ICFUT – Brasileirão 2012 – Tabela

Confira os jogos da primeira rodada:

Botafogo x São Paulo – Engenhão
Vasco x Grêmio – São Januário
Palmeiras x Portuguesa – Pacaembu
Corinthians x Fluminense – Pacaembu
Internacional x Coritiba – Beira-Rio
Cruzeiro x Atlético-GO – a definir
Ponte Preta x Atlético-MG – Moisés Lucarelli
Figueirense x Náutico – Orlando Scarpelli
Sport x Flamengo – Ilha do Retiro
Bahia x Santos – Pituaçu

Tabela do Brasileirão 2012 – Clique aqui

Por Cezar Alvarenga – Apesar do péssimo bandeira, Independente-PA lucra com o empate e visitará o Morumbi.

Founte: UOL Esportes

Apesar da derrota por 1 a 0 para o São Paulo, foi difícil ver um jogador do Independente descontente após o apito final do duelo de ida da primeira da fase da Copa do Brasil. Os atletas do time paraense comemoraram muito o fato de virem à capital paulista na próxima semana para decidir a vaga e ainda a grana extra que embolsaram.

Como conseguiu impedir a classificação direta do São Paulo para a segunda fase do torneio, o Independente ficou com 100% da renda do duelo no Mangueirão. No total, foram arrecadados R$  469.340,00. Se avançasse de forma antecipada, o Tricolor ficaria com 60% do montante.

Questões financeiras à parte, os jogadores comemoraram a possibilidade de viajar para São Paulo e enfrentarem o adversário no estádio do Morumbi na próxima quarta-feira. “Para eles é uma conquista, como se fosse um campeonato conquistado. Jogadores que nunca saíram daqui, agora vão para o Morumbi e tentaremos fazer uma grande partida”, disse o experiente meia Gian, ex-Vasco.

“A Copa do Brasil é uma vitrine muito boa, dá uma renda muito boa. Perdemos, mas estamos muito orgulhosos da nossa atuação”, afirmou o zagueiro Alexandre Recife, um dos destaques do Independente na derrota desta quarta-feira.

Mesmo felizes pela conquista, os jogadores não se esqueceram do gol de Tiago Floriano, anulado de forma equivocada logo aos 2 minutos do primeiro tempo. “Tivemos um gol mal anulado, e ainda assim fizemos uma boa partida dentro das nossas condições”, disse Gian.

“Quando se enfrenta um time grande, o pequeno acaba sempre sofrendo, mas mostramos que temos condições, se não de vencer, mas de fazer uma grande partida”, revelou Alexandre.

Por Cezar Alvarenga – CBF divulga a tabela do Brasileirão 2012 com clássicos trocados no final do campeonato.

Fonte: Yahoo! Esportes

A Confederação Brasileira de Futebol divulgou nesta quinta-feira a tabela da Série A do Campeonato Brasileiro 2012, que começa no fim de semana do dia 20 de maio e vai até 2 de dezembro. A principal mudança foi a inversão de clássicos da última rodada em Rio e São Paulo, estados em que isso foi possível.

Desta vez, os jogos que finalizarão o campeonato serão: Fluminense x Vasco, Flamengo x Botafogo, São Paulo x Corinthians, Santos x Palmeiras, Grêmio x Internacional, Atlético-MG x Cruzeiro, Náutico x Sport, Portuguesa x Ponte Preta, Coritiba x Figueirense e Atlético-GO x Bahia.

Na penúltima rodada, ocorrem apenas dois clássicos entre times do mesmo estado: Vasco x Flamengo e Corinthians x Santos. A tabela agora divulgada ainda é básica, sem datas e horários exatos dos jogos. A versão detalhada será divulgada até 20 de março.

Primeira rodada (19 e 20 de maio, ainda sem datas e horários definidos) 

Botafogo x São Paulo
Vasco x Grêmio
Palmeiras x Portuguesa

Corinthians x Fluminense
Internacional x Coritiba
Cruzeiro x Atlético-GO
Ponte Preta x Atlético-MG
Figueirense x Náutico
Sport x Flamengo
Bahia x Santos

Por Cezar Alvarenga – Corinthians vence sem sustos o Nacional do Paraguai pela Libertadores.

Fonte: Yahoo! Esportes

A vitória por 2 a 0 sobre o Nacional, do Paraguai, na noite da última quarta-feira, em nenhum momento esteve sob risco, tamanho foi a superioridade do Corinthians no Pacaembu. Entretanto, ficou aquele desejo do torcedor por uma vitória mais elástica, com três, quatro gols de diferença, o que não acontece desde 9 outubro de 2011 (triunfo por 3 a 0 sobre o Atlético-GO, pelo Brasileiro).

Para Tite, o Timão jogou muito bem contra o frágil rival paraguaio, que ainda não pontuou no Grupo 6 da Libertadores (perdeu também para o Cruz Azul, em casa). Na opinião do técnico, as chances de gol têm sido criadas e uma goleada é questão de tempo.

“Construindo dessa forma, vai ser inevitável um placar elástico, é a lei do jogo”, definiu o comandante corintiano, que utilizou estatísticas recentes para argumentar. Citou as 26 finalizações na virada por 2 a 1 sobre o Catanduvense, na semana passada, e as 21 diante do Nacional.

