar!

Por Cleber Aguiar – Assim tá bom !

Fonte: Folha de São Paulo

Marin tem apoio quase unânime dos clubes, mas 7 dos 20 que disputam a Série A querem a criação de uma liga independente

MARCEL RIZZO
MARTÍN FERNANDEZ
NELSON BARROS NETO
DE SÃO PAULO

O novo presidente da CBF, José Maria Marin, 79, tem o apoio quase total dos principais clubes brasileiros.

Mas os 20 times que vão disputar a Série A em 2012 ainda se dividem quando o assunto é a criação de uma liga independente -hoje, os campeonatos nacionais são organizados pela CBF.

A Folha ouviu ontem presidentes (ou seus auxiliares mais próximos) de todos os 20 clubes da primeira divisão.

Caso seja convocada uma eleição para a presidência da CBF, como querem algumas federações estaduais, esses clubes teriam direito a voto -além das 27 federações.

Marin, ex-vice da região Sudeste, assumiu nesta semana a presidência da confederação e do COL (Comitê Organizador Local) da Copa-14, após a renúncia de Ricardo Teixeira, 64. Seu mandato vai até 2015.

Ex-governador de São Paulo e ex-presidente da federação paulista, Marin enfrenta resistência entre alguns presidentes de federação -sobretudo pelo fato de ser mais um paulista em posto de comando do futebol brasileiro.

São do Estado o presidente do STJD, Rubens Approbato Machado, o chefe da comissão de arbitragem da CBF, Sérgio Corrêa, e o diretor de seleções, Andres Sanchez.

Os clubes não veem problema na concentração de poder nas mãos de gente de São Paulo. “É uma questão de coincidência e competência”, disse Nestor Lodetti, presidente do Figueirense.

O único clube que não quer Marin é o Bahia. “Um mandato-tampão de três anos é muito longo”, declarou o

presidente Marcelo Guimarães Filho. “Uma eleição é o mais prudente, inclusive o Marin poderia vencer.”

Marin telefonou ontem para alguns cartolas de clubes. Afirmou a eles que não haverá mudanças drásticas na condução da CBF, assim como havia dito a presidentes de federação e funcionários da própria confederação.

“Disse a ele hoje que tem uma oportunidade histórica nas mãos, de mudar o futebol brasileiro”, afirmou Alexandre Kalil, do Atlético-MG.

Sete dos 20 clubes ouvidos pela Folha se mostraram abertamente favoráveis à criação de uma liga: Grêmio, Figueirense, Bahia, Portuguesa, Santos, Atlético-MG e Atlético-GO. “Os clubes precisam de uma liga, que possa cuidar do calendário”, disse Paulo Odone, do Grêmio.

No ano passado, a entidade que reunia os principais clubes do país -o Clube dos 13- foi implodida após um movimento organizado por Ricardo Teixeira e liderado por Andres Sanchez, à época no Corinthians, hoje diretor de seleções da CBF.

Com a dissolução da entidade, acabou a negociação coletiva dos contratos de televisão. Cada clube tratou individualmente. “O Clube dos 13 não precisava ter sido desfeito, mas houve pressão da Globo”, disse Manuel da Lupa, da Portuguesa.

Os clubes do Rio e de São Paulo, com exceção do Santos, são os mais reticentes sobre a criação de uma liga.

Colaborou ITALO NOGUEIRA, do Rio

ICFUT – Gols da Libertadores 2012 – 14/03/2012

Internacional 5 X 0 The Strongest-Bol – Libertadores 2012

Lanus 1×0  Emelec – Copa Libertadores 2012

Alianza Lima 1 x 0 Nacional – Copa Libertadores 2012

Nacional 3×2  Deportivo Táchira – Copa Libertadores 2012

Chivas 1×0 Defensor Sporting – Copa Libertadores 2012