“A equipe vai querer crescer, ambiciona para mais e quer, sim, dar espetáculo. Se tivesse feito três gols, seria perfeitamente normal. Aí tem tranquilidade para tocar mais, teve mais de 60% de posse de bola, triangulou, infiltrou”, analisou, após o triunfo sobre os paraguaios.

No Campeonato Paulista, porém, o Timão aparece como a quarta equipe que menos arremata a gol: 12,1 chutes em média, segundo o Datafolha. O São Paulo lidera o fundamento, com média de 20,3.

Mas, de fato, existe uma evolução. O começo foi pior. Contra o Mogi Mirim, na sexta rodada, o time alvinegro finalizou apenas sete vezes no total.

Na estreia da Libertadores, o Corinthians concluiu 17 vezes ao gol do Deportivo Táchira (empate por 1 a 1), sendo 12 para fora, quatro no alvo e uma na trave. Diante do Nacional, foram 12 chutes no alvo e nove para fora.

Tite elogiou a melhora na pontaria, já que nas últimas semanas passou a realizar treinos de finalização. No início da temporada, alegou que trabalhos de chute a gol aumentam o risco de lesões musculares.

“Tu tem que passar dados para os atletas. Quando eu era jogador perguntava no que tinha que melhorar, então agora como técnico digo o que tem que fazer. Melhorar a precisão, aumentar o número de finalizações, um índice de 50% de acerto nos chutes a gol é muito grande e difícil de se manter”, observou.

O time de Parque São Jorge volta a atuar pela Libertadores na quarta-feira (14), quando enfrenta o líder Cruz Azul, no México, às 22h. Antes, no sábado, os reservas recebem o Guarani, às 18h30, no Pacaembu, pela 13ª rodada do Estadual.

Por Rogerinho – Damião marca, mas Neymar faz três e brilha no duelo dos artilheiros

Craque santista dá show diante do amigo colorado, na Vila Belmiro

 

FONTE – GLOBOESPORTE.COM

Foi mais uma noite daquelas, de show protagonizado por um Neymar espetacular. Ele tinha pedido para o amigo Leandro Damiãoir devagar“, nesta quarta-feira, no confronto entre Santos e Internacional pela Libertadores. Mas foi o atacante santista quem não pisou no freio. E atropelou.

Esperava-se um duelo e tanto entre os dois artilheiros. Ambos balançaram a rede, porém, o que se viu na Vila Belmiro foi um baile do craque do Peixe, que garantiu a vitória por 3 a 1 sobre o Colorado.

Neymar estava cheio de “ousadia e alegria”, como gosta de dizer. O técnico Dorival Júnior já avisa alertado que seria impossível frear o atacante do Peixe desse jeito, e tinha razão. O zagueiro Rodrigo Moledo foi quem mais sofreu com as diabruras de Neymar, que, não raras vezes, só foi parado com falta. Só Muriel conseguiu brecá-lo em algumas poucas oportunidades.

Leandro Damião, por sua vez, pouco podia fazer. O Internacional, com três volantes, tinha muito trabalho em se defender das investidas de Neymar & Cia. O atacante colorado acabou isolado. Ainda sofreu algumas faltas no primeiro tempo, e só.

Neymar gol Santos (Foto: Ricardo Saibun / Ag. Estado)
Neymar fez os três gols do Santos sobre o Inter na Vila
.

Fosse na ponta esquerda, fosse na direita ou no meio-campo, lá estava Neymar, chamando o jogo para si. Até desarme o atacante fez. O gol, claro, não poderia faltar para completar a noite do craque santista. Aos 18 minutos, Borges sofreu pênalti de Índio. O dono do jogo converteu com maestria, jogando a bola para um lado e Muriel, para o outro. Neymar foi para o abraço com o dedão na boca, uma homenagem ao filho Davi Lucca.

E não ficou só nisso. Neymar ainda apresentou um arsenal de dribles desconcertantes e inexplicáveis e até acertou a trave, mas o melhor ele guardou para o segundo tempo.

Próximo Puskás?
Para trazer Damião para o jogo, Dorival resolvou mexer no Internacional e sacou o volante Elton para a entrada de Dagoberto. Assim, o Colorado conseguiu uma ligação entre defesa e ataque. Deu certo. Logo aos quatro minutos do segundo tempo, o centroavante ficou cara a cara com Rafael, mas o goleiro se deu melhor no primeiro golpe.

Só que a noite era de ousadia e alegria mesmo. Aos 9 minutos, em velocidade, Neymar pegou a bola ainda no meio-campo, fez fila em Bolatti, Guiñazu e Rodrigo Moledo antes de colocar a bola por cima de Muriel com um toque de mestre. Um golaço que o coloca, mais uma vez, como candidato ao Prêmio Puskás, pelo gol mais bonito do ano.

inter santos damião ibson vila belmiro libertadores (Foto: Alexandre Lops/Divulgação Inter)
Leandro Damião para na marcação de Henrique
.

Leandro Damião, então, deu uma mostra de que mesmo apagado pode ser decisivo. Depois de Oscar tirar de Rafael e cruzar da esquerda, o centroavante teve tranquilidade para apenas escorar e diminuir a desvantagem do Colorado, aos 18 minutos.

O golpe, porém, teve resposta rápida. Logo dois minutos depois. E novamente em grande estilo. Em mais uma arrancada pela esquerda, Neymar encobriu Muriel em um gol muito parecido com a obra-prima do segundo tento. Um gol só para confirmar: Neymar levou a melhor sobre o amigo Damião, Neymar foi show.